O diretor para a América do Sul da fabricante de chips que equipa os produtos da Proview, Ricardo Tortorella, afirmou que as vendas de conversores no país ainda não emplacaram e devem continuar no mesmo ritmo lento em 2009.



Em entrevista ao Plantão INFO, o executivo disse que uma grande expectativa foi criada em torno dos benefícios e da qualidade da TV digital antes de seu lançamento, mas os consumidores ficaram "frustrados após utilizá-la". Tortorella acredita que a propaganda boca-a-boca acabou prejudicando o comércio das peças.

Segundo ele, "toda tecnologia quando estréia leva um tempo para se popularizar e há poucas cidades transmitindo o conteúdo da programação em sinal digital". O diretor também afirma que a iniciativa do governo de baratear o custo dos aparelhos acabou contrariando as leis de mercado.

Apesar disso, Ricardo ainda enxerga três fatores que podem contribuir para a popularização da TV digital: a introdução das ferramentas de interatividade na TV, a melhor oferta de conteúdo e de sinal de qualidade e uma campanha que explique para a população o que é a TV digital e quais são seus benefícios. “Uma minoria da população conhece hoje o que a TV digital pode fazer”, diz Ricardo.

As projeções do Fórum Brasileiro de TV digital indicaram que, até o final deste ano o sinal das redes abertas atenderá 40 milhões de usuários, mas só uma minoria, cerca de 1,6% ou 650 mil usuários migrou para o sistema digital.

Redação Adnews