Página 1 de 2 1 2 Último
  1. #1
    TIN
    Visitante

    Padrão Veloce33/Quatro horas morto dentro de ambulância do INEM


    Ambulância de socorro do "112" ficou parada com uma vítima morta no interior durante toda a manhã da passada segunda-feira

    Palavras como "revolta" ou "indignação" são pouco para descrever o sentimento que atingiu uma família de Loureiro, Peso da Régua, depois de um homem de 49 anos ter estado quase quatro horas morto dentro de uma ambulância de socorro do INEM, à porta do posto da GNR daquela cidade.

    Manuel Ferreira, funcionário de escritório, começou a sentir-se mal a meio da noite. O sogro da vítima, Aurélio Cardoso conta "por volta das três e meia da manhã, o meu genro queixava-se de dores no braço esquerdo e no peito. Como a minha filha se apercebeu que não lhe passava e estava cada vez pior, ligou para o 112. Veio a ambulância do INEM, que pertence aos bombeiros da Régua, mas depois mandaram parar a ambulância e esperar pela VMER. Esteve assim quase uma hora e morreu". Aurélio Cardoso não sabia, no entanto que o "pior ainda estava para vir. Mandaram esperar a ambulância no posto da GNR, esteve lá desde por volta das oito da manhã até depois das 11 e meia, morto, ao calor e a minha filha e o meu neto mais velho a serem interrogados como se fossem alguns criminosos. Não têm consideração nem pelos mortos nem pelas famílias que estão a sofrer", desabafou.

    José Costa, presidente da junta de freguesia de Loureiro e amigo da vítima não se conforma "era jovem, trabalhador, bom chefe de família. Vivia a sete minutos do Hospital da Régua, podia estar vivo se não tivessem fechado as Urgências. Mandaram os bombeiros esperar pela VMER à entrada do túnel da A24. Esperaram lá quase uma hora", refere. Manuel Ferreira esteve dentro da ambulância entre as oito horas e as 11:45 horas, conforme confirmaram ao JN, fontes dos bombeiros e da GNR. Ao que apurámos foi o tempo necessário para o delegado de saúde confirmar o óbito e o Ministério Público se decidir pela realização da autópsia. Depois o corpo foi transferido para outra viatura e transportado para o Instituto de Medicina Legal de Vila Real, libertando a ambulância em causa para outros eventuais serviços.

    O JN tentou obter esclarecimentos sobre este assunto junto do INEM e também no Ministério da Saúde, mas tal não foi possível até à hora do fecho desta edição. O INEM acabou por remeter explicações para o dia de hoje.

    Jornal Noticias

  2. #2
    Avatar de C.S.I.
    Registo
    Sep 2006
    Posts
    6.031
    Citação Postado originalmente por TIN Ver Post

    Ambulância de socorro do "112" ficou parada com uma vítima morta no interior durante toda a manhã da passada segunda-feira

    Palavras como "revolta" ou "indignação" são pouco para descrever o sentimento que atingiu uma família de Loureiro, Peso da Régua, depois de um homem de 49 anos ter estado quase quatro horas morto dentro de uma ambulância de socorro do INEM, à porta do posto da GNR daquela cidade.

    Manuel Ferreira, funcionário de escritório, começou a sentir-se mal a meio da noite. O sogro da vítima, Aurélio Cardoso conta "por volta das três e meia da manhã, o meu genro queixava-se de dores no braço esquerdo e no peito. Como a minha filha se apercebeu que não lhe passava e estava cada vez pior, ligou para o 112. Veio a ambulância do INEM, que pertence aos bombeiros da Régua, mas depois mandaram parar a ambulância e esperar pela VMER. Esteve assim quase uma hora e morreu". Aurélio Cardoso não sabia, no entanto que o "pior ainda estava para vir. Mandaram esperar a ambulância no posto da GNR, esteve lá desde por volta das oito da manhã até depois das 11 e meia, morto, ao calor e a minha filha e o meu neto mais velho a serem interrogados como se fossem alguns criminosos. Não têm consideração nem pelos mortos nem pelas famílias que estão a sofrer", desabafou.

    José Costa, presidente da junta de freguesia de Loureiro e amigo da vítima não se conforma "era jovem, trabalhador, bom chefe de família. Vivia a sete minutos do Hospital da Régua, podia estar vivo se não tivessem fechado as Urgências. Mandaram os bombeiros esperar pela VMER à entrada do túnel da A24. Esperaram lá quase uma hora", refere. Manuel Ferreira esteve dentro da ambulância entre as oito horas e as 11:45 horas, conforme confirmaram ao JN, fontes dos bombeiros e da GNR. Ao que apurámos foi o tempo necessário para o delegado de saúde confirmar o óbito e o Ministério Público se decidir pela realização da autópsia. Depois o corpo foi transferido para outra viatura e transportado para o Instituto de Medicina Legal de Vila Real, libertando a ambulância em causa para outros eventuais serviços.

    O JN tentou obter esclarecimentos sobre este assunto junto do INEM e também no Ministério da Saúde, mas tal não foi possível até à hora do fecho desta edição. O INEM acabou por remeter explicações para o dia de hoje.

    Jornal Noticias
    Que tristeza. Não tenho palavras.

  3. #3
    Avatar de AAJ
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    60
    Posts
    23.425
    Acabando de ler esta notícia cada vez mais vejo a forma como os nossos políticos tratam do povo que os lá meteram no tacho.
    É uma vergonha

    Sócrates tem vergonha, vai embora e deixa o povo em paz

  4. #4
    Avatar de luisoliveira
    Registo
    Sep 2006
    Posts
    3
    Amigos esta noticia e por todas as coincidências com o seu avatar tem relacionamento com o nosso amigo veloce33.

    Para quem conhece a Régua e a foto do seu avatar tirada da localidade de Loureiro que pertence á Régua tudo me leva a querer que de facto estamos parente este facto do desaparecimento do amigo veloce33 ( Manuel Ferreira )
    não tenho duvidas que esta noticia está relacionada com ele .

    Eu sabia que ele era daquela zona mas esta noticia tirou-me as duvidas e de facto isto é o que se passou.

    Lamento e fico chocado por aquilo que teve que passar para ser socorrido isto cada vez mais estamos a ficar a merece de ter ou não urgências abertas para salvar as nossas vidas.

    http://www.gforum.tv/board/20/198739...-palavras.html

  5. #5
    Avatar de xicca
    Registo
    Apr 2008
    Idade
    37
    Posts
    3.080
    Palavras para quê!! Aos olhos dos politicos, amigo AAJ, este será apenas mais um "figurante"!

  6. #6
    Avatar de somaisum
    Registo
    Jun 2007
    Idade
    47
    Posts
    7.833
    Citação Postado originalmente por TIN Ver Post

    Ambulância de socorro do "112" ficou parada com uma vítima morta no interior durante toda a manhã da passada segunda-feira

    Palavras como "revolta" ou "indignação" são pouco para descrever o sentimento que atingiu uma família de Loureiro, Peso da Régua, depois de um homem de 49 anos ter estado quase quatro horas morto dentro de uma ambulância de socorro do INEM, à porta do posto da GNR daquela cidade.

    Manuel Ferreira, funcionário de escritório, começou a sentir-se mal a meio da noite. O sogro da vítima, Aurélio Cardoso conta "por volta das três e meia da manhã, o meu genro queixava-se de dores no braço esquerdo e no peito. Como a minha filha se apercebeu que não lhe passava e estava cada vez pior, ligou para o 112. Veio a ambulância do INEM, que pertence aos bombeiros da Régua, mas depois mandaram parar a ambulância e esperar pela VMER. Esteve assim quase uma hora e morreu". Aurélio Cardoso não sabia, no entanto que o "pior ainda estava para vir. Mandaram esperar a ambulância no posto da GNR, esteve lá desde por volta das oito da manhã até depois das 11 e meia, morto, ao calor e a minha filha e o meu neto mais velho a serem interrogados como se fossem alguns criminosos. Não têm consideração nem pelos mortos nem pelas famílias que estão a sofrer", desabafou.

    José Costa, presidente da junta de freguesia de Loureiro e amigo da vítima não se conforma "era jovem, trabalhador, bom chefe de família. Vivia a sete minutos do Hospital da Régua, podia estar vivo se não tivessem fechado as Urgências. Mandaram os bombeiros esperar pela VMER à entrada do túnel da A24. Esperaram lá quase uma hora", refere. Manuel Ferreira esteve dentro da ambulância entre as oito horas e as 11:45 horas, conforme confirmaram ao JN, fontes dos bombeiros e da GNR. Ao que apurámos foi o tempo necessário para o delegado de saúde confirmar o óbito e o Ministério Público se decidir pela realização da autópsia. Depois o corpo foi transferido para outra viatura e transportado para o Instituto de Medicina Legal de Vila Real, libertando a ambulância em causa para outros eventuais serviços.

    O JN tentou obter esclarecimentos sobre este assunto junto do INEM e também no Ministério da Saúde, mas tal não foi possível até à hora do fecho desta edição. O INEM acabou por remeter explicações para o dia de hoje.

    Jornal Noticias
    É uma vergonha, e é com enorme tristeza que se lê esta noticia.


    Os arquivos aqui publicados para download encontram-se na Internet, nós apenas mostramos o caminho.
    O mau uso destes arquivos por parte do usuário, sejam eles de áudio ou vídeo não são da nossa responsabilidade

  7. #7
    TIN
    Visitante
    Citação Postado originalmente por amarelinho Ver Post
    Amigos esta noticia e por todas as coincidências com o seu avatar tem relacionamento com o nosso amigo veloce33.

    Para quem conhece a Régua e a foto do seu avatar tirada da localidade de Loureiro que pertence á Régua tudo me leva a querer que de facto estamos parente este facto do desaparecimento do amigo veloce33 ( Manuel Ferreira )
    não tenho duvidas que esta noticia está relacionada com ele .

    Eu sabia que ele era daquela zona mas esta noticia tirou-me as duvidas e de facto isto é o que se passou.

    Lamento e fico chocado por aquilo que teve que passar para ser socorrido isto cada vez mais estamos a ficar a merece de ter ou não urgências abertas para salvar as nossas vidas.

    http://www.gforum.tv/board/20/198739...-palavras.html
    Exactamente!
    Eu não quis mencionar de inicio esta notícia mas já que o nosso Administrador amarelinho o fez tenho que subscrever o que aqui está dito.
    Portugal, para onde caminhas?
    Assim não , definitivamente os politicos tem de reflectir mais no que toca à Saúde e Educação!
    Meninos (politicos) levantem os rabos dessas cadeiras e pensem que nem todos tem acesso a um sistema de saúde privado!
    Abraço.
    TIN.

  8. #8
    Avatar de JackWise
    Registo
    Sep 2006
    Posts
    5.490
    Citação Postado originalmente por AAJ Ver Post
    Acabando de ler esta notícia cada vez mais vejo a forma como os nossos políticos tratam do povo que os lá meteram no tacho.
    É uma vergonha

    Sócrates tem vergonha, vai embora e deixa o povo em paz

    Não concordo.

    Isto nada tem a ver com politica.

    Então o homem sente-se mal e a anbulância do Inem não lhe presta socorro e fica a aguardar a chegada da ambulnacia da VMER ????
    O que tem isto de politica ?
    Isto é mais um mau serviço do Inem.
    Não podemos culpar os politicos porque chove, e porque não chove.

  9. #9
    Avatar de xpt0
    Registo
    Sep 2006
    Posts
    2.410
    isto é incrivel meus amigos

    estes politicos de meis tigela tratam o ze povo como se fossem os pretos da guiné.....




    Sócrates.............

    Todos os Ficheiros e Informações por mim postadas, destinam-se única e exclusivamente para fins de investigação satélite. A visualização de canais TV sem uma Assinatura Válida, é estritamente proibida, e punível por lei.

    O FABRICO, VENDA E DETENÇÃO DE EQUIPAMENTOS ILÍCITOS DE DESCODIFICAÇÃO DE SINAL DE TELEVISÃO, É UM CRIME PUNIDO POR LEI COM PENA DE PRISÃO ATÉ 3 ANOS.



  10. #10
    Avatar de Amoom
    Registo
    Feb 2008
    Posts
    5.078
    ..em quase todas as instituições neste pais, as direcções sao nomeações politicas! por isso... SIM!!! esses PARASITAS!!! sao responsáveis!!! pela morte do companheiro Veloce33 e de muitos outros!!!


    Amoom
    Última edição por Amoom; 23-04-2008 às 19:47.

  11. #11
    Avatar de salivam
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    58
    Posts
    97
    É uma vergonha o que aconteceu ao nosso amigo veloce 33, mas isto acontece todos os dias só que na maioria dos casos não se sabe, para quê pagar tantos impostos, tanta segurança social, para no fundo sermos uns Zés ninguém.
    É um horror no século que estamos, pararem uma ambulância num determinado local á espera para matar uma pessoa, dizendo que estão á espera de um transbordo
    Não podemos tolerar isto, se fosse um politico, uma pessoa muito importante um corrupto reconhecido neste pais, até certamente se paralisava o pais para a socorrer, mas como era uma pessoa humilde trabalhadora que pagava os seus impostos, que se sentia um honrado Português, foi tratado como se fosse " um cão" peço desculpa pela minha expressão mas a revolta é dura neste pais de cada vez mais covardes, nós os pobres pagamos, vós os ricos e corruptos usais o nosso suor.
    É uma vergonha o Portugal que temos
    Tenho filhos a estudar tenho pena que eles estejam a entrar no Lumiar dos escravos
    Não digo mais doe-me o coração, não posso tolerar isto, esta vergonha, é este o certificado de qualidade que Portugal apresenta á união europeia.
    É com muita mas muita dor que digo isto, estar na CEE é para as outras nações.
    CEE em Portugal só para conveniências dos poderosos á custas dos pelintras.
    Um abraço para todos os meus amigos deste fórum
    salivam

  12. #12
    Avatar de meditas
    Registo
    Jan 2008
    Posts
    3.773
    pois é... infelizmente é o pais que temos....
    isto tem de haver uma revolução pra ver se esta vergonha de pais muda!

    cumps

  13. #13
    Claro que isto é resultado das politicas deste “des”governo !
    Quem é que tem mandado fechar as urgências e os hospitais ( subestituindo hospitais por ambulancias) ?
    Quem tem a tutela do INEM dotando-o de meios e nomeando os seus gestores ?
    Quem é responsavel pela politica de saude do pais ?
    Quem é que se tem maribando para as populações que residem no interior do pais?
    Resposta : Este “des”governo

  14. #14

    Registo
    Jan 2008
    Idade
    54
    Posts
    1.436
    pois é meus amigos, investir na saude nao é preçiso?
    entao é nisto!


    Dois milhões de euros foi quanto custou ao Governo a participação do piloto Tiago Monteiro na Fórmula 1. A falta de alguns dos patrocinadores que iriam suportar a participação do piloto nos Campeonatos do Mundo de 2005 e 2006 obrigou o Estado a disponibilizar o montante em falta, face aos compromissos assumidos pelos executivos de Santana Lopes e José Sócrates junto da Jordan (hoje Midland). O Governo de Sócrates responsabiliza o de Santana Lopes pelas promessas de "apoio incondicional" feitas ao desportista, mas Edmar Monteiro, pai e representante do piloto, afirma que todos os documentos de garantia foram assinados livremente pelos actuais responsáveis

    ISTO É´UMA VERGONHA..........
    Última edição por FIGO; 26-04-2008 às 16:38.

  15. #15
    Avatar de Amoom
    Registo
    Feb 2008
    Posts
    5.078
    ..eu continuo a dizer que esses F..... D. P... "politicos" estão a gozar com a nossa cara... chegou a hora! de começar a fazer uma limpeza... 10_1_132

    Amoom

Página 1 de 2 1 2 Último

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar