Resultados 1 a 1 de 1

Tópico: [Relato] Bombeiros afirmam ter visto um ovni há quatro anos

  1. #1
    Super-Moderadora Avatar de Satpa
    Data de Ingresso
    Sep 2006
    Localização
    Portugal
    Idade
    50
    Posts
    9.450

    Arrow [Relato] Bombeiros afirmam ter visto um ovni há quatro anos

    Nome: Miguel Vasco e Flávio Areias

    Local da Ocorrência: Esteveira, Barrada, concelho de Abrantes

    Data da Ocorrência: 2 de Julho de 2004

    Pessoas envolvidas: Miguel Vasco e Flávio Areias





    Bombeiros afirmam ter visto um ovni há quatro anos

    Quatro anos depois ainda há quem não resista a soltar um “olha o Ovni” quando passa por eles. Mas Miguel Vasco e Flávio Areias não desarmam. O que viram era um ovni.

    Era noite estrelada em Esteveira, Barrada, concelho de Abrantes. De repente surgiu no céu uma bola de cor alaranjada. O fenómeno foi avistado por uma dezena de pessoas que se encontravam numa zona de pinhal que havia sido consumida, horas antes, por um incêndio. A bola de luz um pouco menor que a lua não fez qualquer barulho. Movia-se no mesmo sentido em que os bombeiros Miguel Vasco e Flávio Areias se movimentavam. Minutos depois desapareceu vertiginosamente, num movimento vertical ascendente.

    Foi a primeira e única vez que Miguel Vasco, bombeiro profissional de Abrantes, diz ter avistado algo semelhante. Foi a 2 de Julho de 2004. Por volta da meia-noite. Consigo estavam outros colegas bombeiros e elementos da GNR. “Eu e o Flávio estávamos a aguardar desmobilização. Tínhamos acabado de parar num largo de terra batida”, explica. O incêndio que tinham andado a combater durante o dia estava extinto.

    “Quando o Miguel saiu do nosso carro, para irmos cumprimentar outros nossos colegas que são bombeiros de Mação e que tinham parado a cerca de 50 metros de nós, vi-o parado a olhar para o ar e fiz o mesmo. Chamou-nos a atenção pelo tamanho anormal em relação às estrelas ou luzes de aviões”, conta Flávio Areias, outra das testemunhas do chamado “caso de Abrantes”.

    Miguel Vasco reforça o relato e afirma a sua convicção de que assistiu a algo extraordinário. “Todos vimos. Não foi alucinação, ilusão de óptica ou distúrbio visual. Uma coisa era ter sido apenas uma pessoa a ver aquilo mas estavam cerca de dez pessoas no local e todas viram o mesmo, mas na altura ninguém deu muita importância ao assunto”.

    Volvidos quatro anos e apesar do assunto ter sido praticamente esquecido, ainda há colegas de Miguel e Flávio que, de vez em quando se metem com eles com um irónico “Olha o ovni!”

    “Sempre gostei do desconhecido e procurei sempre estar informado sobre essas matérias. Para além disso ficou provado que naquela noite não estava qualquer aeronave ou satélite a passar no local”, diz Miguel Vasco.

    Miguel nunca mais viu nada semelhante. Mas Flávio Areias contabiliza já um total de três “avistamentos”, sempre da mesma luz alaranjada. Duas vezes no mesmo local e outra junto ao estádio desportivo de Abrantes, desta vez com a particularidade do céu se apresentar nublado.

    Sem explicação possível para as luzes que sobrevoaram os céus de Abrantes, Miguel acredita que possa existir vida noutros planetas. “Porque é que temos de ser nós os mais avançados. Estamos a ser egoístas ao pensarmos que somos os únicos num universo tão grande. Nós somos uma gota de água no oceano do Cosmos”, defende.


    Por: Célia Marques
    O Mirante
    Última edição por edu_fmc; 10-09-2008 às 13:04.

Tópicos Similares

  1. Bombeiros esperam por Medicina no Trabalho há 28 anos
    Por Satpa no fórum Legislação/Informação
    Respostas: 0
    Último Post: 17-07-2008, 20:49
  2. CNAI de Lisboa com Um Milhão de Atendimentos em Quatro Anos
    Por migel no fórum Legislação/Informação
    Respostas: 0
    Último Post: 20-03-2008, 20:36

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Já fez "Like" na nossa página do facebook?

Acompanhe todas as novidades.