Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
Resultados 16 a 26 de 26

Tópico: Fórmula 3 :

  1. #16
    Moderador Avatar de barril
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Localização
    alemanha
    Posts
    2.492

    Padrão Bruno Andrade leva mais uma em Caruaru


    Fortes emoções tomaram conta da 2ª prova da Fórmula 3 Sul-americana pela primeira vez em Caruaru. No inicio da corrida, um acidente envolvendo Leonardo de Souza e Yann Cunha fez com que o piloto da Bassan Motorsport fosse para os boxes e só retornasse à pista depois de três voltas. Problemas também para o vencedor da prova, Bruno Andrade. Sem poder largar por uma quebra em uma peça do sistema de transmissão, Bruno foi obrigado a largar dos boxes e fazer uma corrida de recuperação.

    Faltando seis voltas para o fim da prova, quando parecia se conformar com o terceiro lugar do pódio, Bruno teve o caminho da vitória aberto devido a um acidente envolvendo o então líder e pole position Mateus Laba (Dragão Motorsport) e Nilton Molina (PropCar Racing). Ambos brigavam pela liderança, quando na volta 13 protagonizaram o acidente mais impressionante da corrida. O carro de Molina foi lançado sobre o monoposto de Laba, fazendo com que os dois abandonassem a prova. Por não terem cumprido 75% da prova, não somaram pontos no campeonato.

    Em segundo lugar chegou Yann Cunha (Bassan Motorsport). Com 83 pontos, Bruno assume agora a liderança isolada do campeonato da F3 Sul-americana. “No automobilismo também é preciso contar com a sorte. Além disso, o trabalho da equipe foi excelente, pois conseguiram consertar o carro muito rapidamente, evitando que eu perdesse uma volta. Agradeço e dedico esta vitória à equipe. Amanhã tem mais, vamos tentar uma nova vitória saindo na pole”, comentou o líder do campeonato Bruno Andrade.

    Em uma corrida marcada por diversas quebras mecânicas, deixou a prova Lu Boesel, Leonardo Souza e Duarte Ferreira, pela F3 Light. Esta teve mais uma vitória de Fernando “Kid”, que acumula 100% de aproveitamento em número de vitórias, cinco ao todo. “Não há sensação melhor do que uma vitória. Até agora tem sido um fim de semana perfeito, espero que continue do jeito que está, com um bom rendimento do carro e que vem dando resultado”, disse Fernando “Kid”.

    Augusto Cesário, chefe da equipe que teve os dois pilotos vencedores, comenta o resultado. “Mesmo com os problemas que tivemos no início conseguimos um grande desempenho na F3 e também na Light. No caso do Bruno, a equipe está de parabéns, pois trocou quase todo o sistema de transmissão em tempo recorde, permitindo que ele retornasse a pista para mostrar o seu talento”.

    O único piloto que não largou foi Daniel Politzer, que não foi liberado pelos médicos por estar com pressão baixa.

    Os amantes do automobilismo em todo o Brasil poderão acompanhar ao vivo a 3ª e última prova da Fórmula 3 em Caruaru, a partir das 13h15 de amanhã (domingo), com transmissão na íntegra pela RedeTV!. Via web, a F3 Sudamericana Petrobras também é transmitida pela RaceTV: Race TV: Mais emoção em motorsports.

    RESULTADO DA PROVA:

    1º) Bruno Andrade (Cesário Fórmula), 20 voltas a 35:19.308
    2º) Fernando Rezende “Kid” (Cesário Fórmula Junior), a 3s219 - F3 Light
    3º) Ronaldo Freitas (Cesário Fórmula Junior) – a 9s233 - F3 Light
    4º) Francisco Leonardo Diaz (Dragão Motorsport), a 1min35s701 – F3 Light
    5º) Yann Cunha (Bassan Motorsport), a 3 voltas
    6º) Jean Spolaor (Capital Motorsport), a 4 voltas - F3 Light
    7º) Mateus Laba (Dragão Motorsport), não completou
    8º) Nilton Molina (PropCar Racing), não completou
    9º) Duarte Ferreira (Kemba Racing), não completou – F3 Light
    10º) Leonardo de Souza (Kemba Racing), não completou
    11º) Lu Boesel (Dragão Motorsport), não completou

    Melhor Volta: Bruno Andrade, na volta 6, a 137,25 Km/h

    GRID PARA A TERCEIRA PROVA (30/05, às 13h15):

    1º) Bruno Andrade (Cesário Fórmula)
    2º) Lu Boesel (Dragão Motorsport)
    3º) Yann Cunha (Bassan Motorsport)
    4º) Leonardo de Souza (Kemba Racing)
    5º) Nilton Molina (PropCar Racing)
    6º) Mateus Laba (Dragão Motorsport)
    7º) Ronaldo Freitas (Cesário Fórmula Jr) - F3 Light
    8º) Fernando Rezende “Kid” (Cesário Fórmula Jr) - F3 Light
    9º) Francisco Leonardo Diaz (Dragão Motorsport) - F3 Light
    10º) Jean Spolaor (Capital Motorsport) - F3 Light
    11º) Duarte Ferreira (Kemba Racing) - F3 Light
    12º) Daniel Politzer (PropCar Racing) - F3 Light

  2. #17
    Moderador Avatar de barril
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Localização
    alemanha
    Posts
    2.492

    Padrão Gabriel Dias alcança sua segunda vitória na F3 Inglesa


    Gabriel Dias voltou a vencer na segunda corrida da quarta rodada tripla pelo Campeonato Britânico de Fórmula 3 neste sábado (29) em Hockenheim, na Alemanha. O curitibano, piloto da Hitech, recuperou-se de uma má largada para alcançar a liderança na nona das 16 voltas, abrir vantagem e cruzar a linha de chegada na primeira colocação. O segundo colocado foi o inglês Oli Webb, seguido de outro brasileiro, Adriano Buzaid, da Carlin.

    O resultado marcou a segunda vitória de Gabriel nesta temporada - que poderia ser a terceira, não fosse uma controversa decisão dos comissários na etapa de Magny Cours, na França (na ocasião, ele foi punido por supostamente ter queimado a largada. A vitória ficou nas mãos do francês Jean-Eric Vergne).

    "Não tenho com descrever a alegria dessa vitória. Foi limpa, tranqüila, e mostra, principalmente, o quanto evoluímos e estamos fortes", celebrou o curitibano de 19 anos, 29º brasileiro a vencer na história da Fórmula 3 Inglesa, a 133ª de um piloto do país na categoria que revelou 10 campeões mundiais de Fórmula 1: Jackie Stewart, Emerson Fittipaldi, James Hunt, Jody Scheckter, Alan Jones, Nelson Piquet, Nigel Mansell, Ayrton Senna, Mika Hakkinen e Jenson Button.

    Antes da largada para a segunda corrida deste sábado, a Hitech trocou a embreagem do Dallara-Volkswagen de Dias, que quebrou minutos antes da primeira prova e obrigou o paranaense a largar dos boxes. Com a embreagem nova, Gabriel afirmou ter sentido dificuldades, que se refletiram em sua largada. "Fiz uma largada segura, mas ruim. Caí de segundo para o quarto lugar, mas recuperei uma posição já na primeira volta", lembrou.

    Na alça de mira de Gabriel estavam o compatriota Adriano Buzaid e o vice-líder do campeonato, o britânico Oli Webb. "Foi difícil passar o Buzaid", disse. Depois de assumir a segunda posição, o curitibano passou a tirar meio segundo por volta em relação ao líder, e já no quarto giro iniciou-se a disputa pela ponta.

    "Tentei passar duas vezes no hairpin mas ele fechou a porta. Foram manobras limpas, dentro do regulamento. Então a estratégia passou a ser o elemento-surpresa. Dei uma pequena distância na reta que antecede esta curva, mergulhei na freada e o peguei desprevenido", detalhou o piloto, que consolidou a manobra para assumir a liderança na nona volta. "Dali em diante, consegui abrir boa distância e fiz uma corrida tranqüila", comentou.

    No final, Gabriel recebeu a bandeira quadriculada após 16 voltas com 1s165 de vantagem para Webb, com direito à volta mais rápida da corrida e dois pontos de bonificação. "Eu tinha de conservar os pneus para a corrida de domingo, e na parte final levei um susto com o óleo que havia sido deixado na pista por um piloto que teve problemas de motor. Quase passei reto em uma curva", apontou.

    Com a vitória, Gabriel soma agora 75 pontos e permanece na quarta posição no campeonato, sendo o melhor brasileiro na classificação geral e diminuindo de 14 para sete pontos a diferença para seu adversário mais próximo, o inglês James Calado, sexto na corrida.

    "O carro estava ótimo, e foi muito bonito ver a alegria da equipe. O campeonato tem muitos altos e baixos, mas este é um ótimo progresso. Vencer com esta facilidade mostra a nossa força, com certeza", disse.

    Tensão antes da primeira corrida

    Em segundo lugar no grid para a bateria de abertura da quarta rodada tripla, Gabriel foi obrigado a largar dos boxes enquanto alinhava no grid por causa da quebra da embreagem. "Para não deixar o motor apagar, a equipe deixou o carro ligado com a primeira marcha engatada, mas com o macaco levantando as rodas de trás para que elas ficassem girando. Foi uma situação tensa", explicou.

    Saindo em 21º e último lugar, Gabriel provou que as decisões no acerto de seu carro foram corretas e iniciou uma corrida de recuperação. O curitibano da Hitech ultrapassou nada menos que 14 carros para chegar à sétima posição. "Tive que ir para cima, mas com uma pilotagem limpa. O carro estava muito bom e graças a Deus deu tudo certo. Assim eu pude somar mais quatro pontos. Olhando no aspecto geral, que em condições normais eu largaria em segundo, não foi um bom resultado. Mas pela corrida que tivemos, é algo a se comemorar", analisou.

    O sorteio dos pilotos que terminaram entre a sexta e décima colocação premiou o oitavo, Webb, com a pole position, colocando Gabriel novamente em segundo no grid. Neste domingo (30) acontece a terceira corrida, a partir das 5h30 (de Brasília), e o paranaense larga na primeira fila, ao lado do pole Jean-Eric Vergne. "Estou muito otimista com o ritmo que temos demonstrado. Agora é colocar tudo junto novamente para buscar a vitória", disse Gabriel.

    Confira os 10 melhores no resultado da segunda corrida em Hockenheim:

    1 Gabriel DIAS / BRA, Hitech Dallara-Volkswagen, 13 voltas
    2 Oli WEBB / GBR, Fortec Dallara-Mercedes, a 1s165
    3 Adriano BUZAID / BRA, Carlin Dallara-Volkswagen, a 1s980
    4 Jay BRIDGER / GBR, Litespeed Dallara-Mercedes, a 3s649
    5 Jean-Eric VERGNE / FRA, Carlin Dallara-Volkswagen, a 4s174
    6 James CALADO / GBR, Carlin Dallara-Volkswagen, a 5s679
    7 William BULLER/ GBR, Hitech Dallara-Volkswagen, a 6s660
    8 Jazeman JAAFAR / MAS, Carlin Dallara-Volkswagen, a 10s741
    9 Rupert SVENDSEN-COOK / GBR, Carlin Dallara-Volkswagen, a 17s679
    10 Carlos HUERTAS / COL, RR Dallara-Mercedes a 24s060
    *MELHOR VOLTA: Gabriel Dias, 1min34s695 (média de 173,85km/h)

    Os 10 primeiros colocados da primeira corrida, disputada pela manhã:

    1 Jean-Eric VERGNE / FRA, Carlin Dallara-Volkswagen 25min28s768
    2 Jazeman JAAFAR / MAS, Carlin Dallara-Volkswagen 19s192
    3 Daniel McKENZIE / GBR, Fortec Dallara-Mercedes 21s292
    4 James CALADO / GBR, Carlin Dallara-Volkswagen 22s092
    5 Adriano BUZAID / BRA, Carlin Dallara-Volkswagen 29s286
    6 Jay BRIDGER / GBR, Litespeed Dallara-Mercedes 30s552
    7 Gabriel DIAS / BRA, Hitech Dallara-Volkswagen 31s061
    8 Oli WEBB / GBR, Fortec Dallara-Mercedes 38s149
    9 James COLE / GBR, T-Sport Dallara-Mugen Honda 39s658
    10 Menasheh IDAFAR / GBR, T-Sport Dallara-Mugen Honda 40s840

    Campeonato: 10 primeiros colocados após 11 provas realizadas:

    1-) Jean-Eric Vergne, 140 pontos
    2-) Oli Webb, 127
    3-) James Calado, 82
    4-) Gabriel Dias, 75
    5-) Adriano Buzaid, 68
    6-) Jazeman Jaafar, 49
    7-) Daisuke Nakajima, 49
    8-) Rupert Svendsen-Cook, 43
    9-) Carlos Huertas, 41
    10-) William Buller, 33

  3. #18
    Moderador Avatar de barril
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Localização
    alemanha
    Posts
    2.492

    Padrão Alemã: Pipo Derani ganha 11 posições e termina em 4º


    Pipo Derani sabia que suas chances de pontuar na primeira corrida da terceira rodada dupla do Campeonato Alemão de Fórmula 3 residiam em uma boa primeira volta. E o brasileiro - o mais jovem em atividade no automobilismo europeu - levou o lema "agora ou nunca" ao pé da letra. Largando da 15ª colocação, o piloto da Motopark Academy fechou o primeiro giro em sexto - uma melhora de nove posições, portanto.

    "Eu sabia que se quisesse marcar pontos, eu teria que usar de muita agressividade na primeira volta, aproveitando enquanto o pelotão ainda estivesse compacto", disse Derani, que recebeu a bandeirada na quarta colocação - o segundo melhor estreante na prova. "Então eu fiz isso, e apesar de o carro estar bem difícil de guiar, no decorrer da prova ele foi melhorando, tanto que meus tempos foram mais baixos na metade final da corrida", apontou Pipo, que é o quarto colocado no campeonato de estreantes, com 21 pontos. O líder é o dinamarquês Kevin Magnussen, com 44. O vencedor da corrida foi o alemão Nico Monien.

    Quando estava em quinto, o brasileiro de 16 anos herdou a quarta colocação depois que o então líder da prova, o alemão Daniel Abt, foi punido por cortar uma curva. Após cumprir um drive-through, o piloto voltou exatamente atrás de Derani, que soube suportar a pressão do competidor que marcou a melhor volta da corrida.

    "O Abt estava muito rápido e me pressionava bastante. Tanto que em duas voltas, na curva do grampo (hairpin), ele chegou a me ultrapassar, mas consegui fazer o ‘xis’ nas duas tentativas dele e me mantive à frente", descreveu.

    A segunda corrida da rodada acontece neste domingo (30) às 8h30 (de Brasília) e o piloto da Motorpark Academy largará da 13ª colocação, resultado do segundo treino classificatório, que foi disputado na manhã deste sábado (29). A pole ficou com o holandês Stef Dusseldorp. A estratégia do brasileiro com seu Dallara-Volkswagen é a mesma. "A primeira volta foi a chave para um bom resultado, então a estratégia amanhã é a mesma. Tenho que partir para cima logo no começo e conquistar o máximo de posições possível", afirmou.

    Confira os dez melhores da primeira corrida:

    1. Nico Monien (Alemanha) - 25min59s288
    2. Kevin Magnussen (Dinamarca) - a 01s646
    3. Tom Dillmann (França) - a 02s941
    4. Pipo Derani (Brasil) - a 15s582
    5. Daniel Abt (Alemanha) - a 16s046
    6. Jimmy Eriksson (Suécia) - a 17s724
    7. Marco Sörensen (Dinamarca) - a 18s919
    8. Markus Pommer (Alemanha) - 20s533
    9. Nikolay Martsenko (Rússia) - a 29s304
    10. Alon Day (Israel) - a 33s427

    Confira a pontuação do campeonato de estreantes:

    1. Kevin Magnussen (Dinamarca) - 44
    2. Daniel Abt (Alemanha) - 40
    3. Jimmy Eriksson (Suécia) - 22
    4. Pipo Derani (Brasil) - 21
    5. Marco Sörensen (Dinamarca) - 15
    6. Alon Day (Israel) - 15
    7. Felix Rosenqvist (Suécia) - 12
    8. Rene Binder (Áustria) - 11
    9. Kevin Friesacher (Áustria) - 6
    10. Luís Sá Silva (Angola) - 5
    11. Riccardo Brutschin (Alemanha) - 2
    12. Sandro Zeller (Suíça) - 1
    13. Aleksi Tuukkanen (Finlância) - 1

  4. #19
    Moderador Avatar de barril
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Localização
    alemanha
    Posts
    2.492

    Padrão Por causa da Copa, Fórmula 3 Britânica para por 47 dias


    Gabriel Dias saiu da Alemanha com 83 pontos, 24 deles somados na quarta rodada dupla do campeonato, disputada neste fim de semana no circuito de Hockenheim, resultado de um sétimo lugar, uma quinta posição e uma vitória no último sábado (29). Desempenho que o coloca a apenas cinco pontos de seu adversário mais próximo, o inglês James Calado, da Fortec, terceiro colocado na tabela de classificação do Campeonato Britânico de Fórmula 3.

    Após quatro rodadas triplas, a categoria entra em um recesso de 47 dias por causa da Copa do Mundo FIFA, voltando a se reunir no dia 17 de julho no circuito de Rockingham. Duas semanas de férias para as equipes, e ainda assim, tempo para refletir e trabalhar em melhorias. "Vai ser bom para os mecânicos descansarem. Eles têm se dedicado demais, principalmente aos finais de semana, que eles trabalham até tarde da noite e dormem pouco. Então, é um descanso merecido para que todos recarreguem as baterias", afirmou Gabriel Dias, vencedor de uma das três corridas realizadas no final de semana.

    Dias encerrou o fim de semana com uma quinta posição na prova disputada neste domingo (30), em vitória do francês Jean-Eric Vergne, líder do campeonato. O curitibano afirmou ter sofrido novamente com a nova embreagem de seu Dallara-Volkswagen. "A embreagem que usamos na primeira corrida é muito boa, mas não é resistente. É do tipo que faz o piloto ter uma excelente largada, mas pode quebrar com facilidade e deixá-lo na mão, como aconteceu na primeira corrida. Com a nova, a adaptação foi um pouco mais difícil, e esta é uma das coisas que tentaremos melhorar neste intervalo", explicou.

    "O fim de semana foi positivo, de uma forma geral. Marcamos 24 pontos, nos aproximamos do (James) Calado e o (Oli) Webb não pontuou na última. Então, apesar do (Jean-Eric) Vergne ter uma boa vantagem na liderança, estamos conseguindo alcançar os outros dois. O segundo lugar do (William) Buller foi positivo para tirar mais pontos dos nossos adversários", analisou o paranaense.

    "Agora no intervalo vamos refletir sobre esta primeira parte da temporada e trabalhar para melhorar alguns pontos. Vou continuar o treino físico para não perder o ritmo, cuidar da alimentação e treinar no simulador, o que é muito bom para manter a concentração, principalmente com corridas de longa duração", comentou o piloto da Hitech.

    Confira o resultado da prova disputada neste domingo (30) em Hockenheim:

    1 Jean-Eric VERGNE / FRA, Carlin Dallara-Volkswagen 39min58s368
    2 William BULLER / GBR, Hitech Dallara-Volkswagen 21s598
    3 Jazeman JAAFAR / MAS, Carlin Dallara-Volkswagen 22s195
    4 Adriano BUZAID / BRA, Carlin Dallara-Volkswagen 23s149
    5 Gabriel DIAS / BRA, Hitech Dallara-Volkswagen 24s367
    6 James CALADO / GBR, Carlin Dallara-Volkswagen 24s850
    7 Daisuke NAKAJIMA / JPN, RR Dallara-Mercedes 25s871
    8 Rupert SVENDSEN-COOK / GBR, Carlin Dallara-Volkswagen 39s739
    9 Lucas FORESTI / BRA, Carlin Dallara-Volkswagen 46s845
    10 Alex BRUNDLE / GBR, T-Sport Dallara-Volkswagen 56s514
    11 Oli WEBB / GBR, Fortec Dallara-Mercedes 56s914

    Campeonato: 10 primeiros colocados após 12 provas realizadas:

    1-) Jean-Eric Vergne, 161 pontos
    2-) Oli Webb, 127
    3-) James Calado, 88
    4-) Gabriel Dias, 83
    5-) Adriano Buzaid, 78
    6-) Jazeman Jaafar, 61
    7-) Daisuke Nakajima, 53
    8-) William Buller, 48
    9-) Rupert Svendsen-Cook, 46
    10-) Carlos Huertas, 41

  5. #20
    Moderador Avatar de barril
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Localização
    alemanha
    Posts
    2.492

    Padrão Gabriel Dias é sexto colocado no Masters de F3


    Chuva, problema no treino classificatório, circuito desconhecido e marca nova de pneus em seu carro. Nem mesmo esta série de dificuldades foi capaz de deter o piloto Gabriel Dias neste domingo (06/06), em Zandvoort, na Holanda. Pelo desempenho apresentado no Campeonato Britânico de Fórmula 3, o brasileiro foi convidado por sua equipe - Hitech - para participar do Masters de F3 e não decepcionou: largou na 17ª colocação, ganhou 11 posições e fechou a prova em sexto.

    Na abertura da programação, neste sábado (05/06), Gabriel Dias realizou os quatro treinos - dois livres e dois classificatórios. Na última tomada de tempo, quando os pilotos passam pneus novos e viram as melhores voltas, uma bandeira vermelha atrapalhou a volta rápida do brasileiro. Com este problema, o piloto curitibano acabou ficando com a 17ª colocação do grid.

    "Para não pegar tráfego, optamos por sair com os pneus novos mais para o final do treino. Pelas primeiras parciais da volta rápida, estávamos em sexto, mas uma bandeira vermelha a cerca de 20 segundos do fim da volta acabou me atrapalhando", comentou o brasileiro.

    Além de sair na parte de trás do grid, Gabriel também teve que enfrentar a chuva neste domingo. Com asfalto molhado, a largada aconteceu com safety car. Confiando em sua competência, o brasileiro, que andou em Zandvoort pela primeira vez em sua carreira, optou por não parar nos boxes para trocar os pneus e, mesmo com slick, conseguiu ganhar 11 posições e fechar a sua inédita participação no Masters de F3 em sexto.

    "Largamos com safety car e, pouco depois, consegui ganhar algumas posições. A maioria começou com pneu slick e muitos optaram por parar para trocar. Quando começou a chover forte, a equipe me chamou para colocar pneus de chuva, mas optei por continuar. Consegui me manter na pista e controlar o carro. No final, foi só administrar", continuou Gabriel, que foi o segundo melhor entre aqueles que disputam o Campeonato Britânico de Fórmula 3.

    "Por todas as dificuldades, foi um ótimo resultado. A pista de Zandvoort é muito difícil e o bom resultado nos traz confiança para buscar a vitória no ano que vem. Agora é descansar um pouco no Brasil, relaxar e tomar fôlego para a sequência da temporada", completou o piloto.

    Confira a relação dos melhores do Masters de F3:

    1) Valtteri Bottas (FIN)
    2) Alexander Sims (GBR)
    3) Marco Wittman (GER)
    4) Jean-Eric Vergne (FRA)
    5) Edoardo Mortara (ITA)
    6) Gabriel Dias (BRA)
    7) Lucas Foresti (BRA)
    8) Wayne Boyd (GBR)
    9) Hywell Lloyd (GBR)
    10) Rio Haryanto (IND)

  6. #21
    Moderador Avatar de barril
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Localização
    alemanha
    Posts
    2.492

    Padrão Japonesa: Suzuki volta ao pódio em Fuji e destaca evolução


    A terceira rodada dupla da Fórmula 3 Japonesa, que está sendo realizada neste fim de semana no autódromo de Fuji, marcou a volta do brasileiro Rafael Suzuki ao pódio da categoria.

    Terceiro colocado na corrida deste sábado, Rafael mostrou estar totalmente recuperado do acidente ciclístico sofrido na semana da etapa de Motegi - que na ocasião o obrigou a correr com uma fissura em um dos ossos da face - e teve um desempenho consistente desde os treinos de classificação.

    Para a corrida deste sábado, Suzuki conquistou uma vaga na primeira fila a apenas 10 milésimos de segundo da pole position de Yuji Kunimoto. No treino de classificação que definiu o grid da corrida de domingo, ele voltou a conquistar a segunda posição, desta vez a 90 milésimos da pole de Kunimoto.

    "Nossa equipe está muito competitiva nesta pista, e temos um bom carro, também, para o ritmo de corrida. Depois de duas rodadas duplas complicadas, em que o máximo que pude fazer foi pensar no pódio, em Fuji conseguimos disputar a vitória e isso cria uma ótima expectativa para a corrida final deste domingo", comentou o brasileiro.

    Neste sábado Suzuki foi traído pela embreagem momentos antes da largada, que superaqueceu e impediu o piloto da TOM’s de disputar a ponta. Caindo para quinto na primeira curva, ele conseguiu recuperar duas posições ao longo das 15 voltas de corrida, e só não retomou o segundo posto em razão de uma manobra de Yuhi Sekiguchi que acabou em punição para o adversário.

    "Fuji tem uma reta de cerca de 1,5km, onde é possível pegar o vácuo de quem vai à frente para ultrapassar. Quando me aproximei do Sekiguchi, ele chegou a mudar de trajetória quatro vezes para evitar que eu pegasse o vácuo. Minha equipe entrou com uma reclamação e a direção de prova tirou dele um ponto no campeonato", explicou Suzuki.

    O brasileiro estranhou a punição, e disse que o normal seria Sekiguchi receber um acréscimo em seu tempo final de prova. "O resultado foi bom, embora eu achasse que deveria ter ficado com a segunda posição. O lado positivo é que a equipe fez um bom trabalho de acerto do carro para o meu estilo de pilotagem, e nossa evolução neste fim de semana foi muito grande", encerrou o brasileiro

    A última corrida em Fuji será realizadas às 03h30 deste domingo, pelo horário oficial de Brasília. Segundo a meteorologia, existe a possibilidade de chuva. Veja o resultado completo da etapa deste sábado:

    1) Yuji Kunimoto
    2) Yuhi Sekiguchi
    3) Rafael Suzuki
    4) Alexandre Imperatori
    5) Katsuaki Kubota
    6) Takashi Kobayashi
    7) Koki Saga
    8) Naoya Gamou
    9) Kimiya Sato
    10) Gary Thompson
    11) Daiki Sasaki
    12) Kazuki Miura
    13) Yoshitaka Kuroda
    14) Katsumasa Chiyo
    15) Hajime Oonami
    16) Tsubasa Mekaru
    17) Tatsuru Noro

  7. #22
    Moderador Avatar de barril
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Localização
    alemanha
    Posts
    2.492

    Padrão

    F-3 Brazil Open – Guimarães se recupera, vence a final e fica com o título de 2013
    A cidade de Brasília pode ser considerada a mais representativa na curta história do F-3 Brazil Open – torneio de verão da categoria base do automobilismo criado em 2010. Com o título conquistado por Felipe Guimarães neste domingo em Interlagos, a capital federal tornou-se o berço dos campeões dos últimos três anos, depois das conquistas de Lucas Foresti em 2011 e 2012.

    O quarto e último dia de competição no F-3 Brazil Open 2013 foi reservado exclusivamente à corrida final. E foi o venezuelano Roberto La Rocca quem chegou como favorito, depois de vencer as duas corridas do sábado e, assim, garantir a pole position da decisão. Mas um problema no motor de seu carro obrigou La Rocca a parar nos boxes ainda na volta de apresentação e praticamente o tirou da briga.

    Na pista, enquanto isso, Felipe Guimarães saía da quinta posição no grid para assumir a ponta ainda na primeira volta. Líder, não foi incomodado em nenhum momento e apenas tratou de abrir vantagem para seus concorrentes durante as 19 voltas da disputa. Assim, conquistou o Open e viu Dmitry Suranovich, da Rússa, ficar com o vice-campeonato.

    “O final de semana inteiro foi de superação. Porque tive muitos problemas, principalmente ontem (sábado) nas duas corridas que eram importantes para o grid da Final. Tive que largar em quinto, mas fui confiante porque sabia que tinha um carro bom para liderar e ganhar o campeonato. Graças a Deus deu tudo certo”, comentou o piloto brasiliense, que trabalha para voltar a competir no automobilismo europeu – onde já disputou provas da GP3 Series e da A1GP.

    E foi justamente de olho nas competições do Velho Continente que Dmitry Suranovich veio ao Brasil. O piloto russo vai disputar sua segunda temporada na GP3 e aproveitou o Open para intensificar sua preparação.

    “Foi bom fazer quatro corridas e completar muitas voltas em um único fim de semana, especialmente porque nessa época, na Europa, não conseguimos treinar em pista por causa do inverno. O Open para mim foi um pouco mais difícil porque foi minha primeira vez em Interlagos e minha primeira vez com esse carro. Então eu precisei de mais tempo para me adaptar a essas novidades. Mas no geral foi bom terminar com o vice-campeonato”, comentou Suranovich.

    Destaque do Open com duas vitórias no sábado, Roberto La Rocca lamentou o problema na decisão, mas considerou positivo o saldo de sua participação. “Infelizmente tive um problema ainda na volta de apresentação e tive de parar nos boxes para a equipe verificar o que estava acontecendo. Larguei do pit e até estava com um ritmo bom, mas começou a molhar a pista e isso dificultou a pilotagem. Mas estou satisfeito porque cumpri meu objetivo de me preparar para a temporada. Fiz três pódios e venci duas corridas no fim de semana, além de evoluir meu desempenho com o carro a cada sessão”, disse o venezuelano.

    Pela categoria B, que utiliza os modelos F-301 da Dallara – enquanto na classe principal se usa os F-309 -, Eduardo Banzoli faturou o título depois de uma intensa disputa contra Gustavo Lima durante o fim de semana. “Estou feliz. Sem dúvida é um título importante para mim, porque o nível dos pilotos que correram aqui era bem alto. O fim de semana foi difícil porque quebrei nas duas primeiras provas, a terceira acho que foi a melhor corrida que eu fiz no automobilismo até hoje, com ultrapassagens e muita disputa, e a quarta bateria foi difícil de novo, mas graças a Deus deu tudo certo”, avaliou Banzoli, que também recebeu o Troféu João Leme por ter sido considerado o piloto mais combativo do fim de semana.

    Para Gustavo Lima, homônimo do cantor sertanejo, “foi uma boa estreia com o carro de fórmula 3. Consegui brigar pelo título da B, andando entre os primeiros na geral. Infelizmente tive alguns imprevistos na Final que me tiraram da briga, mas foram coisas de corrida”, resumiu o paulista que vem da temporada 2012 na Fórmula Renault Alps, também na Europa.

    Cumprindo seu propósito desde que foi idealizado em 2010 pelo ex-piloto Roberto Mourão, o F-3 Brazil Open 2013 serviu como pré-temporada para todos os seus participantes. Foi o caso, por exemplo, do paulista Raphael Raucci, que estreou na divisão principal depois de ter sido vice-campeão sul-americano da F-3 em 2012 na classe B. O piloto deve disputar novamente o torneio continental este ano e ressaltou a importância do evento em sua preparação.

    “É uma boa maneira de abrir a temporada, com a chance de desenferrujar depois das férias. Ajuda muito na preparação no campeonato, porque é quilometragem que o piloto ganha com o carro, é preparo físico para disputar as corridas. Então é uma chance de melhorar bastante no início do ano”, disse Raucci.

    A importância do evento nos preparativos também foi destacada por Rodrigo Contin, chefe da equipe Hitech Racing, agora bicampeã do evento. “É um campeonato extremamente válido para a categoria. Não só para os pilotos daqui, mas também para os pilotos de fora. Esse ano tivemos o Dmitry que viu no Open uma oportunidade de intensificar sua preparação para a GP3 Series, e o Roberto La Rocca que já tinha andado no ano passado e veio novamente”.

    Com a conquista deste sábado, Felipe Guimarães se une a Lucas Foresti (2011 e 2012) e William Buller (2010) na lista dos vencedores do F-3 Brazil Open. Confira como terminou a corrida Final:

    1) Felipe Guimarães (A), (19 voltas) 31:16.716
    2) Dmitry Suranovich (A), a 1:15.536
    3) Eduardo Banzoli (B), a 1 volta
    4) Roberto La Rocca (A), a 5 voltas
    5) Raphael Raucci (A), a 6 voltas
    6) Gustavo Lima (B), a 16 voltas

    Melhor Volta: Felipe Guimarães, 1:34.557 (média de 164,053 km/h), na 13ª volta
    autoracing.com

  8. #23
    Moderador Avatar de barril
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Localização
    alemanha
    Posts
    2.492

    Padrão F:3 calendar2013*

    Date Track
    08-09/03 (E) Test Barcelona
    18-19/03 (I) Test Monza
    23-24/03 (I) Monza
    13-14/04 (GB) Silverstone
    04-05/05 (D) Hockenheim
    18-19/05 (GB) Brands Hatch
    01-02/06 (A) Red Bull Ring
    13-14/07 (D) Norisring
    17-18/08 (D) Nürburgring
    28-29/09 (NL) Zandvoort
    19-20/10 (D) Hockenheim
    26-27/10 (F) Paul Ricard
    Teams & Drivers 2013


    autoracing.com

  9. #24
    Moderador Avatar de barril
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Localização
    alemanha
    Posts
    2.492

    Padrão F3 Européia – Derani marca pontos na corrida 3 e sobe no campeonato

    O clima chuvoso deste domingo (24) não facilitou o trabalho dos competidores nas duas corridas que encerraram a primeira etapa da temporada 2013 da FIA F-3 Europeia e contou com a participação de 30 pilotos. A pista molhada do circuito de Monza, na Itália, ficou escorregadia e ocasionou muitos incidentes. Representante da Fortec Motorsports, o paulista Pipo Derani chegou a cruzar a linha de chegada da corrida 2 entre os Top 10, mas foi penalizado em 10 segundos e perdeu posições, caindo de nono para 19º. Na corrida 3, Pipo largou em quinto e permaneceu na posição até a prova ser cancelada, em virtude da chuva forte. Com o resultado, o brasileiro abriu sua pontuação no campeonato, aparecendo em 11º lugar na tabela, com 5 pontos.

    Por conta da chuva torrencial, a corrida da manhã teve início com Safety Car e a pista só foi liberada após quatro voltas. Com o asfalto molhado, o spray d’água formado com a passagem dos carros prejudicou a visibilidade dos pilotos e muitos acabaram rodando ou saindo da pista.

    Nos últimos cinco minutos da prova, um grave acidente envolvendo Måns Grenhagen, Jordan King e William Buller obrigou uma nova entrada do Safaty Car, que permaneceu na pista até fim o da disputa. Todos os envolvidos saíram ilesos.

    Pipo Derani terminou a prova em nono lugar, completando as 14 voltas em 37min28s610, mas foi penalizado em dez segundos porque sua luz de chuva estava muito fraca e o carro #12 caiu para 19º lugar na classificação. “A direção de prova concluiu que eu era um perigo para outros competidores. Uma pena!”, desabafou o jovem de 19 anos, que na prova de sábado (23), que abriu a rodada, terminou em 11º.

    Na corrida 2, o pole position Pascal Wehrlein e Raffaelle Marciello travaram uma disputa acirrada pela primeira posição. Wehrlein levou a melhor e Tom Blomqvist completou o pódio ao cruzar a linha de chegada em terceiro.

    O tempo não mudou para a terceira corrida e a condição de pista molhada se tornou perigosa para dar continuidade à disputa. Os organizadores optaram por cancelar a prova logo na oitava volta. “Nesta última corrida não completamos 75% de prova e perdemos alguns pontos que seriam importantes. Foi um final de semana difícil e complicado, mas estamos rápidos e preparados para o próximo”, disse Derani, que largou em quinto no grid, manteve a posição e, com o resultado, abriu sua pontuação no campeonato com cinco pontos – aparecendo em 11º lugar na tabela.

    Marciello e Wehrlein, respectivamente, subiram nos lugares mais altos do pódio mais uma vez. O terceiro colocado foi Alex Lynn.

    O suiço Raffaelle Marciello é o atual líder com 55,5 pontos – 6,5 de vantagem para o vice, o alemão Pascal Wehrlein. Único brasileiro inscrito no campeonato, Derani aparece em 11º na tabela, com 5 pontos. A briga pelo título continua na próxima rodada tripla da segunda etapa, em Silverstone, na Inglaterra, nos dias 13 e 14 de abril.
    autoracing.com

  10. #25
    Moderador Avatar de barril
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Localização
    alemanha
    Posts
    2.492

    Padrão Felipe Guimarães vence e pula na frente da Fórmula 3 Sul-americana

    Felipe Guimarães venceu com facilidade, de ponta a ponta, a prova de abertura da Fórmula 3 Sul-americana, disputada na tarde deste sábado no Autódromo de Interlagos. O pole position Felipe, que na temporada passada fez algumas provas na principal categoria continental de monopostos, também participa da GP3 fora do Brasil, completou as 19 voltas em 29min58s231, média de 164,09 km/h. A segunda posição ficou com Raphael Raucci.

    Na Fórmula 3 Light – Higor Hoffmann é o atual campeão – a vitória ficou nas mãos do argentino Bruno Etman com Eduardo Banzoli em segundo e Artur Fortunato em terceiro. O norte-americano Nicholas Silva, que estreou na categoria, teve problemas na largada e nem completou a primeira volta. A corrida marcada para este domingo às 14 horas tem a inversão da posição dos seis primeiros na corrida de sábado. O sexto sai na pole, o quinto em segundo, o quarto em terceiro, o quinto em segundo e o sexto larga na pole position.

    Assim, o grid será composto por Higor Hoffmann em primeiro, Gustavo Frigotto em segundo, Eduardo Banzoli em terceiro, Brune Etman em quarto, Raphael Raucci em quinto e Felipe Guimarães em sexto lugar.

    Resultado da corrida da Fórmula 3 Sul-americana neste sábado:

    1) Felipe Guimarães (Hitech Racing), 29min58s231, média de 164,09 km/h.
    2) Raphael Raucci (Hitech Racing), a 58s676
    3) Bruno Etman (Cesário Fórmula) (Light), a 1min01s621
    4) Eduardo Banzoli (Capital Motorsports) (Light), a 1min08s580
    5) Gustavo Frigotto (EMB Racing), a 1min17s439
    6) Higor Hoffmann (Cesário Fórmula), a 1min22s109
    7) Artur Fortunato (Cesário Fórmula) (Light), a 1min22s243
    8) Elias Azevedo (Cesário Fórmula) (Light), a 1 volta
    9) Gustavo Myasava (Hitech Racing), a 2 voltas
    10) Alexandre Doretto (Chenin Racing) (Light), a 8 voltas
    11) Gaetano Di Mauro (RR Racing) (Light), a 12 voltas
    12) Rodolfo Toni (RR Racing) (Light), a 13 voltas
    13) Nicholas Silva (EMB Racing) (Light), a 19 voltas
    autoracing.com

  11. #26
    Moderador Avatar de barril
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Localização
    alemanha
    Posts
    2.492

    Padrão Daniil Kvyat faz pole position para GP3


    Daniil Kvyat continua a dominar na GP3 em Abu Dhabi, conquistando a pole position para a primeira corrida do fim de semana. O piloto russo conseguiu reduzir a distância que o separa de Facu Regalia para apenas três pontos com este resultado, enquanto o argentino vai partir apenas da 10ª posição.

    Kvyat conseguiu destronar Regalia do primeiro lugar da tabela na primeira fase da sessão, com o apoio do seu colega da MW Arden, Carlos Sainz Jr. Depois foi a vez de Kevin Korjus e Jack Harvey atacarem a pole position, até que Kvyat voltou a fazer o melhor tempo. Regalia cometeu um erro na sua segunda volta rápida e não conseguiu melhorar, ficando a mais de um segundo do tempo da pole position.

    Tempos:
    1º Daniil Kvyat (MW Arden) 1m55.473s
    2º Nick Yelloly (Carlin) 1m55.753s
    3º Kevin Korjus (Koiranen) 1m55.785s
    4º Alexander Sims (Carlin) 1m56.221s
    5º Jack Harvey (ART) 1m56.265s
    6º Carlos Sainz Jr. (MW Arden) 1m56.392s
    7º Conor Daly (ART) 1m56.442s
    8º Patric Niederhauser (Jenzer) 1m56.487s
    9º Dean Stoneman (Koiranen) 1m56.560s
    10º Facu Regalia (ART) 1m56.722s
    autosport.pt

Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12

Tópicos Similares

  1. Formula One (F1)
    Por Freundlich no fórum Sports
    Respostas: 460
    Último Post: 01-04-2011, 22:54
  2. Battery Fórmula Racing - Jogo de Formula 1
    Por Linkin Park no fórum Jogos Freeware & Demos
    Respostas: 0
    Último Post: 22-03-2010, 14:02
  3. FÓrmula 1
    Por Brandy no fórum Desporto
    Respostas: 23
    Último Post: 21-11-2009, 10:15
  4. Fórmula 1 na BBC
    Por PowerDream® no fórum Outros Satélites & Operadores
    Respostas: 1
    Último Post: 21-03-2008, 10:09

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Já fez "Like" na nossa página do facebook?

Acompanhe todas as novidades.