Hilary Swank ganhou o gosto pelas alturas e já pensa em tirar a lincença de piloto, noticia o jornal espanhol «La Vanguardia». A actriz encontra-se a promover o seu mais recente filme, «Amelia», onde dá vida à heroína da aviação, Amelia Earhart, que ainda hoje é considerada um ícone da reivindicação feminista.

A película, realizada por Mira Nair, retrata a vida da primeira mulher que em 1928 cruzou o Oceano Atlântico e que em 1937 desapareceu misteriosamente durante um voo no Pacífico.

Ao lado de Hylary Swank vai estar Richard Gere no papel do marido de Amelia, George Putnam.

iol