As principais causas de "fuga de corrente" são: emendas de condutores malfeitas, condutores desencapados, mal dimensionados ou com isolação desgastadas pelo tempo. Pode ser provocada ainda por eletrodomésticos defeituosos. Para localizar esse defeito, basta proceder do seguinte modo:

Na instalação elétrica:

Desligue todos os aparelhos das tomadas e apague as luzes.
Verifique se o disco do medidor continua girando. Se continuar e der uma volta em menos de quinze minutos, pode existir "fuga de corrente".
No caso de "fuga de corrente", a causa pode ser defeito na instalação elétrica ou problema no medidor, pois os aparelhos devem estar todos desligados.
Verifique se o disco do medidor pára de funcionar. Então, o defeito é da instalação elétrica. Nesse caso, o melhor que você tem a fazer é consultar um eletricista de sua confiança.
No caso do medidor continuar funcionando, o defeito poderá ser do próprio medidor.
Depois de testar a instalação elétrica e o medidor, verificando que estão perfeitos, faça o mesmo com os seus eletrodomésticos:

Aparelhos eletrodomésticos:

Ligue novamente a chave geral (disjuntor ou fusível), mantenha todos os aparelhos desligados das tomadas e apague as luzes.
Ligue um aparelho por vez numa tomada, sem fazê-lo funcionar. O teste pode ser feito com a geladeira, o rádio-relógio, o videocassete ou qualquer outro aparelho automático que se liga sozinho e que deve ser desligado da tomada na hora do teste.
Verifique o disco do medidor de energia elétrica. Se ele começar a girar, está comprovado que o eletrodoméstico ou a tomada está com algum defeito. Conecte outro eletrodoméstico na mesma tomada, porém sem ligá-lo, e verifique novamente se o disco do medidor continua a girar.
Caso continue, o defeito está na tomada.
Há ainda a possibilidade de os dois aparelhos estarem com defeito.
Para confirmar, teste-o em outra tomada.