Página 1 de 4 12 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 20 de 68
Like Tree7Likes

Tópico: Dívida Cartão de Credito

  1. #1
    Gforum Dedicado
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Idade
    28
    Posts
    208

    Padrão Dívida Cartão de Credito

    Bom dia,tenho uma divida no cartão barclaycard de um emprestimo que pedi,mas neste momento como estou desempregado esta impossivel de pagar a mensalidade que eles propõem. ja tentei negociar uma mensalidade mais baixa mas não aceitam. o que devo fazer? ja me ameacaram enviar aquilo para a credi informações se não me engano.

    que procedimentos devo ter? sera que podem vir buscar o que tenho? estou em casa de familiares memso assim podem vir buscar os meus bens?

    agradecia ajuda. obrigado.

  2. #2
    Gforum Iniciado
    Data de Ingresso
    Jan 2012
    Idade
    32
    Posts
    42

    Padrão

    Boas amigo, se tens bens em teu nome que te possam tirar, é preciso ter medo... Se não tens, manda-os passear...

    Abraço

  3. #3
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.917

    Padrão

    É isso mesmo: manda-os passear! Não tendo bens em seu nome, não podem fazer nada.

    O que acontecerá? O nome vai para o CrediInformações, depois Banco de Portugal!

    A seguir: Poderão actuar por via judicial, mas é pouco provável, visto os custos judiciais ser elevados.

    Tudo depende da importância ser elevada ou não: quantias pequenas não vale a pena!

  4. #4
    Sub-Administrador Avatar de jchaves
    Data de Ingresso
    Nov 2006
    Localização
    por ai
    Idade
    48
    Posts
    7.123

    Padrão

    Claro como referido isso se entrar em incumprimento e não existir acordo entre as partes vai para contencioso e o Banco de Portugal é informado implicando com isso, inivisão de cheques, cartões de credito,etc.....
    Ter sempre em atenção se existe bens de relevo em nome proprio porque seram alvo de penhora, o mesmo pode acontecer em futuros empregos em Portugal com uma penhora sobre uma parte do ordenado (% de lei não sei dizer)

    Em caso de estar no desemprego e estar a receber S.Desemprego não sei se teram possibilidade de penhorar alguma %.

  5. #5
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.917

    Padrão

    Jchaves, o desconto será de um terço dos rendimentos do devedor.

    Para qualquer esclarecimento, aconselho a consultarem os tópicos por mim criados sobre este assunto neste tópico.

  6. #6
    Gforum Iniciado
    Data de Ingresso
    Feb 2007
    Posts
    19

    Padrão

    Acho que só te podem penhorar alguma coisa depois de ter ido a tribunal e haver ordem judicial. E como moras na casa dos pais, só se tiveres carro em teu nome ou assim é que te podem pegar. Mas até isso chegar a tribunal ainda te vão tentar enganar várias vezes com falsas penhoras e simular que são advogados e etc:

    Cartão de Crédito Barclaycard: Foruns Rui Cruz - Cartão CITI (Agora Barclaycard)

  7. #7
    Gforum Dedicado
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Idade
    28
    Posts
    208

    Padrão

    então é assim,a divida é de 4800€,barclaycard.
    o que voces classificam como bens em meu nome?

    então por exemplo imaginamos que arrendo uma casa,os bens que tenha nessa casa ficam como se fossem meus e assim podem tirar o que tenho la?como é que eles determinam se os bens são meus ou não?

    eu mesmo estando desempregado tentei acordar um valor mais baixo mas não aceitaram,ja passaram 3 messes e agora so me ameacam que vai para a credinformacoes e que fico 6 anos sem puder ter creditos,mas sera que posso ter uma conta no banco a mesma? ou nem isso posso?

  8. #8
    Gforum Iniciado
    Data de Ingresso
    Jan 2012
    Idade
    32
    Posts
    42

    Padrão

    Citação Postado originalmente por mjtc Ver Post
    Jchaves, o desconto será de um terço dos rendimentos do devedor.

    Para qualquer esclarecimento, aconselho a consultarem os tópicos por mim criados sobre este assunto neste tópico.
    O ordenado é penhorado de acordo com o valor declarado pela entidade empregadora, e pode ser feito sem ir a tribunal, qualquer solicitador o pode fazer, mas apenas pode ser penhorado a parte acima do salário minimo nacional, ou seja se declarar o salário minimo nacional, já não pode ser penhorado, se declarar mais, pode ser penhorado 1/3 ou 1/6, dependendo se o devedor tem encargos (despesas familiares, dividas as finanças e seg. social, que se sobrepoem aos bancos, etc), tudo isto tem de ser provado em documentação, de maneira que são absolutamente impenhoráveis os vencimentos, subsídios, soldos e salários destinados ao sustento do devedor e sua família. em caso de falta de entendimento com o solicitador, segue para tribunal...

    Abraço

  9. #9
    Gforum Iniciado
    Data de Ingresso
    Jan 2012
    Idade
    32
    Posts
    42

    Padrão

    Citação Postado originalmente por djnata Ver Post
    então é assim,a divida é de 4800€,barclaycard.
    o que voces classificam como bens em meu nome?

    então por exemplo imaginamos que arrendo uma casa,os bens que tenha nessa casa ficam como se fossem meus e assim podem tirar o que tenho la?como é que eles determinam se os bens são meus ou não?

    eu mesmo estando desempregado tentei acordar um valor mais baixo mas não aceitaram,ja passaram 3 messes e agora so me ameacam que vai para a credinformacoes e que fico 6 anos sem puder ter creditos,mas sera que posso ter uma conta no banco a mesma? ou nem isso posso?
    Tens contrato de arrendamento?
    Podes ter conta em teu nome, corres é o risco de serem penhoradas...

  10. #10
    Woman
    Data de Ingresso
    Jul 2009
    Localização
    London, UK
    Idade
    29
    Posts
    3.288

    Padrão

    resumindo, acabas sempre por pagar a divida!

    por bem ou por mal... mas pagas.a!


  11. #11
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.917

    Padrão

    Meus amigos, vamos lá entender-nos: o ordenado só é penhorado um terço ou dois sextos após ter sido aprovado em tribunal. Se o devedor não tiver nada em seu nome (bens valiosos ou esteja a pagar algum desses bens), não poderão fazer nada a não ser ir por via judicial.

    O devedor que vive numa casa onde paga renda, e se tiver bens básicos (electrodomésticos, mobilias,etc.) necessários à sua vida, não poderão fazer nada (excepto se forem bens valiosos).

    Para qualquer esclarecimento, consultam os tópicos por mim criados.

  12. #12
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.917

    Padrão

    Atenção: Muitas dívidas prescrevem ao fim de um determinado tempo: segundo informações, pode ir até 5 anos nos cartões de crédito e 10 anos nos créditos pessoais.

    Atenção: Isto aplica-se a quem tem redimentos baixos, e não tem bens valiosos em seu nome ou esteja a pagar algum desses bens.

    Por exemplo: Se tiver um carro velho em seu nome, não irão buscar por não ter valor comercial. O mesmo aplica-se a tal história da bilha de gás lá em casa (uma versão muito usada).

    Se tiver a pagar bens como electrodomésticos ou um automóvel novo ou usado, irão buscar esses bens.
    Última edição por mjtc; 02-03-2012 às 18:16.

  13. #13
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.917

    Padrão

    Para vossa informação: eu tive 2 cartões de créditos:
    - Um cartão Barclaycard com plafond até 5000 euros;
    - Um cartão do ex.City Bank com plafond até 2500 euros.
    Resumindo: Devo 7500 euros e nunca mais paguei por não ter condições financeiras, e essa Efinco tentou o mesmo jogo comigo: ameaças telefónicas, prazos de 1 semana para liquidar as dívidas totais, sem sucesso. A partir daí, só em via judicial.

  14. #14
    Gforum Dedicado
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Idade
    28
    Posts
    208

    Padrão

    Citação Postado originalmente por mjtc Ver Post
    Para vossa informação: eu tive 2 cartões de créditos:
    - Um cartão Barclaycard com plafond até 5000 euros;
    - Um cartão do ex.City Bank com plafond até 2500 euros.
    Resumindo: Devo 7500 euros e nunca mais paguei por não ter condições financeiras, e essa Efinco tentou o mesmo jogo comigo: ameaças telefónicas, prazos de 1 semana para liquidar as dívidas totais, sem sucesso. A partir daí, só em via judicial.

    e não te foram buscar os bens?

    é assim eu ainda nao estou em nenhuma casa arrendada,mas gostava de saber se algum dia vier a ter um contracto de arrendamento se podem pegar por ai e ir buscar o que tenho dessa casa que assinei o contracto de arrendamento... é que não sei bem como fazem para irem buscar os bens das pessoas nestes casos....

    eu sei que mais tarde ou mais cedo vou ter que pagar,mas ficar sem nada do pouco que tenho :|

  15. #15
    Moderador GForum Avatar de B@eta
    Data de Ingresso
    Dec 2006
    Localização
    Alentejo
    Idade
    41
    Posts
    1.624

    Padrão

    Boas,
    O planoviável tem respostas para isso tudo e soluções, assim como a deco.
    Cumpts

  16. #16
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.917

    Padrão

    Meus amigos, ninguém tem solução para os nossos problemas de endividamento, excepto se o devedor tiver alguns bens em seu nome para hipoteca. Todas as entidades (Plano Viável, Apoiare, DECO, etc.) que oferecem soluções para os problemas de endividamento, são apenas intermediários na negociação dos créditos. Tudo depende dos rendimentos de cada cliente: se auferir rendimentos elevados, penso que a solução será facilitada; mas de tiver rendimentos baixos e que interfere com os pagamentos das dívidas, só em via judicial.

    Outra via passa por contratar um advogado, ou mesmo meter um processo de insolvência, que só irá apoiar os que tem bens para hipoteca, ou excelentes ordenados, e empresas.

    Quem não tem bens para hipoteca e ordenados baixos, e mesmo assim, mete um processo de insolvência, nunca terá essa solução resolvida. Normalmente, os processos de insolvência não funcionam com este tipo de cliente.

    A única solução é esperar por melhores dias ou preescrever a dívida.

  17. #17
    Gforum Dedicado
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Idade
    28
    Posts
    208

    Padrão

    Mas imaginamos que uma pessoa esta numa casa arrendada ja mobilada,eles ai não podem tirar os bens certo? Visto a casa ser de outra pessoa? Como é que se prova de quem são os bens?

  18. #18
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.917

    Padrão

    Citação Postado originalmente por djnata Ver Post
    Mas imaginamos que uma pessoa esta numa casa arrendada ja mobilada,eles ai não podem tirar os bens certo? Visto a casa ser de outra pessoa? Como é que se prova de quem são os bens?
    Amigo djnata, se tiveres a viver numa casa arrendada, não podem ficar com a casa, porque pertence ao senhorio.

    Se tiver mobilada e não estiver no teu nome, não poderão fazer nada. Além disso, a mobilia está em nome de outras pessoas.

    Mesmo que a mobilia estivesse no teu nome mas já paga, não podem fazer nada - excepto, se tiveres a pagar as prestações da mobilia que acabaste de comprar.

    Também se tiveres um automovel usado e antigo (mais ou menos superior a 8 ou 10 anos), não podem fazer nada.

    Se tiveres um automóvel novo, e a pagar, podem ir buscar a viatura.

    Se o automóvel for usado, mas se tiveres a a pagar, também poderão ir buscar.

    A única coisa que irão buscar é o teu ordenado que será penhorado no terço. Mas depende se a dívida for pequena, e com a longa fila de processos no tribunal, de muitos devedores, poderá nunca chegares a ser contactado para pagar e a dívida pode prescrever, no caso de ser um cartão de crédito pode ir a 5 anos, e crédito pessoal ir a 10 anos. Ao fim desse tempo, se não houver novidades, ficas com a dívida liquidada ou seja, prescrita. Mas isso também irá trazer dificuldades quando tiveres que necessitar de crédito.
    Última edição por mjtc; 09-03-2012 às 21:15.

  19. #19
    Gforum Dedicado
    Data de Ingresso
    Apr 2007
    Idade
    28
    Posts
    208

    Padrão

    tentei negociar um valor mais baixo e não aceitaranm e só me ameaçaram a dizer que agora vou carregar com as consequencias e que o banco vai rever o total do dinheiro que devo rapidamente,enfim...

  20. #20
    Gforum Veterano Avatar de mjtc
    Data de Ingresso
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    6.917

    Padrão

    Não ligues a essas bocas, a única coisa que eles podem fazer é descontar um terço do ordenado, após a aprovação por meios judiciais.

Página 1 de 4 12 ... ÚltimoÚltimo

Tópicos Similares

  1. Importante - Senha Do CartÃo De CrÉdito Invertida
    Por migel no fórum Legislação/Informação
    Respostas: 1
    Último Post: 10-02-2009, 10:42
  2. Igreja vai aceitar dízimo pago em cartão de crédito
    Por sneto2000 no fórum Notícias do Brazil
    Respostas: 0
    Último Post: 04-10-2008, 08:49

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Já fez "Like" na nossa página do facebook?

Acompanhe todas as novidades.