Dois agentes da Polícia de Investigação Criminal (PIC) de Moçambique foram assassinados na capital, Maputo, por indivíduos que se encontram ainda a monte.


De acordo com o Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique, o primeiro homicídio ocorreu sábado, quando um agente foi atingido no interior da sua viatura por vários tiros disparados por desconhecidos.

Ontem, outro agente da PIC foi alvejado, desta vez na marginal de Maputo.

"Só saberemos as razões das mortes destes colegas depois de localizarmos os autores. E vamos localizá-los," sublinhou Pedro Cossa, porta-voz do Comando-Geral da PRM.



lusa