Página 1 de 4 12 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 20 de 61

Tópico: Xutos e Pontapés

  1. #1
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Xutos e Pontapés

    Aqui serão colocadas as letras dos Xutos & Pontapés



  2. #2
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão A Minha Maneira

    A Minha Maneira




    Em qualquer dia
    A qualquer hora
    Vou estoirar
    P'ra sempre
    Mas entretanto
    Enquanto tu duras
    Tu pões-me
    Tao quente

    Ja sei que vou arder na tua fogueira
    Mas sera sempre sempre à minha maneira
    E as forcas que me empurram
    E os murros que me esmurram
    Só me farao lutar
    À minha maneira

    Por esta estrada
    Por este caminho a noite
    De sempre
    De queda em queda
    Passo a passo
    Vou andando
    P'ra frente

    Ja sei que vou arder na tua fogueira
    Mas sera sempre sempre à minha maneira
    E as forcas que me empurram
    E os murros que me esmurram
    Só me farao lutar
    À minha maneira



  3. #3
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão A Voz Do Mal

    A Voz Do Mal



    Sei que te queres esconder
    Sei que me queres deixar
    Vais ter muito que correr
    Sabes que te vou achar

    Na aldeia mais distante
    Acabarei por te encontrar
    Esperarei por um sinal
    Da tua sombra ao passar
    À luz da lua
    A voz do mal

    Uma rua mais sombria
    O cenario habitual
    Uma noite mais vazia
    Mudaras o meu final
    Para acabares tudo de vez

    Tu vais ter que me matar
    E eu ficarei para sempre sem ti
    Esse remorso fatal
    Desconheco a voz de Deus
    Só conheco a voz do mal
    Desconheco a voz de Deus
    Só conheco a voz do mal



  4. #4
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Ai Se Ele Cai

    Ai Se Ele Cai


    Todos os dias te vejo
    Todas as noites te quero
    E eu vou procurando
    Um sinal em ti que me faca rir
    Eu espero e nunca mais vem

    Vou tirando fotocópias
    E vou pensando em ti
    Vou adivinhando todos os desejos e todos os beijos
    Que temos para trocar

    De tanto querer,
    De tanto gostar,
    De tanto te amar
    Eu nao te quero perder

    Ai se ele cai
    Vai-se partir
    Meu coracao
    Vai-se partir

    Todos os dias te tenho
    Todas as noites te abraco
    Vou aproveitando tudo o que tu tens
    Tudo o que me das
    Nem consigo acreditar

    Meu amor
    Se isto é só um sonho bom
    Eu nao quero acordar

    De tanto querer,
    De tanto gostar,
    De tanto te amar
    Eu nao te quero perder

    Ai se ele cai
    Vai-se partir
    Meu coracao
    Vai-se partir

    Ai se ele cai
    Vai-se partir
    Meu coracao
    Vai-se partir

    Ai se ele cai
    (e de tanto querer)
    Vai-se partir
    (e de tanto gostar)
    Meu coracao
    (e de tanto te amar)
    Vai-se partir
    (nao te quero perder)
    Ai se ele cai



  5. #5
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Barcos Gregos Ao Vivo No Rrv

    Barcos Gregos Ao Vivo No Rrv


    Ja estou farto de procurar
    Um sitio pra me encaixar
    Nao pode ser
    Esta tudo cheio, tao cheio, tao cheio, cheio, tao cheio, tao cheio
    Mas o que é que eu vou fazer?

    Ja estou farto de procurar
    Um sitio pra trabalhar
    Nao pode ser
    Esta tudo cheio, tao cheio, tao cheio, cheio, tao cheio, tao cheio
    Mas o que é que eu vou fazer?

    Eu vou pra longe, pra muito longe
    Fazer-me ao mar, num dia negro
    Vou embarcar num navio grego
    Solta-me o ar, falta-me o emprego
    Pra ca ficar!!

    Ja estou farto de descobrir
    Muitas portas por abrir
    Nao pode ser
    Esta tudo cheio, tao cheio, tao cheio, feio, tao feio, tao feio
    Mas o que é que eu vou fazer?

    Eu vou pra longe, pra muito longe
    Fazer-me ao mar, num dia negro
    Vou embarcar num navio grego
    Solta-me o ar, falta-me o emprego
    Pra ca ficar!!

    Eu vou pra longe, pra muito longe
    Fazer-me ao mar, num dia negro
    Vou embarcar num navio grego
    Solta-me o ar, falta-me o emprego
    Pra ca ficar!!



  6. #6
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Cerco

    Cerco


    Quando o céu escurecer
    E quando o chao reflectir
    O colorido da cidade
    Os ratos saem da esquadra
    Defendendo a sociedade

    E andam para a frente
    E andam para tras
    E o que magoa também satisfaz
    E olham para um lado
    E olham para o outro
    E veem-me a mim
    Estou cercado
    Na cidade

    Vao vestidos de cinzento
    À paisana disfarcados
    Os ratos saem da esquadra
    No rasto dos desgracados

    E quando as almas regressam
    Ao sossego dos seus sonhos
    Os ratos recomecam a roer nos corpos estranhos
    A roer nos corpos



  7. #7
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Chuva Dissolvente

    Chuva Dissolvente


    Entre a chuva dissolvente
    no meu caminho de casa
    dou comigo na corrente
    desta gente que se arrasta.
    Metro, tunel, confusao,
    quente suor vespertino
    mergulho na multidao,
    no dia-a-dia sem destino.

    Putos que crescem sem se ver
    basta po-los em frente à televisao
    hao-de um dia se esquecer
    rasgar retratos, largar-me a mao.
    Hao-de um dia se esquecer,
    como eu quando cresci.
    Sera que ainda te lembras
    do que fizeram por ti?

    E o que foi feito de ti?
    E o que foi feito de mim?
    E o que foi feito de ti?
    Ja me lembrei, ja me esqueci...

    Quando te livrares do peso
    desse amor que nao entendes,
    vais sentir uma outra forca
    como que uma falta imensa.
    E quando deres por ti
    entre a chuva dissolvente,
    és o pai de uma crianca
    no seu caminho de casa.

    E o que foi feito de ti?
    E o que foi feito de mim?
    E o que foi feito de ti?
    Ja me lembrei...
    Ja me lembrei, ja me esqueci...



  8. #8
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Cigarette (Aquilo Que Eu Quero Mesmo eS Tu)

    Cigarette (Aquilo Que Eu Quero Mesmo eS Tu)


    Sinto-me tao baralhado
    Que fico neste triste estado
    Eu ja nao sei o que esta certo
    Ja nem sei se é longe ou perto
    Ja nao sei se ando torto
    Se estou vivo ou se estou morto
    Aquilo que eu preciso mesmo és tu
    Aquilo que eu preciso és mesmo tu

    Casas, carros, mordomias
    Barcos, bolsa e mais valias
    Nada disso me faz falta
    Eu quero é a tua maré alta
    Aquilo que eu preciso mesmo és tu
    Aquilo que eu preciso és mesmo tu

    Eu ja sei
    Sim ja sei bem o que eu quero
    Sim eu sei bem por quem espero
    Sim eu sei bem o que eu quero
    Sim eu sei bem por quem espero
    Sei que és tu
    Sei que és mesmo tu
    Sei que és mesmo tu
    Sei que és mesmo tu
    Aquilo que eu quero mesmo és tu



  9. #9
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Circo De Feras

    Circo De Feras


    A vida vai torta
    Jamais se endireita
    O azar persegue
    Esconde-se a espreita

    Nunca dei um passo
    Que fosse correcto
    Eu nunca fiz nada
    Que batesse certo

    E enquanto esperava
    No fundo da rua
    Pensava em ti
    E em que sorte era a tua
    Quero-te tanto
    Quero-te tanto

    De modo que a vida
    É um circo de feras
    E os entretantos
    Sao as minhas esperas

    Nunca dei um passo
    Que fosse correcto
    Eu nunca fiz nada
    Que batesse certo

    E enquanto esperava
    No fundo da rua
    Pensava em ti
    E em que sorte era a tua
    Quero-te tanto
    Quero-te tanto.



  10. #10
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Conchita Morales

    Conchita Morales


    Terra do fogo
    No sul da Argentina
    Oito da matina e um frio de rachar
    Sai a patrulha para militar

    Estendendo a roupa toda remendada
    Usada pelos seus irmaos
    Sonha com um tango
    Dancado com as maos

    Conchita Morales
    Viu los federales
    E logo ali temeu
    Pelas lindas formas que sua mae lhe deu

    Anda Conchita
    Carita bonita
    Vais ter de agradar
    Ao senhor militar

    Ela nao sabia
    Se era noite ou dia
    Se ainda chovia
    Quando acordou
    No chao da caserna onde ele a deixou

    Ela andou cansada
    Rota e usada
    Pela tropa que lhe tracou
    Negro destino que ela abracou

    Anda Conchita
    Carita bonita
    A vida nao espera
    Tu foge dai

    Em Buenos Aires
    sao seis de la tarde
    Conchita anda a trabalhar
    Tem outras bocas para sustentar

    Conchita Morales
    Viu los federales
    Garbosos e nao resistiu
    Mandou todos à **** que os pariu

    Anda Conchita
    Carita bonita
    Da-me a tua mao
    Viva a revolucao



  11. #11
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Conta-Me HistoRias

    Conta-Me HistoRias


    Agora que pousas a cabeca
    na almofada e respiras satisfeito
    quero o teu amor sem sentido nem proveito

    Agora que repousas
    lentamente sigo a curva do teu peito
    procuro o segredo do teu cheiro

    Juntos fomos correndo lado a lado
    Juntos fomos sofrendo ter amado
    Amas a vida
    e eu amo-te a ti

    Conta-me historias daquilo que eu nao vi...
    Conta-me historias daquilo que eu nao vi...
    Conta-me historias daquilo que eu nao vi...
    Conta-me historias que eu nao vi...

    Logo juntas a tua roupa
    e dizes que a vida esta la fora
    passou a minha hora...
    passou a minha hora...

    Juntos fomos correndo lado a lado
    Juntos fomos sofrendo ter amado
    Amas a vida
    e eu amo-te a ti

    Conta-me historias daquilo que eu nao vi...
    Conta-me historias daquilo que eu nao vi...
    Conta-me historias daquilo que eu nao vi...
    Conta-me historias que eu nao vi...



  12. #12
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Contentores

    Contentores


    A carga pronta metida nos contentores
    Adeus aos meus amores que me vou
    P'ra outro mundo
    É uma escolha que se faz
    O passado foi la atras

    Num voo nocturno num cargueiro espacial
    Nao voa nada mal isto onde vou
    P'lo espaco fundo

    Mudaram todas as cores
    Rugem baixinho os motores
    E numa forca invencivel
    Deixo a cidade natal
    Nao voa nada mal
    Nao voa nada mal

    Pela certeza dum bocado de treva
    De novo Adao e Eva a renascer
    No outro mundo
    Voltar a zero num planeta distante
    Memória de elefante talvez
    O outro mundo

    É a escolha que se faz
    O passado foi la atras
    E nasce de novo o dia
    Nesta nave de Noé
    Um pouco de fé



  13. #13
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Da Um Mergulho

    Da Um Mergulho


    Da um mergulho no mar
    Da um mergulho sem olhar para tras
    Da um salto no ar
    Só para veres do que és capaz

    Arrisca mais uma vez
    Nem que seja só por arriscar
    Nunca se tem muito a perder
    Da um mergulho no mar

    Ha tantas coisas por fazer
    E tantas por inventar
    Da um mergulho no mar

    E tu vais ver
    Tu vais jogar
    Tu vais perder
    Tu vais tentar
    Mais uma vez
    E tu vais ver
    E tu vais rir
    Tu vais ganhar

    Tens pouco tempo para ser só teu
    Nao esperes nem deixes passar
    Essa vontade que quer
    Dar um mergulho no mar

    Arrisca mais uma vez
    Nem que seja só por arriscar
    Nunca se tem muito a perder



  14. #14
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Dados Viciados

    Dados Viciados


    Jogo tudo de uma vez
    Jogo tudo de uma vez
    sem saber quem vai ficar
    Penso em tudo outra vez
    sem saber onde vai dar
    Mas sinto que vou ganhar
    Com tudo isto a jogar
    Sem deitar tudo a perder
    Como é que tu vais fazer?
    Penso que nao sou eu
    Penso que nao sou eu
    Penso que nao sou eu
    Nao sou eu

    Senti-me quase a perder
    Aquilo que tinha p'ra ganhar
    Mas eu nao queria ver
    O que estava a acontecer
    Fui-me deixando estar
    Sem nada querer fazer
    Custa-me a acreditar
    Que desta vez nao vou vencer

    Mas sinto que nao sou eu
    Mas sinto que nao sou eu
    Mas sinto que nao sou eu
    Nao sou eu

    Tudo em ti deixa de ser
    Tudo em ti deixa de existir
    Continuas a insistir
    A jogar com os Dados Viciados



  15. #15
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Deitar A Perder

    Deitar A Perder


    Ninguém te amou como eu
    Ninguém te quis como eu
    Ninguém te viu feliz como eu
    Ninguém te magoou como eu, como eu

    Como eu, ninguém esperou
    Como eu, e acreditou
    Que tudo se pode perdoar
    Só à forca de te amar

    Sentado à beira-rio
    Eu vejo-o correr
    Ter a vida por um fio
    Deita-la a perder
    Como eu

    Como eu, ninguém esperou
    Como eu, e acreditou
    Que tudo se pode perdoar
    Só à forca de te amar
    Sentir o amor escapar
    Por entre os beijos fugir
    Por entre as maos escaputir
    Como eu
    Como eu



  16. #16
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Desejo

    Desejo


    Pede um desejo
    Pouco importa que seja
    Este universo inteiro
    Pede um desejo

    Pede um desejo
    Mas ao menos que seja
    Outro Universo inteiro
    Pede um desejo
    Onde eu seja contemplado
    No teu universo inteiro
    Pede um desejo

    Pede um desejo
    Nao deixes de escolher
    Entre tudo e o nada
    Pede um desejo

    Pede um desejo
    Sabes que menos que tudo
    É pouco mais que o nada
    Pede um desejo
    Do nada depende tudo
    E contudo....

    Pede um desejo



  17. #17
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Dia De S Receber

    Dia De S Receber

    Embora falar da arte
    Da arte de sobreviver
    Daquela que se descobre
    Quando nao ha que comer
    Ha os que roubam ao banco
    Os que nao pagam por prazer
    Os que pedem emprestado
    E os que fazem render

    Este dia a dia é duro
    É duro de se levar
    É de casa pró trabalho
    E do trabalho pró lar

    Leva assim uma vida
    Na boinha sem pensar
    Mas ha-de chegar o dia
    Em que tens de me pagar

    Ai é o dia
    De S. Receber

    Dia de S. Receber

    Ja nao chega o que nos
    Tiram à hora de pagar
    É dificil comer solas
    Estufadas ao jantar
    De histórias mal contadas
    Anda meio mundo a viver
    Enquanto o outro meio
    Fica à espera de receber

    Ai é o dia de S. Receber
    Dia de S. Receber

    Ai a minha vida
    Ai a minha vida

    É assim esta dialise
    Entre o deve e o haver
    Sei que para o patrao custa
    Enfrentar este dever
    O dinheiro para mim nao conta
    Eu trabalho por prazer
    Mas o dia que eu mais gosto
    É o dia de S. Receber



  18. #18
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Diz-Me

    Diz-Me


    Diz-me
    Que pode fazer um homem
    Quando as portas estao fechadas
    E as ajudas nao chegam

    Diz-me se uma mulher
    nao é dona do seu corpo
    E se da tudo para o torto
    E acaba no tribunal

    Diz-me
    Se fazem as leis por medida
    Para ficarem na gaveta
    E nos fazerem de tolos

    E entao
    Vao nos dando futebol
    Põe-se o norte contra o sul
    É dividir para mandar

    Diz-me
    Se estao a favor da guerra
    Se nao deixam de lado a terra
    E vao-se esquecendo de ti

    Diz-me
    Se o que parece é
    Vivemos fora de pé
    Num completo desgoverno

    E entao
    Tem de haver informacao
    Tem de haver participacao
    Na vida de todos nós

    E tu
    Se isto nao te diz nada
    Olha p'ra rapaziada
    Ver a vida que o povo tem
    Ver a vida que o povo tem
    Ver a vida que o povo tem



  19. #19
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Enquanto A Noite Cai

    Enquanto A Noite Cai


    O sol desce para Monsanto
    Enquanto ele faz a barba
    Adormeceu entretanto
    Ja saiu a namorada

    Aguardou este momento
    Sabe que a hora é sagrada
    Nem é tarde nem é cedo
    Era a que estava marcada

    Vai por cima do roupeiro
    Acha a caixa arrumada
    Sopra o pó abre-lhe o fecho
    Da com ela descansada

    Descansada esta a arma
    No pano adormecida
    Tao perfeita tao gelada
    Própria p'ra te roubar a vida

    E enquanto a noite cai
    O que é que ele vai ser

    Trancou a porta de casa
    Desceu decididamente
    Aspirou o ar da rua
    Fundiu-se no mar de gente

    Via arma e apanhei-a
    Dei com o corpo no barranco
    Ja nasceu a lua cheia
    Desceu o sol em Monsanto

    E enquanto a noite cai
    O que é que ele vai ser



  20. #20
    Administrador Avatar de edu_fmc
    Data de Ingresso
    Feb 2008
    Idade
    30
    Posts
    21.004

    Padrão Esquadrao Da Morte

    Esquadrao Da Morte


    Por nao querer aquilo que me é dado
    Por nao querer nem governo nem estado
    Por nao ter nada e por tudo querer
    Esquadrao da morte faz-me correr

    Por nao querer aquilo que me é dado
    Por nao querer nem governo nem estado
    Por nao ter nada e por tudo querer
    Esquadrao da morte faz-me correr

    Eles ai ai estao, ja lhes sinto o bafo
    Dobro uma esquina a ver se me safo
    Por ai nao que nao tem saida
    Muito cuidado que arriscas a vida

    A noite é dia, e o dia é de noite
    Nao tenho sitio onde me acoite
    Esquadrao da morte avanca no escuro
    E sigo em frente a sombra do muro
    E sigo o cheiro na escuridao , que me conduz onde esta a razao
    E sigo o cheiro da escuridao , que me conduz onde esta a razao

    Sangue na boca da queda de ha pouco
    Tento falar só sai um grito rouco
    Num beco sujo, num vao de escada
    Dois tiros secos e nao resta nada

    Por isso eu ponho, eu ponho a questao
    Onde mas onde se esconde a razao
    Por isso eu ponho, eu ponho a questao
    Onde mas onde se esconde a razao

    Por isso eu ponho, eu ponho a questao
    Onde mas onde se esconde a razao
    Por isso eu ponho, eu ponho a questao
    Onde mas onde se esconde a razao



Página 1 de 4 12 ... ÚltimoÚltimo

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Já fez "Like" na nossa página do facebook?

Acompanhe todas as novidades.