Resultados 1 a 2 de 2

Tópico: O que são Dunas?

  1. #1
    Woman
    Data de Ingresso
    Apr 2008
    Idade
    30
    Posts
    3.079

    Padrão O que são Dunas?

    O que são as Dunas?

    Duna é uma montanha de areia criada a partir de processos eólicos (relacionados ao vento). Dunas descobertas são sujeitas à movimentação e mudanças de tamanho, pela ação do vento. O vale entre as dunas é chamado slack, ou seja, dunas são montes de areia formadas pelo vento e pelo mar. Quando o vento sopra, leva a areia e com o tempo viram dunas. Dunas não precisam ser necessariamente grandes, muitas delas são bem pequenas.




    Definições

    Dentre as diversas formas de deposição de sedimentos eólicos atuais destacam-se as dunas. Associam-se a elas feições sedimentares tais como estratificação cruzada e marcas onduladas que, no entanto, não são exclusivas de construções sedimentares eólicas. Existem duas principais classificações para as dunas: uma considerando o seu aspecto como parte do relevo (morfologia), e a outra considerando a forma pela qual os grãos de areia dispõem em seu interior (estrutura interna). A classificação baseada na estrutura interna das dunas leva em consideração a sua dinâmica de formação, sendo reconhecidos dois tipos: as dunas estacionárias e as migratórias, ou seja as dunas são formadas a partir de influencias eólicas onde o vento os leva para determinadas regiões onde acabam formando as dunas.



    Dunas estacionárias

    Na construção da duna, os grãos de areia (geralmente quartzo) vão se agrupando de acordo com o sentido preferencial do vento, formando acumulações geralmente assimétricas, que podem atingir várias centenas de metros de altura e muitos quilômetros de comprimento. A parte da duna que recebe o vento (barlavento) possui inclinação baixa, de 5 a 15° normalmente, enquanto a outra face (sotavento), protegida do vento, é bem mais íngreme, com inclinação de 20 a 35°. Essa assimetria resulta da atuação da gravidade sobre a pilha crescente de areia solta. Quando os flancos da pilha excedem um determinado ângulo (entre 20 e 35°, dependendo do grau de coesão entre as partículas) a força da gravidade supera o ângulo de atrito entre os grãos, e em vez de se acumularem no flanco da duna, os grãos rolam declive abaixo e o flanco tende a desmoronar até atingir um perfil estável.
    Nas dunas estacionárias a areia deposita-se em camadas que acompanham o perfil da duna. Deste modo, sucessivas camadas vão se depositando sobre a superfície do terreno com o soprar do vento carregado de partículas, partindo de barlavento em direção a sotavento, criando uma estrutura interna estratificada. Embora a sotavento da duna ocorra forte turbulência gerada pela passagem do vento, os grãos de areia permanecem agregados aos estratos em formação, o que tende a impedir o movimento da duna. Estas dunas ficam imóveis por diversos fatores, tais como aumento de umidade, que aglutina os grãos pela tensão superficial da água, obstáculos internos (blocos de rocha, troncos, etc) ou desenvolvimento de vegetação associada à duna.





    Dunas migratórias

    À semelhança das dunas estacionárias, o transporte dos grãos nas dunas migratórias segue inicialmente o ângulo do barlavento, depositando-se em seguida, no sotavento, onde há forte turbulência. Desta forma os grãos na base do barlavento migram até o sotavento. Esse deslocamento contínuo causa a migração de todo o corpo da duna.
    A migração de dunas ocasiona problemas de soterramento e de assoreamento.







    Fontes: Wikipédia

  2. #2
    Woman
    Data de Ingresso
    Apr 2008
    Idade
    30
    Posts
    3.079

    Padrão As Dunas mais elevadas do mundo






    As dunas do segundo maior deserto da China, na Mongólia interior, contêm gigantescas reservas de água subterrâneas, que poderão suprir a crónica falta de água do Norte do país.Como noticia a revista Nature, cientistas chineses, australianos e britânicos descobriram, no deserto de Badain Jaran, sinais de humidade a cerca de 20 centímetros debaixo da areia.

    Esta descoberta explica por que razão as dunas de Badain Jaran, as mais elevadas do mundo (500 metros de altitude), resistem à erosão eólica. «Esta água age como um agente de coesão, dando às dunas uma resistência contra a erosão e os deslizamentos de areia», indica o estudo.




    Na perspectiva dos investigadores, a água retida debaixo das dunas não provém dos 72 lagos disseminados pela paisagem que constitui o Badain Jaran, mas da fusão das neves dos montes Qilian, situados 500 quilómetros a Sudoeste. Assim, a água escorre pelas falhas da montanha e segue depois, por camadas profundas de carbonato, para finalmente chegar às dunas e aos lagos de Badain Jaran.

    Segundo os cálculos dos cientistas, 500 milhões de metros cúbicos de água poderão estar contidos debaixo do deserto.




    portugalmail

Tópicos Similares

  1. Cientistas do Ceará explicam as dunas marcianas
    Por Mr.T @ no fórum Ciência
    Respostas: 0
    Último Post: 20-07-2008, 01:38
  2. Gaia: Ambientalistas denunciam apoios de praia sobre dunas
    Por Satpa no fórum Aquecimento global/Mudanças climáticas
    Respostas: 0
    Último Post: 04-06-2008, 23:53

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Já fez "Like" na nossa página do facebook?

Acompanhe todas as novidades.