Os satélites de telecomunicações Express MD2 (Rússia) e Telkom-3 (Indonésia) foram considerados perdidos pela agência espacial russa Roscosmos no seguimento de problemas ocorridos depois do seu lançamento, na passada Segunda-feira a partir de Centro Espacial de Baikonur, no Cazaquistão. Segundo a Roscosmos, os motores do piso Breeze-M do foguetão Proton ligaram-se à hora prevista, mas funcionaram apenas 7 segundos em vez de 18 minutos e 5 segundos, como programado, levando a que os dois satélites nunca atingissem a órbita prevista. Já foi aberto um inquérito para apurar as causas deste novo revês para as autoridades russas; todos os lançamentos de foguetões Proton foram entretanto cancelados.



t/sat