Página 17 de 92 Primeiro ... 716 17 182767 ... Último
  1. #241
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Bernardo Sousa: "Os troços não dão margem para erros"

    Bernardo Sousa tomou hoje, pela primeira vez, contacto com os troços do rali da Nova Zelândia durante o shakedown matinal de 3,08km. Satisfeito com o desempenho do carro e entusiasmado com o traçado, o piloto da Red Bull Rallye Team garante que a paragem de quase dois meses provocada pela lesão no ombro não o deixou "enferrujado."

    Satisfeito com as afinações escolhidas para o seu Mitsubishi Lancer Evo IX e com a certeza de que não ficou "enferrujado com o facto de não competir desde o Rali dos Açores [início de Julho]", Bernardo diz-se preparado para enfrentar da melhor maneira mais este desafio.

    "O shakedown correu muito bem. Fizemos o quinto tempo, ex-aequo com mais três pilotos [2m43,2s] e foi bom para nos voltarmos a habituar ao carro, com que não corríamos desde o Rali dos Açores", refere o piloto madeirense, frisando que "as afinações feitas no carro foram as correctas." Quanto aos troços, Bernardo é peremptório em afirmar que "são muito bons, com um piso espectacular e muito rápidos." O único senão é que não dão margem para o mais pequeno erro. "Têm muita gravilha e não dá para sair dos trilhos. Ao mais pequeno deslize estamos fora de estrada."

    A primeira etapa, com um total de 139,54 km cronometrados, divididos por cinco troços, arranca amanhã de manhã (início da noite de hoje em Portugal).AS

  2. #242
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Tudo a pagar na prova checa do IRC

    Há quem diga que no futuro todo e qualquer rali de campeonatos "maiores" terão a sigla, "reservado o direito de admissão"...contra a apresentação de um bilhete. Esqueçam o tempo em que o único bilhete que se pagava era o do combustível do carro, as portanges, ou para quem tem ralis perto de casa o bilhete do comboio ou do autocarro.

    A sexta ronda do IRC, o Rali Barum Zlin é um evento extremamente popular e em qualquer das zonas em que acontece algo ligado ao rali surgem verdadeiras multidões de checos provenientes dos quatro cantos do país bem como de nações vizinhas como a Eslováquia, Hungria, Áustria e Bulgária.

    No entanto, para o público tudo ali é pago desde a simples entrada nas verificações técnicas ao estacionamento e permanência nas zonas de espectadores passando pelo estacionamento.AS

  3. #243
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Subaru quer vencer na Nova Zelândia

    A Subaru acredita que poderá voltar às vitórias no próximo Rali da Nova Zelândia, pondo cobro a um jejum que já dura desde 2005, quando Petter Solberg venceu o Rali da Grã-Bretanha.

    Paul Howarth, director de operações da equipa japonesa, afirmou ontem que o novo Impreza é capaz de vencer na Nova Zelândia, revelando que já disse aos seus dois pilotos, Chris Atkinson e Petter Solberg, que andem o mais rápido que conseguirem.

    "Dissemos-lhes (aos pilotos) para pilotarem o mais depressa que puderem. O objectivo é a vitória", começa por dizer Howarth, explicando que em cada prova os objectivos são diferentes.

    "Escolhemos as provas-alvo por uma variedade de razões; aqui tem a ver com a forte história que tanto a Subaru como o Petter têm demonstrado neste rali", acrescenta o responsável.

    Saliente-se que o Impreza WRC 2008 foi alvo de mais evoluções nos últimos dias, o que poderá ajudar a equipa a bater-se de forma mais competitiva nos troços neo-zelandeses. Um dos factores que poderá ajudar a performance do novo Impreza é a menor importância dos amortecedores, reconhecidamente um dos calcanhares de Aquiles do modelo anterior e também deste.AS

  4. #244
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Francois Duval foi o mais rápido no shakedown

    Se fosse possível assegurar a Mikko Hirvonen e a Malcolm Wilson que a ordem na classificação do Shakedown do Rali da nova Zelândia iria ser semelhante à do rali, muito provavelmente, mesmo não vencendo no caso do piloto finlandês, ambos achariam que era uma boa operação para os respectivos campeonatos.

    François Duval, de regresso à condução nos pisos de terra com um WRC, foi o mais rápido (também dos que mais rodou), na frente de Jari-Matti Latvala e Mikko Hirvonen. Sébastien Loeb só surge na sexta posição.

    Mas "isto" foi apenas o shakedown, e logo à noitinha é que as coisas começam a sério. Aí, poucos acreditam que o francês se quede por aquelas posições, ainda que não seja novidade para ninguém o facto de ir ter alguma dificuldade devido à sua posição na estrada, já que sairá sempre em primeiro, pelo menos até ao final do primeiro dia de prova.

    Voltando a Duval, a sua única vitória no WRC foi também nos antípodas, mas na Austrália, há três anos, aos comandos de um...Citroen Xsara WRC: "Há muito que não guiava um WRC na terra, mas este carro é mesmo bom. O fim-de-semana não vai ser fácil, pois as especiais, o carro e os pneus são completamente novos para mim.", referiu.

    Tempos no Shakedown:

    1. Francois Duval Stobart VK Ford Focus WRC 07 2m 26.0s
    2. Jari-Matti Latvala BP Ford Abu Dhabi Focus RS WRC 07 2m 26.4s
    3=. Mikko Hirvonen BP Ford Abu Dhabi Focus RS WRC 07 2m 26.7s
    3=. Petter Solberg Subaru WRT Impreza WRC 2008 2m 26.7s
    5. Daniel Sordo Citroen Total WRT C4 WRC 2m 27.2s
    6. Sebastien Loeb Citroen Total WRT C4 WRC 2m 27.3s
    7. Matthew Wilson Stobart VK Ford Focus WRC 07 2m 27.4s
    8. Henning Solberg Munchi's Ford Focus WRC 07 2m 28.0s
    9. Chris Atkinson Subaru WRT Impreza WRC 2008 2m 28.8s
    10. Urmo Aava PH Sport-Citroen C4 WRC 2m 29.0secs A8
    11=. Federico Villagra Munchi's Ford Focus WRC 07 2m 29.1s
    11=. Toni Gardemeister Suzuki WRT SX4 WRC 2m 29.1s
    13. Per-Gunnar Andersson Suzuki WRT SX4 WRC 2m 30.2s
    14. Conrad Rautenbach PH Sport-Citroen C4 WRC 2m 33.4s
    AS

  5. #245
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rali do Alvarinho joga subida ao Open 2009

    Organização conjunta do Movimento Sport Clube e do Clube Aventura do Minho, e contando com o apoio das autarquias de Melgaço e Monção, regressa à estrada a partir da próxima sexta-feira à noite a segunda edição do Rali Alvarinho.

    Quinta etapa pontuável para o Campeonato Regional de Ralis - Norte (VSH), a prova minhota aposta forte numa subida ao Open de Ralis de 2009, estando aberta à participação de concorrentes extra-campeonato que, aliás, compõem a maioria da lista de presenças (perto de 50), com a curiosidade de mais de metade serem espanhóis.

    Para além dos muito interessados na competição, e onde se destaca a presença de Nuno Barroso Pereira, no Fiat Grande Punto S2000, há ainda o aliciante dos carros se segurança serem conduzidos por Pedro Leal e Mex Machado dos Santos, em mais uma aparição do Porsche 911 GT3, após o debute no Rali Vinho Madeira.

    Além de uma Super Especial (3,03 km) em Melgaço, na noite de sexta-feira, o figurino inclui ainda, na manhã de sábado, uma dupla passagem pelas especiais de Melgaço (6,67 km), Monção (10,30 km) e Tagil (6,27 km), encerrando a parte competitiva com uma nova Super Especial (2,10 km) em Monção.

    AS

  6. #246
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Carlos Sousa perto do acordo com a X-Raid


    Carlos Sousa já prepara o seu futuro há vários meses e admite que pode estar para muito breve o ansiado acordo com a equipa X-Raid, para guiar um dos BMW X3:

    "Não escondo que tenho mantido conversas com a X-Raid, onde penso poder vir a ser uma mais-valia para a equipa, já que sou um piloto consistente em provas longas, o que "joga" bem com a rapidez de Al-Attiyah e o Chichérit.", referiu.

    AS

  7. #247
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Sébastien Loeb "safou-se" de boa...

    Razão tem Martin Holmes que refere não saber até quando vai durar a sorte de Sébastien Loeb, que a tudo "foge" sem consequências de maior. Um problema de motor no Rali do México, uma pesada multa com a polícia finlandesa, e desta feita na Nova Zelândia, uma saída de estrada, sem mais consequências que os pouco mais de cinco segundos no cronómetro.

    A explicação, dá-a o próprio Loeb: "Saímos de estrada perto do final da especial. Não perdemos muito tempo, mas tivemos muita sorte em não termos capotado, porque na excursão por fora de estrada batemos em algumas pedras bastante grandes. O carro pode ter alguns danos, mas para já ainda estamos aqui..", referiu.AS

  8. #248
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rali da Nova Zelândia: Após PE 3

    Mikko Hirvonen na frente

    Esperava-se que fosse um Ford, só não se sabia qual. Mikko Hirvonen lidera o Rali da Nova Zelândia ao cabo de três especiais, com uma vantagem de 5,3s para Jari-Mari Latvala, que por sua vez é perseguido por Sébastien Loeb, que já dista 9,4s do líder.

    O francês, primeiro na estrada, não evitou uma saída logo na primeira especial, tendo tido alguma sorte, já que andou muito perto de capotar o Citroen C4 WRC. Perdeu alguns segundos, mas logrou prosseguir sem problemas.

    Jari Latvala foi o prmeiro líder, mas Hirvonen, mesmo sendo o segundo na estrada, e passando nas especiais numa altura em que estas ainda não estão perfeitamente limpas, logrou conseguir um ligeiro ascendente, que mais tarde se verá se é confirmado, ou por outro lado, os homens da Ford irão realizar - novamente - jogadas tácticas, pois sair na frente no início do segundo dia de prova é muito desvantajoso neste rali.

    Daniel Sordo é quarto, dois segundos atrás de Loeb, enquanto Chris Atkinson é apenas quinto, não estando para já a confirmar as expectativas dos responsáveis da Subaru que confessaram antes da prova que os seus carros tinham potencial para vencer na Nova Zelândia.

    François Duval é sexto neste regresso aos troços de terra, enquanto
    Henning Solberg teve problemas com a direcção assistida do seu Focus, ao passo que Toni Gardemeister saiu de estrada logo na especial de abertura e furou.AS

  9. #249
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão ali da Nova Zelândia: Após PE 7

    Mikko Hirvonen na frente após penalização de Loeb

    Mikko Hirvonen vai partir para o segundo dia de prova do Rali da Nova Zelândia com uma vantagem de 27 segundos sobre Sebastien Loeb, que foi penalizado à entrada da quarta especial da prova.

    O francês tinha sido o mais rápido na segunda passagem pelos troços, passando Jari-Matti Latvala na classificação, reduzindo a margem de Hirvonen para uns escassos 0.7s, e numa altura em que tudo indicava que Loeb fosse passar para a frente do rali, eis que um problema mecânico à partida para a quarta especial - o Citroen demorou cerca de três minutos para pegar - resultou numa penalização por atraso de trinta segundos, pelo que o francês está agora a 27.8s do líder da prova, Mikko Hirvonen.

    Sabia-se que era vantajoso para Loeb não partir à frente para o segundo dia de prova, mas a verdade é que não estava nos planos da equipa esta penalização: "O botão de arranque simplesmente não funcionou.". O beneficiado foi Hirvonen, e apesar de alguns terem colocado a hipótese de ter sido uma jogada táctica, o finlandês não é dessa opinião: "O Seb parecia mesmo que estava com um problema, tanta era a atrapalhação. Vamos ser os primeiros na estrada? OK, assim seja.", referiu Hirvonen.

    Mas as tácticas surgiram mesmo, mas por parte da equipa da Ford já que na derradeira especial do dia, Jari-Mari Latvala caiu deliberadamente para trás de Dani Sordo, descendo assim ao quarto posto, apenas com 0.1s. de diferença para o espanhol.

    Chris Atkinson perdeu o quinto posto depois de ter capotado, e a posição é agora ocupada por François Duval, que roda 40s na frente de Urmo Aava. Depois dos problemas iniciais, Petter Solberg já logrou subir para sétimo.

    Sébastien Loeb explicou no final da etapa que os pneus duros, sem
    Cortes, tornam a condução muito difícil. Petter Solberg não conseguia andar depressa e não sabia porquê. Já o seu irmão Henning atrasou-se, devido a um problema com a direcção assistida.

    Chris Atkinson caiu a andar de bicicleta uns dias antes da prova, e por isso não está a 100%. Per-Gunnar Andersson teve um furo enquanto Toni Gardemeister saiu de estrada, e mais tarde teve um furo. François
    Duval tem vindo gradualmente a aproximar-se do ritmo dos mais rápidos. Matthew Wilson ficou com a caixa do Focus presa na quarta velocidade.

    No PWRC, os dois pilotos portugueses estão em numa classificação provisória bastante modesta. Bernardo Soua é 12º a 4m23s do líder Mirco Baldacci enquanto Armindo Araújo teve problemas e ´2 20 a 34 minutos do líder. Assim que nos for possível, informaremos tudo o que se passou com os dois pilotos.

    Classificação

    1. Hirvonen Ford 1h34:44.3s
    2. Loeb Citroen a 27.8s
    3. Sordo Citroen a 30.0s
    4. Latvala Ford a 30.1s
    5. Duval Ford a 1:27.9s
    6. Aava Citroen a 2:01.3s
    7. P Solberg Subaru a 2:25.8s
    8. Andersson Suzuki a 2:50.5s
    9. Gardemeister Suzuki a 3:48.0s
    10. Villagra Ford a 4:47.5s
    AS

  10. #250
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Desta vez foi a Caixa de velocidades a trair Armindo Araújo

    Armindo Araújo traído pela caixa de velocidades e pela falta de sorte

    A segunda metade da temporada de Armindo Araújo não começou da melhor maneira. O português apostava muito no Rali da Nova Zelândia, prova onde no ano passado tinha sido o grande protagonista. Só que a falta de sorte teima em não largar o piloto do Mitsubishi Lancer Evo IX, que viu a caixa de velocidades ceder após oito quilómetros da primeira especial da jornada dos antípodas.

    Tudo apontava para um bom desempenho de Armindo Araújo, muito contente com o carro japonês depois dos testes em Itália no mês de Julho. "Estava muito optimista, mas de facto este ano a sorte não quer nada connosco. A caixa de velocidades explodiu ao fim de oito quilómetros, sem ter dado o mínimo sinal que isso poderia suceder. É muito azar, até porque este podia ter sido o rali que me podia colocar ainda mais na frente do campeonato e colocar-me em boa posição para discutir o título, pois os dois primeiros perderam muito tempo no primeiro dia e estão fora dos pontos", disse o piloto do Mitsubishi Lancer Evo IX.

    Agora resta a português aproveitar os próximos dois dias para testar com vista ao Rali do Japão, pois chegar aos pontos é tarefa impossível. "Até no tempo que perdi não tive sorte. Durante a semana com a divisão do troço grande em dois, o dia passou a ter sete especiais em vez de cinco. Assim, acabei por perder 35 minutos, quando se esta alteração não acontecesse teria perdido 25. Agora vamos procurar fazer bons tempos e andar rápido, para preparar da melhor forma o Rali do Japão, que este ano será novo para todos e onde espero pelo menos não ter azar", conclui Armindo Araújo.

    O segundo dia do Rali da Nova Zelândia começa hoje à noite e desenrola-se ao longo da madrugada, terminando por volta das cinco da manhã, depois de percorridas mais seis especiais. AS

  11. #251
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Bernardo Sousa: "Rali de condução pura e isso dá muito gozo"


    O primeiro dia do rali da Nova Zelândia foi concluído sem grandes problemas pelo piloto da Red Bull Rallye Team. Depois de uma manhã mais agitada com dois piões logo no primeiro troço, a tarde correu sem sobressaltos e o dia terminou com um 12º tempo na geral de Produção.

    Já estão cumpridos os primeiros cinco troços cronometrados dos 16 que compõem o Rali da Nova Zelândia, sexta etapa do Campeonato do Mundo de Ralis de Produção (PWRC). Este primeiro dia de competição, permitiu a Bernardo Sousa readaptar-se à condução do Mitsubishi Lancer Evo IX - após uma paragem de quase dois meses provocada por uma lesão antiga no ombro. Apesar dos dois piões matinais, que o fizeram perder algum tempo, o resultado desta primeira etapa é positivo. Um 12º lugar na geral de Produção vai ao encontro do objectivo traçado desde o início: fazer quilómetros, conhecer os troços e concluir a prova.

    "Foi um dia positivo. A parte da manhã foi mais agitada porque logo no primeiro troço fizemos dois piões, o que fez com que entrássemos no segundo troço um pouco a medo. No entanto, fomos ganhando confiança e a tarde já correu bastante bem", analisa o piloto madeirense, que terminou este primeiro dia na 27ª posição da geral, 12ª entre os carros de Produção. Com um piso com muita gravilha e com algumas zonas com lama, qualquer erro é pago com uma saída de estrada. "Este é um rali onde o conhecimento do terreno é fundamental. Estamos num rali de condução pura e isso dá muito gozo, mas que não dá margem para erros", garante, frisando que a lama ainda complica mais as coisas. "Dá para apanhar alguns sustos, porque o carro foge mais facilmente."

    Mais logo, ao início da noite de hoje em Portugal, a segunda etapa terá seis troços cronometrados, num total de 130km. Serão troços novos o que segundo Bernardo "torna tudo mais difícil porque voltamos a partir do zero." E, por isso mesmo, "a concentração extrema e uma grande dose de tranquilidade" serão fundamentais.

    CLASSIFICAÇÃO PWRC (após 1ª etapa)

    1º M. Baldacci (Mitsubishi Lancer Evo IX), 1h40m27,2s; 2º M. Prokop (Mitsubishi Evo IX), 1h40m37s; 3º F. Nutahara (Mitsubishi Lancer Evo IX), 1h40m39s; (...) 12º Bernardo Sousa (Mitsubishi Lancer Evo IX), 1h44m50,3s.AS

  12. #252
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rali da Nova Zelândia vai decidir-se no último dia

    Latvala lidera em 'jogo' muito táctico

    Se ainda restassem dúvidas da importância de 'abrir' a estrada em provas como o Rali da Nova Zelândia a derradeira especial do segundo dia de prova, teria dissipado claramente essa questão.

    Jari-Matti Latvala foi o único piloto que não pensou em jogadas tácticas, e por isso logrou ascender de terceiro a primeiro na derradeira especial 'dando' a Hirvonen e a Loeb, respectivamente...18 e 26 segundos, num só troço.

    Tanto Mikko Hirvonen como Sébastien Loeb tudo fizeram para evitar chegar ao terceiro dia de prova como o priemiro piloto a passar na estradaa e a verdade é que o conseguiram, perfilando-se assim como os grandes favoritos à vitória no rali. Nesta altura há quatro segundos a separar Hirvonen de Loeb, segundo e terceiro, respectivamente, sendo o francês, pelo que mostrou hoje, quem mais hipóteses tem de vencer.

    Estratégias à parte

    Se 'descontássemos' a estratégia, e mencionássemos só a velocidade pura, então iríamos referir que Loeb realizou uma espantosa exibição, recuperando paulatinamente os 27 segundos que o separavam do líder Hirvonen, passando para a frente do rali na penúltima especial. O francês beneficiou claramente do facto de Hirvonen abrir a estrada, teve todo o trabalho de recuperar tempo para no final "devolver" parte do benefício, com a esperança de amanhã recuperar tudo...com juros.

    Hirvonen permanence em Segundo, e vai partir para o ultimo dia de prova 9.3s atrás do seu companheiro de equipa, com Loeb mais quarto segundos atrás, a treze.

    Daniel Sordo é um descansado quarto classificado, a apenas 15.7s segundos do líder, pelo que também ele poderá ter algo a dizer sobre a discussão dos lugares do pódio no dia de amanhã.

    Francois Duval é quinto, enquanto Urmo Aava tem conseguido bater o Subaru de Petter Solberg na luta pelo sexto posto. Partem para o último dia com apenas três segundos a separá-los. Per-Gunnar Andersson é oitavo na frente do seu companheiro de equipa, Toni Gardemeister, que voltou a ter problemas no Suzuki SX4 WRC. Federico Villagra completa o top 10. Henning Solberg, que venceu as três especiais da tarde (veja-se a importância de rodar mais atrás) é apenas 13º.

    Bernardo Sousa nos pontos

    No PWRC Bernanrdo Sousa já logrou ascender ao derradeiro lugar pontuável, o oitavo, enquanto Armindo Araújo, de regresso ao rali, realizou alguns tempos e classificações em especiais de relevo, sem que isso mudasse muito a classificação provisória, mantendo-se na 18ª posição. O líder é agora Martin Prokop, depois dos problemas de Mirco Baldacci, que caiu muito na classificação.

    Classificação

    1. Latvala Ford 2h57:29.0
    2. Hirvonen Ford + 9.3
    3. Loeb Citroen + 13.3
    4. Sordo Citroen + 15.7
    5. Duval Ford + 1:40.9
    6. Aava Citroen + 2:49.8
    7. P Solberg Subaru + 2:52.8
    8. Andersson Suzuki + 4:31.0
    9. Gardemeister Suzuki + 6:37.4
    10. Villagra Ford + 6:56.8

    AS

  13. #253
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rali da Nova Zelândia perto do fim

    Hirvonen na frente, Loeb fez pião

    Numa altura em que faltam apenas três troços para o final do Rali da Nova Zelândia, as notícias são boas para os lados da Ford, já que Mikko Hirvonen regressou ao comando da prova, agora com uma vantagem de 7.1 segundos sobre o seu companheiro de equipa, Jari-Mari Latvala. Sébastien Loeb caiu para quarto, para trás de Dani Sordo, na sequência de um pião, perdendo cerca de 15 segundos com a manobra.



    O piloto francês necessitava de se aproximar dos homens da Ford, mas um erro à passagem pelo quilómetro três da especial, levou-o a fazer um pião e danificar um pouco a frente do C4 WRC. Nada de substancial, mas agora a está a 17.6s do líder.

    Acreditamos que nos três troços que faltam, que perfazem cerca de 44 kms de especiais, irá suplantar o seu colega de equipa, Dani Sordo, que dista 8,7s, mas o seu outro objectivo, se for de todo impossível ir "buscar" o líder, pelo menos irá tentar recuperar os 10.5s para Latvala, já que se permitir ao finlandês ser segundo atrás de hirvonen, o Mundial fica...empatado.

    Para já, a três troços do final, quarto pilotos estão separadosp or apenas 17.6s, o que deixa antever muita acção para os derradeiros três troços.

    No PWRC, o líder é agora Martin Prokop, com pouco mais de um minuto de avanço para Patrik Sandell. Bernardo Sousa é sétimo, a 6m52.2s do líder, enquanto Armindo Araújo logrou ascender a 13º, realizando alguns cronos interessantes, entre os melhores classificados do PWRC.AS

  14. #254
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Hirvonen na frente, Loeb fez pião

    Numa altura em que faltam apenas três troços para o final do Rali da Nova Zelândia, as notícias são boas para os lados da Ford, já que Mikko Hirvonen regressou ao comando da prova, agora com uma vantagem de 7.1 segundos sobre o seu companheiro de equipa, Jari-Mari Latvala. Sébastien Loeb caiu para quarto, para trás de Dani Sordo, na sequência de um pião, perdendo cerca de 15 segundos com a manobra.



    O piloto francês necessitava de se aproximar dos homens da Ford, mas um erro à passagem pelo quilómetro três da especial, levou-o a fazer um pião e danificar um pouco a frente do C4 WRC. Nada de substancial, mas agora a está a 17.6s do líder.

    Acreditamos que nos três troços que faltam, que perfazem cerca de 44 kms de especiais, irá suplantar o seu colega de equipa, Dani Sordo, que dista 8,7s, mas o seu outro objectivo, se for de todo impossível ir "buscar" o líder, pelo menos irá tentar recuperar os 10.5s para Latvala, já que se permitir ao finlandês ser segundo atrás de hirvonen, o Mundial fica...empatado.

    Para já, a três troços do final, quarto pilotos estão separadosp or apenas 17.6s, o que deixa antever muita acção para os derradeiros três troços.

    No PWRC, o líder é agora Martin Prokop, com pouco mais de um minuto de avanço para Patrik Sandell. Bernardo Sousa é sétimo, a 6m52.2s do líder, enquanto Armindo Araújo logrou ascender a 13º, realizando alguns cronos interessantes, entre os melhores classificados do PWRC.AS

  15. #255
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rali da Nova Zelândia com final dramático

    Sorte de campeão na vitória de Loeb
    Sébastien Loeb venceu o Rali da Nova Zelândia, depois dos dois homens da Ford, que ocupavam os dois primeiros lugares da classificação à entrada da penúltima especial, terem tido problemas.

    Mikko Hirvonen e Jari-Matti Latvala entraram no troço de Whaanga Coast em primeiro e segundo, mas o vice-líder do Mundial perdeu 50 segundos com um furo, e um pião, enquanto Latvala se viu forçado a abandonar depois de bater numa pedra e danificar o radiador do seu Focus. Neste contexto, Loeb ascendeu de imediato de terceiro para primeiro.

    Oito pontos separam agora Loeb de Hirvonen, enquanto nos construtores a citroen tem agora uma vantagem de 20 pontos. Como curiosidade, caso a classificação se tem mantido como estava à entrada da penúltima especial, o Mundial de Pilotos estava agora...empatado.

    Sorte de campeão, numa dobradnha Citroen, já que Dani Sordo acabou na Segundo posição, depois do atraso de Hirvonen, dando assim a Loeb e à Citroen um grande empurrão na discussão dos campeonatos.

    No PWRC, a vitória pertenceu a Martin Prokop, enquanto Bernardo Sousa foi sétimo e Armindo Araújo, 12º.

    Classificação



Página 17 de 92 Primeiro ... 716 17 182767 ... Último

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar