Nome popular FEDEGOSO



Nome científico Cassia occidentalis L.

Família Leguminosae

Parte usada Folha

Propriedades terapêuticas Diurético, colagogo, colerético, laxante, vermífugo, anti-séptico, antinflamatória.

Princípios ativos Antraquinonas, xantonas, ácido cáprico, mirístico, palmítico, esteárico, oleíco, óleo essencial, emodina.

Indicações terapêuticas Hidropisia, icterícia, colecistite, insuficiência hepática, constipação intestinal, verminose, amenorréia, impigens, feridas, febre, erisipela.

Informações complementares

Origem

São plantas nativas do sul do Brasil, Uruguai e Argentina.


Descrição

Arbusto glabro que pode atingir 1 m de altura. Pelo nome de fedegoso, como é chamado no sul do país, ou mato-pasto no nordeste brasileiro, são conhecidas várias espécies do gênero Cassia, sendo que se utilizam todas para os mesmo fins terapêuticos.


Possuem um odor fítico o que deu origem ao seu nome, C. occidentalis. A raiz é a que produz odor mais pronunciado, indicando a presença de óleo essencial, além disso, nela encontra-se também uma substância capaz de matar os peixes sem torná-los tóxicos, quando diluída na água. Esse fato a tornou conhecida e utilizada pelos índios em suas pescarias.


Propriedades farmacológicas

Auxilia na regeneração tissular, estimulando o tecido. Estimula a secreção biliar, melhorando os problemas hepáticos, popularmente é o laxante.


Os constituintes químicos do fedegoso são ainda poucos estudados, sabe-se, porém que suas sementes contém emodina, componente de ação purgativa.


Dosagem indicada

Para consumo utiliza-se chá por decocção, usando-se 1 colher de sopa de raízes ou cascas esfareladas fervendo durante 15 minutos. Das folhas, sob infusão, empregam-se 10g para 1 litro de água.


Hidropisia e problemas hepáticos: 1 gole de 2 em 2 horas.


Antitérmico: 20 g de raízes para 1 litro de água. Tomam-se 2 xícaras do chá, em pequenas doses diárias.


Erisipela: toma-se 1 gota do suco extraído das folhas tenras diluído em 1 colher de sopa de água, repetindo de meia em meia hora, até o desaparecimento dos sintomas.


Contra indicações

Crianças e gestantes.


Interações

Não há referências na literatura estudada.


Precauções de armazenamento

Armazenar preferencialmente em local fresco, seco e arejado, ao abrigo de luz solar.





Fonte: plantas medicinais-ciagri