Resultados 1 a 16 de 16

Tópico: Os Grandes Predadores da Pré-História

  1. #1
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Os Grandes Predadores da Pré-História

    Muito antes do surgimento do homem na Terrra, deambularam pelo planeta, alguns dos maiores e mortífero predadores da história. Alguns ainda chegaram a conhecer o homem, e a caça-lo como uma presa.

  2. #2
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Estemnosuchus

    Um dos mais bizarros animais pré-históricos. Apesar de se parecer com um dinossauro ele é um parente mais próximo dos mamíferos. Ele tinha o tamanho de um rinoceronte, um chifre sobre seu nariz e gloriosas antenas no topo de sua cabeça – na verdade eram chifres também, mas seu formato era como as "antenas" de uma girafa. Também haviam estranhos ossos saindo de suas bochechas (e ninguém ainda sabe ao certo para que elas serviam).

  3. #3
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Acrophyseter

    Um parente antigo das baleias. As baleias normalmente não atacam ninguém e se alimentam de pequenos moluscos e crustáceos. Esse monstro era exactamente oposto – o terror dos sete mares.

    Ele se alimentava de mamíferos marinhos e muitas vezes, até de tubarões. Os fósseis que revelaram os assustadores dentes do monstro foram encontrados no Peru.
    Última edição por mjtc; 30-05-2013 às 11:42.

  4. #4
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Gigantopithecus

    ''Gigantopithecus'' (do grego gigas - a gigante e pithecus - macaco), é um género extinto de primata, que viveu no Pleistoceno, aproximadamente entre 5 milhões e 100 mil anos atrás, na China, Índia e no Vietname, habitando o mesmo lugar e em épocas similares à dos primeiros hominídeos, como por exemplo, o Homo erectus. Os fósseis encontrados sugerem que o Gigantopithecus foi a maior espécie de primata que já viveu. Ele era provavelmente quadrúpede e herbívoro, sendo o bambu o alimento principal na sua dieta, que era acompanhada com frutas - embora alguns paleantropólogos afirmam tratar-se de um omnívoro. A razão pela qual o Gigantopithecus foi extinto ainda é controversa. Alguns pesquisadores acreditam que se deve às mudanças climáticas ocorridas no seu habitat; outros apontam, entre outras razões, a competição de espécies mais adaptadas ao mesmo ambiente em que o Gigantopithecus vivia. Pesquisas realizadas nos diversos dentes encontrados na caverna de Liuzhou na China e alguns encontrados em sítios no Vietname, sugerem que o Gigantopithecus habitou quase toda região oeste da Ásia. Uma espécie diferente, o Gigantopithecus giganteus, também foi encontrada ao norte da Índia. Com base nos fósseis encontrados, inicialmente molares de aproximadamente 2,5 centímetros (recuperados em lojas tradicionais de medicina chinesa), sabe-se que o Gigantopithecus tinha mais ou menos 3 metros de altura e pesava algo entre 300 kg e 500 kg - sendo de duas a três vezes maior do que os actuais gorilas. Os primeiros vestígios dos Gigantopithecus, descritos por um antropólogo foram encontrados em 1935 por Ralph von Koenigswald numa loja tradiional chinesa. Dentes e ossos fossilizados são frequentemente triturados até virar pó e utilizada em alguns ramos da medicina tradicional chinesa.
    Última edição por mjtc; 19-09-2014 às 05:56.

  5. #5
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Epicyon

    O epicyon, membro da família dos cães actuais. Mas os cães actuais são feitos para ter velocidade e resistência, enquanto esse primo tinha apenas a força bruta. O Epicyon habitava na América do Norte, antes de serem substituídos pelos felinos Tigres Dente-de-Sabre.

  6. #6
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Edestus Giganteus

    Edestus Giganteus (também conhecido como tubarão-dente-de-tesoura) é uma espécie de tubarão que viveu nos oceanos durante o Carbonífero tardio (entre 306 e 299 milhões de anos atrás). Todas as espécies são conhecidas por seus dentes. Semelhantemente a seus parentes, como o Helicoprion, e diferentemente dos tubarões modernos, os dentes das espécies de Edestus cresciam em apêndices curvos, e os dentes não caíam quando envelheciam. No caso dos Edestus, havia apenas uma fileira de dentes na mandíbula e no maxilar, de modo que a sua boca lembraria uma monstruosa tesoura serrilhada. O tamanho e o grau de curvatura nos apêndices dentários variava de espécie para espécie. Porque os dentes eram afiados e serrilhados, presume-se que todas as espécies eram carnívoras. A maneira exacta como eles capturariam e comeriam suas presas, assim como sua aparência, permanece pura especulação até que um fóssil mais completo (especialmente um crânio) seja encontrado. Os Edestus Giganteus cresciam até cerca do tamanho dos modernos tubarões brancos, o que provavelmente o fazia um dos predadores do topo da cadeia alimentar no seu tempo.

  7. #7
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Gorgonopsid

    O nome já é assustador. Eles eram os principais predadores antes do domínio dos dinossauros. Seus dentes incisivos (os caninos) são protuberantes como os de um tigre dentes-de-sabre e poderiam atingir tamanhos maiores do que o de um rinoceronte.

  8. #8
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Phorusrhacids

    Cientificamente conhecidos como Phorusrhacids, eles foram na sua época, os maiores predadores da América do Sul. Eles não conseguiam voar, mas eram muito rápidos (de acordo com cientistas, sua velocidade se comparava a de uma chita) e podiam medir até três metros de altura.


    Comparação da altura da ave predadora com o Homem.

  9. #9
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Madtsoia

    O pior pesadelo de quem tem medo de cobras. Apesar de apenas fragmentos da espécie terem sido recuperados, cientistas especulam que esta cobra gigante poderia medir cerca de 20 metros. Ela se alimentava de uma forma similar à da jibóia – quebrando os ossos da vítima para depois engolir inteiramente o animal.

  10. #10
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Purussaurus

    O crocodilo gigante viveu na Amazónia, entre 8 e 5 milhões de anos, o que corresponde às épocas geológicas Mioceno Superior-Plioceno. O Purussaurus media em média 12 metros de comprimento, mas alguns alcançavam até 18 metros. Na época e na região, ele era o predador mais eficiente das águas, e por bons motivos. Restos de animais cortados ao meio próximos às ossadas do Purussaurus mostram sua força. Também já foram localizados fósseis de Purussaurus na Bolívia, Peru, Colômbia e Venezuela.

  11. #11
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Entelodon

    Ao contrário de seus parentes actuais, este porco gigante alimentava-se apenas de carne e está entre os mais monstruosos mamíferos que já existiram. Cientistas acreditam que além de caçar, eles assustavam outros predadores e os afastavam de suas presas já mortas para se aproveitar das sobras.

  12. #12
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Azhdarchids

    São parecidos com os famosos Pterossauros (os mais conhecidos dinossauros voadores) e talvez tenham sido as maiores criaturas voadoras que já existiram. Eles mediam de 12 a 15 metros. Cientistas acreditam que eles não caçavam em voo, mas se apoiavam nas asas e se alimentavam.

  13. #13
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Pulmonoscorpius

    Pulmonoscorpius é um escorpião enorme que viveu na época Carbonífero. Os seus fósseis foram encontrados na Escócia. Muito semelhante aos escorpiões actuais, essa espécie poderia medir um metro de comprimento. A dieta de Pulmonoscorpius não é conhecida directamente, mas artrópodes podem ter formado parte de sua dieta. Os cientistas não conseguem calcular o poderoso veneno de que era dotado este gigante escorpião.
    Última edição por mjtc; 13-02-2012 às 00:42.

  14. #14
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Megalodon

    Ele é mais conhecido, mas é tão grande e assustador que merece estar nessa lista. Semelhante ao grande Tubarão Branco de hoje, o Megalodon podia chegar a 20 metros de comprimento e pesar cerca de 60 toneladas. Com um tubarão destes, o filme "O Tubarão" de Spielberg seria um sucesso ainda maior. Carcharodon Megalodon, também denominado megalodonte ou tubarão-branco-gigante, foi uma espécie de tubarão gigante que viveu provavelmente à 20 milhões de anos. Ainda que se tenha chegado a sugerir que a sua extinção tenha sido mais tardia ou que poderia ainda sobreviver nos nossos dias. Existe a teoria de que os megalodontes adultos se alimentavam de baleias e que se extinguiram quando os mares polares se tornaram demasiado frios para a sobrevivência dos tubarões, permitindo que as baleias pudessem estar a salvo deles durante o Verão.

  15. #15
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Espinossauro Egípcio

    O Espinossauro Egípcio foi um dinossauro carnívoro e bípede. Viveu durante o período Cretáceo, principalmente na região que é hoje o norte da África. Foram descobertos dentes e vértebras de espinossauros no norte do Brasil. Vestígios de espinossauros também foram encontrados no Estado de Maranhão, na ilha de Cajual. O espinossauro foi dos maiores dinossauro carnívoros que já existiu, com adultos medindo em torno de 6 metros de altura por 12 a 15 metros de comprimento e pesando entre 4 e 6 toneladas. Possuíam grandes prolongações espinhais nas vértebras de suas costas, as maiores podendo chegar a 2 metros. Esses prolongamentos além de recobertos por pele, talvez tivessem alguma musculatura ou quantidade de gordura. Os cientistas calculam que essa vela dorsal, seja usada para regulação de temperatura. Há indícios de que os espinossauros se alimentavam de grandes peixes, e não só de dinossauros como se pode presumir.
    Última edição por mjtc; 13-02-2012 às 00:41.

  16. #16
    Moderador Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    7.026

    Padrão Tiranossauro T-Rex

    Tiranossauro, "Lagarto Tirano Rei", foi um dos maiores carnívoros terrestres encontrados até hoje, perdendo apenas para o Giganotossauro e para o Carcarodontossauro, seus parentes, possivelmente menos agressivos. Inicialmente ele foi chamado de Dynamosaurus imperiosus, mas logo recebeu um nome mais apropriado. Este magnífico e assustador animal que foi descoberto no Oeste Americano, tinha a cabeça gigantesca, cerca de 1,20 metro de comprimento e suas mandíbulas eram tão grandes que podiam exercer uma pressão de 1300 quilos, dez vezes mais que o grande Tubarão Branco. Isso também prova que o Tiranossauro era um caçador, e não um necrófago como pensam alguns cientistas, já que possuía uma mordida tão violenta. Os seus dentes afiados eram ligeiramente curvos, de forma a agarrar melhor as suas presas. Como o tubarão, uma vez que o Tiranossauro pegava sua vítima, ela não tinha oportunidade de escapar de suas mandíbulas e fugir. Possuía cerca de 50 desses dentes afiadíssimos até 20 centímetros, uma perfeita máquina mortífera. Com o ataque, saltava para a frente agarrando a presa com os dentes até dominá-la por completo. As suas vítimas predilectas eram os Hadrossauros. O Tiranossauro andava sobre duas pernas, que eram fortes o suficiente para sustentar o grande corpo e movimentá-lo à uma velocidade de até 48 km/h. Cada pé possuía garras fortíssimas. Três desses dedos eram de apoio e um nem tocava o chão. Os bracinhos minúsculos, com apenas dois dedos cada chegavam a ser até meio ridículos se comparados ao tamanho desse animal. Não se sabe ao certo para que o Tiranossauro usava esses braços; se para se apoiar ou para agarrar a presas. O achado de um crânio danificado comprova que deveriam ocorrer violentas batalhas entre os Tiranossauros, por comida e pelo direito de se acasalar. O Tiranossauro tinha 14 metros de comprimento e 5,60 metros de altura, pesando cerca de 8 toneladas. Este lagarto gigante viveu entre 144 e 66 milhões de anos, na América do Norte, na China, e possivelmente, na América do Sul e Índia.
    Última edição por mjtc; 19-09-2014 às 05:58.

Tópicos Similares

  1. Grandes Batalhas Navais da História
    Por mjtc no fórum História Universal
    Respostas: 12
    Último Post: 01-08-2011, 08:18
  2. Grandes Batalhas Aéreas da História
    Por mjtc no fórum História Universal
    Respostas: 16
    Último Post: 01-08-2011, 03:46
  3. Predadores directos-aves
    Por Convidado no fórum Aves
    Respostas: 0
    Último Post: 28-04-2011, 06:58
  4. Redes sociais atraem predadores sexuais
    Por Amorte no fórum Arquivos
    Respostas: 0
    Último Post: 03-08-2009, 18:50

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Já fez "Like" na nossa página do facebook?

Acompanhe todas as novidades.