Resultados 1 a 13 de 13

Tópico: Dinossauros HerbÍvoros

  1. #1
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão Dinossauros HerbÍvoros


    DINOSSAUROS HERBÍVOROS

    Como o próprio nome já diz, dinossauros herbívoros tem como principal características a sua alimentação: mais variados tipos de planta, desde erva até flores de árvores, bem como folhas, brotos, raízes e caules. Eles eram, geralmente, o alvo mais constante dos dinossauros carnívoros pois, muitos dos herbívoros não possuíam defesa mas, enorme parte deles tinham algum tipo de defesa que eram, geralmente, chifres, cauda, garras, etc. Alguns tinham a capacidade de correr muito rápido ou nadar, o que também dificultava a acção dos predadores. Clique nos nomes abaixo para conhecer os principais dinossauros herbívoros:


    brachiosaurus dicraeosaurus diplodocus iguanodon
    lambeosaurus maiasaura parasaurolophus protoceratops
    stegoceras stegossauros struthiomimus triceratops


  2. #2
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    BRACHIOSAURUS

    O brachiosaurus foi um dos mais pesados e maiores dinossauros já existentes. A cabeça de um homem ficaria nos joelhos desse gigantesco animal.
    Ele tinha um corpo imenso, o pescoço muito comprido, a cabeça pequena e uma longa cauda. Era comprido como uma curte de ténis, alto como um prédio de três
    andares e pesado como dez elefantes grandes.



    Um coração muito forte bombeava o sangue que era levado pescoço acima, até o pequeno cérebro do brachiosaurus. Alguns cientistas acreditam que ele tivesse vários corações para bombear o sangue por um corpo tão volumoso. Os fortes músculos do pescoço, ao longo da coluna vertebral, serviam para manter erguida a cabeça. Ao contrário da maioria dos dinossauros, suas pernas dianteiras eram mais longas que as traseiras. O brachiosaurus podia atingir os topos das árvores que ficavam fora do alcance de outros herbívoros. Graças ao pescoço comprido, ele podia arrancar as folhas mais altas, como fazem as girafas.
    Possuía mandíbulas fortes, com dentes em formato de colheres de bordas afiadas, capazes
    de arrancar brotos e galhos tenros.
    O pescoço do brachiosaurus media 10m e consistia em 12 vértebras. As patas do brachiosaurus terminavam em dedos curtos e grossos. Sob os ossos dos pés havia uma espécie de enchimento
    que amortecia o impacto do seu peso sobre as patas.
    Estas eram mantidas esticadas sob o corpo, o que ajudava a sustentar suas 30 ou mais toneladas.
    É por este motivo que os elefantes também mantêm
    as patas esticadas.

    O brachiosaurus precisava comer imensas porções de alimento para que seu enorme corpo tivesse energia suficiente para crescer e movimentar-se. Um elefante come cerca de 150 Kg de alimento por dia. O brachiosaurus provavelmente comia dez vezes mais: 1500 Kg. Ele viajava em bandos e perambulavam por extensas áreas de terra em busca de árvores novas.
    Devido ao peso do brachiosaurus, houve tempo em que os cientistas pensavam que ele vivesse em rios e lagos, onde a água sustentaria seu peso. Eles achavam que suas patas afundariam no chão se ele andasse em terra firme. Como suas narinas ficavam no alto do crânio, ele poderia manter a cabeça à tona para respirar. Na água, este dinossauro ficaria a salvo dos ataques de carnívoros ferozes. Hoje em dia, porém, julga-se que o brachiosaurus vivia somente em terra. A pressão da água esmagaria suas costelas, comprimindo os pulmões. Sabe-se também que as suas pernas eram fortes o suficiente para sustentar o corpo em andanças pelas matas, ao longo de rios e perto de lagos.
    Um esqueleto quase completo de brachiosaurus foi encontrado na Tanzânia, África, em 1907. Para desencrava-lo da rocha, foram usados somente talhadeiras e martelos. Os ossos foram levados até o porto mais próximo e de lá para a Alemanha. Nesse país o esqueleto foi montado e agora está exposto no Museu de História Natural de Berlim.


    FICHA DO DINOSSAURO

    NOME Brachiosaurus, que significa "lagarto com braços"
    TAMANHO Até 23 m de comprimento e 12 m de altura
    ALIMENTAÇÃO Folhas e brotos
    QUANDO
    VIVEU Entre 152 e 145 milhões de anos atrás, fins do Jurássico, na Tanzânia, Argélia e América do Norte

  3. #3
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    LAMBEOSAURUS

    Este dinossauro herbívoro tinha pele áspera, com manchas intercaladas como num mosaico. Usualmente era quadrúpede, mas também podia, quando assustado, correr só com as fortíssimas pernas traseiras. Sua boa visão e audição o ajudavam a pressentir o perigo. O Lambeosaurus exibia na cabeça uma crista em forma de luva de boxe, com um espigão ósseo na posição do polegar da luva. Os machos tinham cristas maiores do que as da fêmeas.


    Alguns estudiosos acham que
    a crista servia de "snorkel"ou tubo de respiração, quando o animal mergulhava.
    Mais provavelmente, era uma fonte sonora..
    Um cientista descobriu, ao passar o ar por
    uma crista semelhante, que se produzia o
    som de uma corneta medieval, talvez o ruído típico da espécie. Dentro do enorme crânio
    de 2m, o Lambeosaurus possuía centenas
    de pequenos e afiados dentes, para triturar sementes, pinhas, e brotos de árvores.
    Depois de gastos, os dentes eram substituídos.


    FICHA DO DINOSSAURO

    NOME Lambeosaurus, que significa "lagarto de Lambe", devido ao seu descobridor, o canadense Lawrence Lambe
    TAMANHO 15m de comprimento
    ALIMENTAÇÃO Folhas e plantas
    QUANDO
    VIVEU Há 70-66 milhões de anos atrás, período Cretáceo, no Canadá, México e EUA

  4. #4
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    STEGOCERAS

    Embora pequeno, o stegoceras era um animal valente. Bípede e herbívoro, ele fazia parte de um grupo extraordinário de dinossauros conhecido como pachycephalosaurus, que significa "répteis de cabeça grossa". Esse grupo possuía uma característica especial: o crânio espesso e arredondado. Na cabeça do stegoceras havia pequenas protuberâncias ósseas que se estendiam em semicírculo sobre os olhos e ao redor da nuca. Não se sabe ao certo para que servia essa carapaça, mas parece que a finalidade3 era enfeitar. Sem ser muito espesso na infância,o crânio engrossava à medida que o bicho se tornava adulto.

    Alguns especialistas acreditam ter encontrado exemplares de stegoceras machos e fêmeas. Eles perceberam que alguns crânios são mais grossos do que outros e acham que os mais grossos pertenciam aos machos.
    O crânio de um stegoceras macho podia medir até 6 cm de espessura, o que corresponde à metade da grossura de um tijolo.
    O stegoceras provavelmente usava seu crânio, que era cinco vezes mais grosso que o humano, também como


    arma contra os predadores mais ferozes. A investida do Stegoceras devia ser assustadora, e uma marrada ou golpe da testa podia quebrar as costelas, ou até mesmo uma perna, da maioria de seus adversários. Os cientistas acreditam também que o Stegoceras usava seu rígido e pesado crânio para lutar contra outros machos pelo controle do bando e pelo direito de acasalar com as fêmeas, exibindo portanto o mesmo comportamento do actual carneiro selvagem da América do Norte. Esse carneiro, uma espécie de bode, utilizava os chifres como aríetes em suas lutas. No começo de luta, os dois dinossauros adversários avaliavam-se pelo tamanho da cabeça. Então, partiam para o ataque, colidindo as cabeças em alta velocidade.

    Eles não se machucavam muito nessas batalhas violentas, porque seus cérebros, não maiores do que um ovo de galinha, eram protegidos pelo crânio grosso. Na maior parte do tempo, o Stegoceras era um pacífico herbívoro. Ele não ficava lutando o tempo todo. Movia-se pelas matas do final do Cretáceo, catando folhas e flores de árvores com sua boca bicuda.
    Seus dentes eram afiados e serrilhados como um serrote, e o animal os utilizava para colher e mastigar folhas e flores, como os carneiros actuais.



    FICHA DO DINOSSAURO
    NOME Stegoceras, que significa
    "tecto ossudo"
    TAMANHO 2,5m de comprimento e
    1,5m de altura
    ALIMENTAÇÃO Plantas em geral
    QUANDO
    VIVEU Há 75 milhões de anos atrás,
    Cretáceo, na América do Norte

  5. #5
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    DICRAEOSAURUS


    No recôndito das florestas de coníferas (árvores em forma de cone, isto é, os pinheiros) e dos palmeirais, os dicraeosaurus se embrenhavam para se alimentar de plantas e sementes. Altos e de pescoço longo e fino, tinham rabo fustigante como chicote e alguns dentes pontiagudos. Para o seu tamanho, o dicraeosaurus tinha uma cabeça bem pequena. Os olhos e as narinas também eram pequenos. Sendo herbívoro, devia ser atacado pelos dinossauros carnívoros. Não dispunha de couraça nem garras afiadas, mas podia se defender com o rabo.



    Por ser mais leve e ágil, conseguia escapar correndo dos inimigos.
    Uma importante descoberta foi feita em 1907 na Tanzânia, na África. Grandes ossadas faziam supor que muitos dinossauros morreram junto à foz de um rio, e seus corpos foram arrastados para os bancos de lama. Alguns ossos eram de dinossauros ainda não descobertos. Dentre eles, o Dicraeosaurus, só baptizado em 1935.






    FICHA DO DINOSSAURO
    NOME Dicraeosaurus, que significa "lagarto bifurcado",devido às forquilhas
    TAMANHO 6m de altura e 13 a 20m de comprimento
    ALIMENTAÇÃO Plantas
    QUANDO
    VIVEU Entre 195 e 141 milhões de anos atrás, na África Orienta


  6. #6
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    MAIASAURA


    No ano de 1979, em Montana (EUA) foram achados muitos ninhos de dinossauros com esqueletos de filhotes dentro deles. Um ninho isolado havia sido encontrado no ano anterior.
    A espécie foi baptizada de maiasaura. O nome significa "lagarto boa mãe" e parece apropriado. Em um trecho de solo lamacento, os machos cavavam ninhos ocos e redondos, do tamanho
    de uma mesa média, forrando-os com folhas.


    Ali as fêmeas botavam de 18 a 30 ovos de casca dura. Acredita-se que as mães maiasaura, talvez os pais também, vigiassem o ninho cheio de ovos, protegendo-os de qualquer tentativa de roubo. As fêmeas deviam ficar sentadas sobre os ovos para choca-los e, quando saíam para alimentar-se, outros adultos permaneciam de plantão no local. Quando os bebés-dinossauros rompiam a casca do ovo, os pais tratavam de trazer comida, basicamente plantas e frutos. Os pais maiasaura os mastigavam previamente e depois os davam aos filhotes. Os especialistas pensam que esses dinossauros alimentavam seus descendentes até que eles crescessem o suficiente para deixar
    o ninho e batalhar sozinhos por sua sobrevivência. Antes dessa descoberta, pensava-se que as fêmeas abandonavam a ninhada. Os filhotes, antes de saírem do ovo, ficavam entregues à própria sorte. Num só lugar dos EUA foram encontrados tantos ninhos com esqueletos e pedaços de casca de ovos, que a conclusão dos cientistas só pode ser uma: existiram maiasaura vivendo aos bandos na América do Norte. Eles perambulavam pelas matas, mas voltavam sempre ao local dos ninhos, que assim eram usados mais uma vez.

    Quando os filhotes já haviam crescidos a ponto de se cuidar sozinho, eles passavam
    a acompanhar o grupo, em sua busca de plantas frescas para comer. Sem possibilidades de defender-se sozinho, o maiasaura escapava dos carnívoros correndo rápido e escondendo-se na mata fechada. A natureza o compensou com um bom sentido de visão e de audição. Em caso de grande perigo, ele podia saltar para dentro de lagos ou rios. Conseguia nadar abanando a cauda, enquanto remava com as pernas dianteiras.

    FICHA DO DINOSSAURO
    NOME Maiasaura, que significa "lagarto boa mãe"
    TAMANHO 9m de comprimento e 3m de altura
    ALIMENTAÇÃO Plantas, folhas, frutos
    QUANDO
    VIVEU Entre 90 e 66 milhões de anos atrás, em Montana, EUA


  7. #7
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    STEGOSSAUROS

    O Stegossaurus tinha a cabeça pequena, o corpo amplo e desajeitado, e uma cauda provida de espigões. No meio das costas, ao longo da coluna, possuía duas fileiras de grandes placas ósseas. Essas barbatanas podiam atingir o triplo da altura da tela do seu computador. Apesar do seu ar feroz, o Stegossaurus era um pacato herbívoro. Um vigoroso golpe de cauda deste dinossauro bastava para acabar com qualquer inimigo. Comprido como dois carros e de peso equivalente, este bicho usava a longa

    cauda para balancear seu peso. Sua cauda, grossa e musculosa, recoberta de placas ósseas, possuía na ponta espigões afiados, de 1m de comprimento cada um.


    Provavelmente ele usava a cauda para se defender, e aos seus filhotes, dos dinossauros carnívoros.
    Ele caminhava pesadamente, apoiado sobre as quatro patas, mais as traseiras sustentavam todo o corpo. Não conseguia andar rápido ou correr, sendo assim presa fácil para ágeis carnívoros. Devido ao fato de sua cabeça ser miúda e que ficava próxima ao chão, o Stegossauros se alimentava principalmente de plantas rasteiras. A placas dorsais, segundo o pensamento dos cientistas, eram coloridas.

    Elas podiam ser arrancadas com facilidade por um predador e, acredita-se que as placas funcionavam como um tipo de sistema regulador da temperatura. O bicho colocava o corpo numa posição em que as placas ficavam voltadas para o sol, colectando o máximo de calor nas manhãs frias. Depois de aquecido, podia movimentar-se em busca de alimento.

    FICHA DO DINOSSAURO

    NOME Stegossaurus, que significa "lagarto couraçado"
    TAMANHO Até 7,5m de comprimento e 4m de altura
    ALIMENTAÇÃO Samambaias e outras plantas rasteiras
    QUANDO VIVEU 140 milhões de anos atrás, período Jurássico, na América do Norte



  8. #8
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    DIPLODOCUS


    Imagine 20 crianças na faixa dos 10 anos estendidas no chão, a cabeça de uma encostada nos pés da outra. Essa é a extensão do Diplodocus, dinossauro de pescoço comprido e fino, com rabo em forma de chicote. Você pode idealizar também o tamanho deste bicho se você imaginar: maior que uma quadra de ténis e pesado como dois elefantes. Suas pernas de trás eram um pouco maiores que as da frente, permitindo-lhe inclinar o corpo.


    Quando andamos, o movimento dos quadris faz com que nosso corpo se mova para cima e para baixo. Nos saurópodes como o Diplodocus, uma caminhada consumia grande energia. Pegadas fósseis mostram que os saurópodes tinham largos e redondos como os do elefante, com dedos curtos. Um tipo de cunha pode ter se desenvolvido nos dedos dos pés do Diplodocus, elevando-os do chão, como uma espécie de "salto de sapato". Assim, reduzia-se o esforço para suportar seu peso ao andar.
    De sua pequena cabeça até a ponta da enorme cauda, o Diplodocus tinha uma longa linha de ossos - as vértebras. Seu pescoço possuía 10 e a cauda, 70. Apesar do tamanho, o Diplodocus podia erguer o pescoço e a cauda ao mesmo tempo. A estrutura do Diplodocus lembrava uma ponte pênsil, as pernas da frente e de trás funcionando como as torres gémeas. Numa ponte de verdade há cabos que sustentam o peso da rodovia que corre entre as torres. A comprida espinha dorsal do Diplodocus era sustentada por músculos. Um forte tendão ao longo da espinha é que permitia os movimentos. O seu pescoço, com 7,5m, não era tão longo quanto o de seu primo chinês , o Mamenchisaurus, que alcançava 11m, ou seja, um pouco mais comprido que um autocarro. O enorme peso do pescoço do Diplodocus era contrabalançado pela cauda, que assegurava seu equilíbrio. O Diplodocus podia

    defender-se dos predadores com a poderosa cauda, ou utiliza-la como apoio para sentar-se nas pernas traseiras, a fim de defender-se com as pernas dianteiras. Sua garra curva no dedo do pé podia ser usada como arma. No fim do século 19, um milionário americano de origem escocesa, Andrew Carnegie, resolveu ter um dinossauro em seu museu em
    Pittsburgh, EUA. Para sua grande alegria, a equipe que trabalhava para ele em Sheep Creck, no estado de Wyoming, encontrou dois Diplodocus. Um esqueleto compacto foi montado com os ossos, recebendo o nome de Diplodocus carnegiei. Os ossos ocultos sob a pele e músculos do Diplodocus serviam mais para sustentar o peso do que para dar velocidade.




    FICHA DO DINOSSAURO
    NOME Diplodocus, que siginifica "dupla alavanca"
    TAMANHO 27m de comprimento e 3,6m de altura
    ALIMENTAÇÃO Plantas e folhas
    QUANDO VIVEU Entre 150 e 138 milhões de anos atrás, na América do Norte


  9. #9
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    PARASAUROLOPHUS


    Os braços fortes do parasaurolophus ajudavam a sustentar seu peso quando ele andava de quatro e também lhe permitiam nadar. Ao se alimentar de plantas rasteiras, apoiava-se nas quatro patas. Confiava em seus sentidos aguçados para perceber qualquer perigo. Ameaçado, erguia-se nas pernas traseiras para correr e levantava a cauda para melhorar o equilíbrio.

    O parasaurolophus podia ainda erguer-se nas pernas traseiras para alcançar os galhos do topo das árvores. O parasaurolophus tinha dentes sobrepostos capazes de moer gravetos e frutas até reduzi-los a uma pasta. Depois de cerrar os dentes de baixo contra os de cima, fazia um movimento especial de mastigação que triturava os alimentos.
    A cauda movia-se lateralmente, fazendo papel de nadadeira. Com poucos meios de defesa, o dinossauro tinha esta vantagem sobre seus predadores. Nadando até a segurança das águas profundas, deixava seu agressor para trás. Como vários outros hadrossauros, o


    parasaurolophus tinha uma cabeça extraordinária. Uma crista comprida, em
    forma de tubo, projectava-se do crânio do macho, podendo chegar a até 1,80m - altura de um homem adulto. Cientistas vêm levando diversas hipóteses sobre a utilidade dessa crista.
    Há várias hipóteses: a utilização desta crista como uma espécie de reservatório de ar, ou ela ajudava o parasaurolophus a respirar dentro da água para que ele pudesse recolher plantas aquáticas, onde a ponta superior do rupo (que deveria ter um orifício) ficaria fora da água, e o resto da cabeça permaneceria submersa.
    Mas, provavelmente, esta crista servia apenas
    de identificação entre os membros do bando, indicando também o sexo e a idade.
    O parasaurolophus usava também esta crista para amplificar os seus sons omitidos, provocando um urro alto.




    FICHA DO DINOSSAURO

    NOME Parasaurolophus, que significa
    "réptil com crista de lados
    paralelos"
    TAMANHO 10m de comprimento
    ALIMENTAÇÃO Plantas, frutas, folhas
    QUANDO
    VIVEU 80 a 66 milhões de anos atrás,
    em Alberta, Canadá, e EUA

  10. #10
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    STRUTHIOMIMUS


    O ágil struthiomimus podia parecer um grande pássaro, só que não possuía asas nem penas
    e não voava. Então, assemelhava-se mais a um avestruz. Corria sobre as duas longas pernas traseiras, fincando no chão suas garras curvas. Ele usava sua cauda comprida, fina e rígida para manter o

    equilíbrio. Tinha dois braços curtos e delgados e três dedos em cada mão, provavelmente utilizados para alcançar e apanhar comida. O struthiomimus se alimentava de muitas coisas, incluindo plantas, sementes, nozes e frutas. Abocanhava insectos voadores com seu bico rígido e desdentado e devorava animais pequenos, como os lagartos. É possível que assaltasse ninhos de outros dinossauros, em busca de ovos e filhote. Como pode-se perceber, na verdade, este dinossauro não era totalmente herbívoro, mas está classificado nesta secção porque sua

    principal alimentação era baseada em vegetais e derivados. Esses velozes dinossauros não possuíam armas para se defender. Assim, por medida de segurança, andavam em grupos. Se um struthiomimus fosse atacado por um outro dinossauro, só lhe restava fugir correndo. Bastante rápido, podendo atingir a marca dos 40 km/h em pequenas distâncias, provavelmente deixava para trás a maioria dos predadores.


    FICHA DO DINOSSAURO

    NOME Struthiomimus, que significa imitador
    de avestruz", porque se parecia com
    o avestruz
    TAMANHO 3 a 4m de comprimento e 2 m de
    altura
    ALIMENTAÇÃO Plantas, ovos, lagartos
    QUANDO
    VIVEU De 80 a 66 milhões de anos atrás,
    no oeste da América do norte

  11. #11
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    IGUANODON


    O Iguanodon, pesado como um elefante, costumava andar de quatro, mas também podia usar as duas patas traseiras. É bastante possível que este dinossauro caminhasse na ponta dos dedos, como o gato e o cachorro. Quando caçado por algum predador, conseguia correr como o vento, a 35 km/h. Sua cauda rija e achatada colaborava para manter o equilíbrio. O Iguanodon conseguia usar as


    patas dianteiras tanto para defesa como para apanhar alimento. Elas também serviam como pés quando andava de quatro.
    Numerosos esqueletos deste dinossauro foram encontrados juntos. esse é um sinal de que ele vivia em grupos ou bandos. O Iguanodon


    foi o segundo dinossauro a ser baptizado, em 1825.
    Muito estranha a pata dianteira do Iguanodon: quatro dedos, mais um esporão afiado no lugar do que seria o polegar. O animal ara capaz de movimentá-lo lateralmente e assim usá-lo como arma de ataque ou defesa. O Iguanodon era herbívoro e usava seu quarto dedo como gancho para laçar galhos altos.

    O Iguanodon gastava seu tempo buscando e mastigando alimento. Como não tinha os dentes da frente, usava o bico para arrancar folhas. Seus dentes do fundo se pareciam com os da actual iguana, só que bem maiores e num total de cerca de 100 dentes.





    Em 1878, na pequena cidade belga de Bernissart, mineiros de carvão que trabalhavam 322m abaixo da superfície encontraram uma ossada fóssil. Era o esqueleto de um Iguanodon.
    Ao todo, 39 desses espécimes foram descobertos ali e a montagem dos ossos tornou-se um trabalhoso enigma. Hoje, os esqueletos completos podem ser vistos no Real Instituto de Ciências Naturais, na Bélgica.


    FICHA DO DINOSSAURO
    NOME Iguanodon, que significa
    "dente de iguana"
    TAMANHO Até 10m de comprimento
    e 5 m de altura
    ALIMENTAÇÃO Plantas e folhas
    QUANDO
    VIVEU Cerca de 120-110 milhões de anos atrás, período cretáceo,
    na Europa, Mongólia, África
    e América

  12. #12
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    PROTOCERATOPS


    Mesmo com o modesto tamanho de um cachorro grande, o protoceratops metia medo pela aparência: cabeça pesada, olhar feroz, focinho em forma de bico e um grande escudo ósseo no pescoço. Alimentava-se exclusivamente de plantas. Tinha o corpo bem robusto, atarracado, e uma cauda longa e grossa. Andava sobre as quatro patas, mas movia-se rápido quando em perigo. O escudo ósseo que cobria o seu pescoço crescia à medida que o dinossauro envelhecia.

    e dinossauros carnívoros. Os machos também usavam seus escudos para atrair fêmeas na época do acasalamento. O escudo lhes dava uma aparência forte e ameaçadora, que afugentava os machos rivais. Os músculos grandes e fortes das mandíbulas ajudavam este bicho a arrancar folhas duras e caules lenhosos com seu bico recurvado. Depois, cortava as plantas com seus dentes em forma de tesoura. Em 1922, uma expedição científica localizou ninhos de protoceratops no deserto de Gobi, na Mongólia.
    Eles continham os primeiros ovos de dinossauros encontrados no mundo. A descoberta comprovou pela primeira vez que os dinossauros são ovíparos. Até então, ninguém sabia se eles botavam ovos, como os crocodilos e os lagartos, ou se pariam seus filhotes, como os mamíferos. Em um dos ninhos havia 30 ovos. Sendo pouco provável que uma fêmea botasse tantos ovos de uma vez, acredita-se que duas ou mais fêmeas dividiam o mesmo ninho.
    Vários ninhos enterrados foram achados próximos uns dos outros. Isso indica que os protoceratops viviam em grupos familiares ou em bandos. Chocados os ovos, os filhotes saíam da casca com uns 30cm de comprimento. Fêmeas adultas traziam comida, até os filhotes ganharem condições de buscar alimento. Os protoceratops tinham que proteger seus ninhos de predadores como o oviraptor, cuja o nome significa "ladrão de ovos.
    Um esqueleto fossilizado de oviraptor, com o crânio afundado, foi encontrado sobre um ninho de ovos de Protoceratops. Talvez um pai enfurecido o tivesse matado quando tentava roubar o ninho. Os esqueletos de Protoceratops encontrados na Mongólia variam de minúsculos, ainda dentro do ovo, a pequenos filhotes e adultos crescidos. Alguns adultos diferiam entre si por detalhes como o formato do escudo. Acredita-se que isso ocorria porque os machos deviam ser maiores que as fêmeas, tendo a cabeça, o escudo e a crista também maiores. [/SIZE][/B]

    FICHA DO DINOSSAURO
    NOME Protoceratops, que significa "primeira cabeça com chifre"
    TAMANHO 1,8m de comprimento e 1m de altura
    ALIMENTAÇÃO Folhas duras e plantas
    QUANDO
    VIVEU Há 110-66 milhões de anos, período Cretáceo, na Mongólia



  13. #13
    Gforum Veterano Avatar de aguda
    Data de Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    AGUDA-vila nova de gaia
    Idade
    51
    Posts
    19.017

    Padrão

    TRICERATOPS


    O Triceratops era muito grande e forte. Tinha o tamanho
    de dois carros e pesava tanto quanto cinco rinocerontes.
    Além do chifre pequeno e grosso no nariz, tinha também um sobre cada olho. Provavelmente utilizava os chifres como arma. Quadrúpede, o Triceratops possuía pernas grandes e largas como pilares. As da frente eram especialmente



    fortes, porque precisavam sustentar sua ampla e pesada cabeça. A enorme couraça óssea que o Triceratops possuía em volta do pescoço protegia seus ombros, permitindo-lhe resistir aos violentos golpes de outros dinossauros. Embora não se saiba ao certo de que cor eram esses animais, alguns cientistas acham que a couraça do Triceratops era vivamente colorida. Sendo tão bem armado", ele não necessitava ser verde ou marrom para camuflar-se. Mas a couraça colorida serviria para atrair as fêmeas.
    O Triceratops abocanhava brotos e folhas com seu bico semelhante ao do papagaio e os triturava com as fileiras de dentes do fundo da boca. Quando eles se estragavam, nasciam dentes substitutos. Os machos provavelmente travavam lutas para escolher o líder do bando e atrair as fêmeas.
    Mas não usavam os chifres para se ferir. Ao invés disso, os dois adversários atacavam um ao outro com a cabeça, trançando os chifres numa luta feroz. Mesmo dinossauros grandes como o Tyranossaurus Rex teriam pensado duas vezes antes de atacar o Triceratops,

    porque ele podia ferir seriamente os adversários com seus chifres afiados, além de ser bem protegido contra investidas inimigas devido a sua couraça óssea.





    FICHA DO DINOSSAURO
    NOME Triceratops, que siginifica "rosto
    com três chifres"
    TAMANHO Até 9m de comprimento e 3m de altura
    ALIMENTAÇÃO Todo o tipo de planta
    QUANDO VIVEU Entre 66 e 70 milhões de anos
    atrás, na América do Norte


Tópicos Similares

  1. Dinossauros CarnÍvoros
    Por aguda no fórum Curiosidades
    Respostas: 11
    Último Post: 10-10-2008, 23:42
  2. Dinossauros AquÁticos
    Por aguda no fórum Curiosidades
    Respostas: 5
    Último Post: 10-10-2008, 22:37
  3. Como respiravam os dinossauros carnívoros?
    Por Grunge no fórum Curiosidades
    Respostas: 0
    Último Post: 05-10-2008, 23:23
  4. Dinossauros-evolution
    Por Mitchel no fórum Curiosidades
    Respostas: 0
    Último Post: 20-09-2007, 21:45

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Já fez "Like" na nossa página do facebook?

Acompanhe todas as novidades.