Portugal venceu a Islândia por 3-1 e somou a segunda vitória consecutiva no apuramento para o Euro 2012.

Portugal entrou a vencer logo aos 3 minutos através de um livre superiormente marcado por Cristiano Ronaldo. Carlos Martins sofreu falta em zona frontal à baliza islandesa e o avançado do Real Madrid com um remate colocado bateu o guarda-redes Gunnleifsson.

Com a entrada fulgurante da equipa portuguesa, a Islândia tentou criar situações de perigo através de lances de bola parada. Aos 16 minutos, a formaçao da casa criou a sua primeira situação de perigo após um lançamento lateral com a bola a sobrar para Bjarnason que rematou por cima.

Um minuto após o primeiro sinal de perigo da Islândia, Helguson empatou o encontro na sequência de um canto marcado na direita. O avançado islandês do Queens Park Rangers apareceu ao segundo poste e cabeceou com a bola a bater na relva e a ultrapassar a linha de golo. Eduardo ainda tocou na bola e Ricardo Carvalho quase impediu o golo mas o árbitro seguiu a indicação do fiscal de linha e validou o golo. Eduardo recebeu um cartão amarelo por protestos.

Aos 19 minutos, Hugo Almeida teve nos pés a possibilidade de colocar Portugal novamente em vantagem mas rematou ao lado. O avançado português surgiu livre de marcação na zona central mas não acertou com a baliza.


Portugal precisava de regressar à vantagem no marcador e Raul Meireles com um grande remate, aos 27 minutos, resolveu o assunto fazendo o 2-1 e. O médio do Liverpool disparou do meio da rua para o lado direito da baliza de Gunnleifsson.

Ronaldo demonstrou estar em grande forma ao serviço da selecção e perto do intervalo quase bisou no encontro. O avançado português num remate de primeira, à entrada da área, obrigou Gunnleifsson a ceder canto. Ao intervalo, Portugal vencia a Islândia pela margem mínima-


No arranque do segundo tempo, Raul Meireles aos 53 minutos quase marcava um grande golo, com a bola a embater violentamente na barra da baliza islandesa. O médio português aproveitou um mau alívio de Gunnleifsson e num remate de primeira disparou uma bomba que deflagrou no ferro da baliza.


Aos 65 minutos, Paulo Bento lançou em jogo Hélder Postiga retirando Hugo Almeida. O avançado do Sporting foi chamado à responsabilidade aos 71 minutos com um grande passe de Ronaldo. Isolado frente a Gunnleifsson, Postiga rematou para defesa do guarda-redes islandês.

Aos 72 minutos, Hélder Postiga redimiu-se do lance infeliz e fez o 3-1 para Portugal. Ronaldo irrompe pelo lado direito e faz o cruzamento para a área. O guarda-redes islandês não segurou o esférico que sobrou para Hélder Postiga. O avançado só teve de empurrar para golo.

Feito o golo da tranquilidade, Portugal geriu a seu belo prazer a posse de bola. A equipa dominou as operações no meio-campo e só não dilatou a vantagem por culpa própria.

Com este resultado, Portugal garante o segundo lugar do Grupo H com sete pontos, atrás da Noruega que tem nove pontos. Paulo Bento somou a segunda vitória à frente da selecção nacional.


sapo desporto
____________