Resultados 1 a 12 de 12

Tópico: Dinossauros CarnÍvoros

  1. #1
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão Dinossauros CarnÍvoros

    DINOSSAUROS CARNÍVOROS
    Quando ouvimos falar em dinossauros carnívoros, já pensamos em gigantes, maus e ferozes predadores pré-históricos. Esse tipo de dino se alimentava de carne de outros dinossauros. Alguns caçavam para conseguir seu alimento, outros se alimentavam de dinos já mortos, e outros roubavam ovos de outros dinossauros para comer os filhotes. Como você já viu na seção anterior, o principal alvo dos carnívoros é os herbívoros, pois muitos destes não possuíam armas como defesa, o que facilitava a ação destes predadores. Em sua grande maioria, os carnívoros eram Téropodes, grupo no qual se encaixa o famoso Tyrannosaurus Rex. Eles possuíam fileiras de dentes afiados e serrilhados, o que ajudava no corte e mastigação da carne. Clique nos nomes abaixo para conhecer cada dinossauro:


    albertosaurus allosaurus carnotaurus
    coelophysis daspletosaurus deinonychus
    dimetrodon oviraptor spinosaurus
    tyrannosaurus rex velociraptor
    Última edição por aguda; 10-10-2008 às 22:44.

  2. #2
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    ALBERTOSAURUS



    O Albertosaurus, um feroz carnívoro, tinha parentesco com o Tyrannosaurus Rex. Embora menor em tamanho, era mais veloz que o mesmo, correndo em suas fortes
    e longas patas traseiras. Ele perseguia dinossauros herbívoros ou atacava-os enquanto pastavam.
    Os dinossauros das matas tratavam de fugir da figura aterrorizante do Albertosaurus, um dos dinos mais
    ferozes e monstruosos da pré-história.
    Com certeza, se nos deparássemos com




    este bichos na nossa frentes, ficaríamos amedrontados. Quando este dino atacava outro,
    sua vítima tinha poucas chances de escapar. Ferida a dentedas e golpes das garras,
    rapidamente caía morta, pois o ataque a dentadas do Albertosaurus era muito poderoso.

    Veja aqui de lado uma ilustração do


    Albertosaurus e repare a musculatura
    deste réptil gigante.
    Com fileiras de dentes em forma de
    ponta de faca, inclinados para trás, o
    Albertosaurus dilacerava e mastigava a
    carne de suas presas. As patas traseiras eram dotadas de três garras grandes e uma menor. As minúsculas patas dianteiras

    exibiam duas garras, com as quais o animal segurava sua caça - dinossauros como o anatosaurus, o lambeosaurus e o chasmosaurus.





    FICHA DO DINOSSAURO

    NOME albertosaurus, que significa "réptil de Alberta", no Canadá
    TAMANHO 9 m de comprimento
    ALIMENTAÇÃO carne, principalmente de outros dinossauros
    QUANDO VIVEU 75 milhões de anos atrás

  3. #3
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    COELOPHYSIS


    Quase tão alto que um homem, o Coelophysis tinha estrutura leve e ágil, própria para correr. Lagartos, anfíbios, insectos voadores, nenhum dles escapava das garras deste dinossauro. Este é um dos mais antigos dinos, e pode ter sido um canibal. Em 1947, e na expedição ao Novo México, EUA, fez uma bela descoberta. No lugar chamado Ghost Ranch (Rancho Fantasma), centenas de esqueletos de Coelophysis jaziam lado a lado. O achado foi marcante porque incluía Coelophysis de várias idades e tamanhos. Para os



    especialistas, essa foi a prova de que os dinossauros vivam em grandes grupos. O bando inteiro parecia ter morrido da mesma causa, o que sugere que as mortes foram causadas por uma calamidade súbita, como por exemplo um dilúvio. Com a altura de 1,5m, o Coelophysis

    era um bípede dos mais velozes. Assim como os gatos de hoje, esse ágil dinossauro disparava atrás de qualquer coisa pequena que se movesse. Seus ossos ocos justificam o nome, que significa "forma oca". O crânio também era leve, por causa de cavidades laterais. Cada Coelophysis possuía dois braços pequenos, mais ou menos da meta de do tamanho das pernas, com garras afiadas nos dedos. Suas presas dificilmente conseguiam escapar. Para espreitar a presa, o Coelophysis contava com olhos grandes e um pescoço longo e flexível como uma


    cobra. Sua cabeça era comprida e pequena, parecendo uma extensão do pescoço.
    Nas mandíbulas, possuía dentes pontiagudos e afiados. Encontraram-se tantos esqueletos em Ghost Ranch que os cientistas precisaram tomar cuidado para não misturar os ossos de cada Coelophysis. Dos ossos que foram separados da pilha, foi possível reconstituir dois
    exemplares perfeitos de Coelophysis. As cópias desses esqueletos podem ser vistas hoje na maioria dos museus em todo o mundo. No interior dos restos de alguns adultos havia esqueletos de filhotes de Coelophysis. A princípio, os cientistas pensaram que se tratava de bebés prestes a nascer. Mas, como os dinossauros, em sua maioria, põem ovos em vez de fazer a gestação no ventre, e esses esqueletos podiam ser sobras de sua última refeição! Além disso, os esqueletos eram grandes demais para caberem num ovo. Por estranho que pareça, é possível que o Coelophysis não devorasse apenas

    lagartos, répteis e mamíferos, mas também os próprios filhotes. Ninguém sabe por que o Coelophysis comia os filhotes (acima). Isso talvez ocorresse por necessidade de sobrevivência nos momentos de escassez de comida. Algumas espécies do moderno mundo animal (como por exemplo, os hamsters dourados), fazem isso, mas só em caso de necessidade.

    FICHA DO DINOSSAURO

    NOME Coelophysis, que significa "forma oca
    TAMANHO Até 3m de comprimento e 1,5m de altura
    ALIMENTAÇÃO Carne (pequenos répteis e insectos, talvez os próprios filhotes)
    QUANDO
    VIVEU Há 210 milhões de anos atrás, no sudoeste e no leste dos EUA

  4. #4
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    DIMETRODON

    O Dimetrodon não era um dinossauro, mas fazia parte de um grupo de répteis chamados pelicossáurios que viveram antes dos dinossauros aparecerem na Terra. Era um carnívoro muito agressivo, com uma boca enorme e cheia de dentes como punhais.
    Mas a sua característica mais visível era o "leque aberto"de pele no dorso, que em seu ponto mais alto ultrapassava 1m de altura, cuja principal função seria a de regular a temperatura do corpo.



    O Dimetrodon era um réptil quadrúpede que, ao contrário dos dinossauros, não apoiava o corpo sobre as patas em posição vertical. Elas se afastavam do corpo para os lados e os cotovelos e os joelhos formavam ângulos rectos. Na sua robusta cabeça, abria-se uma boca enorme, própria de um temível predador. Na sua robusta cabeça, abria-se uma boca enorme, própria de um temível predador. O seu traço mais característico era o "leque aberto"nas costas que era irrigado por uma imensidade de pequenos vasos sanguíneos e servia para regular a temperatura do corpo, isto é, podia ser usado como radiador ou refrigerador. Para se aquecer, o Dimetrodon tinha que se expor ao sol. Assim, aquecia o sangue que passava por ele e depois o distribuía para o resto do corpo. Em contrapartida, quando queria se refrescar, o animal tinha de ficar na sombra. As principais características do Dimetrodon se destacavam no seu esqueleto: patas compridas, abertas para os lados e com cinco dedos; cauda relativamente curta; cabeça grande; e longas espinhas ósseas no dorso, que eram um prolongamento das vértebras. Algumas destas espinhas atingiam uma altura superior à do próprio corpo. Na cabeça estreita, havia músculos fortes para a mastigação.

    Os maxilares eram poderosos e os dentes, muito afiados. Dois pares deles, um em cada maxilar, eram especialmente compridos e serviam para cortar a carne. Isto demonstra que era um predador preparado para agressão. Além disso, no crânio do Dimetrodon, observa-se uma das características de todos os répteis que precederam os mamíferos: a presença de uma só abertura lateral atrás da cavidade do olho (os dinossauros tinham duas). Uma das presas predilectas do Dimetrodon, era o Edaphosaurus, que também dispunha de leque, mas era herbívoro.
    FICHA DO DINOSSAURO
    NOME Dimetrodon, que significa "leque aberto"
    TAMANHO Mais de 3m de comprimento
    ALIMENTAÇÃO Carne
    QUANDO VIVEU Entre 280 e 255 milhões de anos atrás, período Permiano da era Paleozóica


  5. #5
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    TYRANNOSAURUS REX

    Quase todos conhecem ou já ouviram falar neste dinossauro. Isso porque ele foi o maior dinossauro carnívoro que viveu na Terra e, provavelmente, um dos mais ferozes. O Tyrannosaurus Rex tinha o comprimento de quatro carros, a altura da girafa mais alta e o peso de um elefante africano. Um homem alto daria com a cabeça no meio da coxa desse magnífico animal. Ninguém sabe exactamente que tipo de ruídos e sons fazia, mas ele devia rugir ou guinchar para chamar os mais novos e reuni-los aos outros membros do grupo.




    Cada uma de suas patas cobriria quatro telas do seu computador e possuía três grandes garras na frente e uma atrás. As pernas dianteiras, bastante pequenas, ficavam no alto do corpo e terminavam e "mãos", dotadas de dois finos dedos em forma de garra.
    Ninguém sabe ao certo sua finalidade; acredita-se que serviam para agarrar as presas, mas elas não eram compridas o suficiente para levar comida à boca. Alguns cientistas sugerem que o T. Rex usava essas pequenas patas como apoio, para se levantar nas patas traseiras, ao acordar ou após um descanso.
    Ao se locomover com suas poderosas patas traseiras, o T. Rex balançava o pesado corpo e a longa e grossa cauda. Com enormes pernas, corria com muita velocidade, mas provavelmente não por muito tempo, o que é privilégio dos cães de caça atuais. O T. Rex devia ficar de emboscada nas florestas e alagadiços (como você pode ver na ilustração ao lado). Alguns especialistas acreditam que esses dinos caçavam em bandos, cercavam outros dinossauros, como os herbívoros - Triceratops ou Edmontosaurus - de forma a não escaparem.


    Os cientistas são da opinião de que comiam carniça (dinossauros mortos) e, talvez, algum dinossauro jovem, moribundo ou indefeso, que por acaso estivesse em seu caminho.

    Se realmente esses dinossauros se alimentavam de carniça, eles seriam chamados de necrófagos. Muitos dinossauros, mesmo sendo grandes, tinham dificuldade para se defender do T. Rex. Não dispunham de dentes nem garras para enfrentar uma luta de verdade. Alguns eram protegidos por uma pele tão dura como uma couraça, ossos em volta do pescoço ou longos e afiados chifres na cabeça. Outros eram pequenos e leves, e assim conseguiam fugir correndo. A pesada cabeça do T. Rex media cerca de 1,20m de comprimento , e era sustentada por um pescoço curto e forte.
    Suas mandíbulas eram tão grandes que podiam deglutir um ser humano inteiro. Seus dentes afiados eram ligeiramente curvos, de forma a agarrar melhor suas presas.Como o tubarão, uma vez que o T. Rex pegava sua vítima, ela não tinha chance de escapar de suas mandíbulas e fugir. Se algum dente se quebrasse na luta, ele crescia de novo.



    Em 1902, parte de um imenso esqueleto surgiu em Montana, nos EUA. Mais tarde, outro apareceu em Wyoming. A partir desses ossos, o paleontólogo americano Henry Fairfield Osborn fez os primeiros desenhos dessa fera. Baptizou-a de Tyrannosaurus Rex ("rei dos répteis tiranos") porque foi o maior dinossauro carnívoro do planeta. Como você já leu, os Tyrannosaurus Rex eram relativamente rápidos se levarmos em conta o seu enorme peso, mas não tão velozes como outros dinossauros carnívoros mais pequenos. Calcula-se que conseguiriam atingir uma velocidade de 30 quilómetros por hora (um atleta corre cerca de 36 quilómetros por hora) em distâncias curtas.



    Devido a todos essas características do Tyrannosaurus rex, se pudéssemos viajar no tempo e encontrarmo-nos com um deles, não só ficaríamos aterrorizados com o seu tamanho, como também com o da sua enorme cabeça, com mandíbulas armadas de dentes compridos (18 cm) como punhais. E ainda corríamos o risco de sermos engolidos com uma só bocada desse gigante predador pré-histórico.


    Veja abaixo a foto de uma cabeça do Tyrannosaurus Rex, com indicações importantes:





    FICHA DO DINOSSAURO

    NOME Tyrannosaurus Rex, que significa "rei dos répteis tiranos"
    TAMANHO 14 m de comprimento e 5,60 m de altura
    ALIMENTAÇÃO Carne de outros dinos
    QUANDO
    VIVEU Há cerca de 67 milhões de anos, na América do Norte e na China e, possivelmente, na América do Sul e na Índia


  6. #6
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    ALLOSAURUS




    O Allosaurus foi um dos dinossauros mais ferozes que pisaram nas planícies da América do Norte, África, Austrália e China há cerca de 150 milhões de anos. Era grande como uma girafa mas, ao contrário desse herbívoro, era um matador impiedoso, que podia atacar em bandos. Terópode, chegava a medir 12 m de comprimento - menor do que o campeão dos carnívoros, o Tyrannosaurus Rex, mas igualmente perverso.



    O Allosaurus possuía dentes pontiagudos e afiados. Era equipado também com garras curvas e uma cauda poderosa, que chicoteava o animal com coragem suficiente para ataca-lo.
    Se um homem alto subisse no ombro de outro quando o Allosaurus existia, alcançaria altura
    suficiente apenas para examinar a boca desse dinossauro. Então, veria fileiras de dentes serrilhadas com cerca de 70 dentes, cada um tão afiado quanto um facão de açougueiro. Todos os dentes curvados para trás, perfeitos para morder a carne de sua presa e impedi-la de escapar. Ao estragar-se ou cair durante uma luta, o dente era logo substituído por outro, que crescia depressa.

    Os cientistas acreditam que o Allosaurus se movia a cerca de 8 Km/h. Um atleta poderia apenas acompanha-lo quando o Allosaurus disparava sobre suas pernas traseiras, parecendo um pássaro gigantesco.

    Cada passada dele tinha a extensão de um automóvel. Os quatro dedos de ambos os pés terminavam em garras afiadas, semelhante às dos pássaros. Três delas apontadas para frente e uma virada para trás. Cada garra era forte e afiada o bastante para rasgar a barriga de

    qualquer outro dinossauro. O Allosaurus também possuía uma garra em cada um dos três dedos das mãos. Esse dinossauro provavelmente aprumava a cauda para manter o equilíbrio enquanto andava ou corria. Além disso, a cauda (que continha cerca de 50 ossos) também era empregada para chicotear o rival antes do acasalamento, nas lutas empreendidas pelos machos para conquistar as fêmeas. Qualquer pequeno dinossauro carnívoro que tentasse pegar um filhote de Allosaurus

    seria atingido por uma boa chicotada de sua cauda. O allosaurus era tão grande que necessitava de muita carne para saciar a fome. Ele caçava os dinossauros herbívoros que viviam nas redondezas.
    Marcas de dentes de allosaurus foram encontradas nos ossos da cauda de apatosaurus, um herbívoro da América do Norte. Alguns dinossauros herbívoros, como o diplodocus, eram grandes demais para que um Allosaurus pudesse atacá-los sozinho. Então, os Allosaurus se reuniam em bandos para caçá-los. Vários membros de um bando de Allosaurus costumavam reunir-se para caçar, atacando os indefesos Diplodocus com garras e dentes até deixá-los em pedaços. Os Allosaurus também não hesitariam em atacar e exterminar os filhotes desses grandes dinossauros. Nem sempre era possível conseguir carne fresca, por isso os Allosaurus talvez comessem também as sobras de animais mortos por outros carnívoros. Os que comem carniça sào chamados de necrófragos.


    FICHA DO DINOSSAURO

    NOME Allosaurus, que significa "lagarto estranho"
    TAMANHO Cerca de 12m de comprimento
    ALIMENTAÇÃO Carne, especialmente o de outros dinossauros
    QUANDO
    VIVEU Há uns 150 milhões de anos, na América do Norte, África e China

  7. #7
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    DASPLETOSAURUS



    Mais comprido que um ónibus, o Daspletosaurus tinha cabeça enorme e braços minúsculos em comparação com o resto do corpo, como o Tyrannosaurus. Caminhava sobre as fortes pernas traseiras e dava passos longos, sendo bem veloz para seu tamanho. Este dinossauro matava a presa com uma única e fatal mordida.



    Devido ao peso do corpo, o Daspletosaurus confiava na velocidade e na surpresa para emboscar suas presas. Escondia-se na sombra das árvores até divisar uma possível




    vítima, como o Styracossaurus, um dinossauro de chifre. De repente saltava para fora e apanhava sua esperada refeição. O Daspletosaurus corria para a vítima com as mandíbulas escancaradas. Trombavam com violência, mas a super cabeça do Dasplestosaurus absorvia o choque. Juntas especiais dentro das mandíbulas lhe davam mais flexibilidade e protegiam os ossos do crânio. Uma vez capturada a presa, o Daspletosaurus enterrava os dentes na sua carne macia. As mandíbulas se fechavam com firmeza, impedindo a fuga. Em minutos, este medonho monstro estaria apreciando seu banquete.



    FICHA DO DINOSSAURO

    NOME Daspletosaurus, que significa "réptil medonho"
    NOME Daspletosaurus, que significa "réptil medonho"
    TAMANHO 8,5 m de comprimento
    ALIMENTAÇÃO Carne de outros dinos
    QUANDO
    VIVEU Há cerca de 80 milhões de anos, em Alberta, Canadá



  8. #8
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    OVIRAPTOR



    O esqueleto do Oviraptor foi encontrado em 1923, junto a um, ninho de Protoceratops. Seu crânio estava esmagado. Acredita-se que ele morreu ao tentar roubar os ovos. Imagine o Protoceratops voltando para o ninho e descobrindo que estava sendo assaltado. Furioso, provavelmente ele pisoteou a cabeça do ladrão. Graças a sua velocidade, podia roubar ovos até debaixo do nariz dos grandes dinossauros. Ovos de dinossauros tinham casca grossa. Ao contrário dos ovos da galinha, eram difíceis de quebrar. Em vez de dentes, o Oviraptor contava com duas presas afiadas no alto da boca.
    Elas furavam o ovo como um punhal. O fato de ser desdentado nunca foi problema para o Oviraptor.



    O bico curvo e as mandíbulas fortes quebravam até os ovos mais duros com facilidade. Funcionavam como uma espécie de quebra-nozes.

    Nem todos os crânios de Oviraptor são parecidos. Alguns têm pequenas protuberâncias ósseas acima das narinas. Outros, uma vasta crista. Com seu crânio curto e olhos grandes, o dinossauro lembrava um pouco o casuar, uma ave da Austrália.


    O real motivo da protuberância no nariz do Oviraptor não é de conhecimento exacto dos cientistas. Vários crânios foram encontrados, mas todos com um tipo de protuberância diferente. Talvez ela se desenvolvesse conforme o Oviraptor crescia. Alguns crânios também exibem estranhas cristas, outros não. Pode ser que apenas os machos tivessem cristas.

    Na maioria dos dinossauros havia um par de ossos nos ombros, um de cada lado. No Oviraptor, entretanto, descobriu-se um detalhe incumum: dois ossos que se juntavam para formar a clavícula curva. Parecia-se um pouco com a fúrcula da galinha, aquele osso em forma
    de forquilha que as pessoas puxam para dar sorte.
    Garras curvas e afiadas projectavam-se dos três dedos das mãos do Oviraptor.
    O primeiro dedo era bem mais curto e desempenhava a função de um polegar. Segurava a presa com força, apertando-a contra os dois outros dedos. As mãos esguias também serviam para manter firme os ovos de dinossauros, enquanto o Oviraptor esvaziava o conteúdo de seu prato predilecto. Um caçador tão ágil e poderoso representava um grande transtorno para os outros dinossauros. Depois de atacar, este dino fugia depressa. Corria apoiado em duas pernas compridas, dotadas de músculos vigorosos. Conforme ele corria esses músculos ajudavam a mover as pernas cada vez mais rapidamente. Cada pé terminava em três dedos fortes e com garras. O Oviraptor era dotado de recursos para uma fuga rápida. Depois de atacar um ninho, partia a toda velocidade, contando apenas com as duas pernas compridas, seu meio de defesa.



    FICHA DO DINOSSAURO

    NOME Oviraptor, que significa "ladrão de ovos"
    TAMANHO De 1,5 a 2m de comprimento
    ALIMENTAÇÃO Carne, ovos de dinossauros
    QUANDO
    VIVEU Há cerca de 80 milhões de anos, no sul da Mongólia

  9. #9
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    CARNOTAURUS


    O carnotaurus é um membro do grupo de dinos conhecido como carnossauros. esse grupo inclui alguns dos mais terríveis animais do gênero, como o tyrannosaurus rex e o allosaurus. Eles têm algumas semelhanças entre si, como as grandes e poderosas cabeças e os dentes agudos como canivetes. Mas o carnotaurus, uma descoberta relativamente recente, distingüia-se pelo crânio mais curto e fundo que o do tyrannosaurus rex e por pequenos chifres na testa. Este enorme caçador tinha pescoço curto e forte, cabeça semelhante à do touro e braços pequenos demais para todo o seu tamanho. Comparados com o corpo, de tamanho equivalente a três carros pequenos, os braços do carnotaurus eram bem pequenos.



    Suas longas e musculosas pernas deviam deixa-lo mais ágil que muitos outros carnossauros. Assim, era capaz de alcançar uma presa na corrida e tomá-la de surpresa. Com suas garras recurvas, prendia e feria a vítima, enquanto as poderosas mandíbulas arrancavam uns bons nacos de carne. Apesar de forte, o crânio do carnotaurus deve ter sido leve o suficiente para

    permitir fácil movimentação. Descobriram-se espaços vazios nas laterais do crânio, de modo a reduzir seu peso. Os dentes do maxilar superior eram próprios para fazer em pedaços a carne que ficava presa nos dentes inferiores, já que os braços não conseguiam segurar nada. Para cumprir essa função, os dentes do bicho cresciam até 4 cm e se curvavam para dentro. Quando corria, o carnotaurus devia ser bastante desengonçado,
    mas mantinha o equilíbrio graças à longa e
    musculosa cauda. Ela compensava os movimentos do tronco e da cabeça, mantida para frente e para o alto durante a perseguição à presa. Pesado como um automóvel, muito alto, o carnotaurus corria sobre duas pernas. Sua comprida coluna vertebral era como um varal sustentando o peso do bicho. As costelas compridas davam-lhe apoio e protecção adicional.
    Encontrado em 1985, numa vasta área semi-desértica da Patagônia, na Argentina, o carnotaurus foi um achado espectacular. Os restos fósseis deram aos cientistas uma boa ideia de como era a pele deste dinossauro. Pelo corpo todo, da cabeça à cauda, havia fileiras de listras intercaladas. Uma seqüência de grandes rugosidades na pele começava logo depois das manchas na cabeça do animal, formando um curioso padrão em volta dos olhos e na parte superior do focinho.
    No topo de sua cabeça pequena e larga, o carnotaurus exibia um par de chifres diminutos e achatados. Localizados logo acima dos olhos, pareciam pequenas asas, Ao contrário dos dinossauros com chifres, como o triceratops, esse equipamento do carnotaurus era modesto demais para servir-lhe de defesa. Acredita-se que o animal; pode ter tido outras camadas de chifre, sobrepostas à primeira, deixando-o mais comprido. E, assim como os cervos, é possível que o carnotaurus macho tivesse chifres maiores do que a fêmea.


    FICHA DO DINOSSAURO
    NOME carnotaurus, que significa "touro comedor
    de carne"
    TAMANHO 7,5 m de comprimento e 3,5 m de altura
    ALIMENTAÇÃO Carne de outros dinos
    QUANDO VIVEU 100 - 90 milhões de anos atrás, cretáceo, na América do Sul

  10. #10
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    DEINONYCHUS


    O Deinonychus foi um dinos mais cruéis da pré-história. estava longe de ser o maior dos dinossauros, mas ficava entre os mais violentos caçadores. Andava sempre sobre as pernas traseiras e tinha dentes e garras afiadas que podiam dilacerar a presa com espantosa facilidade. Até 1964, falava-se em dois tipos de terópodes (grupo de dinossauros carnívoros): os grandes e pesados como o Tyrannosaurus Rex ou os pequenos e leves como o Velociraptor. Aí, no sudeste de Montana, EUA, foram encontrados fósseis de terópodes que mudaram esses conceitos.



    Como todos os bípedes, andava sobre as pernas traseiras. Era pequeno e seus ágeis pés possuíam armas muito especiais: duas enormes garras perversamente curvadas e pontiagudas. O Deinonychus ostentava essas temíveis garras - compridas e afiadas como facas de trinchar - no segundo dedo de cada pé. Os outros dedos portavam garras


    bem menores. Para você ter uma idéia, a extensão do primeiro dedo (menor do que os outros) era de 15 cm. Quando o Deinonychus corria, fosse para alcançar a
    presa ou para escapar de um predador, utilizava os
    músculos fortes dos pés para puxar suas garras especiais de volta do chão. Assim, protegia-as de qualquer dano. As outras garras, menores e mais grossas, serviam para agarrar-se ao solo e manter o equilíbrio. Um animal talhado para correr: seu corpo delgado era sustentado por pernas esguias mas resistentes, e as fortes juntas


    dos tornozelos podiam absorver toda a pressão quando ele disparava em alta velocidade. O crânio do Deinonychus devia ser leve, porque seus ossos apresentavam orifícios. Acredita-se que pudesse atingir, se preciso, a marca dos 40 Km/h, velocidade maior que a de um campeão olímpico.

    O chute desse dinossauros era tão potente que ele mesmo podia quebrar o próprio dedo do pé. Sabemos disso porque foi encontrado um osso com marcas de fractura e calcificação. Conclusão: o dinossauro deve ter se ferido quando chutava a presa.


    Ao estudar o crânio do Deinonychus, os peritos descobriram nele grandes órbitas oculares. Isso os fez pensar que ele tinha uma visão aguçada, perfeita para enxergar a vítima de uma longa distância. O Deinonychus possuía hastes ósseas em sua cauda,o que a tornava bastante rígida. Quando espichada, servia para manter o equilíbrio do animal enquanto


    este corria. Também pode ter sido utilizada como uma espécie de leme, ajudando o dinossauro a ziguezaguear rápido por entre as pedras. Os Deinonychus caçavam em bandos, a exemplo do que fazem hoje os cães selvagens nas planícies da África. Eles provavelmente rondavam hordas de Tenontosaurus e de outros herbívoros gigantes, espreitando os filhotes e os membros mais fracos do grupo. Então atacavam, usando uma garra para segurar a vítima e a outra para rasgar-lhe a barriga.

    Logo em seguida, os dentes dos Deinonychus entravam em acção. Afiados e curvados para trás, tornavam impossível para a presa escapar de seu trágico destino.

    FICHA DO DINOSSAURO




    Deinonychus, que significa "garra terrível"

  11. #11
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    SPINOSAURUS


    O Spinosaurus era um colosso que caminhava sobre duas musculosas patas traseiras. O seu aspecto seria muito semelhante ao dos Tyrannosaurus e ao de outros grandes dinossauros carnívoros, se não fossem dois traços muito particulares: a sua cabeça era muito semelhante à de um crocodilo, sobretudo devido às longas mandíbulas; e, por outro lado, sobre o dorso, abria-se uma enorme membrana de pele em forma de leque



    aberto. Embora pudesse pesar até 6 toneladas, o Spinosaurus era um predador relativamente rápido, pois, caso fosse necessário, podia apoiar as patas anteriores para avançar, porque estas não eram tão curtas como as de outros dinossauros. Os Spinosaurus chegavam a medir de 12 a 15 metros de comprimento. Estão entre os dinossauros de maior envergadura que

    se conhece. O nome Spinosaurus, que significa "lagarto espinhoso", deve-se aos longos espinhos que saíam das vértebras lombares do dorso. Estes espinhos sustentavam uma membrana ou um leque de pele que o animal pode ter utilizado para controlar a temperatura do corpo, absorvendo os raios solares e aquecendo-se, ou ainda, eliminando o excesso de calor do corpo para refrescar-se. É provável também que a pele deste fosse colorida e servisse para reconhecer os seus congéneres,
    marcar um território, afugentar os possíveis rivais ou exibir-se nos rituais de acasalamento.
    A parte mais alta da espinha dorsal era relativamente flexível devido ao fato de as vértebras estarem unidas por articulações ligeiramente parecidas com as que as pessoas têm nos joelhos. Desta forma, arqueando um pouco a espinha, o animal podia abrir a membrana como um leque. Alguns espinhos que o leque sustentava chegavam a medir 2 metros de comprimento. Esta grande membrana sobre as vértebras dorsais, dava apoio aos espinhos vertebrais, como se estes fossem as varetyas de um grande leque.

    A robusta cabeça dos Spinosaurus estava armada com potentes mandíbulas. Os dentes eram rectos, compridos, afiados, lisos ou muito pouco serrilhados. Pela relação entre o seu enorme peso e o tamanho da sua cavidade cerebral, deduz-se que se tratava de um dos dinossauros mais inteligentes. Sua cabeça era sustentada por um pescoço muito forte.Todos estes aspectos faziam dele um temível predador. O traço mais característico

    do seu esqueleto era uma fileira de longos espinhos que saíam das vértebras da espinha dorsal. Também se destaca o tamanho dos ossos das patas anteriores, maior do que se poderia esperar de um grande carnívoro bípede. A cauda desse gigante do passado era grossa e relativamente comprida, o que o ajudava a manter equilíbrio, sobretudo quando o animal corria e mudava de direcção. As patas traseiras, que eram dotadas de uma poderosa musculatura, suportavam o enorme peso do corpo do Spinosaurus, que era bípede.



    FICHA DO DINOSSAURO

    NOME Spinosaurus, que significa "lagarto espinhoso"
    TAMANHO De 12 a 15 metros de comprimento
    ALIMENTAÇÃO Outros dinossauros
    QUANDO
    VIVEU Entre 100 e 95 milhões de anos atrás, período Cretáceo


  12. #12
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    VELOCIRAPTOR


    O Velocirapstor era feroz e alcançava alta velocidade com as longas pernas traseiras. O exterminador do passado: uma fera violenta, bem menor do que o Tyrannosaurus Rex, porém muito mais temida. Esse predador percorria as florestas do período Cretáceo caçando pequenos mamíferos ou pequenos dinossauros herbívoros, matando-os e devorando-os.



    Antes da descoberta do Velociraptor na Mongólia, em 1924, cientistas achavam que os dinossauros eram seres lerdes e estúpidos. Mas o Velociraptor, além de dotado para correr, foi um bicho inteligente.

    Era ágil e astuto e, mesmo não possuindo tamanho e tanta força, este dinossauro
    capturava as suas presas utilizando a inteligência, o que geralmente dava resultado. As vítimas ficavam aterrorizadas e tinham pouca chance de escapar. O Velociraptor apoiava-se em uma das pernas traseiras, atacava com a outra e usava a cauda para se equilibrar.



    E mais: a longa e afiada garra existente em cada pata traseira era voltada para dentro e usada para ferir e dilacerar sua presa. A cabeça era alongada e o focinho achatado, com fileiras de dentes aguçados para dilacerar suas presas. Repare a ilustração ao lado da cabeça de um Velociraptor e tenha uma ideia de como ele era.


    FICHA DO DINOSSAURO

    NOME velociraptor, que significa "predador veloz"
    TAMANHO 1,8m de comprimento
    ALIMENTAÇÃO carne, em geral de dinossauro
    QUANDO
    VIVEU Cretáceo, na Mongólia, Ásia

Tópicos Similares

  1. Dinossauros AquÁticos
    Por aguda no fórum Curiosidades
    Respostas: 5
    Último Post: 10-10-2008, 22:37
  2. Como respiravam os dinossauros carnívoros?
    Por Grunge no fórum Curiosidades
    Respostas: 0
    Último Post: 05-10-2008, 23:23
  3. Dinossauros-evolution
    Por Mitchel no fórum Curiosidades
    Respostas: 0
    Último Post: 20-09-2007, 21:45

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Já fez "Like" na nossa página do facebook?

Acompanhe todas as novidades.