Baterias telefones Chineses
As cópias do Iphone, o chamado Sciphone chinês
As baterias das primeiras réplicas chinesas, nomeadamente de um telefone que possuo, o modelo T1, já não se encontram disponíveis.
O modelo deste telemóvel é de facto interessante, cartões de dois operadores, TV analógica, rádio, 2 baterias incluídas, etc, tornam estes telemóveis interessantes até pelo seu preço.

O modelo T1, comprado nos USA, a um preço bastante convidativo, no entanto, agora chegada a hora da mudança das suas baterias, as existentes já começam a dar para pouco tempo de conversação, terão que ser agora trocadas.

A bateria usada neste sciphone, Model T1, ao contrário dos modelos mais recentes, sofre no entanto de um problema, que é a falta de normalização.
A sua polaridade do menos está á esquerda, vista do lado frontal das letras. Tudo isto não seria grave se as baterias estivessem á venda, o problema é que isso não acontece, ou então encontram-se a preços completamente proibidos.

As actuais baterias dos novos modelos, são parecidas, mas com polaridades trocadas e os pinos da bateria, encontram-se ligeiramente colocados a distâncias diferentes e já obedecem a alguma normalização.

Ou seja, no momento existem 3 modelos diferentes de baterias, para as actuais cópias do Iphone, de facto em todas as novas baterias que já vi, estão todas, agora com a sua polaridade trocada, embora sejam parecidas em tamanho ao modelo do meu telemóvel.

As baterias são todas muito parecidas, com excepção, da sua polaridade e as distâncias aos pinos de contacto estão ligeiramente desfasados.

Face ao problema existente e como não consegui as baterias para troca para este modelo de telemóvel. Restava pensar em soluções alternativas para resolver o problema.
1- Esquecer o telemóvel e substitui-lo por um mais recente, o actual tem 3 anos.
2- Comprar uma bateria, ao preço que tinha dado pelo telemóvel, cerca de 70 Euros.
3- Substituir a bateria por uma outra.
4- Como resolver neste caso, da opção 3, o problema, da polaridade e dimensão.

A solução escolhida foi de facto a numero 3, como sou técnico em electrónica, tive que pensar na melhor solução técnica, e assim resolver tecnicamente o problema.

A solução encontrada fica aqui expressa para assim poder ajudar e servir para outros eventuais interessados para uma solução deste problema da bateria.
Existe agora nos mais recentes Sciphones, uma nova bateria um pouco mais pequena e de alta capacidade 2800mAh, a qual foi a escolhida para substituição.
Esta bateria como é mais pequena, vai permitir algo muito importante que é fazer coincidir a sua pinagem com a pinagem existente no telemóvel.
O restante espaço que fica livre no interior ocupado pela bateria antiga vai ser preenchido com pequenos troços de matéria plástica.

A bateria antiga era de 1800 mAh e esta nova é de 2800mAh, e o seu preço é diminuto, e ao que parece irá ser uma das baterias padrão oriundas da China, como a bateria é mais pequena, consegui que os pinos coincidam e então as pequenas peças em plástico vão permitir que tudo fique sobre pressão, a nova bateria vai então encaixar na perfeição.
Seguidamente foi necessário resolver o problema da polaridade, pois a da nova bateria não coincide com a polaridade no telemóvel, aqui a solução que é necessário resolver é trocar a polaridade dos fios no interior do telemóvel, o que implica a abertura deste e a troca dos fios da polaridade mais e da polaridade menos.
A abertura é relativamente fácil, mas é um trabalho que requer algum cuidado.
Feita a troca das polaridades, tudo é novamente reposto.
Resta agora ligar o telemóvel e tudo fica solucionado, com a nova bateria e principalmente nos próximos tempos, graças agora a alguma normalização por parte do fabricante deste tipo de telemóvel, não se esperam mais problemas. Espero que esta solução que encontrei, possa vir a ser útil, a quem tenha este ou outro tipo de telemóvel e que não consiga já baterias.
Valencas
Wxw.sitesmaisuteis.pt