Página 37 de 115 Primeiro ... 2736 37 384787 ... Último
  1. #541
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão WTCC: Yvan Muller conquista título mundial em Macau

    PILOTOS PORTUGUESES DESISTEM DA PROVAS



    O francês Yvan Muller conquistou em Macau o título mundial de carros de Turismo, com um terceiro e segundo lugares na útima jornada do WTCC, numa prova em que os portugueses Tiago Monteiro e André Couto desistiram.

    Yvan Muller precisava apenas de conquistar seis pontos nas duas corridas, enquanto o seu colega na Seat, Gabriele Tarquini, tinha de conquistar duas vitórias, feito quase impossível devido às regras da prova, em que os primeiros oito da corrida inicial trocam de posições na grelha de partida para a segunda manga.

    Logo na primeira corrida, Yvan Muller, com um terceiro lugar, garantiu a vitória no campeonato, já que Tarquini não foi além do sétimo posto.

    Na primeira manga, Tiago Monteiro, que logo na volta de aquecimento sentiu problemas no motor que lhe faziam perder velocidade no Leon diesel e o levariam à desistência, ainda conseguiu terminar em 11.º, enquanto André Couto, em Honda Accord, concluiu no 13.º lugar.

    Para a segunda corrida, com James Thompson, Gabriele Tarquini e Jordi Gene nas primeiras posições, o trio da frente viu apenas ser substituído Gene pelo brasileiro Augusto Farfus.

    Com Thompson a segurar a liderança, Farfus na sua traseira e Tarquini a querer fazer um bom resultado, coube ao brasileiro alterar na última volta todas as contas da corrida: primeiro "atirou" Thompson contra a parede e depois bateu sozinho e um pneu do seu BMW acabou por provocar a saída de Tarquini.

    Com o trio da frente fora da corrida a vitória sorriu a Robert Huff, em Chevrolet Lacetti, seguido de Yvan Muller e Andy Priaulx, em BMW, e campeão do mundo nas três primeiras edições do WTCC.

    Problema mecânico afasta Tiago Monteiro

    No final da corrida, Tiago Monteiro explicou à Agência Lusa que um problema mecânico acabou por o atirar para fora de prova, mas salientou o excelente trabalho dos mecânicos da Seat que substituíram a caixa de velocidades e os injectores na tentativa de ajudar o piloto português.

    "Quando saí para a pista na segunda prova percebemos logo que não iríamos conseguir porque o problema continuava e decidimos abandonar", explicou.

    Já André Couto, que bateu na curva do hotel Lisboa, disse que travou "normalmente" e explicou que talvez o carro tivesse ficado desequilibrado na primeira, em que houve muitos toques com adversários.

    André Couto, que chegaria a ir ao hospital efectuar testes médicos devido às dores que sentia, acabou por sair sem qualquer problema.

    "Rc"

  2. #542
    Avatar de sneto2000
    Registo
    Nov 2007
    Posts
    3.185
    NASCAR: Edwards vence última corrida; Johnson é campeão

    A vitória na última prova da temporada ficou com o vice-líder do
    campeonato, mas nem mesmo o 15º lugar obtido por Jimmie Johnson tirou
    dele o campeonato da Nascar Sprint Cup, o terceiro consecutivo dele.



    Kevin Harvick terminou a prova em segundo com Jamie McMurray
    assegurando o terceiro lugar.

    » Veja abaixo os melhores classificados na prova:
    1. Carl Edwards Ford 195 pontos (267 voltas)
    2. Kevin Harvick Chevrolet 175
    3. Jamie McMurray Ford 165
    4. Jeff Gordon Chevrolet 165
    5. Clint Bowyer Chevrolet 155
    6. Kasey Kahne Dodge 150
    7. Travis Kvapil Ford 146
    8. Casey Mears Chevrolet 142
    9. Tony Stewart Toyota 143
    10. Martin Truex Jr Chevrolet 134
    11. A.J. Allmendinger Dodge 130
    12. Bill Elliott Ford 127
    13. Denny Hamlin Toyota 124
    14. Scott Riggs Chevrolet 121
    15. Jimmie Johnson Chevrolet 123

    Fonte: Super SpeedWay

  3. #543
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Grande Prémio de Macau: Taça Macau GT

    Rodolfo Ávila traído pelos travões
    Rodolfo Ávila traído pelos travões -

    Rodolfo Ávila despediu-se da temporada 2008 com nota positiva, mesmo não tendo terminado a corrida da Taça Macau GT da 55ª edição do Grande Prémio de Macau. Na corrida de dez voltas de hoje, problemas relacionados com a temperatura do óleo dos travões do Ferrari 430 GT preparado pela Mastercar Italy, ditaram um abandono prematuro.

    "Quando entrei na Curva dos Pescadores notei que o carro não correspondeu à minha travagem e por pouco que não bati no muro. Ainda tentei continuar em pista, mas assim era perigoso e impossível de andar de depressa, pois o carro praticamente não travava", explicou o piloto de 21 anos que apenas completou cinco voltas e que rodava na 4ª posição, não muito longe do 3º classificado, quando foi obrigado a parar nas boxes.

    O campeão do Asia SuperCar Challenge ficou desapontado com o resultado, mas de consciência tranquila de quem deu o seu melhor em pista. "O máximo que poderia fazer nesta prova era ser 3º classificado, pois os carros dos dois primeiros eram muito superiores ao meu e por regulamento eram 70 kg mais leves. É sempre frustrante desistir desta forma, mas as corridas são mesmo assim", afirmou Ávila referindo-se ao abandono, citando ainda que "o balanço de 2008 continua a ser positivo, pois cumpri o meu objectivo principal que era trazer o título do Asia SuperCar Challenge para Macau".

    Ávila que este ano fez a sua estreia nas corridas de GT, não tem mais nenhuma corrida planeada para 2008 e está já a planear na próxima temporada. "Quero agradecer a todos aqueles que me apoiaram ao longo da temporada 2008. Agora é a altura de pensar o que poderemos fazer em 2009. Há uma série de possibilidades interessantes para estudar", confessa o piloto patrocinado pelo Governo de Macau, MacauSlot.com, BNU, Cerveja Tsing Tao, Restaurante Fat Siu Lau, Sujika Crafts e RP Macau.

    AS

  4. #544
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Tiago Monteiro: "Não esqueço a vitória no Estoril com o apoio dos adeptos"

    Tiago Monteiro teve, este fim-de-semana, um final de campeonato complicado, já que problemas mecânicos no seu Seat o impediram de terminar a época da melhor forma. Depois de muito lutar para conseguir terminar a primeira corrida no 11º lugar, já que o León nº 18 revelou sempre problemas nos injectores, e logo na volta de aquecimento. Tudo isso implicou que, durante toda a prova, Tiago tivesse menos 15km/h de velocidade de ponta no seu carro, e perdesse também em aceleração.
    A isto acresciam também problemas na caixa de velocidades. Tudo junto, contribuiu para um resultado abaixo das possibilidades de Monteiro.
    Tiago Monteiro: "Não esqueço a vitória no Estoril com o apoio dos adeptos" -

    Os problemas não puderam ser resolvidos nos poucos minutos que separaram as duas corridas e que obrigaram ao abandono do português logo após o início da segunda contenda:

    "Assim que arranquei para a volta de aquecimento na primeira corrida percebi que havia problemas. Pensámos que seria dos injectores porque o carro estava mesmo mais lento. Depois a caixa de velocidades também estava a bloquear. A equipa fez um trabalho incansável para mudar injectores e caixa em apenas 10 minutos entre as duas corridas. Infelizmente, assim que começou a segunda deu para perceber que era um problema mais grave e que o motor estava mesmo a partir. Claro que não era desta maneira que eu queria acabar o campeonato, mas as corridas são mesmo assim e as máquinas também. "

    Duas vitórias num ano positivo

    Apesar do resultado, Tiago prefere recordar os melhores momentos do campeonato em que contribuiu para que a SEAT conquistasse o título de construtores. O piloto diz que no WTCC a experiência conta muito e que mesmo no segundo ano de participação a aprendizagem é constante:

    "No mundial de turismos a experiência é fundamental. Há pilotos que já cá andam há mais de 10 anos e essa experiência nota-se em pista. Sinto que nesta minha segunda temporada aprendi muito e as duas vitórias no campeonato são para mim a prova da evolução e da minha rapidez. A equipa fez um excelente trabalho, ao longo de todo o ano, para chegarmos a este momento em que celebramos a vitória no mundial de construtores e também a vitória do Yvan Muller nos pilotos. Para mim foi um privilégio fazer parte deste trabalho de equipa. A SEAT deu um grande exemplo de como se faz uma equipa vencedora. Fazer parte deste projecto em que um diesel venceu pela primeira vez um campeonato do mundo é muito importante para mim. Também não esqueço a vitória no Estoril, com o apoio de milhares de pessoas, num cenário fantástico. Fantástico é também este traçado em Macau. Apesar de não sair daqui com o resultado que esperava, continua a ser um dos meus circuitos preferidos."

    A segunda corrida de Macau mostrou mais uma vez a dureza do Circuito da Guia, com mais de uma dezena de pilotos a não chegarem ao fim. Mas antes, na primeira corrida, o francês Yvan Muller garantiu o título de campeão, num fim-de-semana onde foi a Chevrolet que acabou por conquistar duas vitórias.

    Para a próxima temporada estão previstas várias novidades no regulamento do WTCC. Isso será daqui a quatro meses, mais precisamente em Curitiba, no Brasil, que recebe mais uma vez a primeira ronda do Mundial de Turismos.


    AS

  5. #545
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Regresso acidentado de André Couto

    Como já é habitual, André Couto regressou temporariamente ao WTCC para tomar parte na Corrida da Guia.
    Regresso acidentado de André Couto -

    Tal como no ano passado, o piloto macaense representou as cores da equipa N. Technology, embora trocando o agora reformado Alfa Romeo 156 pelo Honda Accord Euro-R, irónico pois Couto é piloto da Toyota nas corridas japonesas.

    O seu conhecimento do circuito apenas começou a dar dividendos na segunda corrida, quando já estava mais habituado ao carro, mas Couto acabou por não ter hipóteses de conquistar um bom resultado devido a um acidente no início da segunda volta, quando já tinha recuperado quatro lugares, de 13º para nono. Batendo de frente na curva do Hotel Lisboa, o piloto da N. Technology foi levado ao posto médico, mas apesar da dureza do embate, felizmente não sofreu quaisquer sequelas, tendo já viajado para o Japão para uma sessão de testes.

    Couto teve algumas dificuldades nos treinos "devido à minha falta de experiência com o carro. Tive uma qualificação muito complicada mas a equipa fez um bom trabalho. Depois, nas corridas, não fiquei nada satisfeito comigo mesmo, pois cometi um erro quando já estava a ficar mais competitivo. Tinha recuperado vários lugares e a equipa tinha feito um bom trabalho com o carro".

    Caso não tivesse abandonado, tendo em conta o número de desistências subsequentes, Couto poderia ter terminado no quarto lugar.

    AS

  6. #546
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão VÍDEO: Os melhores acidentes da NASCAR

    Apesar da animação em pista ter decrescido um pouco relativamente a outros anos, a NASCAR não deixa de proporcionar momentos de pura adrenalina e espectacularidade quer seja pelas melhores ou piores razões. Fique com uma compilação dos melhores acidentes dos últimos dois anos.

  7. #547
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Spyker C8 vai ter novo motor


    Sander van Dijk, director de comunicação da Spyker, revelou na entrega de prémios da Le Mans Series, que a marca holandesa vai trocar o motor Audi por um V8 de origem americana.

    O novo motor será montado no C8 Aileron, que vai substituir o C8 Laviolette na categoria GT2 das 24 Horas de Le Mans e da Le Mans Series. As hipóteses reais são apenas duas: ou um motor da família LS da GM (LS2 com 6000 cc, LS3 com 6200 ou LS7 com 7000) ou o Cammer da Ford Racing Parts, baseado no Ford Modular (5000 cc).AS

  8. #548
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Projectos japoneses na LMS


    A equipa japonesa Kaneko Racing (antiga T2M Motorsport) vai regressar à Le Mans Series em 2009, com três projectos diferentes, um protótipo da categoria LMP1 e dois GT1 de proveniências distintas.

    Nos protótipos, a Kaneko continuará a dar apoio técnico ao projecto conjunto da Universidade de Tokai e da YGK, com um chassis Courage LC70 e um motor V8 turbo baseado numa unidade Nissan. A Tokai planeia participar nos 1000 km de Spa para melhor preparar a sua participação nas 24 Horas de Le Mans.

    Nos GT, a escuderia de Ietoshi Kaneko vai ser responsável pelo Lamborghini Murcielago do Japan Lamborghini Owners Club (JLOC), com um programa completo para Le Mans e a LMS, bem como do Saleen S7-R do Autoracingclub Bratislava, equipa que coloca finalmente em prática o plano de trocar o FIA GT pela LMS.AS

  9. #549
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão BMW anuncia primeira dupla de pilotos para ALMS


    Foram confirmados os nomes da primeira dupla de pilotos que vai pilotar o BMW M3 E92 GT2 na American Le Mans Series, com Bill Auberlen e Joey Hand a juntarem-se à equipa Rahal-Letterman Racing.

    Auberlen e Hand já estiveram presentes em outros projectos da BMW, nomeadamente quando os antigos E46 GTR eram preparados pela Prototype Technology Group. Nos últimos dois anos, mantiveram-se ligados à PTG, mas ao volante de um Panoz.

    O segundo carro vai ser testado esta semana em Sebring e na próxima semana em Road Atlanta por Andy Priaulx, Jörg Müller e Augusto Farfus.

    AS

  10. #550
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Susie Stoddart: "Haverá uma mulher com sucesso na F1"


    Susie Stoddart, piloto da Mercedes-Benz no DTM, acredita que uma mulher será capaz de chegar à Fórmula 1 pelos seus próprios méritos, mas escusou-se a sugerir que possa vir a ser ela, garantindo ainda que mantém a aposta no campeonato alemão de carros de turismo.
    Susie Stoddart: "Haverá uma mulher com sucesso na F1" -

    A jovem piloto escocesa, que em 2008 não logrou alcançar nenhum ponto no DTM, refere que "é um sonho chegar à Fórmula 1", mas garante que "é realista" nesse aspecto e na direcção que a sua carreira irá tomar. Ainda assim, Stoddart acredita que uma mulher irá ter sucesso na modalidade rainha do automobilismo mundial num futuro não muito longínquo.

    "Não uma campeã do mundo, mas haverá uma piloto de sucesso na Fórmula 1. Tenho a certeza disso", reforça a piloto da Mercedes. "É o meu sonho mas sou realista. Primeiro tenho de ter sucesso no DTM e mostrar que mereço uma oportunidade na F1", referindo-se ao caso de Paul di Resta, que esta ano já testou com a McLaren Mercedes na Fórmula 1, falando-se ainda de uma possível ligação à Force India, agora que esta recebe apoio da equipa anglo-germânica.

    Acerca da sua temporada de DTM, Susie Stoddart mostrou-se "satisfeita, mas não totalmente. Melhorei na última temporada com alguns bons resultados na qualificação e algumas boas corridas, mas preciso de maior consistência e rapidez", apontando, desde logo, os objectivos para a temporada 2009.

    "Acumular pontos e bater os meus companheiros de equipa. Eles têm um carro semelhante e as mesmas oportunidades", atirou a jovem piloto, demonstrando ainda que o medo de acidentes não é algo que a acompanhe. "Nunca tenho medo quando estou a competir. Tenho respeito mas o medo abranda-nos", garantiu a jovem de 25 anos de idade.AS

  11. #551
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Optimismo elevado no A1 Team Portugal

    Tem lugar no próximo fim-de-semana na Malásia a terceira ronda do Campeonato A1 GP. Depois da bem sucedida ronda na China, onde o A1 GP Team Portugal, pelas mãos de Filipe Albuquerque, conseguiu a sua primeira vitória de sempre na Taça das Nações, o optimismo de toda a equipa encontra-se em níveis elevados, pelo que os objectivos passam novamente por conseguir garantir em ambas as corridas um lugar no pódio.
    Optimismo elevado no A1 Team Portugal -

    Tarefa que poderá não ser totalmente fácil, uma vez que muitas são as equipas esperançadas em resultados de relevo. Para além disso, o facto de Filipe Albuquerque não conhecer o Circuito de Sepang poderá funcionar como 'handicap': "Normalmente sou rápido na aprendizagem dos circuitos que desconheço. Mas, neste Campeonato o número de pilotos experientes é tal, que o mais ínfimo detalhe pode fazer efectivamente a diferença. Ainda assim, e depois de tudo o que fizemos na China, não temos que temer os adversários, mas assim acreditarmos que estamos na linha da frente para nos debatermos de igual para igual", começou por explicar o jovem piloto português.

    F. Albuquerque: "Níveis de competitividade são muito elevados"

    O grau de competitividade é tal, que as diferenças neste Campeonato provêm essencialmente das capacidades da estrutura técnica e do próprio piloto: "O mínimo erro pode ditar passar de uma vitória para um sétimo lugar, tais são os níveis de competitividade. Penso que cada vez estou mais adaptado ao A1 GP Powered by Ferrari e temos vindo a fazer um óptimo trabalho de evolução do carro, pelo que acredito que vamos estar em Sepang a um bom nível", referiu Filipe Albuquerque.

    Luís Vicente: " Campeonato este ano vai ser muito disputado"

    Em sintonia com o seu piloto, Luís Vicente, CEO do A1 GP Team Portugal, refere: "O Campeonato este ano vai ser muito disputado, havendo oito países que estarão em posição de vencerem em qualquer pista e quatro ou cinco que estarão na frente em algumas das provas. Desde a temporada passada que temos evoluído a um ritmo mais forte que a concorrência, mas é fundamental continuarmos um trabalho de aperfeiçoamento diário, pois ainda não somos a melhor equipa. Somos uma equipa em crescimento e que se habitua a lidar com a responsabilidade de lutar pelas posições cimeiras em todos os momentos", disse.

    A respeito da prova do próximo fim-de-semana, o responsável pela equipa nacional acrescentou: "Acredito que seremos competitivos na Malásia. É importante pontuarmos em ambas as provas dentro do Top-5, para que possamos manter aspirações legítimas na discussão do Campeonato".

    Recorde-se que Portugal ocupa actualmente a sexta posição do Campeonato A1GP com 18 pontos, menos 10 do que o líder da Competição, a Malásia, que correrá perante o seu público este fim-de-semana.

    Tal como vem sendo habitual, poderá acompanhar a participação da equipa nacional na Sport TV nos seguintes horários:

    - Qualificação - Sábado, 22 de Novembro, pelas 10.10h - Sport TV1
    - Corridas - Domingo, 23 de Novembro, pelas 11h - Sport TV2

    AS

  12. #552
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão 34 inscritos na Portugal Winter Series

    A Fórmula Júnior anunciou a lista de inscritos para a Portugal Winter Series, garantindo nada menos que um total de 34 inscritos, incluindo equipas internacionais como a Epsilon, Fortec e Motopark.

    Para a primeira prova, em Jerez, estarão presentes 21 carros, mas no Estoril já deverão estar em pista os 34 inscritos. Além dos pilotos habituais na Fórmula Júnior FR2.0, como Pol Rosell, Gonçalo Araújo e Luís Santos, estão inscritos pilotos como António Félix da Costa, James Calado, Adrian Quaife-Hobbs e Kevin Magnussen.as

  13. #553
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Parada de estrelas na Figueira da Foz

    DE TOMMI MAKINEN A KEKE ROSBERG



    Os finlandeses Tommi Makinen e Juha Kankkunen (ambos com 4 vitórias cada) encabeçam uma lista de 8 campeões do Mundo de ralis que vão estar na Figueira da Foz, no último fim-de-semana de Maio do próximo ano, participando na Master Race International, competição que reunirá quase meia centena de pilotos nacionais e estrangeiros.

    As outras figuras de cartaz são os também finlandeses Markku Allen (5 vezes vencedor do Rali de Portugal), Marcus Gronholm e Ari Vatanen, o alemão Walter Rohrl, o italiano Massimo Biasion e o francês Didier Auriol.

    A estes juntam-se ainda dois antigos pilotos de Fórmula 1: o finlandês Keke Rosberg e o austríaco Gerhard Berger, actual co-proprietário da equipa Toro Rosso.

    A corrida será disputada num espaço de 17 hectares na margem esquerda do rio Mondego (antigas instalações de uma indústria de madeiras), onde será delineada uma pista, maioritariamente em piso de terra, com 1,8 km.

    "Rc"

  14. #554
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão ACO divulga regras para 2009

    O Automobile Club de l'Ouest divulgou os novos regulamentos técnicos para as temporadas de 2009, com alterações que incidem especialmente sobre as categorias de protótipos.
    ACO divulga regras para 2009 -

    Para 2009, os protótipos LMP1 e LMP2 viram a largura máxima das asas reduzida de 2000 para 1600 mm. Em ambas as categorias são agora autorizados motores homologados em GT1 (máximo 7000 cc) e GT2 (máximo 4500 cc), respectivamente.

    São também permitidos LMP2 Diesel, com motores derivados de série e um máximo de 4400 cc. Os restritores de LMP2 viram o seu diâmetro reduzido.

    Quanto aos híbridos, poderão correr em 2009 mas apenas serão considerados em termos de classificação em 2010. Outras novidades dizem respeito à equipa de boxes, que fica reduzida a dois elementos, um para reabastecimento e outro para troca de pneus.

    Nos GT1 e GT2, a única alteração de relevo é a redução dos restritores e uma nova tabela de pesos. Os Aston Martin e Corvette têm de ter mais 25 kg que o peso regulamentar, enquanto o Porsche GT3-RSR pode ter menos 25 kg.AS

  15. #555
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Grandes mudanças em Le Mans para 2011

    O Automobile Club de l'Ouest divulgou os princípios básicos do regulamento que será aplicado nas 24 Horas de Le Mans e na Le Mans Series a partir de 2011, com grandes novidades para as categorias de protótipos.

    Grandes mudanças em Le Mans para 2011 -

    Para 2011, os motores dos protótipos serão bastante reduzidos. Em P1, as cilindradas máximas serão 3,4 litros V8 atmosférico, 2 litros turbo até seis cilindros e 3,7 litros V8 turbo Diesel, com potências na ordem dos 520 cv. Os tanques serão reduzidos para 75 litros a gasolina e 68 nos Diesel.

    Para P2, 4 litros com regulamento GT2, 4,5 litros derivados de série e 4 litros turbo Diesel derivados de série. O peso mínimo será de 900 kg para ambas as categorias e apenas serão permitidos motores não-homologados em P1. Os pneus dos P2 serão mais pequenos (28 mm de diâmetro para 14 de largura, contra 28,5/16 dos P1).

    Poderão ser instalados, sem prejuízo de peso e capacidade dos motores, sistemas de recuperação de energia (travagem e calor do escape), para ser transformada em energia eléctrica e utilizada pelo condutor através de aceleração, sendo proibidos sistemas "push to pass".

    Os regulamentos GT1 e GT2 apenas serão publicados depois da discussão com a FIA sobre os regulamentos específicos do Campeonato FIA GT.AS

Página 37 de 115 Primeiro ... 2736 37 384787 ... Último

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar