Página 10 de 115 Primeiro ... 9 10 112060110 ... Último
  1. #136
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Francisco Carvalho penalizado

    Francisco Carvalho perdeu o triunfo alcançado na primeira corrida do PTCC, realizada este fim-de-semana no Circuito de Vila Real. O Colégio de Comissários decidiu punir o piloto em 20 segundos, já que este atalhou uma das chicanes do traçado transmontano. Apesar de não ter beneficiado dessa manobra, os comissários decidiram aplicar uma penalização que atirou Francisco Carvalho para a quarta posição e que deu a vitória a César Campaniço.AS

  2. #137
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão António e Jorge Areal vencem nos Uno

    António e Jorge Areal venceram a terceira prova do Challenge Desafio Único, a sua primeira vitória do ano. O somatório final das duas corridas acabou por dar ao Uno amarelo o seu primeiro triunfo, ainda que por uma margem de apenas 0,274s face à dupla do ISEP, Nuno Duarte e Adruzilo Lopes.

    Contudo, os vencedores poderiam ter sido outros, mais concretamente Tiago Ribeiro e Filipe Matias, que não venceram no geral porque o primeiro não evitou 25 segundos de penalização na primeira corrida, fruto de uma alegada falsa partida.AS

  3. #138
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Campeonato de Portugal de Resistência

    Pedro Salvador X2

    Pedro Salvador teve uma entrada fulgurante no novo Campeonato de Portugal de Resistência. Apesar de ausente da prova inaugural, realizada no fim-de-semana passado no Estoril, o actual Campeão Nacional de Montanha impôs o Juno SSE nos treinos livres, garantindo a "pole", a volta mais rápida (recorde) e, é claro, a vitória nas duas corridas que compunham o programa.

    Ao estar mais rápido que os seus adversários, cerca de oito segundos por volta, a animação voltou-se para os lugares imediatos, com a dupla Hugo Pereira/Filipe Carrasco a colocar o Radical SR3 no segundo lugar absoluto de ambas as corridas. O terceiro lugar acabou por ficar para Joaquim Teixeira na primeira corrida, e para Pedro Estrela, em Radical SR3, na segunda.AS

  4. #139
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Ptcc

    Francisco Carvalho: "Vinguei-me!"

    Foi esta a reacção de Francisco Carvalho, instantes depois de vencer a segunda corrida da ronda transmontana do PTCC. A penalização imposta pelos comissários desportivos na primeira corrida suscitou esta afirmação, com o piloto do Seat Leon Supercopa a escusar-se a tecer mais considerações quanto à forma como venceu.

    O piloto da Guarda apenas não liderou na primeira passagem pela meta, mas depois conquistou uma vantagem apreciável sobre o restante pelotão.

    João Figueiredo e Patrick Cunha, depois de lograrem ultrpassar os pilotos que os precediam na grelha de partida, proporcionaram aos espectadores um interessante duelo pelo segundo lugar que acabou com vantagem para o piloto do Peugeot 407.AS

  5. #140
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Wheldon ganha na estratégia a etapa de Iowa

    Na estratégia, Dan Wheldon venceu a oitava etapa da Indy, em Iowa. Esta foi a segunda vitória do piloto da Ganassi no campeonato.

    Hideki Mutoh terminou na segunda colocação e Marco Andretti ficou em terceiro. Os dois primeiros não fizeram uma parada na última bandeira amarela e conseguiram levar a melhor sobre os outros pilotos que reabasteceram.

    Scott Dixon, líder do campeonato, ficou com a quarta colocação.

    Hélio Castro Neves foi o 14º após enfrentar problemas. Tony Kanaan não completou a prova, assim como Mário Moraes e Jaime Câmara.

    Bruno Junqueira não participou da prova, pois o seu carro não foi arrumado a tempo após o acidente sofrido no último sábado.

    Vitor Meira ficou em 15º e Enrique Bernoldi, em 17º.

    A próxima etapa da Indy acontece na semana que vem, em Richmond.

    A corrida

    Segundo no grid, Castro Neves conseguiu ultrapassar Dixon logo na segunda volta do oval curto de Iowa. Três voltas depois, foi a vez de Kanaan superar o neozelandês.

    Os brasileiros mantinham um ritmo muito forte, abrindo bem com relação aos outros pilotos.

    Na volta 17, Kanaan conseguiu a ultrapassagem sobre Castro Neves e assumiu a liderança.

    Um pouco mais atrás, Dixon perdia a posição para Marco Andretti, que largou em oitavo. Depois, seu companheiro de Ganassi, Wheldon, o ultrapassou.

    Na volta 39, a primeira bandeira amarela: Ed Carpenter perdeu a linha ideal do circuito e bateu no muro.

    Janela aberta para o primeiro trabalho de boxes: os quatro primeiros mantiveram-se em suas posições, enquanto Ryan Briscoe passou Dixon.

    A relargada aconteceu 13 voltas depois; Castro Neves passou Kanaan e pegou a ponta.

    Logo atrás, Wheldon ganhou o terceiro lugar de Andretti. Dixon continuou perdendo posições e caiu para sétimo após a ultrapassagem de A.J. Foyt IV.

    O neozelandês também perdeu sua sétima posição para Ryan Runter-Heay.

    Na volta 103, o motor de Jaime Câmara sofreu uma pane e ele não conseguiu levar o carro para os boxes. Nova bandeira amarela.

    Outra parada para reabastecimento: Castro Neves acabou perdendo a liderança e caiu para o quarto lugar. Kanaan assumiu a ponta, seguido por Wheldon e Andretti.

    Na relargada, o piloto da Ganassi, porém, teve problema com um retardatário, tirou o pé para evitar um toque e caiu para o nono lugar.

    Na volta 137, Andretti passou Kanaan e chegou à primeira colocação.

    Nova bandeira amarela: Moraes rodou perto da entrada e o carro ficou parado, mas conseguiu voltar à corrida.

    Outro trabalho nos boxes: Kanaan roubou a primeira colocação de Andretti, que ainda foi ultrapassado por Castro Neves. Hunter-Reay subiu para o quarto posto, com Wheldon e Dixon logo atrás.

    A relargada aconteceu na volta 166, e no duelo entre os brasileiros, o piloto da Penske ultrapassou o da Andretti-Green. Hunter-Heay ganhou a posição de Marco.

    Bernoldi também rodou: uma nova bandeira amarela na pista. Alguns pilotos aproveitaram para fazer um novo reabastecimento.

    Wheldon, Hideki Mutoh e Danica Patrick não pararam. Dixon passou Kanaan nos boxes, e Castro Neves vinha logo atrás.

    Aos poucos, o brasileiro da Andretti-Green estava ganhando posições e ocupava a terceira colocação quando bateu no muro e abandonou a prova na volta 211.

    Na relargada, Castro Neves chegou ao terceiro lugar, mas perdeu rendimento e ainda foi tocado por Ernesto Viso. Teve que ir para os boxes.

    Mutoh, então, tomou a segunda colocação de Andretti.

    Enquanto isso, Wheldon mantinha uma pequena vantagem para o japonês na ponta. Posição que não perdeu até o final da prova.

    Confira a classificação final da etapa de Iowa:

    1°. Dan Wheldon (ING/Ganassi), 1h38min35s8923, 250 voltas
    2°. Hideki Mutoh (JAP/Andretti-Green), a 0s1430
    3°. Marco Andretti (EUA/Andretti-Green), a 0s9028
    4°. Scott Dixon (NZL/Ganassi), a 1s2726
    5°. A.J. Foyt IV (EUA/Vision), a 1s3564
    6°. Danica Patrick (EUA/Andretti-Green), a 1s9115
    7°. Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 3s9780
    8°. Ryan Hunter-Reay (EUA/Rahal-Letterman), a 4s4488
    9°. Will Power (AUS/KV), a 5s6158
    10°. Graham Rahal (EUA/Newman-Haas-Lanigan), a 7s7886
    11°. John Andretti (EUA/Roth), a 8s4639
    12°. Justin Wilson (ING/Newman-Haas-Lanigan), a 8s7225
    13°. Ernesto Viso (VEN/HVM), a 12s5775
    14°. Hélio Castro Neves (BRA/Penske), a 2 voltas
    15°. Vitor Meira (BRA/Panther), a 2 voltas
    16°. Oriol Servia (ESP/KV), a 3 voltas
    17°. Enrique Bernoldi (BRA/Conquest), a 8 voltas

    Não completaram

    Tony Kanaan (BRA/Andretti-Green), a 39 voltas
    Mário Moraes (BRA/Dale Coyne), a 58 voltas
    Jaime Câmara (BRA/Conquest), a 117 voltas
    Darren Manning (ING/Foyt), a 156 voltas
    Buddy Rice (EUA/Dreyer & Reinbold), a 172 voltas
    Ed Carpenter (EUA/Vision), a 212 voltas
    Milka Duno (VEN/Dreyer & Reinbold), a 224 voltas

    Fonte: Tazio

  6. #141
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Wheldon diz que decisão de não parar foi dele

    Dan Wheldon fez 30 anos neste domingo e nada melhor como uma vitória para completar a comemoração. O inglês foi o vencedor em Iowa.

    "Foi um grande dia para a Ganassi e um grande presente de aniversário para mim", disse o piloto, que viu o companheiro de equipe, Scott Dixon, chegar na quarta colocação e aumentar a vantagem na liderança do campeonato para Hélio Castro Neves _48 pontos.

    Ele está a apenas um pouco do brasileiro da Ganassi, 268 a 267.

    Wheldon explicou que a decisão de não parar na última bandeira amarela da corrida, causada por Tony Kanaan, foi inteiramente dele.

    "Foi uma boa tática não parar. Mas o Chip [Ganassi, chefe de equipe] não está aqui, por isso se eles tivessem me chamado para entrar não acho que teria entrado, de qualquer forma", revelou.

    A nona etapa da Indy será na próxima semana, em Richmond.

    Fonte: Tazio

  7. #142
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    NASCAR: Kyle Busch vence no misto de Infineon

    Infineon é um dos dois circuitos mistos em que a Nascar Sprint Cup
    corre durante a temporada. Em 2007 Juan Pablo Montoya venceu nesta
    pista, mas em 2008 ele terminou em 6º, com a vitória de Kyle Busch.

    Kyle, que com este resultado alcançou sua 5ª vitória na temporada,
    começa a despachar seus oponentes. O vice-líder é Jeff Burton, que
    terminou a prova deste domingo na 15ª colocação.

    Na prova de hoje o 2º colocado foi David Gilliland, com Jeff Gordon em
    3º, Clint Bowyer em 4º e Casey Mears em 5º.

    » Veja abaixo os melhores classificados na prova:
    1. Kyle Busch Toyota 195 pontos (112 voltas)
    2. David Gilliland Ford 170
    3. Jeff Gordon Chevrolet 165
    4. Clint Bowyer Chevrolet 160
    5. Casey Mears Chevrolet 155
    6. Juan Montoya Dodge 155
    7. Ryan Newman Dodge 146
    8. Matt Kenseth Ford 142
    9. Carl Edwards Ford 143
    10. Tony Stewart Toyota 134
    11. Dale Earnhardt Jr Chevrolet 130
    12. Greg Biffle Ford 132
    13. Brian Vickers Toyota 124
    14. Elliott Sadler Dodge 121
    15. Jeff Burton Chevrolet 118

    Fonte: Super SpeedWay

  8. #143
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Castro Neves diz que carro mudou após pit stop

    Hélio Castro Neves vinha na luta pela vitória da etapa de Iowa da Indy no último domingo. Entretanto, precisou fazer uma parada a mais que a maioria de seus adversários e duas a mais que o vencedor.

    O brasileiro explicou que, após o quarto pit stop, na 190ª volta, sentiu dificuldades em pilotar o carro e imaginou que fosse culpa dos pneus. E voltou aos boxes no 234º giro.

    "O carro da Penske estava ótimo, lideramos a maior parte das voltas. Mas, depois de nosso pit stop final [programado], senti uma mudança na tocada do carro e pensava que pudesse ser um problema de pneu. Infelizmente, tivemos de parar para colocar pneus novos", disse o 14º colocado.

    Castro Neves manteve-se como vice-líder do campeonato, atrás de Scott Dixon. O neozelandês não começou bem, mas depois pegou o jeito e acabou em quarto.

    "No começo, o carro não estava definitivamente do jeito que queria. Perdia muito, especialmente na linha de baixo. Comecei a usar a linha alta e ficou melhor. Foi realmente a escolha do dia. Quando havia três ou quatro rapazes à sua frente tentando fazer a mesma coisa, era difícil passar", afirmou o piloto da Ganassi.

    Fonte: Tazio

  9. #144
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Chateado, Kanaan não sabe o que houve em batida

    Tony Kanaan não escondeu a frustração ao falar da chance que perdeu em Iowa no último domingo. O brasileiro vinha entre os ponteiros quando sofreu um acidente.

    O piloto da Andretti-Green não sabe se cometeu um erro ou se algo quebrou em seu carro.

    "Eu perdi o carro e bati. Não é o caso de dizer se alguma coisa quebrou só porque alguém me disso isso, pois realmente não posso afirmar isso. Eu tentei ver alguma coisa no replay, mas ainda não identifiquei nada", disse o quarto colocado no campeonato.

    Kanaan tem a impressão de que poderia ter vencido. "Foi totalmente frustrante, pois com certeza eu tinha um carro capaz de vencer a corrida, e meus mecânicos fizeram um excelente trabalho nos pits. A curva dois definitivamente não é muito boa para mim nessa pista. Mas não tem jeito, temos de pensar em Richmond que é semana que vem."

    Fonte: Tazio

  10. #145
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão WTCC FIA: Estoril acolhe etapa portuguesa pela 1.ª vez

    CARROS DE TURISMO "ESTACIONAM" EM PORTUGAL DE 11 A 13 DE JULHO



    O WTCC FIA (Campeonato do Mundo de Carros de Turismo) visita, pela primeira vez, o Autódromo do Estoril, de 11 a 13 de Julho, com um programa que integra corridas de outros campeonatos.

    A etapa portuguesa no WTCC FIA, 6.ª prova de um conjunto de 12, consagra a 11.ª e 12.ª corridas da competição e mais 8 dos campeonatos de Fórmula Master, International GT Open, SEAT Eurocup e do Campeonato Português de Circuitos, reunindo mais de 150 pilotos de 23 nacionalidades.

    Portugal recebe o WTCC FIA pela 2.ª vez, depois da estreia no calendário no ano passado, com a prova no Circuito da Boavista, no Porto.

    Depois de cumprida a primeira metade do campeonato, em que as 10 primeiras corridas tiveram 9 vencedores diferentes, o italiano Gabriele Tarquini lidera a classificação geral, com 58 pontos, enquanto o português Tiago Monteiro é 13.º, com 12 pontos.

    "Rc"

  11. #146
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Super Copa Seat Leon - Albacete

    Beirão da Veiga: "O meu objectivo é vencer"

    A terceira ronda da Super Copa Seat Leon vai decorrer este fim-de-semana no Circuito de Albacete, com Lourenço Beirão da Veiga a procurar garantir a sua primeira vitória da época. O teste realizado recentemente em Braga abre boas perspectivas para o piloto de Lisboa.

    O teste incidiu sobretudo na experimentação de novas afinações e Beirão da Veiga conseguiu encontrar uma solução que lhe parece viável para o tipo de circuito que é Albacete:

    "Chegámos a uma conclusão que nos parece adequada. Albacete é uma pista curta e onde os pontos de ultrapassagem são quase inexistentes. Apesar de já lá ter corrido, não o fiz recentemente, mas penso que as indicações que tenho são suficientes para conseguir preparar a prova da melhor forma", explicou.

    O objectivo de Lourenço para este fim-de-semana passa por conseguir a sua primeira vitória da época: "Tenho andado sempre nos lugares da frente, mas ainda não consegui vencer. Por isso, esse é o meu objectivo máximo para esta prova. Sei obviamente que a qualificação vai ter um papel predominante, mas penso que vamos estar em grande forma", referiu.AS

  12. #147
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Em Richmond, Kanaan vence a primeira em 2008

    Tony Kanaan finalmente conseguiu sua primeira vitória na temporada da Indy, em Richmond, neste sábado.

    Pole position, o piloto da Andretti-Green perdeu a liderança poucas vezes durante a corrida e não teve problemas no final da prova.

    Foi a 13ª vitória do baiano na categoria e a primeira de um piloto brasileiro em 2008.

    Largando em 18º, Hélio Castro Neves chegou na segunda posição. O líder do campeonato, Scott Dixon, completou o pódio.

    O neozelandês chegou aos 351 pontos, 43 à frente de Castro Neves. Wheldon continua em terceiro, com 299 pontos, e Kanaan subiu para 269.

    Os outros brasileiros não completaram a prova, mas Jaime Câmara foi o destaque: largando em 24º, chegou a liderar por algumas voltas, mas acabou batendo quando estava em terceiro.

    Apenas 12 carros completaram a etapa. A próxima corrida da Indy será em Watkins Glen, na semana que vem.

    A corrida

    Na largada, Ryan Hunter-Reay, 25º, rodou, mas conseguiu manter-se na pista. Mesmo assim, a primeira bandeira amarela apareceu. Bernoldi entrou nos boxes, mas não voltou à prova.

    A relargada aconteceu na sétima volta, mas logo depois Will Power bateu na curva 4. Outra entrada do pace car.

    A corrida foi retomada na volta 17. Castro Neves fazia uma boa prova de recuperação: saiu em 18º e na 30ª volta já estava em 10º.

    Nova bandeira amarela: A.J. Foyt IV foi tocado por John Andretti e bateu. Ed Carpenter, companheiro de Foyt na Vision, acabou pegando uma peça do carro e teve a suspensão dianteira direita entortada.

    Na frente, Kanaan mantinha-se em primeiro, seguido por Marco, Rahal, Dixon e Wheldon.

    Relargada na volta 39. Castro Neves continuou ganhando posições: passou o companheiro de Pesnke, Ryan Briscoe, por dentro e na seqüência ganhou o oitavo lugar de Oriol Servia, por fora.

    Na volta 69, outra bandeira amarela, por causa de sujeira na pista. Os líderes aproveitaram para fazer a primeira parada nos boxes: Kanaan saiu na frente, Castro Neves veio logo atrás, seguidos por Marco, Wheldon, Rahal, Buddy Rice, Servia, Mutoh e Dixon.

    Como havia antecipado sua parada, Jaime Câmara, que largara em 24º e estava em 11º, assumiu a liderança da corrida.

    Na relargada, dois acidentes: Buddy Rice rodou sozinho; para evitar um toque, Darren Manning freou, escapou, mas Briscoe e Junqueira acertaram o carro do inglês. O brasileiro abandonou.

    Na volta 92, nova saída, mas outra bandeira amarela, e com outro brasileiro envolvido. Vitor Meira acabou acertado por John Andretti; ambos abandonaram.

    Relargada na volta 108. Câmara segurou os ataques de Kanaan, que acabou sendo ultrapassado por Marco Andretti. Logo depois, o norte-americano passou o brasileiro da Dale Coyne.

    Graham Rahal, que ocupava a sétima colocação, bateu na curva 4; nova bandeira amarela. Alguns dos líderes pararam, exceto o primeiro colocado, Marco Andretti.

    Kanaan veio à frente, seguido por Wheldon, Castro Neves, Câmara, Mutoh e Dixon.

    Bandeira verde na volta 142. Três voltas depois, nova batida: Mario Moraes e Hunter-Reay. Os dois bateram boca ao saírem de seus carros.

    A relargada só aconteceu 23 voltas depois. Marco Andretti liderava, seguido por três brasileiros: Kanaan, Castro Neves e Câmara.

    Na volta 205, porém, Marco precisou entrar no pit stop. Com isso, os brasileiros assumiram a liderança.

    Restando 83 voltas para o final, no entanto, Câmara rodou perto da linha de chegada e saiu da prova.

    Na volta 229, aconteceu a relargada. Kanaan na frente, Castro Neves em segundo, e as Ganassis de Wheldon e Dixon logo atrás.

    A única mudança entre os quatro primeiros foi a inversão dos pilotos da Ganassi, provavelmente um pedido da equipe.

    Confira a classificação final em Richmond:

    1º. Tony Kanaan (BRA/Andretti-Green), 2h04min05s5111, 300 voltas
    2º. Hélio Castro Neves (BRA/Penske), a 4s7691
    3º. Scott Dixon (NZL/Ganassi), a 6s6504
    4º. Dan Wheldon (ING/Ganassi), a 7s7270
    5º. Oriol Servia (ESP/KV), a 10s7701
    6º. Danica Patrick (EUA/Andretti-Green), a 10s9198
    7º. Justin Wilson (ING/Newman-Haas-Lanigan), a 16s3094
    8º. Townsend Bell (EUA/Dreyer & Reinbold), a 17s5175
    9º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Green), a 1 volta
    10º. Ernesto Viso (VEM/HVM), a 2 voltas
    11º. Ed Carpenter (EUA/Vision), a 62 voltas
    12º. Darren Manning (ING/Foyt), a 65 voltas

    Não completaram:

    Hideki Mutoh (JAP/Andretti-Green), a 80 voltas
    Jaime Câmara (BRA/Conquest), a 83 voltas
    Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 142 voltas
    Ryan Hunter-Reay (EUA/Rahal-Letterman), a 157 voltas
    Mário Moraes (BRA/Dale Coyne), a 157 voltas
    Graham Rahal (EUA/Newman-Haas-Lanigan), a 169 voltas
    Marty Roth (CAN/Roth), a 183 voltas
    Vitor Meira (BRA/Panther), a 209 voltas
    John Andretti (EUA/Roth), a 209 voltas
    Buddy Rice (EUA/Dreyer & Reinbold), a 220 voltas
    Bruno Junqueira (BRA/Dale Coyne), a 222 voltas
    AJ Foyt IV (EUA/Vision), a 271 voltas
    Will Power (AUS/KV), a 292 voltas
    Enrique Bernoldi (BRA/Conquest), a 294 voltas

    Fonte: Tazio

  13. #148
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Kanaan: "Finalmente a sorte estava do meu lado"

    Tony Kanaan creditou sua vitória em Richmond à sorte. O brasileiro teve incidentes em corridas como Homestead e Indianápolis, quando liderava e acabou abandonando.

    Neste sábado, o piloto da Andretti-Green considerou fundamental largar na frente. "Muita ação e, definitivamente, muitas [bandeiras] amarelas."

    "Nos beneficiamos por começar na frente. Esta é uma típica corrida em Richmond _muito difícil, muito longa", explicou.

    "Foi uma dura corrida. Eu acho que tínhamos um carro forte. O Marco, também. Nós dividimos as estratégias apenas para tentar cobrir as duas bases, e finalmente a sorte estava do meu lado", comemorou Kanaan, quarto no campeonato com 269. O líder Scott Dixon tem 351.

    A 11ª etapa da Indy acontece no próximo final de semana, em Watkins Glen.

    Fonte: Tazio

  14. #149
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    NASCAR: Carpentier surpreende com pole em New Hampshire

    De forma surpreendente Patrick Carpentier obteve a pole para a LENOX
    Industrial Tools 301, a ser disputada em New Hampshire. Bobby Labonte,
    Kevin Harvick, Scott Riggs e Dale Earnhardt Jr vieram em seguida.

    » Veja abaixo os melhores no grid da prova:
    1. Patrick Carpentier 29.35s (129.776 mph)
    2. Bobby Labonte 29.51s
    3. Kevin Harvick 29.53s
    4. Scott Riggs 29.53s
    5. Dale Earnhardt Jr 29.55s
    6. Reed Sorenson 29.56s
    7. Dario Franchitti 29.57s
    8. Martin Truex Jr 29.61s
    9. Matt Kenseth 29.61s
    10. A.J. Allmendinger 29.61s
    11. Elliott Sadler 29.62s
    12. Denny Hamlin 29.64s
    13. Jamie McMurray 29.65s
    14. Kasey Kahne 29.66s
    15. Greg Biffle 29.66s

    Fonte: Super SpeedWay

  15. #150
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    NASCAR: Kurt Busch vence prova encerrada pela chuva

    A prova de New Hampshire, a 17ª etapa da Nascar Sprint Cup, foi
    encerrada sob bandeira vermelha faltando 17 voltas para as 301
    programadas, devido à chuva que caiu quando Kurt Busch liderava.

    Com a chuva aumentando a direção de prova declarou a prova encerrada,
    para desespero de Tony Stewart que era o líder quando entrou na
    bandeira amarela anterior - embora já se pudesse ver a chuva chegando
    à pista.

    Com o encerramento precoce da prova, o 2º colocado foi J. J. Yeley,
    seguido por Martin Truex Jr. Stewart terminou na 13ª colocação.

    A prova teve 7 bandeiras amarelas, que duraram 34 voltas, e oito
    líderes diferentes.

    » Veja abaixo os melhores classificados na prova:
    1. Kurt Busch 284 voltas
    2. Michael Waltrip +1.291s
    3. J.J. Yeley +2.259s
    4. Martin Truex Jr +2.840s
    5. Elliott Sadler +4.295s
    6. Reed Sorenson +6.565s
    7. Casey Mears +7.248s
    8. Denny Hamlin +7.860s
    9. Jimmie Johnson +9.074s
    10. Bobby Labonte +11.661s
    11. Jeff Gordon +12.759s
    12. Jeff Burton +15.724s
    13. Tony Stewart +18.777s
    14. Kevin Harvick +19.505s
    15. Ryan Newman +20.291s
    16. Brian Vickers +20.892s
    17. Carl Edwards +21.794s
    18. Matt Kenseth +22.455s
    19. David Reutimann +24.340s
    20. Joe Nemechek +25.043s

    Fonte: Super SpeedWay

Página 10 de 115 Primeiro ... 9 10 112060110 ... Último

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar