Página 3 de 8 Primeiro ... 2 3 4 ... Último
  1. #31

    Registo
    Sep 2006
    Idade
    49
    Posts
    4.363
    sinceramente...
    estamos num país, que qualquer dia temos que pagar, para trabalhar...estou muito desiludido...

  2. #32
    Avatar de AAJ
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    60
    Posts
    23.425
    Somos nós que pagamos todos os meses que temos que pagar a dívida dos que não pagam, e vivem à custa dos outros?
    Ao que chegamos.
    Ó Salazar volta para ver estes governantes que não querem mais do que um tacho e bem grande à custa de quem pouco recebe e tem tudo em dia a pagar por aqueles que não lhes apetece trabalhar.
    Só lhes falta tirar-nos as calças e ????

  3. #33

    Registo
    Sep 2006
    Posts
    3.870

    Novo 16.06.2008

    16.06.2008
    Última edição por [email protected]; 17-06-2008 às 09:46.

  4. #34

    Registo
    Sep 2007
    Idade
    47
    Posts
    3.920

    Padrão PEX: Nova bolsa arranca hoje para concorrer com a Euronext

    O PEX inicia hoje a sua actividade na qualidade de sistema de negociação multilateral (SNM). Promete inovação, quer captar a dispersão de capital de pequenas e médias empresas e conseguir desviar parte da negociação de acções da Euronext Lisbon. Os argumentos são custos menores do que os praticados nas bolsas tradicionais, horário de negociação alargado até às 19 horas e novos serviços.

    Criado em 2003 por ex-responsáveis da Bolsa de Valores de Lisboa, o PEX funcionou até agora como mercado não regulamentado, concentrando-se em segmentos específicos como as obrigações de caixa e os certificados.

    Jornal de Negócios

  5. #35

    Registo
    Sep 2007
    Idade
    47
    Posts
    3.920

    Padrão Consumidores podem evitar subida da luz

    Os cerca de seis milhões de consumidores de electricidade em Portugal têm nas mãos o poder de evitar um novo agravamento na factura mensal da luz.

    A ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos propõe que os custos com as dívidas incobráveis da electricidade passem a ser pagos por todos, por via da tarifa. Os consumidores têm, no entanto, a possibilidade de manifestar-se contra esta medida, no âmbito da consulta pública em curso até ao dia 7 de Julho.

    A proposta da ERSE para o próximo período regulatório entre 2009 e 2011 levanta a possibilidade de os encargos das dívidas, hoje assumidos pela EDP Serviço Universal, passem a ser partilhados por todos os consumidores de electricidade.

    Jornal de Negócios

  6. #36
    Avatar de Fanan
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    55
    Posts
    5.596
    Isto só da vontade de deixar de pagar, cambada de chulos.

    Então e os accionistas, só servem para receber os lucros?

    GATUNOS.

  7. #37

    Registo
    Sep 2007
    Idade
    47
    Posts
    3.920

    Padrão Preço do gás vai baixar 3,4% em Julho

    Novas tarifas.

    As famílias portuguesas vão pagar o gás natural mais barato. A partir do próximo dia 1 de Julho, as tarifas vão ser reduzidas em 3,4% para os consumidores residenciais e outros consumidores com consumos anuais inferiores a 10 mil metros cúbicos (m3).

    Para a indústria, em contrapartida, os preços do gás natural vão subir no próximo mês.

    As novas tarifas foram fixadas pela ERSE – Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, tendo em conta o parecer do conselho tarifário e os contributos das empresas reguladas, aguardando agora publicação em Diário da República.

    A proposta inicial do regulador apontava uma redução média para os domésticos de 2,8%.

    Em termos globais, as tarifas finais para 2008-2009, resultam agora numa redução tarifária global de 1,2% para os consumidores de gás natural.

    As variações são diferenciadas por segmento de consumidores, com acréscimos de 0,6% para os consumidores com consumos anuais superiores a 2 milhões de m3, reduções tarifárias de 3,6% para os consumidores com consumos anuais superiores a 10 mil m3 até 2 milhões de m3 e reduções de 3,4% para os consumidores residenciais e outros consumidores com consumos anuais inferiores a 10 mil m3.

    Variação de tarifas do Gás para 2008/2009(Clientes com consumos inferiores a 10 0003
    Proposta ERSE(15 de Abril) / Tarifas Finais(15 de Junho)
    Beiragás - 5,8% / 6,2%
    Dianagás - 10% / 10,7%
    Douriensegás - 12,3% / 13,4%
    Dourogás - 19,6% / 21,%
    Lisboagás - 2,2% / 2,8%
    Lusitaniagás - 1,8% / 2,4%
    Medigás - 11,9% / 12,2%
    Paxgás - 10,3% / 10,9%
    Portgás - 2,8% / 3,4%
    Setgás - 0% / 0%
    Tagusgás - 5,9% / 6,4%

    Jornal de Negócios
    Última edição por Hdi; 16-06-2008 às 10:57.

  8. #38
    Avatar de rafa11
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    43
    Posts
    4.879
    Isto é incrível, já não basta termos de pagar a taxa audiovisual todos os meses que ainda vamos andar a pagar as dividas dos outros!

  9. #39

    Registo
    Apr 2008
    Posts
    1
    Demissão imediata para a ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.
    Demissão imediata para os responsáveis da EDP por serem altamente imcompetentes. todos os administradores da EDP haviam de descontar 20% dos seus salários até pagarem as dívidas. só devido à incompetência deles é que o caos chegou à EDP.

  10. #40
    Avatar de Kangoroo
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    37
    Posts
    952
    Isto em espanha resolvia-se bem... com meia duzia de apagões... em portugal vamos falar disto durante 2 semanas e depois cai no esquecimento e nem reparamos quando começarmos a pagar ;)

    Tenho orgulho em ser portugues pq no fundo o portugues é esperto ;)

  11. #41
    Avatar de Magic_Maker
    Registo
    Sep 2006
    Posts
    4.220
    Citação Postado originalmente por toplacas Ver Post
    Demissão imediata para a ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.
    Demissão imediata para os responsáveis da EDP por serem altamente imcompetentes. todos os administradores da EDP haviam de descontar 20% dos seus salários até pagarem as dívidas. só devido à incompetência deles é que o caos chegou à EDP.

    Eles alegam que o aumento das facturas por pagar, se deve ao estado da economia portuguesa, logo temos aqui mais um argumento para apontar aos nossos governantes.


    Eles que continuem a privatizar as principais empresas portuguesas, porque não falta muito para todo o país estar refém dessas empresas, os combustíveis são um exemplo, o Sócrates teve o desplante de vir dizer que não pode fazer nada pois a empresa é privada...

  12. #42

    Registo
    Sep 2007
    Idade
    47
    Posts
    3.920

    Padrão Proposta de transferir incobráveis da electricidade

    Proposta de transferir incobráveis da electricidade para todos os clientes divide associações de consumidores.

    A proposta da Entidade Reguladora do Sector Eléctrico de transferir os custos das facturas incobráveis da electricidade para todos os clientes divide associações de consumidores, com a DECO a admitir discutir a medida e a APDC a rejeitá-la.

    A Entidade Reguladora do Sector Eléctrico (ERSE) tem em discussão pública no âmbito da revisão regulamentar do sector eléctrico para o período 2009/2011 uma proposta que prevê que os custos com as facturas incobráveis, até agora suportados na totalidade pela empresa fornecedora do serviço (caso da EDP), passem a ser partilhados com todos os clientes.

    O secretário-geral da DECO, Jorge Morgado, disse à agência Lusa que a associação de consumidores, que tem assento no Conselho Tarifário da Electricidade, admite discutir a proposta, o que não significa que concorde com o pagamento no futuro dos custos relativos aos maus pagadores pela generalidade dos clientes.

    Para o responsável, está tudo em aberto para discussão e a DECO não tem ainda uma posição sobre este assunto.

    Reconhece, contudo, que o facto de a EDP se propor pela primeira vez a explicitar as parcelas que contribuem para a formação do preço final da electricidade torna mais transparente a relação com os consumidores.

    Até porque, considerou Jorge Morgado, à luz do princípio de que são os consumidores que pagam tudo, "é provável" que os custos dos incobráveis já estejam a ser pagos pelos clientes de forma "encapotada".

    Sublinhou a necessidade de avaliar se os custos apontados como incobráveis o são de facto ou se resultam da ineficiência da empresa, considerando que não se pode classificar de incobrável uma dívida que a empresa tentou cobrar através do envio de uma carta apenas.

    "Depois há ainda os custos inerentes ao risco do negócio e esses devem ser a EDP a pagá-los", acrescentou.

    O responsável da DECO explicou que esta é apenas um das parcelas em discussão no âmbito da definição do novo quadro tarifário da electricidade, classificando-a como uma questão "marginal".

    "Este não é o assunto central, não é o lombo do problema. Há parcelas que pesam mais no preço final da electricidade que têm que ser renegociadas", disse.

    Apontou como exemplo os incentivos à produção de energias renováveis, que estão incluídos nas facturas dos clientes e para os quais a indústria não contribui. "Cerca de 17 por cento do preço final da electricidade é exterior à matéria e relativamente à produção de energia renovável há muito a fazer. Temos ainda que reduzir os custos de produção e melhorar o sistema de transporte", disse, considerando que é nestes aspectos que a "tónica" das negociações deve ser colocada.

    Por seu lado, a Associação Portuguesa do Direito ao Consumo (APDC) aconselhou os consumidores de electricidade a recusarem o pagamento dos encargos com os maus pagadores.

    "Se a medida avançar e se o valor em causa vier destacado nas facturas, os consumidores devem com base num preceito da Lei dos Serviços Públicos Essenciais recusar-se a pagar esse acréscimo e exigir a factura dos montantes pagos a título de quitação parcial, deixando que o pagamento desse valor seja exigido em tribunal por iniciativa da EDP", disse à agência Lusa o presidente da APDC.

    Mário Frota considera a proposta da ERSE "uma forma despudorada" de transferir directamente para os consumidores encargos que "têm que ser assumidos pelas empresas e abatidos aos seus lucros".

    "O mais grave é que tal medida está a ser viabilizada pela entidade reguladora", defende Mário Frota, acusando a ERSE de estar ao serviço das empresas e de não garantir o equilíbrio relativamente aos consumidores.

    Jornal de Negócios

  13. #43
    Avatar de Grunge
    Registo
    Aug 2007
    Idade
    40
    Posts
    5.124

    Padrão Vendas nos EUA crescem 37% em Maio

    Vendas nos EUA crescem 37% em Maio

    As vendas de jogos e consolas nos Estados Unidos cresceram 37% em Maio.
    Segundo um estudo da empresa NPD, o grande “culpado” por este crescimento foi o título Grand Theft Auto 4. No que se refere a consolas, a Nintendo vendeu 675 mil unidades da Wii, seguida da Sony que vendeu 209 mil Playstation 3 e da Microsoft, com 187 mil Xbox 360.

    A facturação da indústria de jogos electrónicos até o mês de Maio atingiu os 6,6 mil milhões de dólares, superando o mesmo período de 2007. A projecção da NPD é que as receitas do sector aumentem até aos 23 mil milhões de dólares este ano.

    Segundo o estudo agora publicado, as vendas da Wii chegaram a 10,2 milhões de unidades. Tanto as vendas da Wii , quanto da DS, também da Nintendo, ficaram em primeiro lugar no ranking de consolas pelo quarto mês consecutivo.








  14. #44

    Registo
    Jan 2008
    Idade
    54
    Posts
    1.436

    Padrão Descida nos custos de gás natural vai ser paga pelas empresas,

    21:22 - Descida nos custos de gás natural vai ser paga pelas empresas, diz presidente da CIP
    O presidente da Confederação Industrial Portuguesa (CIP) considerou, esta segunda-feira, que a diminuição dos custos do gás natural para os consumidores domésticos vai ser paga pelas empresas.

    TSF Online [ 1 comentário ]

  15. #45

    Registo
    Jan 2008
    Idade
    54
    Posts
    1.436

    Padrão Bolsas nova-iorquinas fecham mistas

    Bolsas nova-iorquinas fecham mistas


    As praças nova-iorquinas encerraram a primeira jornada de negociação da semana com tendências distintas.
    O Dow Jones fechou a ceder 0,31%, para os 12.269,08 pontos.

    O Nasdaq ganhou 0,83%, fechando nos 2.474,78 pontos.


    16-06-2008 21:12:17

Página 3 de 8 Primeiro ... 2 3 4 ... Último

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar