Um banco irlandês inovou na estratégia para seduzir jovens a se tornarem seus correntistas. Para quem abrisse uma conta no Ulster Bank, um brinde especial: entrada para show de strip tease no Metro Bar, em Tallaght, com "dançarinas exóticas".
Susan McKay, do Conselho Nacional de Mulheres da Irlanda, criticou duramente a promoção:

"Isso é totalmente inapropriado para um banco."
Depois de uma enxurrada de críticas de entidades e pais, o Ulster Bank retirou a promoção. De acordo com o "Irish Examiner", o banco não tinha conhecimento da natureza dos eventos no Metro Bar.





O Globo