Hollande critica 'os ricos' mas…tem três casas na Riviera Francesa

As críticas aos ricos, os ataques aos bancários e as propostas de aumento dos impostos sobre os altos rendimentos dominaram a campanha presidencial do socialista François Hollande.
Nada que o impeça de possuir três casas num luxuoso resort de Cannes, na Riviera Francesa, diz o tablóide britânico Daily Telegraph.
O registo dos seus bens foi publicado esta sexta-feira no Jornal Oficial, o jornal que contém todas as informações sobre os membros do governo francês. Os bens do recém-eleito presidente foram avaliados num total aproximado de 1 milhão de euros.
Além de possuir três contas activas em bancos franceses e um robusto seguro de vida, é o leque de propriedades imóveis que está a levantar os ânimos entre os milhões de cidadãos franceses que votaram em Hollande no passado domingo.
Depois do espaçoso apartamento em Paris, que divide com a companheira – e jornalista – Valérie Trierweiler, Hollande é também dono de uma moradia palaciana em Mougins, a prestigiada localidade nos subúrbios de Cannes, conhecida por ter sido a residência de Pablo Picasso.
Trata-se de uma casa avaliada num total de 800 mil euros, que fica a apenas alguns minutos de carro de dois outros apartamentos, também registados em seu nome, avaliados em 230 mil e 140 mil euros, respectivamente.
Números significativamente mais elevados do que o esperado mas quem procura aliar o seu nome ao de 'Senhor Normal', e que já lhe valeram os apelidos de 'Gauche Caviar' (Caviar de Esquerda) ou de 'Champagne Socialist' (Champanhe Socialista).

SOL