A fórmula química que estimula o cérebro


Esqueça as palavras cruzadas, o Sudoku ou os jogos de computador. Se quer estimular o cérebro, coma chocolate preto, faça bastante sexo, beba café moderadamente e consuma alimentos frios ao pequeno-almoço.

Também é melhor que não passe muito tempo com quem só sabe reclamar da vida e ainda não fume marijuana, não veja telenovelas e não consuma muito álcool e carnes vermelhas.

Será na conjugação destes elementos que surgirá a fórmula química para treinar e impulsionar a capacidade cerebral. A tese é defendida no livro “Teaching Yourself: Training Your Brain” (Ensine a você mesmo: treine o seu cérebro), que será publicado em Janeiro na Grã-Bretanha e que posteriormente será lançado noutros países.


Na obra, os autores Terry Horne e Simon Wootin analisam como a dieta, o ambiente e o stress afectam a capacidade mental das pessoas. Grande parte das sugestões feitas no livro baseiam-se no efeito provocado por certas substâncias químicas, quando são libertadas no organismo a partir de determinadas actividades, tais como comer chocolate, beber café ou fazer sexo.


De acordo com a obra, a penetração durante o acto sexual aumenta os níveis de oxitocina, que estimula o cérebro a pensar em novas idéias e soluções para problemas, enquanto que o pós-coito aumenta a quantidade de serotonina, estimulando a criatividade e o pensamento lógico.

No que se refere à comida, os autores acreditam que ingredientes encontrados no chocolate amargo, como magnésio e antioxidantes, aumentam a oxigenação cerebral.
E comer alimentos frios, ovos ou peixes ao pequeno almoço, como é usual na Escandinávia, também dá mais energia e facilita a absorção de nutrientes pelo organismo.


«Durante décadas, pensámos que a capacidade do cérebro é geneticamente determinada, mas agora ficou claro que é uma questão de estilo de vida», explica Terry Horne, autor do livro.

Os autores aconselham os leitores a seguirem um “conceito de vida” chamado BLISS (prazer corporal, alegria, envolvimento, satisfação e sexo, na sigla em inglês) para aumentar o desempenho mental. E, claro, evitar certas situações: «Relacione-se com pessoas que o façam rir.

Evite as pessoas que reclamam demais, porque elas podem deixá-lo deprimido»”, aconselha Hornes, que ainda defende a baixa ingestão de álcool e de carnes vermelhas, o não ver telenovelas e não fumar marijuana.


Ainda na lista das actividades para estimular a “massa cinzenta”, os autores defendem que as crianças devem fazer os trabalhos de casa acompanhadas pelos colegas ou pelos pais e que, desde cedo, as crianças sigam uma dieta baixa em gordura, rica em bróculos, peixes com ômega 3, pães e massas integrais.




sapo