Página 11 de 92 Primeiro ... 10 11 122161 ... Último
  1. #151
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Troféu Fastbravo para Óscar Coelho


    Depois de um terceiro e um segundo lugares, Óscar Coelho conseguiu agora levar a melhor no Troféu Fastbravo, numa prova em que liderou da primeira à última classificativa. Depois de arriscar um pouco na primeira secção, ganhou alguma margem para gerir na segunda secção.

    O estreante Luís Campos terminou no segundo lugar e ainda tentou a vitória, mas um problema no escape quebrou a sua intenção, perdendo por cerca de seis segundos. Fábio Ribeiro fechou as presenças no pódio, depois de Bruno Sá ter ficado pelo caminho mesmo na última classificativa.AS

  2. #152
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Recorde de inscritos e de receita em Cerveira


    A jornada do Targa Clube, do Open de ralis, disputada no Alto Minho, apresentou a maior lista de inscritos até ao momento em ralis pontuáveis para o Campeonato Open. Já por algumas vezes, em outras etapas, a lista ultrapassou as sete dezenas, mas agora esse número foi superado, chegando aos 80.

    Curiosamente, o Rali Torrié, que o Targa organiza para o principal campeonato de ralis, registou apenas 27 pilotos à partida, ou seja, cerca de um terço dos de Cerveira. Considerando que no Open os concorrentes pagam cerca de metade da inscrição, o clube portuense encaixou agora mais 50 por cento nas inscrições que na prova de Março.AS

  3. #153
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Ove Andersson morreu num rali na África do Sul


    Ove Andersson morreu hoje, durante uma prova de ralis disputada na África do Sul. O sueco, que durante mais de 30 anos liderou a divisão europeia da Toyota Motorsport, estava ao volante de um carro que chocou de frente contra um camião, numa etapa do Milligan Rally, uma prova reservada a automóveis clássicos.

    Tinha 70 anos e foi um dos mais respeitados pilotos dos anos 60 e 70, tendo ganho ralis como o Monte Carlo, a Acrópole, o San Remo e os Alpes Austríacos, antes do Mundial da especialidade ter sido instituído. A sua única vitória neste campeonato foi no Safari, em 1975.AS

  4. #154
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Subaru não deverá converter o WRC num S2000


    Nenhuma decisão foi ainda tomada pela Subaru quanto ao futuro, que é como quem diz, no momento em que a FIA decidir "cortar as asas" aos actuais WRC, lá mais para 2011. Por isso, uma pergunta se impunha: Será possível transformar o actual S14 num Super 2000+?

    Em resposta, Lapworth esclarece que "seria preciso analisar ao pormenor tudo aquilo que poderia ser transformado ou aproveitado. Mas a verdade é que a política que esteve na base da construção deste carro sempre foi a de fazer o melhor WRC possível". No desenho do carro, por exemplo, podemos dizer que tínhamos um dos olhos nas novas regras, mas não os dois". Ao contrário do Suzuki SX4, cuja versão WRC inspirará o futuro S2000 da marca, a conversão do Impreza será, por isso, bem mais difícil de se concretizar.AS

  5. #155
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Markko Martin não quer regressar aos ralis


    David Richards disse há algum tempo atrás que Markko Martin teria um Subaru Impreza WRC 2008 à dua disposição quando o piloto estónio o entendesse para realizar uma qualquer prova do Mundial de Ralis, uma situação que continua em aberto.

    Contudo, o regresso em "full-time" é "coisa" que o estónio não deverá fazer, pelo menos se mantiver a opinião que tem actualmente relativa ao seu futuro. Colocámos a questão a Martin Holmes, que falou com Markko Martin:

    "Eu perguntei-lho na Grécia e ele disse-me que não ia voltar porque tinha mudado de vida e estava muito ocupado com negócios e outros projectos. Ele disse que a condução em ralis era o que faria até aos 30 e que agora já tem 32."

    "Tive o prazer de lidar com ele durante muitos anos e uma coisa posso garantir. Quando ele mete uma coisa na cabeça, leva-a até ao fim. Portanto, a decisão está tomada. Só o acidente com o Michael Park lhe trouxe dúvidas sobre o que fazer à sua vida, tal como pode imaginar."

    "Se tivesse abandonado logo a seguir ao acidente pareceria que o fez por razões emocionais, em vez de uma decisão que já estava tomada. Por isso é que o viu a correr em Portugal. De facto, ele já se tinha decidido retirar no final da época".

    AS

  6. #156
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão "O carro não é ainda especialmente competitivo"


    Depois do segundo lugar de Petter Solberg na Grécia, uma das grandes questões que se colocam, tendo em conta a prova do próximo fim-de-semana na Turquia, tem a ver com o que se pode esperar do novo Subaru Impreza WRC. Sem grande preocupações tácticas, e tendo que evoluir o carro, fomos saber junto dos homens da Subaru o segundo lugar do Petter Solberg na Grécia se deveu às reais capacidades do novo carro ou aos azares dos outros pilotos, que foram deixando o caminho aberto à boa classificação do norueguês.

    "O Petter Solberg continua a ser piloto muito especial, quaisquer que tivessem sido as dificuldades que tenha encontrado nos Impreza S12 e S12B. O S14 esteve longe de estar ainda competitivo já que o seu único melhor tempo foi feito pelo Atkinson para tentar ganhar o prémio Colin McRae no 14º troço e depois saiu de estrada."


    "Por aí se pode ver que o carro não é ainda especialmente competitivo. De resto, o Petter disse o carro tinha um "grande potencial", o que significa querer dizer que pode ser bom no futuro, mas ainda não o é no momento!!! No final do primeiro dia, Petter estava em terceiro e o único piloto à sua frente que poderia bater, em condições normais, teria sido Sordo. Quanto à sua condução, só há um facto que terá que melhorar face a Atkinson: desgasta mais os pneus".

    Martin Holmes

  7. #157
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rali da Turquia encerra primeira metade do campeonato

    Equilíbrio de forças

    O Rali da Turquia regressa à cena do Mundial após um ano de interregno, motivado pela rotatividade do calendário.

    Os organizadores conseguiram fazer valer os seus argumentos para recolocar a prova no Mundial, apesar do escasso número de aficionados em contraposição ao entusiasmo dos pilotos locais que preenchem 20 por cento da lista de inscritos.

    A oitava prova do calendário (que o divide também ao meio) será disputada sob o estigma da extrema dureza, onde o equilíbrio entre a rapidez, a poupança da mecânica e a sorte de não furar será meio caminho andado para a vitória. Sébastien Loeb parte à frente na teoria das probabilidades, mas Mikko Hirvonen, Jari-Matti Latvala, Daniel Sordo e agora também os dois pilotos da Subaru, Petter Solberg e Chris Atkinson partem determinados a virar o "jogo".

    Pontos a reter

    - Agora no comando, Loeb passará por dificuldades ao abrir a estrada no primeiro dia, mas não terminar a primeira "etapa" à frente pode ser vantajoso. O único piloto que já venceu na Turquia parte à procura do terceiro triunfo numa prova onde a Citroën venceu três vezes e a Ford apenas uma.

    - Acabaram-se as benesses para Hirvonen que terá que jogar ao ataque e poderá tirar partido de, pela primeira vez desde há três ralis, não "limpar" a estrada. Contudo, terá que contar com a rapidez do seu compatriota Latvala, e só em caso de igualdade poderá ser beneficiado pela equipa pelo facto de estar na corrida ao título.

    - Após uma surpreendente competitividade na estreia, os novos Subaru Impreza de Solberg e Atkinson podem voltar a imiscuir-se na luta pelas posições do pódio.

    - Apostado em vingar o azar dos últimos ralis parte Sordo, ainda e sempre à procura do seu primeiro triunfo. Mais maduro nos ralis de terra, o espanhol não poderá cometer erros para não prejudicar a sua equipa ao nível das Marcas.

    - Paralelamente ao WRC, disputa-se o PWRC, onde Aigner parte como favorito e pretende manter a liderança da competição. Com a ausência de Haninnen e Ketomaa e Al-Attiyah, Bernardo Sousa e Armindo Araújo podem aspirar ao pódio e talvez até à vitória. Arai, Prokop, Baldacci e Sandell podem também ter uma palavra a dizer.

    AS

  8. #158
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Piloto da Mitsubishi à procura da vitória

    Armindo Araújo: "No PWRC não há lugares cativos"

    Apesar de ser a única prova das que este ano nomeou que não conhece, Armindo Araújo, acompanhado de Miguel Ramalho, parte para a Turquia esperançado num bom resultado.

    O pódio conquistado em solo grego serviu para aumentar a motivação do piloto da Mitsubishi que, no entanto, espera tudo menos facilidades na quarta ronda do Mundial de Produção:

    "Depois da Grécia, esta prova será mais do mesmo: ou seja, um rali extremamente duro, onde será fundamental poupar a mecânica e onde vamos tentar imprimir a mesma velocidade que no último rali, mas atrair menos problemas".

    Para isso, Armindo espera poder contar com a colaboração do Mitsubishi Lancer Evo 9 preparado em Itália, num campeonato onde, na sua opinião, "já ficou provado que tanto se pode estar a lutar pela vitória, como, de um momento para o outro, se estar em 10º lugar fruto de um qualquer problema mecânico, o que significa que no PWRC, definitivamente, não há lugares cativos, nem é fácil fazer previsões correctas quanto a classificações". A única certeza é que o piloto de Santo Tirso, tal como todos os outros, dará o seu melhor. AS

  9. #159
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Bernardo Sousa: "Continuo sem pressão de obter resultados"


    Após o excelente segundo lugar conquistado em Acrópole, Bernardo Sousa e Jorge Carvalho partem para a quarta ronda do PWRC de cabeça erguida, mas com os pés bem assentes na terra.

    Numa prova que poderá revelar-se tão dura e exigente como o rali grego onde alcançaram o segundo lugar, o piloto considera que "o objectivo continua a ser terminar a prova para fazer quilómetros sem qualquer pressão de resultados. Esta será novamente uma prova tipo "resistência", onde só atacaremos onde o piso estiver melhor e jogaremos à defesa quando estiver mais deteriorado".

    Mas será que é possível repetir o segundo lugar? "Impossível não é, mas certamente será muito difícil e se tiver que apontar para um resultado prefiro fazê-lo para a conquista de mais alguns pontos já que nesta prova alguns dos pilotos mais experientes e que ainda ambicionam chegar ao título quererão pontuar a todo o custo", revela o piloto madeirense que voltará a alinhar no segundo Mitsubishi Lancer Evo 9 da equipa BRR. AS

  10. #160
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rali da Turquia: 1ª PE

    Sébastien Loeb mais rápido na Super Especial

    Sebastien Loeb foi o mais rápido na Super Especial de abertura do do Rali da Turquia, nona prova do Campeonato do Mundo de Ralis. O francês lidera a classificação provisória com uma vantagem de 0,7s para Petter Solberg, enquanto que o finlandês Mikko Hirvonen ocupa a terceira posição da geral.

    Jari-Matti Latvala foi o quarto mais rápido, a 2,3s, seguido por Dani Sordo e Chris Atkinson. A fechar o "top ten" Federico Villagra, Andreas Mikkelson e Gigi Galli.

    Entre os portugueses, Armindo Araújo foi o mais rápido ao efectuar o 18º tempo, e sétimo no PWRC, a 6,7s de Sebastien Loeb. Bernardo Sousa foi 23º a 8,9 do líder da geral.AS

  11. #161
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Bruno Magalhães "sem" navegador


    Mário Castro suspenso preventivamente pela FPAK

    O Conselho Disciplinar da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, decidiu instaurar um Processo Disciplinar e suspender preventivamente Mário Castro, navegador de Bruno Magalhães, for "factos" verificados no decorrer do Rali do Porto.

    Estes "factos", sabe o AutoSport, têm a ver com uma análise positiva num controlo anti-doping. Mário Castro terá agora possibilidade de se defender nas instâncias competentes. Ao que parece, um simples remédio contra a queda de cabelo poderá ter estado na origem deste problema.AS

  12. #162
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rali da Turquia: Após PE 4

    Quatro Ford na frente
    No final da primeira passagem pelos troços da manhã a Ford domina o Rali da Turquia ao colocar quatro carros nos primeiros quatro lugares da classificação geral.

    Mikko Hirvonen lidera com uma vantagem de 6.9s sobre o seu companheiro na equipa oficial da Ford, Jari Mari Latvala, embora tudo esteja ainda muito equilibrado, já que o sexto classificado, Dani Sordo, está somente a 11.2s do líder.

    Loeb apenas quinto

    Entre eles estão Gigi Galli a 8.1s de Hirvonen, na quarta posição está Henning Solberg, a 8.4s, enquanto o líder do Mundial, Sebastien Loeb, surge somente na quinta posição devido a ser o primeiro na estrada, facto que o tem impedido de conseguir melhores registos, sendo que o único problema que não tem, quando comparado com os seus adversários, é o pó.

    Significa isto dizer que apesar do muito pó que cobre a estrada após a passagem de cada concorrente e a estrada em si, muito difícil para quem passa nos primeiros lugares, as diferenças não têm sido muito significativas, o que resulta num grande equilíbrio de forças, que bem se poderá desfazer na segunda passagem.

    Depois da Super-Especial de ontem, o rali foi hoje para a estrada com uma surpresa, já que Urmo Aava venceu a abrir. Fabuloso registo de Andreas Mikkelsen que saltou para a segunda posição de geral, numa especial em que Latvala furava e perdia 30 segundos.

    Latvala "salta" de 14º...para terceiro

    No troço seguinte o finlandês reagiu à adversidade de "deu" 15 segundos a toda a gente e saltou de 14º para...3º. O estónio Urmo Aava abandonou com problemas na suspensão do C4 WRC, e Gigi Galli teve problemas com um amortecedor do Focus. Na derradeira especial antes da passagem pelo aprque de assitência, Latavala ganhou mais alguns segundos ao seu companheiro de equipa.

    Na Subaru, muitas cautelas por parte dos dois pilotos, com Petter Solberg a ser apenas sétimo, enquanto Chris Atkinson encerra o top 10, já a 36.6s do líder.

    PWRC: Portugueses discretos

    No PWRC, os dois portugueses estão a utilizar, para já, a mesma táctica da Grécia, que passa por resistir, fugir às armadilhas e assim ir esperando que os adversários vão caindo. Para já, isso ainda não sucedeu o que resulta uma 10º lugar para Bernardo Sousa a 50.1 de Uwe Nittel, o líder, enquanto Armindo Araújo é 11º, a 1m13s do alemão da Mitsubishi.

    Classificação após PE 4.

    1º Mikko HIRVONEN 47m29.6
    2º Jari Matti LATVALA a 6.9
    3º Gigi GALLI a 8.1
    4º Henning SOLBERG a 8.4
    5º Sebastien LOEB a 10.2
    6º Dani SORDO a 11.2
    7º Petter SOLBERG a 24.4
    8º Matthew WILSON a 27.7
    9º Per GUNNAR ANDERSSON a 35.9
    10º Chris ATKINSON a 36.1
    11º Andreas MIKKELSEN a 37.2
    12º Conrad RAUTENBACH a 1m16.2
    13º Toni GARDEMEISTER a 1m25.1
    14º Federico VILLAGRA a 1m40.0
    AS

  13. #163
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Loeb com liderança forçada

    Sébastien Loeb terminou o primeiro dia do Rali da Turquia na liderança depois de, ao que tudo indica, a equipa BP Ford Abu Dabhi ter voltado a jogar estrategicamente e a fazer com que Mikko Hirvonen e Jari-Matti Latvala perdessem tempo na última especial por forma a não terem que "limpar" a estrada na etapa de amanhã.

    Depois de nunca ter conseguido melhor que a terceira posição ao longo das nove provas especiais que compuseram a "etapa", Loeb caiu na "ratoeira" preparada pela equipa Ford ganhando no último troço 14,2s a Latvala e 22s a Hirvonen, assumindo a liderança forçadamente até porque, ao ser hoje o primeiro na estrada, ficou impossibilitado de gerir os tempos intermédios dos seus adversários e, por consequência, responder ao golpe de teatro planeado por Malcolm Wilson.

    Até à derradeira classificativa, a Ford chegou a ter quatro carros nas quatro primeiras posições (da quarta à sexta especial), com Mikko Hirvonen a comandar o "barco" da segunda à quinta especial, perdendo no sexto troço a liderança para Latvala, recuperando-a depois na sétima especial e mantendo-a até à penúltima especial, altura em que a estratégia falou mais alto. Só que, nessa altura, nem tudo correu bem ao finlandês que, falhou os cálculos (ou fê-lo de forma propositada), caindo para quinto!
    Quem agradeceu (pelo menos hoje) foi Henning Solberg que assim ascendeu à segunda posição, enquanto Latvala é agora terceiro e Giggi Galli terminou o dia em quarto. Mas a verdade que com os planos estratégicos a vingarem, os quatro primeiros terminaram dia separados 6,9s e amanhã tudo poderá acontecer!

    Sem nunca ter conseguido acompanhar sobretudo o andamento dos Ford Focus, Petter Solberg foi o melhor representante da Subaru com o novo Impreza que Chris Atkinson já não conseguiu levar até ao final da "etapa". O quinto lugar de Solberg está, no entanto, sob ameaça de Matthew Wilson que não teve problemas a colocar-se à frente de Dani Sordo quando o espanhol da Citroen se atrasou.

    Federico Villagra no Focus da Munchi's e Toni Gardemeister fecharam o "top ten", num dia onde Urmo Aava venceu uma segunda especial e o Suzuki SX4 de Per-Gunnar Andersson conseguiu um quarto lugar na penúltima especial. De resto, a primeira "etapa" teve cinco vencedores de especiais diferentes e viu a liderança mudar cinco vezes de mãos!

    Filipe Pinto Mesquita

  14. #164
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Peugeot Total forçada a trocar de navegador

    De forma totalmente inesperada, Mário Castro foi suspenso preventivamente pelo Conselho de Disciplina da FPAK após acusar positivo um controlo anti-doping realizado no final do Rali do Porto, em Abril passado.

    Acompanhando Bruno Magalhães desde o início desta temporada, o navegador de Fafe manifestou-se completamente desiludido com este episódio, cujo desfecho dependerá agora do desenrolar do processo disciplinar que lhe foi instaurado. Em todo o caso, e tratando-se de uma infracção considerada "muito grave", o regulamento prevê uma moldura penal que varia entre um a cinco anos de suspensão, tudo dependendo das atentuantes verificadas e da defesa que vier a ser apresentada pelo próprio navegador após a sua formal notificação.

    Aos 33 anos, e no auge da sua carreira automobilística, integrando pela primeira vez uma equipa oficial, Mário Castro reconhece "que deveria ter salvaguardado esta situação", mas esclarece que "em situação alguma" imaginou que os comprimidos que vinha tomando na sequência de um tratamento à queda do cabelo "pudessem conter alguma substância proibida pelos regulamentos".

    Dupla de Magalhães

    Embora "lamentando a situação", sobretudo por surgir em vésperas do SATA Rali Açores, Carlos Barros, director Técnico e Desportivo da Peugeot Total, expressou já a sua total solidariedade para com Mário Castro, em quem continua "a confiar e a acreditar", mesmo se agora é preciso "seguir em frente".

    Nesse contexto, e sem constituir verdadeira surpresa, o experiente Carlos Magalhães foi o escolhido por Bruno Magalhães para o acompanhar nas próximas provas, no regresso a uma casa que o navegador da Póvoa de Varzim bem conhece, nomeadamente quando acompanhou Miguel Campos nas épocas de 2001/02/03 e 2005.

    Jorge Rodrigues

  15. #165
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Armindo Araújo é 10º e Bernardo Sousa 11º

    Os dois portugueses inscritos no PWRC enfrentaram no primeiro dia bastante dificuldades, tendo Armindo Araújo terminado a "etapa" na 10ª posição e Bernardo Sousa em 11º, com 1m33s a separar os dois.

    Num rali onde os pisos se estão a revelar demolidores, de resto, como era esperado, o piloto da Ralliart Itália ainda conseguiu fechar o "top ten", mas praticamente nunca teve o Mitsubishi Lancer Evo 9 em perfeitas condições mecânicas já que as suspensões Tein não estiveram à altura do desafio turco. O melhor que o ex-Campeão Nacional conseguiu foi sexto tempo na sétima especial, não tendo também beneficiado de muitas desistências que, contrariamente também ao que era esperado, não se verificaram.

    Quanto a Bernardo Sousa, foram também problemas de suspensão a condicionarem-lhe a prova, sobretudo depois de um toque mais violento numa pedra. O piloto da Red Bull Team ainda chegou a rodar em nono entre os concorrentes do PWRC mas acabou por cair para 11ª posição à chegada a Kemer.

    Na liderança do Mundial de Produção está mais uma vez Andreas Aigner ainda que com uma curtíssima margem de vantagem sobre Patrick Sandell, no Peugeot 207 S2000 da Peugeot Sport Sweden, que está apenas a 0,9s!

    Filipe Pinto Mesquita

Página 11 de 92 Primeiro ... 10 11 122161 ... Último

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar