Na qualidade de seleccionador da Grécia, Fernando Santos já enviou a escolha para a FIFA e, explica, fê-lo porque já não há "adjectivos" para qualificar o capitão da Selecção Nacional.

"Não tive a mínima dúvida em votar nele para melhor jogador do Mundo. Acho que só o senhor Blatter tem dúvidas disso", acrescentou, de forma irónica, aludindo à polémica que o presidente da FIFA protagonizou quando, há algumas semanas, caricaturou o avançado do Real Madrid.

O último treinador de Ronaldo em Alvalade
Fernando Santos era o treinador do Sporting quando "CR7" foi transferido para o Manchester United, no Verão de 2003 e recorda que, então, o dianteiro de 18 anos era um"jovem ambicioso e com muita vontade de aprender".

De resto, a sua força, entrega e paixão pelo jogo continuam a impressionar o treinador português.

"Já não encontro palavras para o qualificar. Na brincadeira, costumo dizer que ele joga melhor que os matrecos, é perfeccionista e quer sempre mais", completa Fernando Santos.

Cristiano Ronaldo foi decisivo no apuramento da Selecção Nacional para o Mundial 2014. Na eliminatória dos "play-off", diante da Suécia, o avançado marcou os quatro golos lusos com os quais Portugal bateu os nórdicos por um total de 4-2, nas duas mãos.




rr