A Juventus anunciou «apoio total» ao treinador Antonio Conte, que hoje foi condenado pela federação italiana a dez meses de suspensão por envolvimento no "Calcioscommesse", último caso de resultados combinados que manchou o futebol transalpino.
«A equipa de representantes legais dos treinadores, com profissionais escolhidos pelas partes interessadas em completo acordo com o clube, já está a delinear os fundamentos dos recursos, na firme certeza de que não tiveram qualquer envolvimento na matéria», lê-se no site oficial da Juventus, que espera provar a inocência do treinador com os recursos que vão apresentar.
Gianluigi Buffon, capitão da Juve, já se pronunciou sobre a decisão da federação: «Tenho um excelente relacionamento com Conte e acredito que o desejo de lutar está no seu ADN, ele não teme nada.»

Fonte: A Bola