Página 14 de 115 Primeiro ... 413 14 152464114 ... Último
  1. #196
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Kanaan reclama da falta de competitividade

    Tony Kanaan saiu desolado da etapa de Mid-Ohio, no último domingo. Ele ficou com a sétima posição na prova vencida por Ryan Briscoe, mas reclamou muito da Andretti-Green e da falta de competitividade de seu carro.

    "Não foi uma boa corrida da minha equipe. Não éramos competitivos, por isso era muito complicado fazer ultrapassagens", explicou.

    "Precisamos nos reunir e conversarmos, pois definitivamente não fomos bem na corrida de hoje. Eu sei do potencial da minha equipe, mas temos que levantar a cabeça e trabalhar muito forte para melhorarmos. Infelizmente, foi um domingo difícil."

    O brasileiro, porém, subiu para o terceiro lugar na classificação, ultrapassando Dan Wheldon por um ponto _365 a 364. A liderança continua com Scott Dixon, 455 pontos, e Hélio Castro Neves está em segundo, 397.

    Fonte: Tazio

  2. #197
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Junqueira lamenta aposta que não vingou

    Bruno Junqueira contava com mais uma bandeira amarela na etapa de Mid-Ohio, a 12ª da temporada da Indy, no último domingo. Ela, no entanto, não veio, e teve de ficar com o 13º lugar.

    O brasileiro da Dale Coyne largou em nono chegou a andar em segundo, atrás de Ryan Briscoe. Mas, a oito voltas do fim, foi obrigado a fazer uma última parada, pois não tinha combustível.

    "A chuva transformou o começo da prova em uma loteria. Estávamos bem, com um carro competitivo, mesmo perdendo algum tempo nos boxes. Resolvemos apostar numa estratégia diferente, que quase foi premiada. Imaginávamos que outra bandeira amarela ocorreria, nos mantendo na briga pelo pódio. Infelizmente não deu", disse o 21º colocado no campeonato.

    Fonte: Tazio

  3. #198
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Kanaan busca diversão e aproximação em Edmonton

    Tony Kanaan espera divertir-se no circuito de Edmonton, no Canadá, palco da 13ª etapa da temporada da Indy, em prova a ser disputada no próximo sábado.

    A pista é proveniente da Champ Car e, por isso, equipes como a Andretti-Green terão uma pequena desvantagem inicial contra times como Newman-Haas-Lanigan. Kanaan, então, analisa que os treinos de quinta-feira serão importantes.

    "Por usar uma parte de aeroporto e outra de circuito normal, Edmonton tem algumas particularidades, mas me parece ser um lugar bem divertido de guiar. Os treinos livres desta quinta-feira serão fundamentais para buscarmos um bom acerto, mas sei que teremos um grande desafio neste fim de semana", disse.

    Terceiro colocado no campeonato, o brasileiro estabeleceu sua principal meta para o fim de semana: aproximar-se do líder.

    "Nós brigamos pelo campeonato, então vamos fazer o nosso melhor para diminuir a vantagem do Scott [Dixon]", afirmou o piloto baiano.

    Kanaan tem uma vitória nesta temporada, em Richmond. Em Mid-Ohio, no último fim de semana, foi o sétimo colocado.

    Fonte: Tazio

  4. #199
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Realista, Tracy quer ao menos garantir continuidade

    Paul Tracy está realista diante de disputar a prova de Edmonton da Indy, o que representará sua volta ao automobilismo, já que não corre desde a despedida da Champ Car em abril.

    O canadense correrá com um carro da Vision, mas terá o auxílio dos mecânicos da Walker. Ele não espera uma vitória de cara, pois encara a corrida como um "primeiro passo" para estar na categoria nas etapas que estão por vir.

    "Não traçamos qualquer tipo de meta como 'temos de vencer a corrida', nada disso. Ir bem é nossa expectativa. Há sempre uma possibilidade de vencer a prova, qualquer coisa pode acontecer, mas não vim até aqui para dizer que temos de superar todo mundo, pois isso seria apenas impor uma decepção a você mesmo", disse.

    "Para mim, é uma oportunidade para ficar em movimento. Não piloto desde Long Beach [em abril]; vamos passo a passo", disse. "Estou empolgado com a oportunidade. Se pudermos obter um bom resultado, veremos o que se desenvolverá para o futuro."

    Muitos dos pilotos da Indy nunca correram em Edmonton, pois era uma pista da Champ Car. Mas Tracy aposta que os pilotos de ponta pegarão o jeito da pista rapidamente.

    "Corri contra muita gente da categoria em um ponto ou outro. Já estive aqui antes, Justin [Wilson] e outros rapazes da Champ Car também, mas, no alto nível do jogo, Scott [Dixon], Hélio [Castro Neves] e Tony [Kanaan] podem aprender a pista em 15 minutos. As equipes de ponta já terão a desvendado quando a classificação chegar", comentou.

    Fonte: Tazio

  5. #200
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Castro Neves começa melhor em Edmonton

    A Penske mostrou que está em boa fase em circuitos mistos e comandou a primeira sessão de treinos em Edmonton, no Canadá, pista que fazia parte do calendário da Champ Car.

    Após dobradinha em Mid-Ohio, Hélio Castro Neves superou Ryan Briscoe desta vez e ficou com o melhor tempo, 1min02s9327, 0s2103 à frente do australiano. No fim de semana passado, a ordem foi inversa.

    A dupla impediu que Will Power, da KV, equipe vinda da Champ Car em 2008, liderasse o treino. O australiano foi o vencedor da prova de despedida em Long Beach.

    Companheiro de Power, o espanhol Oriol Servia obteve a quarta posição, à frente dos brasileiros Tony Kanaan e Bruno Junqueira.

    Novidade do fim de semana, o experiente Paul Tracy, piloto local, com um carro da Vision e mecânicos da Walker, acabou em sétimo, 0s4418 atrás de Castro Neves.

    Líder do campeonato, Scott Dixon fez o oitavo melhor tempo, e Justin Wilson e Hideki Mutoh completaram os dez primeiros colocados.

    Vitor Meira foi o 15º, Mário Moraes, o 20º, Enrique Bernoldi, o 22º, e Jaime Câmara, o 26º e penúltimo de uma sessão que contou com muitas bandeiras amarelas, já que houve muitas rodadas.

    Fonte: Tazio

  6. #201
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    KV coloca pilotos na ponta em Edmonton

    A Penske não pôde segurar a KV na segunda sessão de treinos em Edmonton, no Canadá, e Will Power fechou a quinta-feira como o mais rápido.

    O australiano fez 1min02s3404, contra 1min02s3900 do espanhol Oriol Servia, seu companheiro de equipe, o segundo colocado.

    A KV é uma equipe migrante da extinta Champ Car, e Edmonton fazia parte do calendário da categoria. Então, as equipes recém-chegadas tem uma vantagem inicial.

    Hélio Castro Neves, mais rápido na sessão de abertura, ficou em terceiro lugar desta vez, com 1min02s5365, e foi seguido por seu parceiro, Ryan Briscoe, com 1min02s5831.

    Comprovando a força das migrantes, Justin Wilson obteve a quinta posição, à frente de Scott Dixon, líder do campeonato, e de Tony Kanaan.

    Paul Tracy, novidade do fim de semana, manteve um bom ritmo nas duas sessões e acabou a segunda em oitavo. Graham Rahal e Bruno Junqueira completaram os dez primeiros.

    Mário Moraes foi o 13º colocado, Vitor Meira, o 17º, Enrique Bernoldi, o 22º, e Jaime Câmara, o 24º.

    Para se ter uma idéia, Power foi o pole position da corrida da Champ Car de 2007 com 58s403, pouco menos de quatro segundos melhor que virou hoje com a Indy.

    A sessão classificatória está marcada para esta sexta-feira. A corrida terá largada neste sábado.

    Confira os tempos do segundo treino livre:

    1º. Will Power (AUS/KV), 1min02s3404
    2º. Oriol Servia (ESP/KV), 1min02s3900
    3º. Hélio Castro Neves (BRA/Penske), 1min02s5365
    4º. Ryan Briscoe (AUS/Penske), 1min02s5831
    5º. Justin Wilson (ING/Newman-Haas-Lanigan), 1min02s6220
    6º. Scott Dixon (NZL/Ganassi), 1min02s6685
    7º. Tony Kanaan (BRA/Andretti-Green), 1min02s6806
    8º. Paul Tracy (CAN/Vision), 1min02s6933
    9º. Graham Rahal (EUA/Newman-Haas-Lanigan), 1min02s7528
    10º. Bruno Junqueira (BRA/Dale Coyne), 1min02s8760
    11º. Dan Wheldon (ING/Ganassi), 1min02s8800
    12º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Rahal-Letterman), 1min02s9395
    13º. Mário Moraes (BRA/Dale Coyne), 1min03s2856
    14º. Hideki Mutoh (JAP/Andretti-Green), 1min03s4641
    15º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Green), 1min03s4684
    16º. Mario Dominguez (MEX/Pacific Coast), 1min03s5862
    17º. Vitor Meira (BRA/Panther), 1min03s8570
    18º. Ed Carpenter (EUA/Vision), 1min03s9548
    19º. Darren Manning (ING/Foyt), 1min03s9866
    20º. AJ Foyt IV (EUA/Vision), 1min04s1350
    21º. Buddy Rice (EUA/Dreyer & Reinbold), 1min04s1646
    22º. Enrique Bernoldi (BRA/Conquest), 1min04s2360
    23º. Danica Patrick (EUA/Andretti-Green), 1min04s3010
    24º. Jaime Câmara (BRA/Conquest), 1min04s8655
    25º. Townsend Bell (EUA/Dreyer & Reinbold), 1min04s9073
    26º. Marty Roth (CAN/Roth), 1min07s2098

    Fonte: Tazio

  7. #202
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Briscoe leva a pole para a etapa de Edmonton

    A Penske fez nesta sexta-feira a dobradinha no grid de largada para a 13ª etapa da Indy, em Edmonton.

    Vencedor da última corrida, em Mid-Ohio, Ryan Briscoe conquistou a pole, com 1min00s7311, e ficou logo à frente de Hélio Castro Neves.

    O brasileiro, o mais rápido de dois dos três treinos livres, terminou 0s1049 atrás do australiano.

    Na terceira posição sai Oriol Servia, seguido pelo líder do campeonato, Scott Dixon. Will Power será o quinto e Justin Wilson, o sexto. Ele teve problemas na suspensão de seu carro após um toque no muro e não pôde participar da super-pole.

    Bruno Junqueira foi bem e sairá na sétima colocação. Mário Moraes e Enrique Bernoldi vão largar na décima e 11ª posições, respectivamente.

    Voltando à ativa, Paul Tracy conseguiu o 15º lugar no grid, com Vitor Meira logo na seqüência. Jaime Câmara sairá em 26º.

    Tony Kanaan largará em último, pois teve um problema no motor durante a segunda parte do treino e terá que trocá-lo. "Tínhamos um carro bem rápido, mas infelizmente isso aconteceu. Estou muito decepcionado", afirmou o baiano.

    Confira o grid em Edmonton:

    1º. Ryan Briscoe (AUS/Penske), 1min00s7311
    2º. Hélio Castro Neves (BRA/Penske), 1min00s8360
    3º. Oriol Servia (ESP/KV), 1min00s8584
    4º. Scott Dixon (NZL/Ganassi), 1min00s8585
    5º. Will Power (AUS/KV), 1min01s0154
    6º. Justin Wilson (ING/Newman-Haas-Lanigan), sem tempo
    7º. Bruno Junqueira (BRA/Dale Coyne), 1min01s2991
    8º. Graham Rahal (EUA/Newman-Haas-Lanigan), 1min01s4573
    9º. Dan Wheldon (ING/Ganassi), 1min01s6656
    10º. Mário Moraes (BRA/Dale Coyne), 1min01s7552
    11º. Enrique Bernoldi (BRA/Conquest), 1min02s0227
    12º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Green), 1min02s2991
    13º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Rahal-Letterman), 1min02s1039
    14º. Danica Patrick (EUA/Andretti-Green), 1min02s4171
    15º. Paul Tracy (CAN/Vision), 1min02s2387
    16º. Vitor Meira (BRA/Panther), 1min02s4907
    17º. AJ Foyt IV (EUA/Vision), 1min03s1346
    18º. Darren Manning (ING/Foyt), 1min02s6644
    19º. Mario Dominguez (MEX/Pacific Coast),1min03s1359
    20º. Ernesto Viso (VEM/HVM), 1min03s9242
    21º. Hideki Mutoh (JAP/Andretti-Green), 1min03s8100
    22º. Buddy Rice (EUA/Dreyer & Reinbold), 1min03s4276
    23º. Ed Carpenter (EUA/Vision), 1min03s8825
    24º. Townsend Bell (EUA/Dreyer & Reinbold), 1min03s6396
    25º. Marty Roth (CAN/Roth), 1min09s0498
    26º. Jaime Câmara (BRA/Conquest), 1min03s8572
    27º. Tony Kanaan (BRA/Andretti-Green), sem tempo

    Fonte: Tazio

  8. #203
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Briscoe diz que objetivo não era marcar a pole

    Ryan Briscoe obteve em Edmonton sua segunda pole nessa temporada _a primeira foi em Watkins Glen.

    Ganhador da última etapa, em Mid-0hio, o australiano comandou a dobradinha da Penske no grid do circuito canadense, mas ele disse que não era o esperado.

    "Eu estava fazendo tudo o que podia apenas para chegar à disputa da pole."

    "Fizemos mudanças no acerto durante a sessão. Realmente só conseguimos o melhor nos últimos dez minutos", explicou o piloto.

    "Para a Penske, uma dobradinha é absolutamente perfeito", completou.

    Fonte: Tazio

  9. #204
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Castro Neves acha que poderia ter forçado mais

    Hélio Castro Neves quase conquistou a pole para a etapa de Edmonton.

    O brasileiro, o mais rápido em dois dos três treinos livres, não contava com o bom rendimento de seu companheiro de Penske, Ryan Briscoe, e largará em segundo.

    "Nós tivemos um grande dia hoje. A Penske fez um trabalho fantástico, nos colocando na primeira fila", afirmou o vice-líder do campeonato.

    "Eu teria gostado de largar na pole, mas Ryan fez um grande trabalho."

    Castro Neves acha que poderia ter forçado um pouco mais na decisão da pole.

    "Foi apenas uma daquelas voltas onde você não quer cometer um erro, por isso eu forcei até um certo limite. Só não foi bom o bastante para a pole."

    Fonte: Tazio

  10. #205
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Em Edmonton, Dixon vence pela 5ª vez em 2008

    Scott Dixon venceu pela quinta vez em 2008 no circuito misto de Edmonton, no Canadá, e abriu vantagem na liderança do campeonato neste sábado.

    O neozelandês ganhou posição de Hélio Castro Neves em um dos pit stops e progrediu para a 15ª conquista da carreira.

    O brasileiro liderou muitas voltas, mas ficou em segundo lugar em uma prova que terminou por tempo.

    Dixon foi a 505 pontos, contra 440 de Castro Neves _65 de vantagem.

    Justin Wilson, da Newman-Haas-Lanigan, o terceiro, foi o melhor entre os de equipes que vieram da Champ Car em uma pista que fazia parte do calendário da extinta categoria.

    Novidade do fim de semana, o experiente canadense Paul Tracy, com carro da Vision e mecânicos da Walker, fez boa corrida e terminou-a em quarto lugar.

    Outro vindo da Champ Car, Oriol Servia superou um problema de suspensão nas últimas voltas e ficou em quinto, à frente do pole Ryan Briscoe, que rodou e fez tática diferente, e de Dan Wheldon, companheiro do vencedor.

    Tony Kanaan saiu do Canadá com a nona posição, atrás de Ryan Hunter-Reay.

    A 13ª etapa

    Ryan Briscoe manteve-se na ponta em uma largada limpa. Nas curvas seguintes, Graham Rahal passeou pela grama, com uma suspensão danificada.

    Tony Kanaan largou em último por ter trocado de motor após a sessão classificatória e rapidamente subiu para 20º lugar.

    Mas Briscoe cometeu um erro em uma frenagem, o que permitiu a Hélio Castro Neves assumir a primeira posição e começar a abrir vantagem.

    Will Power, quinto colocado, atrás de Oriol Servia e Scott Dixon, foi o primeiro a entrar nos boxes. Na passagem seguinte, com problemas, o australiano parou novamente.

    Na 15ª volta, Castro Neves já havia aberto 3s2 sobre Briscoe. O brasileiro conseguiu impor um forte ritmo logo após a ultrapassagem, mas, após o décimo giro, a disputa ficou mais igual.

    Enquanto isso, Townsend Bell rodava, mas a bandeira amarela permanecia apenas local. A geral veio na 18ª volta _Vitor Meira foi parar na barreira de pneus.

    Quem andava entre os ponteiros era Bruno Junqueira, sexto colocado, diferentemente de Kanaan, o qual ocupava a 17ª posição.

    Os boxes foram abertos na 20ª passagem, e todos, com exceção de Marco Andretti, Kanaan e Buddy Rice, fizeram pit stop. Jaime Câmara ficou sem roda traseira esquerda quando retornou à pista.

    Por não ter parado, Andretti assumiu a ponta, à frente de Kanaan, Rice, Castro Neves, Briscoe, Dixon, Servia, Wilson, Wheldon e Hunter-Reay.

    Na 25ª volta, já em bandeira verde, Castro Neves ultrapassou Rice para ser terceiro o deixou-o estrategicamente entre ele e Briscoe.

    Com a suspensão traseira direita torta, Mário Moraes teve de ir aos boxes. Aparentemente, a peça quebrou sem ter batido em nenhum outro carro.

    Hideki Mutoh provocou mais uma bandeira amarela no 28º giro, quando rodou e foi de encontro à barreira de pneus.

    Kanaan e Rice aproveitaram a oportunidade e fizeram seus primeiros pit stops. Marco Andretti prosseguiu na pista, na liderança.

    Na relargada, 33ª passagem, Castro Neves ultrapassou Andretti e retomou a ponta, colocando, assim, outro carro entre ele e Briscoe novamente.

    Kanaan, com estratégia diferenciada, ocupava a 14ª posição.

    Quando Andretti foi para os boxes, na 39ª volta, Briscoe reassumiu a segunda colocação, 6s5 atrás de Castro Neves. Dixon estava em terceiro.

    Entre outros brasileiros, Enrique Bernoldi vinha em sétimo, Junqueira, em décimo, Kanaan, em 13º.

    Castro Neves continuava a agarrar firmemente a liderança. Tinha 9s2 de vantagem sobre Briscoe quando Townsend Bell foi em direção aos pneus na primeira curva e provocou a terceira bandeira amarela geral.

    Kanaan, AJ Foyt IV, Rice e Ed Carpenter não se dirigiram aos boxes e ocuparam as quatro primeiras posições. Entre os que pararam, Dixon retornou na ponta, quinto na pista, à frente de Helinho.

    Dixon ultrapassou Carpenter e obteve a quarta colocação quase no mesmo momento em que Briscoe foi tocado por Dan Wheldon, rodou e caiu para 17º. Logo foi para os boxes com a intenção de mudar a tática.

    Foyt IV assumiu a ponta quando houve uma rodada com Kanaan. Mas o brasileiro roubou a posição do norte-americano no 59º giro. O mesmo fez Dixon.

    Na 60ª volta, Graham Rahal levou toque de Ernesto Viso e foi jogado aos pneus. Houve a necessidade de mais uma bandeira amarela. Posteriormente, Viso foi punido com um stop-and-go de 15 segundos pela manobra.

    Kanaan, com isso, fez mais uma parada, deixando Dixon em primeiro e Castro Neves em segundo. Ambos não foram para os boxes nessa janela.

    A ordem dos primeiros era: Dixon, Castro Neves, Wheldon, Tracy, Wilson, Servia, Junqueira e Patrick. Esses oito primeiros tinham a mesma tática.

    Não houve mudanças entre esses ponteiros na relargada. Mais rápidos e juntos, Dixon e Castro Neves abriam para Wheldon.

    Na 72ª passagem, a diferença entre os companheiros Dixon e Wheldon era 7s5. Do neozelandês para o brasileiro, ficava em menos de um segundo.

    Danica e Andretti, ambos da Andretti-Green, colidiram-se e a piloto ficou presa na área de escape da décima curva do 79º giro.

    A seis minutos do fim, Castro Neves começou a ameaçar mais Dixon enquanto tinham de ultrapassar retardatários. O brasileiro, porém, deu uma escapada, para alívio e sossego do líder.

    O drama do final da prova era saber se haveria combustível para os ponteiros não precisarem fazer mais um pit stop. Para a sorte deles, a corrida acabaria por tempo.

    Enquanto isso, Briscoe ultrapassava Wheldon para ser sétimo, atrás de Tracy, Servia, Wilson, Castro Neves e Dixon.

    Não veio bandeira amarela na penúltima volta com a rodada de Marty Roth, para felicidade dos que ainda sonhavam em progredir de posições na última passagem.

    E a bandeira quadriculada foi dada após 1h52min, 91 das 95 voltas previstas.

    A próxima corrida será realizada daqui a duas semanas, em Kentucky.

    Confira o resultado final:

    1º. Scott Dixon (NZL/Ganassi), 91 voltas
    2º. Hélio Castro Neves (BRA/Penske), a 5s9237
    3º. Justin Wilson (ING/Newman-Haas-Lanigan), a 13s4009
    4º. Paul Tracy (CAN/Vision), a 28s1462
    5º. Oriol Servia (ESP/KV), a 28s7132
    6º. Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 36s8816
    7º. Dan Wheldon (ING/Ganassi), a 41s8281
    8º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Rahal-Letterman), a 42s1294
    9º. Tony Kanaan (BRA/Andretti-Green), a 43s0732
    10º. Darren Manning (ING/Foyt), a 43s3363
    11º. Buddy Rice (EUA/Dreyer & Reinbold), a 48s3526
    12º. AJ Foyt IV (EUA/Vision), a 50s1271
    13º. Ed Carpenter (EUA/Vision), a 57s5967
    14º. Bruno Junqueira (BRA/Dale Coyne), a 1min01s1000
    15º. Ernesto Viso (VEN/HVM), a 1 volta
    16º. Enrique Bernoldi (BRA/Conquest), a 1 volta
    17º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Green), a 1 volta
    18º. Danica Patrick (EUA/Andretti-Green), a 3 voltas
    19º. Vitor Meira (BRA/Panther), a 6 voltas
    20º. Mário Moraes (BRA/Dale Coyne), a 6 voltas
    21º. Marty Roth (CAN/Roth), a 7 voltas
    22º. Will Power (AUS/KV), a 19 voltas
    23º. Jaime Câmara (BRA/Conquest), a 23 voltas
    24º. Mario Dominguez (MEX/Pacific Coast), a 40 voltas
    25º. Townsend Bell (EUA/Dreyer & Reinbold), a 43 voltas
    26º. Graham Rahal (EUA/Newman-Haas-Lanigan), a 47 voltas
    27º. Hideki Mutoh (JAP/Andretti-Green), a 64 voltas

    Fonte: Tazio

  11. #206
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Kanaan vê lado positivo em nona colocação

    Frustrado pelo resultado do fim de semana como um todo, mas aliviado por ter conseguido terminar entre os dez primeiros, já que largou em último por ter trocado de motor. É assim que Tony Kanaan disse sentir-se após a etapa de Edmonton neste sábado.

    Segundo o brasileiro, nono colocado, a Andretti-Green deu-lhe um carro entre os três mais rápidos, mas, pela posição de largada, não pôde fazer muito.

    "Pela forma como lutamos na corrida e por nosso carro ser um dos três mais rápidos, a nossa posição final foi meio frustrante. Porém, para quem largou na última colocação, acho que recuperamos bastante e somamos pontos importantes", disse o baiano, que chegou a liderar a prova por ter parado depois dos líderes.

    "Foi uma corrida bem difícil fisicamente, ainda mais, vindo lá de trás, mas superamos isso. Acho que os fãs gostaram do que viram e espero voltar aqui no ano que vem."

    Kanaan caiu para a quarta colocação no campeonato, com 387, três a menos que o terceiro, Dan Wheldon.

    Fonte: Tazio

  12. #207
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Dixon classifica vitória como fundamental para título

    Scott Dixon destacou a importância da vitória que obteve neste sábado em Edmonton, no Canadá. O neozelandês abriu 65 pontos de vantagem sobre Hélio Castro Neves e caminha firmemente para o título _faltam quatro provas.

    O piloto da Ganassi assumiu a ponta na 62ª volta, quando já havia obtido a posição do brasileiro da Penske durante uma parada nos boxes. No fim, agüentou a pressão, e o adversário acabou errando.

    "Acho que, neste ponto do campeonato, é fundamental para a equipe. Hélio esteve muito forte nas últimas duas corridas. Ele tentou nos perseguir, mas pudemos obter um pequeno ganho sobre ele neste fim de semana", disse.

    "Neste ponto, acho que uma liderança de 65 pontos é muito forte. Temos apenas de manter [a vantagem] nas próximas quatro corridas. Precisamos ser consistentes e continuar a ganhar pontos. Essa vitória, definitivamente, foi uma curva para nós no campeonato."

    Dixon já obteve cinco vitórias nesta temporada, dez pódios e cinco poles. Castro Neves não venceu nenhuma vez ainda neste ano.

    Fonte: Tazio

  13. #208
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Hélio destaca infalível Dixon e que continua na luta

    Hélio Castro Neves afirmou neste sábado que Scott Dixon estava infalível na etapa de Edmonton, no Canadá, da Indy, a 13ª da temporada.

    O brasileiro pressionou o neozelandês, que agora tem 65 pontos de vantagem sobre ele, mas quem acabou errando foi o próprio perseguidor.

    O piloto da Penske comandou a prova, com exceção dos momentos em que pilotos que não haviam parado nos boxes pulavam para a ponta, até ser ultrapassado pelo da Ganassi nos boxes.

    "Estava fazendo o que podia para manter o ritmo. Estava acelerando muito e tentando colocar pressão em Dixon a cada volta, mas ele nunca cometia um erro", disse o segundo colocado.

    Mas o brasileiro promete continuar na luta nas últimas quatro provas. "Vou continuar pressionando, pois ainda não está acabado para a Penske ainda", garantiu.

    Fonte: Tazio

  14. #209
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    INDY: Junqueira ataca Dale Coyne: faltou profissionalismo

    Bruno Junqueira atacou severamente sua equipe, a Dale Coyne, pelo resultado final da etapa de Edmonton na Indy, a 13ª de 2008, realizada no último sábado.

    O brasileiro afirmou ter havido "falta de profissionalismo", já que andou entre os sete primeiros na maior parte do tempo e poderia ter chegado em sexto, mas um problema no câmbio o jogou para 14º lugar.

    A três voltas do fim, o câmbio de Junqueira travou na sexta marcha, o que o deixou em média seis segundos mais lento.

    "Num fim de semana que prometia tanto, e que cheguei mesmo a realizar muito como piloto, chego ao fim imensamente frustrado com os erros e falta de profissionalismo da equipe Dale Coyne", disse.

    "Eu dei tudo de mim na pista, para perder no pit stop quatro posições, e ao fim da corrida, a recorrência de um problema que já me custou outros tantos resultados nesse ano."

    Junqueira correu com o chassi reserva, mais pesado e menos adaptado a circuitos mistos.

    Fonte: Tazio

  15. #210
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    De volta, Tracy, quarto, revela problemas no rádio

    Paul Tracy voltou ao automobilismo no último sábado, quando disputou a etapa de Edmonton da Indy, no Canadá, pista que fazia parte do calendário da Champ Car.

    O campeão de 2003 da extinta categoria correu em uma ação conjunta entre Vision e Walker e recebeu a bandeirada em quarto lugar.

    O canadense, que não corria desde abril, na despedida da Champ Car, não pôde mudar muito o carro ao longo da prova, pois teve problemas no rádio comunicador. Mesmo assim, foi bem _largou em 15º.

    "Podia ouvir o pit, mas eles não me escutavam. Apenas fiz tudo o que eles disseram. Não pude fazer quaisquer mudanças no carro, então o que eu tinha, eu tinha. Fizemos alguns sinais com as mãos durante as bandeiras amarelas para pressão do pneu maior ou menor, então não pude realmente otimizar o carro. No fim, tive de economizar combustível para poder ir até o fim com ele", disse.

    "Estou super empolgado pela equipe. Eles prepararam esse carro em cerca de uma semana e meia, e dei um esforço de primeira classe para o patrocinador. Com mais treino e sem ter ficado na poltrona nos últimos seis meses, talvez tivéssemos feito um trabalho melhor."

    Tracy não tem contrato garantido para as próximas provas e ainda depende de negociações entre patrocinadores e equipe para continuar na categoria.

    Fonte: Tazio

Página 14 de 115 Primeiro ... 413 14 152464114 ... Último

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar