Resultados 1 a 3 de 3

Tópico: Brasil bloqueia participação de engenheiros portugueses no Mundial e Jogos Olímpicos

  1. #1
    Administrador Avatar de Fonsec@
    Data de Ingresso
    Sep 2006
    Localização
    always here
    Idade
    48
    Posts
    27.133
    Blog: A empresária cavaleira

    Padrão Brasil bloqueia participação de engenheiros portugueses no Mundial e Jogos Olímpicos



    O Brasil está a bloquear a participação de engenheiros portugueses em obras destinadas aos jogos Olímpicos e ao Mundial do Futebol, numa altura em que se promove a internacionalização de Portugal, denunciou a Ordem dos Engenheiros.
    «Lamento e preocupa-me que sejam aspectos de natureza puramente burocrática que condicionam ou atrasam a ida de engenheiros para um país carente de engenharia», disse o bastonário da Ordem dos Engenheiros, Carlos Matias Ramos, em entrevista à Lusa.
    O Brasil, um país em expansão económica, que vai receber o Mundial de futebol em 2014 e os Jogos Olímpicos em 2016, precisa neste momento de cerca de 100 mil engenheiros para concretizar estas novas obras, uma oportunidade para os portugueses que têm vantagens culturais e históricas em relação a outras nacionalidades.
    Contrariando o princípio da reciprocidade entre os países, a lei brasileira impõe o reconhecimento dos diplomas portugueses pelas universidades do Brasil e estas, segundo o bastonário, chegam a estar um ano sem sequer responder aos pedidos dos engenheiros portugueses.
    «A Ordem já fez todos os esforços, contactando todas as entidades que podem resolver este problema, desde o envio de memorandos ao Primeiro-ministro, ao ministro dos Negócios Estrangeiros, ao secretário de Estado do Ensino, ao Conselho de Reitores, ao Instituto Camões», enumerou, precisando que pelo menos desde Janeiro que tenta resolver a situação.
    Para Carlos Matias Ramos, este bloqueio «é um problema de natureza política muito forte» que agora só poderá ser resolvido através da diplomacia dos dois países, e lembrou que a Ordem dos Engenheiros reconhece os diplomas de engenheiros brasileiros em cerca de 20 dias.
    «O que me preocupa é o momento actual. Eu não quero a emigração. Estamos a formar engenheiros para desenvolverem o nosso país, e por isso não queremos que emigrem, mas precisamos que se internacionalizem», concluiu.


    Lusa/SOL


  2. #2
    Banido
    Data de Ingresso
    Feb 2011
    Idade
    41
    Posts
    372

    Padrão

    Pois, é com brasileiros, angolanos, eles entram quando querem e recebem subsidios para nao fazerem nada, roubam que se fartam, nos vamos la para trabalhar nãp podemos, democracia de mer.a temos nós no nosso pais.

  3. #3
    Super-Moderador Avatar de jfaneves
    Data de Ingresso
    Dec 2006
    Idade
    42
    Posts
    1.551

    Padrão

    Citação Postado originalmente por ssousa Ver Post
    Pois, é com brasileiros, angolanos, eles entram quando querem e recebem subsidios para nao fazerem nada, roubam que se fartam, nos vamos la para trabalhar nãp podemos, democracia de mer.a temos nós no nosso pais.
    amigo ssousa, não julgues um todo apenas pelas açoes de alguns.
    como nós os portugueses vamos trabalhar para outros países também eles podem tentar a sua sorte pois estão no seu direito, admito que no verão vem sempre alguma chuva mas até prova em contrário somos todos inocentes e com direitos iguais. Peço pois então que penses duas vezes ao criticar alguém sem saber o verdadeiro culpado pois pode bem ser da politica entre os países e não de racismo por isso repito não se pode julgar todos pelas açoes de um
    abraço

Tópicos Similares

  1. Ps2 bloqueia com jogos gravados
    Por autonp no fórum Dúvidas, Truques & Dicas
    Respostas: 1
    Último Post: 27-12-2007, 20:37

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Já fez "Like" na nossa página do facebook?

Acompanhe todas as novidades.