A Agência Espacial Europeia (E.S.A.) formalizou a encomenda de mais oito satélites Galileo ao consórcio liderado pelo fabricante alemão OHB System AG, que já tinha construído os 14 primeiros satélites de posicionamento global. A E.S.A. assinou igualmente dois contratos com a Astrium de forma a que seja alterado o Ariane 5 ES por forma a poder integrar e colocar em órbita em simultâneo quatro satélites Galileo. Esta versão do foguetão europeu é actualmente utilizada para transportar o ATV europeu da E.S.A. até à Estação Espacial Internacional, situada a cerca de 380 km da Terra, mas exige alterações e uma requalificação para poder colocar em órbita satélites a uma altitude de 23 222 km. Este lançador “Ariane 5 ES Galileo” deverá estar disponível na segunda metade de 2014.



t/sat