Resultados 1 a 2 de 2

Tópico: Como elaborar um Curriculum Vitae

  1. #1
    Woman
    Data de Ingresso
    Nov 2006
    Localização
    Aqui...
    Idade
    36
    Posts
    1.048

    Padrão Como elaborar um Curriculum Vitae

    Elaborar um Curriculum Vitae


    Todos sabemos que um Curriculum completo mas sucinto, disponibilizando toda a informação necessária de forma simples e intuitiva, não é tarefa fácil!
    Para o ajudar, reunimos algumas linhas orientadoras que o podem ajudar na organização de um CV eficaz, longe dos modelos rígidos que alguns procuram para elaborar o seu Curriculum.
    3 aspectos fundamentais
    Quais são os três aspectos mais importantes dum Curriculum Vitae?
    Sendo o Curriculum o primeiro contacto com um potencial empregador, este deverá funcionar como um convite para a conhecer pessoalmente. Por isso, a sua elaboração deverá ser feita de uma forma cuidada e atendendo a uma série de aspectos fundamentais. Salientamos três, entre os que nos parecem ser mais facilmente "esquecidos" pelos candidatos:

    - O CV não deve ter mais do que duas páginas. É preciso não esquecer que, provavelmente, o seu CV não é o único e temos que contar com o cansaço do leitor. Deverá escrever frases curtas e precisas.

    - Muita atenção aos erros ortográficos. Deverá fazer uma leitura atenta do mesmo antes de enviá-lo. Idealmente, deverá pedir a alguém para rever o seu CV e dar a sua opinião.

    - A imagem é muito importante. A qualidade do papel, o tipo de letra e uma apresentação simples, são pontos a ter em consideração para a elaboração de um CV.

    Tipos de currículo
    Quais as diferenças entre os diversos tipos de Curricula e qual o que melhor se aplica em cada caso?
    Em relação aos tipos de Currícula, podemos referenciar três:

    - Funcionais
    - Cronológicos
    - Cronológicos inversos

    No CV funcional, a informação é organizada por temas e possibilita uma rápida visualização da formação e da experiência profissional. Este tipo de CV é um bom instrumento de marketing pois possibilita a selecção dos pontos positivos e omite outros menos positivos.

    No CV cronológico, a informação que é fornecida parte da mais antiga para a mais recente. Este formato tem a vantagem de realçar a evolução seguida. Põe em relevo a evolução de carreira do Candidato. É indicado para pessoas que já tenham um percurso profissional longo.

    O CV cronológico inverso é menos tradicional, mas que ganha cada vez mais adeptos. Tem a vantagem de salientar a experiência profissional mais recente e que obviamente interessa mais a um potencial empregador.

    Penso que para o seu caso, o tipo de CV ideal será o funcional, visto estarmos perante um pessoa com pouca experiência profissional. Neste tipo de CV, poderá realçar a sua formação académica e ainda eventuais trabalhos que tenha realizado e que possam ser pertinentes para a empresa a qual se está a candidatar.



    A importância dos CV online


    Oito motivos para colocar o seu CV online

    Conheça as principais vantagens de colocar o seu CV na Internet:

    1- Quando coloca o seu CV online, tem a possibilidade de optar pela confidencialidade dos seus dados pessoais. Desta forma, só poderá ser “visto” pelas empresas que lhe interessam.

    2- O universo online está cada vez mais no centro das atenções das empresas e recrutadores. Isto possibilita que, muito facilmente, o seu Curriculum possa ser visto por uma grande diversidade de empresas.

    3- Ao registar-se e gravar o seu CV, pode responder de forma mais rápida e cómoda às oportunidades de emprego.

    4- Pode criar e guardar vários CV’s e Cartas de Apresentação, o que facilita e personaliza os seus processos de candidatura.

    5- A qualquer momento, desde que tenha acesso à Internet, pode actualizar o seu CV e envia-lo para qualquer oferta que lhe interesse.

    6- Na sua área de candidato, sabe sempre quantas vezes o seu CV foi consultado e que empresas acederam aos seus dados.

    7- Através da criação de “Alertas de Emprego”, pode receber comodamente no seu e-mail as oportunidades que correspondem ao seu perfil. Desta forma, as oportunidades certas “vêm ter” consigo, sem qualquer esforço.

    8- Pode personalizar as suas candidaturas, juntando a sua fotografia ou criando um CV em formato vídeo. Uma forma original e inovadora de se dar a conhecer às empresas.

    Confira a relevância que deve ser dada a cada área para construir um Curriculum 100% seguro, com toda a informação na percentagem certa!
    2% de Dados Pessoais: Limite a informação pessoal aos dados que sejam realmente importantes (nome, contacto, idade) ou que tenham sido especificamente solicitados (carta de condução, por exemplo). Tenha em mente que, para além da identificação do candidato, esta área não tem excepcional importância para o seleccionador nem acrescenta nada de relevo ao seu perfil profissional.
    27% de Habilitações Académicas: Sendo um campo particularmente decisivo para aqueles com pouca experiência profissional, não deve, em caso, algum ser descurada a sua importância. Independentemente das suas habilitações, indique o grau mais elevado que obteve e a instituição que frequentou. Preferencialmente, deverá também incluir datas de início e conclusão, área de formação e média de classificação (caso seja favorável ou directamente solicitada). Apesar de ser uma informação importante, tenha algum discernimento pois não é necessário disponibilizar informação desde a escola primária!
    38% de Experiência Profissional: Esta é a área primordial do seu CV, e onde o foco principal onde se concentra a atenção do seleccionador. Não se limite a referir datas e quais os cargos que ocupou, aproveite para enumerar as principais responsabilidades, objectivos alcançados e projectos desenvolvidos. Ser demasiado generalista ou vago pode prejudicar a análise das suas competências.
    12% de Formação Complementar: Muitas vezes é neste campo que os seleccionadores procuram algo que evidencie determinado candidato. Face a percursos profissionais semelhantes e habilitações idênticas, poderão ser os cursos de formação ou especialização profissional, conferências, seminários ou workshops a marcar a diferença.
    5% de Informações Complementares: Esta área poderá ser um indicador das suas preferências pessoais, ajudando o seleccionador a completar o perfil do candidato pela análise curricular. Aproveite para dar destaque a actividades culturais, desportivas, sindicais e associativas que, de algum modo, possam dar um contributo positivo para o seu perfil.
    16% de Ortografia, Apresentação e Organização: Como reflexo de si próprio, a imagem do seu Curriculum é fundamental. Um português correcto, aliado a uma estrutura sóbria e de simples leitura, serão o melhor cartão de visita para o seleccionador.

  2. #2
    Woman
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Localização
    Oeiras
    Posts
    2.000

    Padrão

    gostei, muito elucidativo obg

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Já fez "Like" na nossa página do facebook?

Acompanhe todas as novidades.