Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 20 de 33

Tópico: Aviões Supersónicos

  1. #1
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão Aviões Supersónicos

    A era do reactor levou aos engenheiros e projectistas a enfrentar uma série de problemas físicos relativos aos fenómenos aerodinâmicos que se produziam a altas velocidades. Já se conheciam os efeitos da compressibilidade do ar a velocidades próximas do som quando os comandos se tornavam ineficazes e se produziam ondas de choque que ao serem ultrapassadas pelo avião, ocasionavam estampidos sónicos. Chamou-se a esta barreira «barreira do som», e para a estudar construíram-se aviões experimentais, como o Bell X-1, um foguete tripulado que ultrapassou pela primeira vez a barreira do som, a 14 de Outubro de 1947, aos comandos do Capitão Charles Chuck E. Yeager. O Bell X-1 alcançou de velocidade: 1126 km/h a 10.600 metros de altitude, depois de ser lançado de um bombardeiro B-29 em voo.

    Bell X-1

    Os aviões X continuaram a explorar os fenómenos a altas velocidades, encontrando-se toda uma série de soluções técnicas. A barreira seguinte foi chamada «térmica», devido aos problemas de aquecimento ocasionados pelo atrito do ar a velocidades muito elevadas: o Bell X-2 ultrapassou a velocidade térmica: 3200 km/h.

    Bell X-2

    Foi superado pelo extraordinário X-15 que a 3 de Outubro de 1967, atingiu a maior velocidade para um avião: 7274 km/h a 100.000 metros de altitude.

    Em terrenos mais práticos, a aviação militar beneficiou das investigações levadas a cabo por
    todos estes aparelhos experimentais, conseguindo primeiro, caças mais rápidos e seguros, e
    posteriormente bombardeiros.
    Última edição por mjtc; 08-06-2012 às 09:38.

  2. #2
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão O Primeiro Avião Supersónico

    O primeiro avião realmente supersónico foi o F-100 norte-americano que foi projectado em princípios de 1949. Em 1953 batia o recorde mundial de velocidade a baixa altitude de voo horizontal, atingindo de velocidade: 1215 km/h. O North American F-100 «Super Sabre» foi o primeiro caça do mundo capaz de operar a velocidades supersónicas e durante muitos anos constituiu a espinha dorsal do Comando Táctico da Força Aérea dos Estados Unidos. Desenvolvido a partir do F-86 Sabre, actuou satisfatoriamente na Guerra do Vietname em missões de caça e bombardeamento táctico. O seu substituto foi o F-4 Phantom II.

    F-100 Super Sabre

  3. #3
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão F-4 Phantom II

    O primeiro exemplar da série voou em 1958 sob a denominação militar McDonnell Douglas F-4 Phantom II. É um caça-bombardeiro destinado inicialmente para servir nos porta-aviões da Armada dos Estados Unidos, as versões com base em terra operaram em muitos países, tais como a Grã-Bretanha, a República Federal Alemã (R.F.A.) e a Espanha. Nos E.U.A., serviu na Marinha, Marines e Força Aérea, executando as tradicionais missões de superioridade aérea, apoio aéreo próximo, intercepção, supressão de defesa antiaérea, defesa da frota, ataque e reconhecimento, ao longo de 38 anos, finalizando uma carreira recordista em 1996. Voava a 2370 km/h a 18.300 metros de altitude com um raio de acção: 2600 km.


    Última edição por mjtc; 23-03-2012 às 10:51.

  4. #4
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão Lockheed F-104 Starfighter

    Foi chamado de «míssil com asas», devido ao seu aspecto. A sua velocidade máxima era de 2123 km/h (Mach 2). O Lockheed F-104 Starfighter é um caça interceptor norte-americano que operou na Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) de 1958 até 1967.

  5. #5
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão BAC Lightining

    Foi durante 10 anos um dos pilares da defesa aérea da Grã-Bretanha. Foi desenhado especificamente para operar a velocidades superiores a Mach 2. Entre as suas principais características sobressai a colocação dos seus dois motores: sobrepostos.

  6. #6
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão Marcel Dassault Mirage III

    Representam um dos maiores êxitos da indústria aeronáutica militar francesa do pós-guerra. Aviões deste tipo, além de servirem na Força Aérea Francesa, serviram na Espanha, Israel, Suíça, Argentina e na África do Sul, entre outras. Foi o primeiro avião de combate europeu capaz de voar a uma velocidade de Mach 2.

    Última edição por mjtc; 19-08-2011 às 01:53.

  7. #7
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão Mig 21

    Surgiu em 1956, sendo apresentado nas suas diferentes versões. Foi um dos caças mais populares da história da aviação. Foram produzidos aproximadamente 10.000 exemplares de seus muitos variantes. É o segundo avião militar mais produzido depois da Segunda Guerra Mundial, a seguir ao Lockheed C-130 Hercules. O Mig 21F é um interceptor diurno de curto alcance, armado com dois canhões de 30 mm e dois mísseis de curto alcance, guiados por infravermelhos. A versão de dois lugares de treino é conhecida pelo nome de Mig-2UTI. A velocidade máxima da versão de um só lugar é de 2100 km/h e o seu raio de acção de 600 km.

  8. #8
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão Mig 25 Foxbat

    Desenhado como medida de emergência perante o aparecimento do XB-70 norte-americano, um bombardeiro supersónico, que segundo fontes russas, seria capaz de atingir velocidades supersónicas até Mach 3, e possuiria um alcance intercontinental para atingir alvos dentro da U.R.S.S. Este Super-Bombardeiro teria capacidade de partir de bases militares do continente americano sem reabastecimento em voo. Mas logo foi posto de lado, enquanto os russos prosseguiram com o seu interceptor Mig 25 Foxbat, que se tornou o caça mais rápido do mundo, atingindo de velocidade máxima: 3500 km/h a 20.700 metros de altitude. Voava a uma velocidade segura de 2975 km/h, por motivos de segurança. Equipado com 4 grandes mísseis Acrid. Existem versões de reconhecimento e de treino. Este interceptor entrou ao serviço em 1970.
    Última edição por mjtc; 19-07-2012 às 20:35.

  9. #9
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão Hawker-Siddeley Harrier

    Hawker-Siddeley Harrier é um caça de descolagem vertical, desenvolvido na Grã-Bretanha durante as décadas de 1950 e 1960, cujo intuito era defender o território britânico no caso de um ataque nuclear que destruísse os seus aeródromos. Foi o único avião de combate de descolagem vertical no mundo ocidental e o primeiro a aparecer. Os seus tubos de escape orientável permitem-lhe, além disso, uma incrível agilidade em voo. É capaz de voar a 1200 km/h e está armado com dois canhões de 30 mm. Pode levar mísseis, bombas ou foguetes sob as asas. A evolução da aeronave deu origem ao Sea Harrier marítimo que é operado a partir de pequenos porta-aviões. O avião inicialmente projectado pela Hawker Sidley foi fabricado pela BAe Systems e também nos E.U.A. pela McDonnell Douglas, depois incorporada pela Boeing.

    Hawker-Siddeley Harrier

    O Sea Harrier da BAE Systems é caça de defesa e intervenção de base móvel (geralmente marítima). Foi o primeiro avião a jacto do mundo a descolar e a aterrar verticalmente e foi criado para a Marinha Britânica e a RAF, a partir do Hawker Siddeley Harrier. Integrou a RAF em Abril de 1980 como Sea Harrier FRS1. A última versão foi o Sea Harrier FA2. Conhecido informalmente como "Shar", o Sea Harrier foi retirado do serviço na RAF em Marco de 2006.

    Sea Harrier

    O AV-8 Harrier II é a segunda geração de aviões a jacto STOL/V/STOL de ataque ligeiro, utilizado pelos Corpo de Marines dos Estados Unidos, Força Aérea Real (RAF), Marinha da Espanha e a Marinha da Itália. O avião é conhecido por AV-8B Harrier II no seio dos Marines, e pela RAF como GR7/GR9. O AV-8A foi um Hawker Siddeley Harrier GR.3 não modificado, requisitado pelos Marines. O AV-8B é um redesenho deste avião, incorporando novas asas de compósito, novo cockpit e aviónica, bem como um motor, mais potente. As novas asas possibilitam a descolagem de cargas superiores em peso, bem como de armamento, embora o motor mais potente do Harrier II seja mais lento em 80 km/h que o seu predecessor. O AV-8B entrou no activo a Janeiro de 1985 com um custo de 21,6 milhões de dólares cada.

    AV-8 Harrier II
    Última edição por mjtc; 08-06-2012 às 09:35.

  10. #10
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão Nova Geração de Caças Supersónicos

    Com o surgimento de uma nova geração de caças, incorporaram grande número de características essenciais para a guerra moderna: excelente maneabilidade, sistemas de pontaria por laser, cabinas com visibilidade quase total, motores de baixo consumo de combustível, pouca irradiação de calor (especialmente aptos para se opor aos mísseis com guia térmica) e canhões integrados cuja velocidade de tiro é superior à de várias metralhadoras a disparar ao mesmo tempo. O piloto passava a dispor de um arsenal, que incluía mísseis ar-ar, que podiam ser lançados a distâncias próximas de 70 km do objectivo. Ao lançar um míssil guiado pelo radar ou computador de armas, directo ao alvo, evitava que o piloto observasse o alvo atingido.
    Última edição por mjtc; 19-07-2012 às 20:34.

  11. #11
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão F-14 Tomcat

    Um dos mais espectaculares caças modernos é o Grumman F-14 Tomcat da Marinha dos Estados Unidos, concebidos para defender a frota de qualquer ameaça. Com as suas asas de flecha variável, que se adaptam automaticamente à velocidade e manobra mediante o computador, o Tomcat, voando a mais de 2500 km/h, é capaz de destruir até seis alvos diferentes a 200 km de distância graças ao portentoso míssil balístico Phoenix. Em combate cerrado pode utilizar além disso, o seu canhão Vulcan de 20 mm, capaz de disparar 6000 tiros por minuto. Foi retirado do serviço da Marinha dos E.U.A. em 2007.

  12. #12
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão MiG 23

    De asas variáveis são a contrapartida russa dos F-14 norte-americanos. Voando a 2500 km/h, armados com canhões-revolver de 23 mm e mísseis guiados por radar ou infravermelhos. A versão Mig 27, simplificada para o ataque ao solo, foi exportada para diversos países.
    Última edição por mjtc; 08-06-2012 às 09:33.

  13. #13
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão Rockwell B-1

    Bombardeiro estratégico com asas em flecha variável, capaz de atingir alvos a quase 10.000 km da sua base de partida a 2000 km/h. Pode lançar 24 mísseis de cruzeiro com ogiva termonuclear.

  14. #14
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão Panavia Tornado

    O Panavia Tornado é uma família de caças bi-motor desenvolvido em conjunto pelo Reino Unido, Alemanha e Itália. Existem três versões primárias do Tornado:
    - Tornado IDS - versão de ataque à superfície;
    - Tornado ADV - versão de intercepção e superioridade aérea;
    - Tornado ECR - versão de reconhecimento e de combate electrónico.
    Desenvolvido pela Panavia, um consórcio de três nações consistindo da British Aerospace, MBB da Alemanha, e Alenia Aeronautica da Itália, o Tornado voou pela primeira vez a 14 de Agosto de 1974 e viu acção com a Força Aérea Real Britânica no Iraque, durante a Operação Tempestade do Deserto. Incluindo todas as variantes, 992 aeronaves foram construídas para as três nações parceiras e para a Arábia Saudita. As asas do Tornado, tal como o F-14 Tomcat, movem-se no sentido da cauda do avião, reduzindo o atrito com o ar e aumentando a sua velocidade; contudo, isso reduz sua capacidade de manobras, sendo utilizado fundamentalmente para atingir maior velocidade. O Panavia Tornado possui duas metralhadoras 27 mm Mauser BK-27, sendo as dos tornados gr1 e gr4 direccionadas para baixo, visto que estes foram feitos para ataques terrestres. O Panavia Tornado atinge de velocidade máxima: 2200 km/h a 21.335 metros de altitude, sendo o seu raio de acção: 3600 km.
    Última edição por mjtc; 22-09-2012 às 04:06.

  15. #15
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão F/A-18 Hornet

    O F/A-18 Hornet é um caça moderno dos Estados Unidos. Pode carregar até 8000 kg de mísseis e pode alcançar uma velocidade de 1915 Km/h, graças ao seu motor de 97,8 KN de potência. Um dos melhores jactos navais de todos os tempos.

  16. #16
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão Lockheed SR 71

    Quase uma nave espacial, o Lockheed SR 71 «Blackbird» (melro) atinge a incrível velocidade: 3700 km/h a 26.000 metros de altitude. Com um raio de alcance: 5800 km, esse avião voava tão alto e tão rápido que perseguido por um míssil terra-ar, a manobra de evasão clássica era simplesmente acelerar.

    Com base em Beale, na Califórnia, a unidade equipada com SR-71 estava em diferentes bases, principalmente na Grã-Bretanha e no Japão, para fazer cobertura aérea em todo o mundo. A altitude operacional, o SR-71 conseguia fazer a vigilância de uma superfície de 270.000 km² por hora, o que lhe permitia operar no Vietname do Norte, na China, na União Soviética, em Cuba ou na Coreia do Norte sem entrar no espaço aéreo respectivo. Nenhum dos 33 SR-71 fabricados foi abatido até a actualidade, no entanto, 12 unidades foram perdidas em acidentes. Os seus serviços como avião espião tornaram-no na mais vital ferramenta do Comando Estratégico da USAF.

    A seguir ao X-15, O SR-71 é o avião mais rápido do mundo.
    Última edição por mjtc; 22-09-2012 às 04:05.

  17. #17
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão F-15 Eagle

    O McDonnell Douglas F-15 Eagle é um caça táctico altamente manobrável, que pode operar sob todas as condições atmosféricas. A superioridade do F-15 Eagle é conseguida na agilidade e aceleração, alcance, armamento e aviónica.
    O F-15 dispõe de sistemas electrónicos e armamento para detectar, focar, perseguir e atacar aviões inimigos quer em espaço aéreo aliado ou inimigo. Os sistemas de armamento e controle de voo foram desenhados para que uma única pessoa possa realizar combate ar-ar com segurança e eficácia. Este caça principal da Força Aérea Americana, atinge de velocidade máxima: 2660 km/h a 19.800 metros de altitude (versão A,B,C,D,) e 15.000 metros de altitude (versão E).
    A versatilidade do F-15 permite-lhe também carregar uma vasta variedade de armas ar-ar. O sistema bélico automatizado permite ao piloto realizar combates aéreos com segurança e eficácia, usando o HUD, a aviónica e os controlos do armamento localizados quer na manete do motor ou do controlador de navegação. Sempre que o piloto alterne entre sistemas de armamento será automaticamente visualizado no HUD o respectivo sistema de armas e solução de tiro.
    O Eagle pode ser armado com combinações de quatro armas ar-ar:
    - Mísseis AIM-7F/M Sparrow;
    - Mísseis ar-ar AIM-120 AMRAAM avançados de alcance médio nos cantos inferiores da fuselagem;
    - Mísseis AIM-9L/M Sidewinder ou AIM-120 em dois suportes nas asas;
    - Uma metralhadora interna 20 mm Gatling na asa direita.
    Outras curiosidades deste avião:
    - Em 2000 o F-15 em todas as forças aéreas, agregou um recorde de baixas de 104 alvos abatidos contra zero perdidos no combate aéreo.
    - Um F-15J japonês atingiu outro F-15J em 1995 devido a um erro num AIM-9 Sidewinder durante treinos de combate aéreo com armas reais.
    - O F-15E susteve duas baixas provenientes de fogo antiaéreo na Guerra do Golfo em 1991.
    - Um F-15E foi abatido em 2003 na Invasão do Iraque provavelmente devido a fogo antiaéreo.
    Última edição por mjtc; 19-08-2011 às 03:09.

  18. #18
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão F-16 Fighting Falcon

    O F-16 Fighting Falcon é um caça a jacto polivalente, monomotor, altamente manobrável, apto a operar em todas as condições meteorológicas e de luminosidade. Originalmente concebido e desenvolvido, pela General Dynamics para a Força Aérea dos Estados Unidos, a partir de um conceito experimental (LWF), para um interceptor diurno de curto alcance, complementar ao poderoso e sofisticado F-15 Eagle de superioridade aérea. Foi evoluindo gradualmente para a função de caça-bombardeiro de alto desempenho, com capacidade para actuar em todas as condições atmosféricas de dia e de noite. A 21 de Julho de 1980, em cerimónia realizada na base aérea de Hill no Estado do Utah foi oficialmente baptizado "Fighting Falcon". No entanto, entre os seus pilotos independentemente da nacionalidade, foi e continua sendo conhecido por Viper.

  19. #19
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão Dassault-Breguet Mirage 2000

    Caça francês monoturbina, o Mirage 2000 foi desenvolvido pela Dassault Aviation para a Armée de l'Air em substituição ao programa Avion de Combat Futur. A Dassault Aviation visava atender às necessidades francesas e a repetir o sucesso comercial e internacional alcançado pelo Mirage III, competindo com o americano F-16. O primeiro voo do protótipo ocorreu em 10 de Março de 1978. Entrou em serviço em 1984. Actualmente, está em processo de substituição pelo Dassault Rafale, que entrou em serviço em 27 de Junho de 2006.

  20. #20
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.671

    Padrão Dassault Rafale

    Dassault Rafale é um caça de dupla propulsão com asa em delta, considerado de 4 ou 5ª geração, projectado na década de 80 para substituir todos os Mirage 2000 da Força Aérea Francesa, e esta sendo produzido também para a Marinha Francesa, para operar em porta-aviões. O custo total do programa, a partir de 2008, é de cerca de 39,6 biliões de euros, que se traduz em uma unidade de custo do programa de cerca de 138.5 milhões de euros. O preço unitário flyaway a partir de 2008 é de 64 milhões de euros para a versão C (Força Aérea), e 70 milhões de euros para a versão da Marinha.

    O Rafale foi desenvolvido para ser um sucesso de vendas no mercado internacional, entretanto, ele vem sendo empregado somente na França. Neste sentido, o seu elevado preço e a concorrência de aviões considerados mais capazes, como o Eurofighter Typhoon, Boeing F/A-18E/F Super Hornet e SAAB Gripen, tem mantido esse avião distante de outras forças aéreas, além da francesa.
    Última edição por mjtc; 02-06-2013 às 22:08.

Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo

Tópicos Similares

  1. Fotos de Aviões
    Por alenmar no fórum Auto & Máquinas
    Respostas: 10
    Último Post: 16-12-2011, 17:41
  2. Aviões do Forró
    Por edu_fmc no fórum Tablaturas
    Respostas: 13
    Último Post: 22-01-2009, 18:35
  3. TV Globo nos aviões da TAP
    Por delfimsilva no fórum Outros Satélites & Operadores
    Respostas: 0
    Último Post: 04-06-2008, 22:27
  4. Aviões
    Por Opium® no fórum Outros
    Respostas: 0
    Último Post: 22-04-2008, 12:01
  5. Aviões-II
    Por Duarte Ramos no fórum Auto & Máquinas
    Respostas: 2
    Último Post: 12-04-2007, 15:13

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Já fez "Like" na nossa página do facebook?

Acompanhe todas as novidades.