Resultados 1 a 4 de 4

Tópico: Mamiferos da Letra H

  1. #1
    GForum Vip Avatar de migel
    Data de Ingresso
    Sep 2006
    Localização
    Douro "Património Mundial"
    Idade
    53
    Posts
    15.624

    Padrão Mamiferos da Letra H

    Mamiferos da Letra H
    Cump
    Migel

  2. #2
    Administrador Avatar de Fonsec@
    Data de Ingresso
    Sep 2006
    Localização
    always here
    Idade
    48
    Posts
    27.907
    Blog: Alerta: Bug do Ubuntu remove ?silenciosamente? dados do disco

    Padrão Hipopótamo


    Nome científicoHippopotamus amphibius
    Hipopótamo significa «cavalo do rio». Os primeiros europeus que viram hipopótamos decidiram baptizar assim a espécie, devido ao seu tamanho.

    Esta espécie só pode ser encontrada em liberdade nos rios e pântanos do continente africano, principalmente nas zonas mais húmidas e meridionais. Vivem em grupos, que podem atingir os 50 animais.

    Este animal, aparentemente tranquilo quando se encontra dentro de água, onde se sente em total segurança, é uma verdadeira força da natureza quando sai dela. Tudo o que encontrar pelo caminho entre a água e a sua zona de pasto, será arrasado. Como não tem predadores naturais, o único perigo para os hipopótamos advém da sua própria espécie. São muito frequentes as pequenas quezílias entre estes animais, que podem ter consequências terríveis, já que se um dos envolvidos ferir o outro com os seus enormes dentes, que chegam a ter 22 cm, as feridas resultantes podem desenvolver infecções que, não raras vezes, serão mortais.

    Os hipopótamos têm hábitos nocturnos. Sendo exclusivamente herbívoros, de noite deixam a segurança do rio para irem pastar nas margens. Nesta altura, estão em alerta, e qualquer barulho precipitará todo o grupo de volta ao rio.
    Durante o dia, ficam dentro de água a dormir, para protegerem a pele do sol intenso. Fazem passeios sub-aquáticos que podem durar até cinco minutos, já que, quando submergem a cabeça, as suas cavidades nasais são fechadas, não deixando entrar água. As suas grandes patas são constituídas por quatro dedos unidos entre si por membranas, o que faz deles excelentes nadadores.

    Quando defecam, fazem-no abanando o rabo ao mesmo tempo. Este movimento faz com que as fezes fiquem espalhadas por vastos espaços, permitindo que marquem assim o território. Por outro lado, as suas fezes servem de fertilizante, gerando assim, na zona onde vivem, um continuo e rápido desenvolvimento de plantas necessárias à sua sobrevivência.

    As fêmeas hipopótamo têm um tempo de gestação de cerca de 240 dias, findo o qual têm apenas uma cria, que é exclusivamente amamentada pela mãe durante algumas semanas. No seio do grupo, as crias ficam sempre no meio dos adultos, porque apesar da sua grande dimensão logo à nascença, são ainda vulneráveis aos grandes crocodilos, durante os primeiros meses.

    Um hipopótamo adulto pode medir 4 m e pesar 3,500 kg e a sua esperança de vida pode rondar os 40 anos.


  3. #3
    Administrador Avatar de Fonsec@
    Data de Ingresso
    Sep 2006
    Localização
    always here
    Idade
    48
    Posts
    27.907
    Blog: Alerta: Bug do Ubuntu remove ?silenciosamente? dados do disco

    Padrão Hipopótamo Anão


    Nome científicoChoeropsis liberiensis
    Também conhecido como hipopótamo pigmeu, este pequeno primo do grande hipopótamo, habita alguns territórios da África Ocidental, nomeadamente nas florestas húmidas da Libéria e da Costa do Marfim.

    Infelizmente, foi caçado durante centenas de anos, apenas para lhes serem extraídos os seus preciosos dentes de marfim. Hoje, encontram-se limitados a alguns territórios onde a sua caça se tornou difícil, dada a natureza do terreno, e por esse motivo, por aí sobreviveu a espécie. No entanto, a sua existência não está, ou esteve, verdadeiramente ameaçada.

    Apesar de ser em tudo semelhante ao grande hipopótamo, mas em miniatura, os seus hábitos são significativamente diferentes, já que prefere passar mais tempo nas sombras da floresta húmida, do que dentro de água. Ao contrário do hipopótamo comum, tem um predador natural, o crocodilo, sendo também esse um motivo pelo qual passa pouco tempo dentro de água, preferindo banhos fugazes e rápidos, apenas para humedecer a pele.

    Um hipopótamo anão pode medir cerca de 2 m, pesar 350 kg e viver cerca de 30 anos.


  4. #4
    Administrador Avatar de Fonsec@
    Data de Ingresso
    Sep 2006
    Localização
    always here
    Idade
    48
    Posts
    27.907
    Blog: Alerta: Bug do Ubuntu remove ?silenciosamente? dados do disco

    Padrão Hiena Malhada


    Nome científicoCrocuta crocuta
    A hiena malhada é um animal carnívoro extremamente bem sucedido e adaptado. Por esse motivo, pode ainda ser encontrada um pouco por todo o território do Centro e Sul de África, pois embora preferira os espaços abertos da savana, a floresta não a intimida, e com a sua capacidade de adaptação consegue viver tranquilamente no meio das árvores, desde que não seja floresta muito densa, ou na periferia das grandes e desorganizadas cidades africanas, onde sabe que pode encontrar alimento, principalmente gado doméstico.
    No entanto, não são animais muito estudados e têm poucos admiradores, talvez pelo mau cheiro que sempre os acompanha, em virtude de não cuidarem da sua pele, ao contrário de outros predadores. O cheiro a sangue e entranhas das suas presas afasta o mais curioso e interessado admirador, e o seu andar também não é muito cativante, isto em resultado da forma característica do seu corpo. Talvez por isso seja caçada de forma tão intensa, cruel e desinteressada pelos habitantes das zonas onde passa.

    Em alguns países houve e continua a haver tentativas para domesticar este animal, mas não resulta, é como querer chamar um crocodilo pelo nome... Para além das imagens, sempre desagradáveis, de animais acorrentados e açaimados, constituem apenas tentativas condenadas à partida. A hiena não se domestica, é um animal selvagem em todo o seu esplendor.

    Desde sempre, a hiena teve má reputação entre as tribos indígenas dos territórios que habita. O seu som mais conhecido, como se estivesse sempre a rir - apesar dessa ser apenas uma das suas vocalizações -, e o seu aparecimento fugaz para devorar o cadáver de um animal quando a morte chega, faz com que seja considerada, em muitas zonas e para muitas culturas, um animal que transporta espíritos maus.

    Mas a verdade é bem diferente, e como todos os outros habitantes dos grandes espaços africanos, a hiena faz parte da fauna autóctone. A sua presença é bem necessária no topo da cadeia alimentar, já que é um dos animais que faz desaparecer o resto das carcaças e dos ossos que os grandes felinos e outros predadores deixam para trás, evitando em muitos casos o aparecimento de doenças e a contaminação das águas que, de outro modo, atingiriam animais e habitantes locais.

    Mas a hiena não é apenas um necrófago, é também um caçador exímio. Apesar de ser muito corpulenta e de não ser muito rápida, é dona de uma mordida poderosíssima. Tende a caçar em grupo, e de forma muito organizada, já que cada grupo trata de forma precisa o ataque e raramente existe um insucesso, ao contrários dos felinos que, com frequência, vêm as suas presas escaparem. O alvo preferido das hienas são os gnus, mas os búfalos, as zebras, e mesmo as girafas, entre muitos outros animais de menor porte, fazem frequentemente parte do seu menu. A sociedade das hienas é matriarcal, as fêmeas dominam todo o grupo, embora existam vários subgrupos familiares dentro de cada grupo. Frequentemente, atingem cem animais a viver em conjunto, embora para caçar se formem os tais subgrupos de três a cinco animais, que voltam à segurança do grande grupo quando acaba a caçada.

    Individualmente, a hiena também se aventura a caçar, mas sabendo das dificuldades que vai encontrar por causa de ser pouco veloz e ágil, tende a procurar pequenas presas e animais muito jovens ou debilitados que, não obstante representem menos quantidade de alimento, garantam sucesso.

    O tempo de gestação das hienas dura em média 98 a 110 dias e normalmente nascem duas crias, embora aconteça com alguma frequência o nascimento de três, ou mesmo quatro crias.

    Uma hiena adulta pode pesar mais de 70 kg, medir até 1,5 m de comprimento e atingir os 80 cm de altura. Em corrida, dificilmente ultrapassa os 60 quilómetros por hora. Estima-se que as hienas possam atingir os 20 anos a viver em liberdade, embora em cativeiro já tenham sido registados os 41 anos.


Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Já fez "Like" na nossa página do facebook?

Acompanhe todas as novidades.