Conceito de Águas de Salmonídeos

Portaria n.º 251/2000, de 11 de Março e Portaria n.º 462/2001, de 8 de Maio
Águas de salmonídeos são águas onde existem ou com potencial ecológico para suportar espécies da família Salmonidae, nomeadamente truta fário.

Consideram-se águas de salmonídeos, as massas de água ou seus troços que constam do anexo à Portaria n.º 462/2001, de 8 de Maio.

Nas águas de salmonídeos:

Aplica-se o período de defeso da truta a todas as espécies piscícolas;
durante a época em que é livre a pesca dos salmonídeos é também livre a pesca de quaisquer outras espécies piscícolas nessas massas de água;
não é permitido engodar com larvas naturais.
Para aceder à listagem das águas de salmonídeos veja o ficheiro em anexo.