Página 38 de 115 Primeiro ... 2837 38 394888 ... Último
  1. #556
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Correr do pano na velocidade nacional


    O Circuito ACDME V, que terá lugar no próximo fim-de-semana, significa o correr do pano sobre a temporada de 20908 das corridas de Velocidade nacionais.

    Mas, na realidade, esta quinta edição anual sob a batuta dos homens da ACDME tem também um cheirinho internacional. Para lá de encerrar o Campeonato de Portugal de Resistência, é também a derradeira jornada dos campeonatos franceses organizados pela VdeV que, tradicionalmente, viajam até à nossa pista no final de Novembro para fechar as contas dos seus dois campeonatos.

    Designadas como Challenge Endurance VHC e Challenge Endurance Moderne, traduzem-se em provas de resistência, com a duração de seis horas - a reservada aos carros mais antigos, na tarde de sábado; a restante, na manhã de domingo. De uma forma geral, estas corridas são uma boa oportunidade para os mais nostálgicos e os amantes dos carros de "Sport" de verem em acção alguns modelos que fizeram história, em provas como as 24 Horas de Le Mans e campeonatos como o Mundial de Sport-Protótipos, nos anos 70 e 80 do século passado.

    Aberta a viaturas GT e Turismo, construídas entre 1 de Janeiro de 1966 e 31 de Dezembro de 1981 e de Sport-Protótipos, entre 1 de Janeiro de 1966 e 31 de Dezembro de 1976, a Challenge Endurance VHC é habitualmente feudo de diversos Porsche 911 2.8 e 3.0 RSR, BMW M1, Lola T70 ou Chevron B16. Por seu lado, a Challenge Endurance Moderne aceita viaturas de Turismo, das categorias GT, Grupo A e N, Super Turismo e Super Produção, bem como Silhuetas e F2000 (estes a convite); e Proto, nas categorias CN até 2000cc, C3 até 1600cc, C1 e C2 - ou seja, as "barchettas" Norma, Juno, Osella, Ligier e Radical, bem como Ferrari F40, Porsche 997 Cup, BMW Z3 ou Silhuetas diversas.

    Horário
    Sexta-feira, 21 de Novembro
    09h00/10h00 - Endurance VHC (Tr. livres)
    10h15/11h15 - Endurance GT/Tur./Proto (Tr. livres)
    11h30/12h15 - Endurance VHC (Tr. livres)
    12h45/13h35 - Camp. Portugal Resist. (Tr. livres)
    13h45/14h30 - Endurance GT/Tur./Proto (Tr. livres)
    14h40/15h25 - Endurance VHC (Tr. livres)
    15h35/16h15 - Camp. Portugal Resist. (Tr. qualificativos)
    16h25/17h10 - Endurance GT/Tur./Proto (Tr. livres)
    17h25/18h40 - Endurance VHC (Tr. qualificativos)

    Sábado, 22 de Novembro
    09h30/11h00 - Endurance GT/Tur./Proto (Tr. qualificativos)
    11h20/12h10 - Camp. Portugal Resist. (Corrida 1 - 50 min.)
    12h45 - Endurance VHC (Corrida - 6 h.)

    Domingo, 23 de Novembro
    09h30 - Endurance GT/Tur./Proto (Corrida - 6 h.)
    16h00 - Camp. Portugal Resist. (Corrida - 50 min.)
    AS

  2. #557
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Caterham voltam em força

    A Lowfly, a entidade por trás da existência do Troféu Caterham desde 2007, está a organizar o retorno da competição já em 2009. A garantia é dada por Ricardo Barros Costa, que ao AutoSport, demarcando-se de qualquer iniciativa assinada por "Pedro Marreiros, Tiago Magalhães ou qualquer outra entidade, que não tenha sido definida por nós", traçou as linhas gerais do projecto: "Aquilo que a Lowfly pretende realizar é o retorno do troféu Academy em 2009, promovendo a entrada dos Caterham com motor Ford Sygma 1600, de 120 cv, um motor mais ágil e com mais torque que o antigo bloco Rover."
    Caterham voltam em força -

    Porém, os carros existentes em Portugal, cerca de 20, não ficarão parados: "Os carros de 2007 transitam em 2009 para a categoria Academy Graduate, recebendo algumas alterações, como o aumento da potência para cerca de 140 cv. É preciso não esquecer que o acordo que nós, Lowfly, fizemos com os pilotos, quando trouxemos o troféu Caterham para Portugal, em 2007, foi garantir-lhes dois anos de corridas. Ora, até agora apenas houve um - pois este ano, por razões técnicas, não houve troféu e, assim, tivemos o cuidado de traduzir, junto desses pilotos, este ano como um ano sabático."

    Nome do organizador por definir

    Por isso, Barros Costa aposta num regresso em força do Troféu por si organizado desde sempre, referindo as estreitas conversações existentes com Chris Foz, responsável, em Inglaterra, pelo Academy Graduate, "que desde sempre se mostrou disponível para correr connosco e que, depois de ter corrido na Boavista em 2007, apenas não esteve em Vila Real, este ano, por coincidência de datas com a prova de Valência." Barros Costa adiantou ainda que "não está designada a entidade que irá organizar o Troféu, pois tudo está dependente das negociações que estamos a ter com diversos patrocinadores potenciais. O troféu de 2009 irá depender dos valores das parcerias finais que fizermos com esses apoiantes, sendo também certo que tudo está bem encaminhado."

    Todavia, embora confessando o seu desejo de ver, em 2009, grelhas de 40 carros (os cerca de 20 já existentes, mais os 20 que poderão vir para Portugal, no âmbito das negociações em curso), Barros Costa garantiu que, "em 2009, todos os carros terão que ser realmente inspeccionados de acordo com o regulamento do troféu, pois só estamos disponíveis para organizar a competição se formos nós a ter total controlo sobre o regulamento, a exemplo do que sucedeu em 2007. Só desta forma, controlando nas verificações técnicas os selos do motor e da caixa de velocidades, por exemplo, podemos dar a garantia de que existirá igualdade entre todos os participantes."

    Marreiros e Magalhães esclarecem

    Entretanto, ainda a propósito da notícia publicada na passada edição do AutoSport, Pedro Marreiros e Tiago Magalhães - esclarecendo que, de facto, não estão por trás no Troféu Caterham - adiantaram mais alguns pormenores sobre o seu projecto de efectuar um Troféu com estes carros ingleses. Denominando esse projecto de Caterham Graduates Cup, os dois pilotos explicam que "o acordo que desenvolvemos foi com a Caterham Graduates e não com a Academy Gradutes", especificando ainda: "Academy é a versão do carro que entrou no Troféu de 2007 e que tem cerca de 120cv. Graduates é a denominação utilizada pelo maior clube organizador e promotor (Caterham Graduates) de corridas com motor Rover, igual ao nosso e que apresenta uma evolução para este motor que atinge os 151 cv. É essa evolução que pretendemos implementar em 2009."

    Hélio Rodrigues

  3. #558
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Criação de uma Taça de Portugal na Velocidade não reune consenso

    Colocado um ponto final na segunda edição do PTCC, a FPAK definiu já o calendário do próximo ano, mesmo se preferiu não atender às pretensões de muitas equipas e pilotos que pediam uma redução do número de provas. Em 2009, serão disputadas seis corridas (duas em Braga, outras duas no Estoril e mais duas em Portimão), a que se juntarão mais duas (na Boavista e em Vila Real) na denominada Taça de Portugal, onde os pilotos poderão ir buscar os seus dois melhores resultados nas quatro corridas citadinas e somá-los aos contabilizados nas seis provas do campeonato.

    Em resumo, haverá seis corridas a contar para o campeonato, podendo os pilotos obter 14 pontuações em vez de 12 se quiserem disputar a Taça.

    Pilotos desagradados

    À definição deste calendário e esquema de pontuações, a maior parte dos pilotos não reagiu bem por considerar que se mantêm os custos elevados, sendo pouco apelativo para quem está a pensar manter-se ou experimentar pela primeira vez o PTCC. Segundo Francisco Carvalho, que congrega a maior parte da opinião dos restantes pilotos inscritos na competição, "faria muito mais sentido termos seis provas com os dois circuitos citadinos contabilizados, de forma a que apenas se repetisse, ao longo do ano, a visita a um dos traçados do campeonato".

    Mas essa não é, efectivamente, a opinião de Luís Pinto de Freitas, presidente da FPAK, para quem "a Federação ainda é constituída maioritariamente por clubes e não por pilotos, pelo que não são estes quem decide quantas vezes vai o PTCC a cada uma das pistas. Assim, o calendário de 2009 terá mesmo seis provas e as duas da Taça nos circuitos citadinos". E para o órgão federativo, este é já "um assunto encerrado!".

    CALENDÁRIO

    Data Prova Local
    28/29 Março Circuito ACDME Estoril
    25/26 Abril Circuito Braga 1 Braga
    16/17 Maio Circuito Algarve 1 Portimão
    13/14 Junho Circuito ACDME 2 Estoril
    12/13 Setembro Circuito Braga 2 Braga
    07/08 Novembro Circuito Algarve 2 Portimão
    Taça de Portugal (PTCC)
    Data Prova Local
    03/05 Julho Circuita Boavista/WTCC Porto
    25/26 Julho Circuito Vila Real Vila Real
    AS

  4. #559
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Taça de Portugal também nos Clássicos

    Para além do calendário do PTCC, a FPAK revelou também o ordenamento de provas para o próximo ano no que concerne ao Campeonato de Portugal de Clássicos - Velocidade e Clássicos 1300. E tal como o principal campeonato, também as duas competições de Clássicos terão seis provas, a que acrescem duas outras que constituirão a Taça de Portugal (Circuito da Boavista e Vila Real).

    Contudo, no que ao campeonato diz respeito, o calendário não acompanha sempre as provas do PTTC, uma vez que os Clássicos irão apenas uma vez ao Autódromo do Algarve e três Ao Circuito de Vasco Sameiro (a última das quais na jornada que integra o ETCC).

    AS

  5. #560
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Armando Parente é o primeiro rookie do ano

    O A1 Team Portugal e a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting acertaram a continuação do projecto FPAK A1 Team Portugal Júnior Team para a temporada 2008/09.

    Assim, ficou a cargo da equipa a escolha dos quatro rookies para esta temporada e as opções já foram feitas: Armando Parente, piloto que este ano conquistou o título da ADAC Fórmula Masters na Alemanha, António Félix da Costa, que foi vice-campeão do Campeonato Norte-Europeu de Fórmula Renault, e Gonçalo Araújo e Bruno Serra, dois pilotos que alinham em Portugal na Fórmula Júnior, sendo neste momento líder e terceiro classificado respectivamente.

    Estes quatro pilotos têm desde já a garantia que estarão presentes pelo menos numa das jornadas do A1 GP, participando nas duas sessões destinadas aos rookies, sendo que o A1 Team Portugal vai ter um destes jovens pilotos em seis dos 10 eventos da época. Assim, Armando Parente terá a honra de abrir as hostilidades já este fim-de-semana em Sepang.

    Como representante em Sepang, Armando Parente estará em pista em duas sessões de 30 minutos na sexta-feira, uma entre as 2h45 e as 3h15 e outra logo a seguir, das 3h35 às 4h05.

    Tal como vem sendo habitual, poderá acompanhar a participação da equipa nacional na Sport TV nos seguintes horários:
    - Qualificação - Sábado, 22 de Novembro, pelas 10.10h - Sport TV1
    - Corridas - Domingo, 23 de Novembro, pelas 11h - Sport TV2
    AS

  6. #561
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão A1 Team Portugal mantém Júnior Team

    Luís Vicente: "Temos o dever de auxiliar o crescimento de uma nova geração de pilotos nacionais"
    A propósito do acordo entre o A1 Team Portugal e a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, relativamente à continuação do projecto FPAK A1 Team Portugal Júnior Team para a temporada 2008/09, Luís Vicente, o responsável máximo do A1 Team Portugal, é de opinião que a equipa que dirige "tem o dever de auxiliar o crescimento de uma nova geração de pilotos nacionais, proporcionando uma valiosa experiência internacional, com um monolugar de elevadas performances, como é o novo A1 GP Powered by Ferrari."
    Luís Vicente: "Temos o dever de auxiliar o crescimento de uma nova geração de pilotos nacionais" -

    A experiência adquirida pelos jovens pilotos aos tomarem contacto com uma competição com o nível do A1GP, deixa-os melhor preparados para o futuro, pelo que isto não é mais que um investimento no futuro:

    "Para nós importante o desenvolvimento de uma nova geração de jovens pilotos, que estejam em posição de no futuro assumirem a representação do país no A1 GP. A experiência que proporcionamos a estes jovens será sem sombra de dúvida relevante, não apenas no que respeita ao tempo de condução que irão usufruir em pista e no simulador do A1GP, mas também através do contacto com uma realidade técnica e profissional bastante mais exigente do que as fórmulas ditas de promoção, pois terão não só acesso a todo o complexo sistema de afinação e desenvolvimento do monolugar nacional como ao acompanhamento constantes do nosso departamento técnico e do nosso director desportivo Pedro Matos Chaves".

    Luís Vicente agradece ainda "o apoio da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, em especial ao seu Presidente, pelo apoio que tem manifestado relativamente a esta nossa iniciativa. Este é o segundo ano de cooperação e a grande novidade este ano, passa pela responsabilização da estrutura desportiva do A1 Team Portugal pela escolha dos 4 pilotos que este ano integrarão o projecto em seis das 10 porvas válidas para o campeonato. Um triunvirato composto pelo nosso Director Desportivo Pedro Matos Chaves, por mim próprio e pelo nosso Engenheiro Chefe Nicola Palarchi, elegeu Armando Parente, recém coroado Campeão da F.ADAC Masters na Alemanha, António Félix da Costa, que este ano brilhou na F.Renault Eurocup e NEC, bem como Gonçalo Araújo e Bruno Serra, protagonistas da F.Júnior Portuguesa e que transitam do passado ano, como os 4 integrantes do FPAK A1 Team Portugal Junior Team para a quarta temporada do Campeonato A1GP. Estou certo que todos eles darão o seu melhor e aproveitarão ao máximo esta oportunidade".


    AS

  7. #562
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Armando Parente estreou-se no A1GP

    Armando Parente realizou hoje a sua estreia no A1GP, ao obter a décima posição na sessão de treinos livres reservada aos rookies no A1GP, no circuito de Sepang. O piloto do A1 Team Portugal conseguiu bater por mais de meio segundo o outro estreante, o italiano Stefano Coletti, que já correu na F3 Euroseries e fez parte do programa júnior da Red Bull.

    Na segunda sessão, já com os pilotos regulares, Filipe Albuquerque foi o sexto mais rápido na pista malaia. O vencedor da corrida chinesa ficou apenas a três décimos do tempo mais rápido de Danny Watts, deixando antever novas perspectivas de novo resultado nos lugares cimeiros. Os dez primeiros estiveram muito aproximados, separados por menos de seis décimos.

    1ª Sessão
    1. Danny Watts Grã-Bretanha 1:51.096
    2. Nicolas Prost França 1:51.764 +0.668
    3. Armaan Ebrahim India 1:52.739 +1.643
    4. Earl Bamber Nova Zelândia 1:52.933 +1.837
    5. Dennis Retera Holanda 1:53.221 +2.125
    6. J.R. Hildebrand USA 1:53.423 +2.327
    7. Aaron Lim Malásia 1:53.589 +2.493
    8. Niall Quinn Irlanda 1:53.676 +2.580
    9. Felipe Guimaraes Brasil 1:54.126 +3.030
    10. Armando Parente Portugal 1:54.236 +3.140
    11. Stefano Coletti Itália 1:54.921 +3.825
    12. Gavin Cronje África do Sul 1:55.043 +3.947
    13. Ashley Walsh Australia 1:55.400 +4.304
    14. Zahir Ali Indonesia 1:56.058 +4.962
    15. Daniel Morad Líbano 2:00.672 +9.576
    16. Jin-Woo Hwangv Coreia do Sul sem tempo
    17. Alexandre Imperatori Suiça sem tempo

    2ª Sessão

    Pos Driver Team Time Gap
    1. Danny Watts Grã-Bretanha 1:50.038
    2. Neel Jani Suiça 1:50.110 +0.072
    3. Narain Karthikeyan India 1:50.187 +0.149
    4. Loic Duval França 1:50.277 +0.239
    5. Jeroen Bleekemolen Holanda 1:50.363 +0.325
    6. Filipe Albuquerque Portugal 1:50.404 +0.366
    7. Adam Carroll Irlanda 1:50.559 +0.521
    8. Earl Bamber Nova Zelândia 1:50.583 +0.545
    9. Clivio Piccione Monaco 1:50.618 +0.580
    10. Fairuz Fauzy Malásia 1:50.620 +0.582
    11. Daniel Morad Líbano 1:50.962 +0.924
    12. Ho-Pin Tung China 1:51.291 +1.253
    13. Marco Andretti USA 1:51.358 +1.320
    14. Adrian Zaugg África do Sul 1:51.439 +1.401
    15. Felipe Guimaraes Brasil 1:51.520 +1.482
    16. John Martin Australia 1:51.642 +1.604
    17. David Garza Mexico 1:51.775 +1.737
    18. Edoardo Piscopo Itália 1:51.954 +1.916
    19. Satrio Hermanto Indonesia 1:52.406 +2.368
    20. Jin-Woo Hwang Coreia do Sul sem tempo

    AS

  8. #563
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão A1 Team Portugal na Malásia

    Filipe Albuquerque: "Estamos no bom caminho e amanhã vamos estar mais competitivos"
    Filipe Albuquerque: "Estamos no bom caminho e amanhã vamos estar mais competitivos" -

    O A1 GP Team Portugal com Filipe Albuquerque rodou hoje pela primeira vez na Malásia. O jovem piloto de Coimbra, rapidamente se adaptou à pista de Sepang conseguindo garantir na primeira sessão de treinos livres o sexto melhor tempo, a apenas 0,366 segundos do piloto Inglês, Danny Watts, que já tinha efectuado a sessão destinada aos rookies.

    Armando Parente, o outro piloto português em acção este fim-de-semana na realização dos treinos para estreantes, teve igualmente um bom desempenho dada a sua inexperiência neste tipo de monolugares, registando o 11º lugar da tabela classificativa.

    Filipe Albuquerque mostrava-se bastante satisfeito com o trabalho desenvolvido ao longo do dia: "Foi um bom treino. Perdi as primeiras voltas na aprendizagem da pista, o que é normal. Depois fui melhorando gradualmente. Estamos muito perto do líder da tabela, mas sabemos que temos ainda muito trabalho a realizar no carro. Encontrámos um compromisso inicial de afinações que resultaram de alguma forma, mas que precisam de ajustes para conseguirmos ser mais rápidos. Acho que estamos no bom caminho e que amanhã vamos estar ainda mais competitivos", disse.

    Pedro Matos Chaves, o Responsável Desportivo do A1 GP Team Portugal considera que o programa estipulado para hoje foi comprido no seu todo, tanto no que diz respeito ao trabalho de Filipe Albuquerque como de Armando Parente: "O Filipe evoluiu o carro de forma a sentir-se confortável nesta pista. Temos ainda algumas alterações que temos de fazer e outras que terão de ser o próprio Filipe a efectuar em pista para ganhar tempo em determinadas curvas. Penso que amanhã essas pequenas lacunas estarão resolvidas. Quando ao Armando Parente desempenhou bem as suas funções e correspondeu bem ao trabalho imposto pela equipa. É um piloto novo e ainda inexperiente mas que esteve à altura das exigências", concluiu.

    Amanhã, realizam-se as duas sessões de qualificação com vista à 'Sprint' e 'Feature' Races que terão transmissão na Sport TV 1 às 10.10h


    AS

  9. #564

    Registo
    Sep 2007
    Posts
    8.174

    Padrão FC Porto em destaque na fase de qualificação da Superleague Fórmula


    O monolugar do FC Porto, que é pilotado pelo francês Tristan Gommerndy, alcançou hoje o terceiro melhor tempo durante a fase de qualificação para a prova de Jerez, da Superleague Fórmula.

    Embora tivesse conquistado o terceiro melhor tempo, o piloto francês do FC Porto não conseguiu atingir o espanhol Adrian Vallés, no monolugar do Liverpool, que alcançou o melhor tempo do dia.



    a bola

  10. #565
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão F.C. Porto parte da segunda linha

    O F.C. Porto perdeu a "meia final" na qualificação de hoje da Superleague Fórmula, com Tristan Gommendy a quedar-se pela terceira posição, partindo assim para a corrida de amanhã na segunda linha da grelha de partida, posição que lhe permite voltar a obter um bom resultado, quicá repetir a vitória de Vallelunga.

    A pole foi alcançada pelo Liverpool, através de Adrian Valles que bateu a AS Roma, de Franck Perera na luta pela pole position, na qualificação de hoje em Jerez de la Frontera.

    Grelha de Partida:

    1. Adrian Valles Liverpool
    2. Franck Perera AS Roma
    3. Tristan Gommendy FC Porto
    4. Andy Soucek Atletico Madrid
    5. Alessandro Pier Guidi Galatasaray
    6. Robert Doornbos AC Milan
    7. Borja Garcia Sevilla FC
    8. Antonio Pizzonia Corinthians
    9. Duncan Tappy Tottenham Hotspur
    10. Maximilian Wissel FC Basel
    11. Ryan Dalziel Rangers
    12. Bertrand Baguette Al Ain
    13. Craig Dolby Anderlecht
    14. Yelmer Buurman PSV Eindhoven
    15. Tuka Rocha Flamengo
    16. Stamatis Katsimis Olympiacos
    17. Davide Rigon Beijing Guoan
    AS

  11. #566
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Filipe Albuquerque: "Estou satisfeito mas sei que poderia ter feito melhor"

    As duas sessões de qualificação realizadas hoje com vista à 'Sprint' e 'Feature Races' do A1GP decorreram em Sepang na Malásia com Filipe Albuquerque a colocar o A1 Team Portugal na quarta e quinta posições respectivamente. Resultados que levam toda a equipa a confiar no alcance dos objectivos inicialmente propostos, de terminar ambas as corridas nos lugares do pódio.

    A primeira sessão de qualificação para a 'Sprint Race' acabaria por resultar num excelente quarto lugar: "Apesar de estar satisfeito com o quarto lugar, sei que poderia ter feito melhor. Houve uma situação de bandeira vermelha e as coisas acabaram por não correr da forma como desejaria. Acabei por não utilizar o 'PowerBoost', o que não aconteceu com os pilotos da frente. Por isso, tenho que estar satisfeito com o resultado final", disse Filipe Albuquerque.

    Para a sessão de qualificação da 'Feature Race', Albuquerque garantiu para o A1 Team Portugal a quinta posição da grelha: "A minha volta não foi perfeita. Cometi um erro no primeiro sector e mesmo tendo utilizado o 'PowerBoost' não consegui fazer melhor. Contudo, como esta será a corrida maior, com paragem nas boxes, o quinto lugar acaba por ser igualmente um bom resultado. Conseguimos evoluir o carro em termos de afinações como prevíamos e ficámos bastante satisfeitos com o desempenho do nosso A1 GP powered by Ferrari com pneus novos. Estamos em condições de lutar por um lugar no pódio em ambas as corridas. Estou bastante optimista", explicou o jovem piloto de Coimbra.

    Pedro Matos Chaves: "Fomos a equipa mais constante em ambas as qualificações"

    Para Pedro Matos Chaves, Director Desportivo da equipa portuguesa: "Fomos sem dúvida a equipa mais constante em ambas as qualificações. O Filipe esteve bem no primeiro treino cronometrado. No segundo, poderia ter feito melhor, talvez tivesse conseguido chegar ao segundo lugar. Amanhã, penso que vamos conseguir um bom desempenho, porém temos igualmente que contar com factores externos, como é o caso da chuva, que se acontecer durante as corridas, pode vir complicar a vida a toda a gente. O mais importante é estarmos todos confiantes", rematou.AS

  12. #567
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Portugal 4º em Sepang


    Filipe Albuquerque terminou a primeira corrida do A1GP na Malásia na quarta posição, embora no final da corrida tenha começado a pressionar os carros da França e da Nova Zelândia.
    Portugal 4º em Sepang -

    Neel Jani dominou a corrida no carro suíço, conquistando a primeira vitória da época, sempre com uma vantagem confortável sobre o resto dos concorrentes.

    Loïc Duval e Earl Bamber completaram o pódio, na França e Nova Zelândia. Bamber completou a sua troca de pneus mais depressa que Duval, mas como ia criando uma situação perigosa, a sua equipa mandou-o deixou passar o piloto francês para evitar uma penalização.

    Atrás de Albuquerque, Adam Carroll aproveitou a troca de pneus para saltar para o quinto lugar, ultrapassando a Holanda e a Itália. A Austrália ficou no último lugar pontuável.

    A prova teve duas partidas, devido a um acidente na primeira volta, causado por Narain Karthikeyan quando travou durante a partida lançada. Sem espaço para travar, Marco Andretti e Felipe Guimarães abalroaram separadamente o carro indiano.

    AS

  13. #568
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Portugal sobe ao pódio na Corrida Feature


    Portugal subiu ao segundo lugar da classificação geral do A1 Grand Prix com o segundo posto na Corrida Feature de Sepang, na Malásia, corrida que foi ganha por Adam Carroll, fazendo da Irlanda a primeira a ganhar duas vezes este ano.
    Portugal sobe ao pódio na Corrida Feature -

    Albuquerque foi autor de um excelente arranque e subiu de quinto para segundo na primeira volta, mantendo-se sempre próximo de Carroll. No entanto, a equipa irlandesa foi mais eficaz nas paragens nas boxes, permitindo a Carroll ganhar terreno. A vitória permitiu à Irlanda assumir o comando do campeonato.

    Marco Andretti conquistou o seu primeiro pódio em representação dos EUA, aproveitando o erro da comunicação da Malásia e através de ultrapassagens à China e Líbano e bom trabalho de boxes. A Austrália também teve um bom trabalho de boxes, permitindo a John Martin recuperar até quarto.

    Adrian Zaugg suportou a pressão do neozelandês Earl Bamber para conquistar o quinto posto para a África do Sul. O Brasil foi oitavo, seguido da Holanda (que levou um "drive through") e da Malásia, que se não fosse o erro podia ter terminado em terceiro.AS

  14. #569
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Gommendy termina em segundo

    O FC Porto voltou a estar em destaque na corrida da Superleague Formula em Jerez, com Tristan Gommendy a levar o monolugar dos azuis-e-brancos até ao segundo posto na primeira corrida, ganha por Robert Doornbos, do AC Milan.
    Gommendy termina em segundo -

    Numa corrida muito emocionante, o Liverpool, com Adrian Valles ao volante, começou na liderança, com o piloto espanhol a distanciar-se de forma gradual de todos os seus adversários. À passagem da quinta volta, já o Liverpool dispunha de quatro segundos de avanço sobre Atlético de Madrid, AS Roma e o FC Porto, que perdeu um lugar em relação à partida.

    Com os reabastecimentos, deu-se o primeiro 'golpe de teatro': o Atlético de Madrid, que ficou na frente após a paragem do Liverpool, começou a forçar o andamento, mas na entrada da via das boxes Andy Soucek deitou tudo a perder com um erro na entrada da via das boxes, fazendo um pião e deixando 'calar' o motor.

    Mas a emoção não terminou aí. Na última volta, Valles, já com uma vantagem de seis segundos sobre Doornbos, abrandou de forma dramática com um problema mecânico, sendo obrigado a deixar passar o Doornbos, Pizzonia e Gommendy. No entanto, e já após a linha de chegada, foi anunciada uma penalização de 30 segundos a Pizzonia, no carro do Corinthians, entregando a segunda posição a Gommendy.

    O título, esse, ficou já entregue ao Beijing Guoan, de Davide Rigon, que apesar de um fim-de-semana muito difícil, conseguiu terminar em nono, garantindo os pontos necessários para celebrar já o título.

    A segunda corrida terá início às 13h com Gommendy a largar do 17º posto.

    "Rc"

  15. #570
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Filipe Albuquerque: "Penso que a partir daqui vamos ser sempre uma das equipas da fre


    O fim-de-semana do A1GP na Malásia teve um desfecho positivo para o A1 Team Portugal, com Filipe Albuquerque a levar o carro português a terminar as duas corridas do dia na quarta e segunda posições respectivamente para a 'Sprint' e 'Feature Races'.
    Filipe Albuquerque: "Penso que a partir daqui vamos ser sempre uma das equipas da frente" -

    Os objectivos para esta jornada foram conquistados, dando a equipa portuguesa um salto em termos de classificação geral. Ocupam agora o segundo lugar da tabela numa posição bastante confortável para discutirem a luta pelo título.

    Filipe Albuquerque partiu para a primeira prova do dia, a 'Sprint Race' da quarta posição da grelha, a mesma em que viria a terminar: "Esta foi uma corrida complicada. Tivemos de efectuar nova partida depois de uma situação de bandeira vermelha, para além de que o 'pit-stop' não foi dos mais rápidos, muito devido ao facto de um dos elementos da equipa estar doente e não ter podido desempenhar a sua função, tendo a equipa de recorrer a uma alternativa que não resultou na perfeição", disse.

    Na 'Feature Race' a história foi bem diferente. Filipe Albuquerque fez um bom arranque passando de quinto para terceiro, para até ao final da primeira volta já estar a ocupar o segundo posto: "Foi uma primeira volta fantástica, com tudo a funcionar na perfeição. Tentei a todo o custo conseguir subir para primeiro lugar, mas infelizmente a equipa irlandesa estava ligeiramente mais rápida que eu, para além de que, uma vez mais, o nosso 'pit-stop' não foi perfeito. A determinada altura percebi que era complicado discutir o primeiro lugar, pelo que optei por garantir a segunda posição, que nos fez subir quatro posições no Campeonato. Penso que daqui em diante vamos ser certamente uma das equipas permanentemente na frente", disse.

    Luís Vicente, CEO do A1 GP Team Portugal não escondia o orgulho na sua equipa e especialmente em Filipe Albuquerque: "O Filipe teve uma frieza notável para conseguir garantir estes dois resultados. Estamos muito satisfeitos com o desenrolar do fim-de-semana. A equipa fez um excelente trabalho e estão todos de parabéns".

    Pedro Matos Chaves, Director Desportivo voltava a reforçar: "Fomos a equipa mais constante ao longo do fim-de-semana, com resultados que nos permitem estar em posição de lutar pelo Campeonato. Esperamos manter a performance ao longo do resto do Campeonato", disse.


    AS

Página 38 de 115 Primeiro ... 2837 38 394888 ... Último

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar