Página 17 de 17 Primeiro ... 71617
  1. #241
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Localização
    Sobralinho
    Idade
    45
    Posts
    4.737

    Padrão

    Warriors apuram-se para a final pela terceira vez consecutiva


    Os Golden State Warriors qualificaram-se pela terceira vez consecutiva para a final absoluta da NBA, depois de vencerem pela quarta vez os San Antonio Spurs, por 129-115.

    No segundo jogo no AT&T Center, em San Antonio, os Warriors atuais vice-campeões, fizeram o pleno de vitórias (4-0) na final da Conferência Oeste.

    Mais uma vez, Stephen Curry foi o grande maestro dos Warriors, terminando o jogo com 36 pontos, seis assistências e cinco ressaltos, uma exibição secundada por Kevin Durant, que marcou 29 pontos e capturou 12 ressaltos.

    Ainda pelos campeões de 2015 destacaram-se Draymond Green, com 16 pontos, oito ressaltos e oito assistências, e Klay Thompson, com 10 pontos e seis ressaltos.

    Pelos Spurs, Kyle Anderson foi o único a anotar as duas dezenas no tiro ao cesto, terminando o embate com 20 pontos, mais seis ressaltos.

    Os Golden State Warriors chegaram à final absoluta com um percurso limpo nestes playoff, depois de deixarem pelo caminho os Portland Trail Blazers, Utah Jazz e agora os San Antonio Spurs.

    Na final absoluta, os Warriors vão defrontar o vencedor da final de Este, entre os Cleveland Cavaliers, atuais campeões, e os Boston Celtics.

    Neste momento, os detentores do troféu lideram a final de Este por 2-1.

    Record

  2. #242
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Localização
    Sobralinho
    Idade
    45
    Posts
    4.737

    Padrão

    Cavaliers vencem Celtics e ficam a uma vitória da final


    Os Cleveland Cavaliers, atuais campeões, ficaram a um triunfo de se apurarem para a final absoluta da NBA, depois de vencerem na madrugada desta quarta-feira os Boston Celtics, por 112-79.

    No quarto jogo da final da Conferência Este, os Cavaliers recompuseram-se da derrota do passado domingo (a primeira sofrida na final de Este), e venceram claramente os Celtics, que vão voltar a casa esta quinta-feira para o jogo 5.

    Nos Cavs, que procuram a terceira final consecutiva, dois jogadores foram fundamentais para esta vitória folgada: Kyrie Irving, com 42 pontos, e LeBron James, com 34.

    Ainda na equipa anfitriã, mais um jogador registou dois dígitos no lançamento ao cesto, Kevin Love, que acabou o encontro com 17 pontos, mais 17 ressaltos.

    Pelos Celtics, o protagonismo foi repartido por Avery Bradley (19 pontos), Jae Crowder 18, mais oito ressaltos), Al Horford (16) e Kelly Olynyk (15).

    Record

  3. #243
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Localização
    Sobralinho
    Idade
    45
    Posts
    4.737

    Padrão

    Cavs elimina Celtis rumo à final e LeBron James faz história


    Os Cleveland Cavaliers, campeões em título, qualificaram-se para a final da NBA, depois de vencerem pela quarta vez os Boston Celtics, por 135-102, no jogo 5 da meia-final da Conferência Este, disputado na madrugada desta sexta-feira.

    O encontro em Boston também colocou LeBron James na história da NBA já que a maior figura dos Cavaliers se tornou no melhor marcador de sempre no playoff, destronando Michael Jordan.

    James, que contribuiu para a vitória dos campeões com 35 pontos, tem agora um total de 5.989 pontos em jogos a eliminar, mais dois do que Jordan, considerado o melhor jogador da NBA de todos os tempos.

    A estrela dos Cavs juntou ainda às estatísticas pessoais oito ressaltos e mais oito assistências. Kyrie Irving também se destacou pelos visitantes, com 24 pontos e sete assistências.

    Ainda pelos campeões, realce ainda para Kevin Love, com 15 pontos e 11 ressaltos, Kevin Love, com 15 pontos e 11 ressaltos, e Deron Williams, com 14 pontos.

    Pelos Celtics, Avery Bradley foi o melhor, com 23 pontos, seguido de Gerald Green (14 pontos), Jae Crowder (11, mais seis ressaltos) e Terry Rozier (10, mais sete assistências).

    O primeiro jogo da final absoluta, a terceira consecutiva entre Cleveland Cavaliers e Golden State Warriors, está marcado para 1 de junho.

    Record

  4. #244
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Localização
    Sobralinho
    Idade
    45
    Posts
    4.737

    Padrão

    Warriors entram em força na final com os Cavaliers


    Os Golden State Warriors entraram em grande força na final da Liga norte-americana de basquetebol (NBA), ao derrotarem em casa os Cleveland Cavaliers por expressivos 113-91.

    Sob a batuta de Kevin Durant (38 pontos) e Stephen Curry (28), os Warriors voltaram a comprovar todo o seu poderio, somando a 13.ª vitória consecutiva, permanecendo invictos desde o final da fase regular da competição.

    LeBron James ainda registou 28 pontos, 15 ressaltos e oito assistências, mas foi incapaz de inverter o resultado, que terminou com desvantagem de 22 pontos no marcador.

    As equipas voltam a encontrar-se na noite de domingo, novamente em Oakland.

    A Bola

  5. #245
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Localização
    Sobralinho
    Idade
    45
    Posts
    4.737

    Padrão

    Warriors voltam a dominar Cavaliers e lideram final por 2-0


    Os Golden State Warriors voltaram a dominar os campeões Cleveland Cavaliers em Oakland (132-113), e vão para Ohio a liderar a final por 2-0, como aconteceu em 2016.

    No regresso de Steve Kerr ao banco, os Warriors, que tinham triunfado no embate inicial por 113-91, selaram o 14.º triunfo em outros tantos jogos nos playoffs, graças a Kevin Durant e Stephen Curry, que formaram uma dupla infernal, desta vez acompanhados por Klay Thompson.

    O reforço Durant, que procura o primeiro 'anel', terminou com 33 pontos, 13 ressaltos, seis assistências, cinco desarmes de lançamento e três roubos de bola, enquanto Curry conseguiu o primeiro triplo duplo da carreira nos playoffs (32 pontos, 11 assistências e 10 ressaltos).

    Por seu lado, Thompson contribuiu com 22 pontos (oito em 12 nos tiros de campo), merecendo ainda destaque os 12 pontos, seis assistências e seis ressaltos de Draymond Green, prejudicado pelas faltas, e os 10 pontos de Shawn Livingston.

    Em termos coletivos, destaque, pela positiva, para os 18 triplos marcados (em 43 tentados), e, pela negativa, para os 20 turnovers, 13 dos quais na primeira parte, contra os quatro, recorde empatado da NBA em finais do primeiro jogo.

    Nos forasteiros, LeBron James foi o melhor, com o oitavo triplo duplo em finais, igualando o recorde de Magic Johnson (Los Angeles Lakers), ao finalizar o jogo com 29 pontos, 14 assistências e 11 ressaltos.

    Kevin Love, com 27 pontos e sete ressaltos, foi o melhor ajudante do 23 dos Cavs, enquanto Kyrie Irving somou 19 pontos e sete assistências, mas só acertou oito de 23 lançamentos de campo.

    A formação de Cleveland entrou muito mais agressiva do que no primeiro jogo e ganhou seis pontos de avanço 3-9, mas os Warriors reagiram, 13-14 e, depois, com um parcial de 13-2, passaram a vencer por 10 pontos 26-16.

    Os forasteiros, com James ao comando, lograram, porém, estancar a fuga dos locais, que, no entanto, nunca perderam o comando do marcador e atingiram o final de um primeiro período frenético a vencer por 40-34.

    No início do segundo período, os Warriors voltaram a fugir, 47-35 e 50-38, mas, como aconteceu no primeiro, os Cavs, agora com Love muito certeiro, foram-se mantendo por perto e colocaram-se mesmo a um ponto, 59-58 e 61-60.

    O intervalo chegou com três pontos a separar as duas equipas, 67-64, e o equilíbrio manteve-se até 5.42 minutos do final do terceiro período, 86-82, altura em que os anfitriões, lograram novo parcial de 13-2, passando a vencer por 99-84.

    O derradeiro parcial começou com os Warriors a ganhar por 14 pontos 102-88 e não teve grande história, pois, num ápice, os locais aumentaram o avanço para 18, 115-97 e, depois, para 22, 121-99, ainda a 6.22 minutos do fim.

    Já com os suplentes em campo, o jogo fechou com um triunfo dos locais por 132-113. A final prossegue quarta-feira, em Cleveland, pelas 21:00 locais (02:00 de quinta-feira em Lisboa), e os campeões obrigados a ganhar.

    Jogo na Oracle Arena, em Oakland, Califórnia.

    Golden State Warriors - Cleveland Cavaliers, 132-113.

    Ao intervalo: 67-64.

    Equipas:

    Golden State Warriors: Stephen Curry (32), Klay Thompson (22), Kevin Durant (33), Draymond Green (12) e Zaza Pachulia (2). Jogaram ainda Andre Iguodala (5), JaVale McGee (2), Shaun Livingston (10), Patrick McCaw, Ian Clark (10), David West (2), James Michael McAdoo (2) e Matt Barnes.

    Treinador: Steve Kerr.

    Cleveland Cavaliers: Kyrie Irving (19), JR Smith, LeBron James (29), Kevin Love (27) e Tristan Thompson (8). Jogaram ainda Channing Frye (2), Richard Jefferson (7), Kyle Korver (8), Deron Williams, Iman Schumpert (6), Derrick Williams (5), Dahntay Jones (2) e James Jones.

    Treinador: Tyronn Lue.

    Árbitros: Scott Foster, Tony Brothers e James Capers.

    Marcha do marcador: 19-14 (06 minutos), 40-34 (primeiro período), 55-50 (18 minutos), 67-64 (intervalo), 86-78 (30 minutos), 102-88 (terceiro período), 121-99 (42 minutos) e 132-113 (resultado final).

    Assistência: 19.596 espectadores.

    Record

  6. #246
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Localização
    Sobralinho
    Idade
    45
    Posts
    4.737

    Padrão

    Warriors a um triunfo do título depois de vencerem em Cleveland


    Um parcial de 11-0 nos últimos três minutos selou quarta-feira o triunfo dos Golden State Warriors (118-113) no reduto dos Cleveland Cavaliers, colocando-os a uma vitória do título de campeões da NBA.

    Após dois claros triunfos caseiros (113-91 e 132-113), os comandados de Steve Kerr colocaram-se a vencer por 3-0, vantagem que nenhuma equipa jamais desperdiçou nos playoffs, em finais ou em qualquer outra eliminatória.

    Os Warriors, que venceram todos os 15 jogos disputados nos playoffs de 2017, ficaram a perder por 113-107 a 3.10 minutos do fim, mas, na altura das decisões, foram claramente melhores, liderados por Kevin Durant, o jogador que no último defeso rumou ao conjunto de Oakland para ser campeão.

    Depois de Stephen Curry reduzir para 113-109, em contra-ataque, Durant encurtou, perto do cesto, para 113-111, e, depois de ganhar um ressalto defensivo, após um triplo falhado por Kyle Korver, foi ao lado contrário marcar um triplo na cara de LeBron James, que virou o jogo (113-114).

    No ataque seguinte, Kyrie Irving jogou sozinho, mas, desta vez, não marcou, e, da linha de lance livre, Durant aumentou a vantagem (113-116). LeBron James tentou empatar na jogada seguinte, mas, imperial, Andre Iguodala desarmou-o e foi Curry a sentenciar da linha de lance livre.

    Durant (31 pontos), Klay Thompson (30, 21 dos quais na primeira parte) e Curry (26, mais 13 ressaltos) formaram um trio demolidor nos campeões de 2015, que acertaram 16 dos 33 triplos tentados, somaram 29 assistências e contaram com 23 pontos vindos do banco.

    Nos anfitriões, LeBron James quase conseguiu novo triplo duplo, com 39 pontos (27 até ao intervalo), 11 ressaltos e nove assistências, e Kyrie Irving esteve igualmente no seu melhor, com 38 pontos. Nem assim foi suficiente.

    JR Smith, com 16 pontos, e Kevin Love, com nove pontos, 13 ressaltos e seis roubos de bola, também contribuíram, mas o banco só rendeu 11 pontos (oito de Kyle Korver) e os 27,3 por cento nos triplos (12 em 44) foram curtos.

    Na época passada, os Cavs viraram uma desvantagem de 1-3, o que nunca acontecera em finais, mas, desta vez, a 'montanha' a escalar é ainda mais íngreme, porque nunca nenhuma equipa virou um 0-3 e porque, ao contrário de 2016, há Durant.

    A atuar em casa, os Cavs entraram com grande agressividade e entusiasmo (5-0), mas não conseguiram assustar os Warriors, que, muito certeiros nos triplos desde o início, equilibraram de imediato o encontro.

    Com LeBron James como protagonista nos anfitriões e Klay Thompson nos forasteiros, sucederam-se as alternâncias no marcador, mas os Warriors acabaram melhor, com um parcial de 12-2, fechando o primeiro período a vencer por cinco (32-39).

    O avanço 'esfumou-se' nos primeiros instantes do segundo parcial (39-39), mas os forasteiros recuperaram a liderança, que foram mantendo, sem grande avanço, um máximo de oito pontos (59-67) e até ao intervalo (61-67).

    Ao contrário do que aconteceu nos dois primeiros jogos, o terceiro período foi dos Cavs, muito graças à ação de Kyrie Inrving, que marcou 16 pontos, contribuindo decisivamente para o parcial de 33-22 dos anfitriões.

    A vantagem chegou a sete e fixou-se em cinco no final do terceiro período (94-89), para voltar a aumentar para sete já no quarto (100-93 e 102-95).

    Os Warriors 'abanaram', mas mantiveram-se em pé, para, nos momentos decisivos, chegarem ao terceiro triunfo, que os deixa muito perto de vingarem o desaire da época passada.

    A final pode fechar na sexta-feira, de novo em Cleveland, pelas 21 horas locais (2 horas de sábado em Lisboa), caso os Warriors somem o quarto triunfo.

    Jogo na Quicken Loans Arena, em Cleveland, Ohio.

    Cleveland Cavaliers - Golden State Warriors, 113-118.

    Ao intervalo: 61-67.

    Equipas:

    - Cleveland Cavaliers: Kyrie Irving (38), JR Smith (16), LeBron James (39), Kevin Love (9) e Tristan Thompson. Jogaram ainda Iman Schumpert (2), Kyle Korver (8), Richard Jefferson (1) e Deron Williams.

    Treinador: Tyronn Lue.

    - Golden State Warriors: Stephen Curry (26), Klay Thompson (30), Kevin Durant (31), Draymond Green (8) e Zaza Pachulia. Jogaram ainda JaVale McGee (1), Andre Iguodala (7), Shaun Livingston (6), Patrick McCaw (2), Ian Clark e David West (7), James Michael McAdoo e Matt Barnes.

    Treinador: Steve Kerr.

    Árbitros: Monty McCutchen, Ed Malloy e Ken Mauer.

    Marcha do marcador: 19-16 (06 minutos), 32-39 (primeiro período), 45-46 (18 minutos), 61-67 (intervalo), 80-79 (30 minutos), 94-89 (terceiro período), 104-102 (42 minutos) e 113-118 (resultado final).

    Assistência: 20.562 espetadores.

    Record

  7. #247
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Localização
    Sobralinho
    Idade
    45
    Posts
    4.737

    Padrão

    Campeões Cavaliers continuam na corrida ao título embalados pelos 'triplos'


    Os Cleveland Cavaliers mantiveram-se sexta-feira na corrida à revalidação do título de campeões da Liga norte-americana de basquetebol (NBA), ao vencerem em casa os Golden State Warriors por 137-116, numa noite de recordes, no Ohio.

    A perder por 3-0, o conjunto de Tyronn Lue sabia que tinha de vencer e consegui-o, à custa sobretudo dos 'triplos' (recorde de 24 marcados em finais, em 45 tentados), num embate que comandou desde o início e quase sempre acima dos 10 pontos.

    Kyrie Irving, autor de 40 pontos, LeBron James, que somou o nono 'triplo duplo' em finais (31 pontos, 11 assistências e 10 ressaltos), superando o recorde de oito de Magic Johnson, e Kevin Love, com 23 pontos, lideraram os locais.

    Nos forasteiros, que sofreram o primeiro desaire nos playoff, após 15 triunfos, Kevin Durant (35 pontos) voltou a ser o melhor, enquanto Stephen Curry (14) esteve muito abaixo do habitual, tal como Klay Thompson (13).

    Apesar da pesada derrota, os Warriors continuam a um triunfo do seu quinto título, sendo que ainda têm dois jogos em casa: nunca uma equipa deixou virar um 0-3 nos playoff, mas, na época passada, os Cavaliers deram a volta a um 1-3 - o que nunca tinha acontecido numa final -, o resultado atual.

    Obrigados a ganhar, os ainda campeões entraram frenéticos e assumiram o comando do jogo desde início, conquistando rapidamente nove pontos de vantagem (14-9), que passaram pouco depois para 16 (27-11 e 29-13).

    Um parcial de 12-1 reaproximou os Warriors (31-25), mas os anfitriões, com Irving e Love imparáveis, voltaram a fugir (46-29) e dobraram os primeiros 12 minutos com 16 pontos à maior e um recorde em finais de 49 marcados num período.

    No início do segundo parcial, o avanço chegou a 19 pontos (54-35), ainda baixou para 11 (54-43), mas acabou por ultrapassar as duas dezenas (83-61), para se fixar em 18 ao intervalo (86-68).

    Irving (28 pontos), James (22) e Love (17) lideraram os 'Cavs', numa primeira parte de novos máximos em finais: numa parte, foram recorde os 86 pontos dos 'Cavs' e os seus 13 'triplos' convertidos, mais os 154 pontos combinados.

    Os Warriors marcaram os primeiros quatro pontos da segunda parte (86-72), mas, após um imediato desconto de tempo de Tyronn Lue, os 'Cavs' retomaram o comando do jogo e foram mantendo o avanço acima dos 10 pontos - mínimo de 12 (104-92).

    Com um final novamente em grande, o conjunto de Cleveland aumentou a vantagem para 19 pontos (115-96) no final do terceiro parcial, já com um recorde em finais de 20 'triplos' marcados, ainda com 12 minutos para jogar.

    A abrir o quarto período, os Warriors entraram com um parcial de 7-0 e a colocaram-se a 11 pontos (115-104), mas Irving pegou no jogo e respondeu com cinco pontos (120-104), voltando a sossegar a Quicken Loans Arena.

    Até ao final, os 'Cavs' nunca mais passaram por sobressaltos e venceram confortavelmente por 137-116, salvando o primeiro 'match point'.

    O quinto encontro da final está agendado para segunda-feira, no que será o regresso a Oakland, onde os Warriors podem, de novo, chegar ao seu quinto título, a partir das 21:00 locais (02:00 de terça-feira em Lisboa).

    Jogo na Quicken Loans Arena, em Cleveland, Ohio.

    Cleveland Cavaliers-Golden State Warriors, 137-116.

    Ao intervalo: 86-68.

    Equipas:

    Cleveland Cavaliers: Kyrie Irving (40), JR Smith (15), LeBron James (31), Kevin Love (23) e Tristan Thompson (5). Jogaram ainda Richard Jefferson (8), Iman Schumpert (5), Deron Williams (5), Kyle Korver (3), Derrick Williams (2), Dahntay Jones e James Jones.
    Treinador: Tyronn Lue.

    Golden State Warriors: Stephen Curry (14), Klay Thompson (13), Kevin Durant (35), Draymond Green (16) e Zaza Pachulia (6). Jogaram ainda Andre Iguodala (4), JaVale McGee (4), Shaun Livingston (10), Patrick McCaw (3), James Michael McAdoo, Matt Barnes, Ian Clark (5) e David West (6).
    Treinador: Steve Kerr.

    Árbitros: Mike Callahan, Marc Davis e John Goble.

    Marcha do marcador: 27-13 (06 minutos), 49-33 (primeiro período), 67-49 (18 minutos), 86-68 (intervalo), 100-85 (30 minutos), 115-96 (terceiro período), 124-107 (42 minutos) e 137-116 (resultado final).

    Assistência: 20.562 espetadores.

    Record

  8. #248
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Localização
    Sobralinho
    Idade
    45
    Posts
    4.737

    Padrão



    Playoffs: Calendário e resultados

    Final

    GOLDEN STATE-CLEVELAND, 3-1

    Jogo 1: Golden-State-Cleveland, 113-91
    Jogo 2: Golden State-Cleveland, 132-113
    Jogo 3: Cleveland-Golden State, 113-118
    Jogo 4: Cleveland-Golden State, 137-116

    Jogo 5: Golden State-Cleveland, 12 junho
    *Jogo 6: Cleveland-Golden State, 15 junho
    *Jogo 7: Golden State-Cleveland, 18 junho

    *(se necessário)

  9. #249
    Avatar de benfas69
    Registo
    Oct 2016
    Localização
    Sobralinho
    Idade
    45
    Posts
    4.737

    Padrão

    Durant e Curry levam Warriors ao título


    Os Golden State Warriors, liderados pelo 'MVP' Kevin Durant, recuperaram o título de campeões da NBA, ao baterem em casa os Cleveland Cavaliers por 129-120, no quinto jogo da final, disputado na madrugada desta terça-feira.

    Durant, que no defeso trocou os Oklahoma City Thunder pelos Warriors, viu validada a sua decisão com a conquista do seu primeiro 'anel', para o qual contribuiu, no jogo da decisão, com 39 pontos, com 14 em 20 nos 'tiros' de campo.

    O '35' do conjunto de Steve Kerr não esteve, porém, sozinho, longe disso, pois Stephen Curry também foi determinante, com 34 pontos, 10 assistências e seis ressaltos, tal como um suplente especial, Andre Iguodala, o 'MVP' da final de 2015, que marcou 20 dos 35 pontos que vieram do banco.

    Pelo trabalho defensivo, Klay Thompson (11 pontos) e Draymond Green (10 pontos, 12 ressaltos e cinco assistências), também deram contributos decisivos nos Warriors, que estiveram a última vez em desvantagem a meio do segundo período, no meio de um marcante parcial de 36-11.

    Nos Cavs, que com o triunfo no jogo anterior ainda acreditaram em repetir a recuperação de 2016 (de 1-3 para 4-3), LeBron James terminou o embate com 41 pontos, 13 ressaltos e oito assistências, mas não conseguiu evitar perder a quinta final, em oito disputadas.

    Kyrie Irving, com 26 pontos, JR Smith, com 25, incluindo sete 'triplos' marcados em oito tentados, e Tristan Thompson, com 15 pontos e oito ressaltos, também fizeram exibições positivas, em termos individuais.

    Coletivamente, tudo foi mais complicado, pois, como nos jogos anteriores, os Cavaliers 'esqueceram-se' de defender, o que tornou a sua missão quase impossível, até porque não repetiram os 24 'triplos' do quarto jogo, o único que ganharam.

    O jogo começou equilibrado, com várias alternâncias no comando do marcador, mas os Cavs, moralizados pelo triunfo no terceiro jogo (137-116), assumiram o comando do jogo e chegaram a liderar por oito pontos (12-20).

    Os Warriors conseguiram aproximar-se e voltaram mesmo ao comando (31-30 e 33-32), só que os forasteiros estiveram melhor no final do primeiro período e no arranque do segundo (33-41), que abriu com dois lançamentos de LeBron James.

    Os locais cometiam demasiados erros e pareciam algo 'perdidos', mas os suplentes David West e Andre Iguodala trouxeram-nos de volta e mudaram o rumo do encontro, o que, em números, de traduziu num sensacional parcial de 36-11.

    O conjunto de Steve Kerr ficou a ganhar por 17 pontos (69-52), valendo JR Smith, na parte final da primeira parte, para o encontro não 'acabar' a meio (71-60).

    No arranque da segunda parte, os Warriors aumentaram o avanço para 14 pontos (74-60 e 76-62), mas, pela mão de LeBron James e Irving, os Cavaliers foram-se mantendo no encontro e reduziram para quatro pontos (90-86).

    O terceiro período fechou com 98-93 e, logo no início do quarto, James colocou os Cavs a uma posse de bola (98-95), mas Durant respondeu em 'grande' e, até final, foi-o fazendo sempre a cada aproximação do adversário, com a ajuda de Curry.

    Os Warriors conseguiram recolocar a diferença na casa das dezenas, a menos de oito minutos do final, e, depois, não mais perderam o controlo do encontro, perante uns 'Cavs' que não se cansaram de cometer inacreditáveis erros defensivos.

    Jogo na Oracle Arena, em Oakland (Califórnia)

    Golden State Warriors - Cleveland Cavaliers, 129-120

    Ao intervalo: 71-60.

    Golden State Warriors: Stephen Curry (34), Klay Thompson (11), Kevin Durant (39), Draymond Green (10) e Zaza Pachulia. Jogaram ainda Andre Iguodala (20), Shaun Livingston (5), Patrick McCaw (6), Matt Barnes e David West (4).

    Cleveland Cavaliers: Kyrie Irving (26), JR Smith (25), LeBron James (41), Kevin Love (6) e Tristan Thompson (15). Jogaram ainda Richard Jefferson (4), Kyle Korver (3), Deron Williams e Iman Schumpert.

    Árbitros: Dan Crawford, Ed Malloy e Derrick Stafford.

    Marcha do marcador: 33-37 (primeiro período); 71-60 (intervalo); 98-93 (terceiro período); 129-120 (resultado final).

    Assistência: 19.596 espetadores.

    Record

Página 17 de 17 Primeiro ... 71617

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar