Foi apreendida uma «grande quantidade de cartões contrafeitos» que seriam utilizados para levantar dinheiro

A Polícia Judiciária (PJ), através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) anunciou, esta terça-feira, a detenção de quatro indivíduos do sexo masculino de 26, 37 e 41 anos, por suspeita de falsificação de cartões bancários, passagem de moeda falsa, burla informática e associação criminosa.

De acordo com comunicado emitido pela Judiciária, as detenções ocorreram fora de flagrante delito e no âmbito de uma investigação que decorre há vários meses. Durante as investigações, foram efectuadas buscas domiciliárias «que resultaram na apreensão de equipamentos (incluindo frontais de caixas multibanco) e material diverso utilizados para a contrafacção de cartões e uma grande quantidade de cartões contrafeitos já aptos a serem utilizados no levantamento de dinheiro».

Os indivíduos colocariam dispositivos em caixas multibanco, para copiar dados de cartões bancários. Os dados eram depois gravados em cartões não legítimos que eram utilizados em levantamentos de dinheiro.

Ainda de acordo com comunicado da PJ, o «¿esquema¿ permitiu a realização de movimentos bancários, com recurso a mais de 182 cartões contrafeitos, que ascendem a mais de 76 mil euros, correspondendo a um prejuízo efectivo superior a 35 mil euros». A investigação ainda decorre, no sentido de apurar o montante global.

Os detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a dois deles a medida de coacção de prisão preventiva e aos outros dois a de proibição de se ausentarem da área de residência.

TVI24