Página 21 de 92 Primeiro ... 1120 21 223171 ... Último
  1. #301
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Francisco Barros Leite estreia Seat Leon FR TDI

    Depois de um primeiro contacto no circuito de Braga e de um pequeno teste com cerca de 40Kms na Serra da Freita, a equipa mostra-se confiante, muito embora seja prematuro pensar nos resultados. O grande objectivo para a prova da região Centro é o de fazer o maior número de quilómetros possível, retirando assim o máximo de informação para o rápido desenvolvimento da nova montada. Contudo, isso não significa que Barros Leite e Ramalho vão andar devagar, pois é importante saber como é que o Leon se situa face à concorrência.

    Após o primeiro dia de reconhecimentos, o piloto revela-se bastante motivado na preparação desta nova fase da equipa BL SPORT SEAT. A primeira "aparição" do SEAT Leon FR TDI será no shakedown do rali, que decorrerá amanhã nas estradas de São Pedro de Moel, onde estará presente no horário reservado aos pilotos prioritários.

    "Encaramos a estreia do novo SEAT Leon FR TDI com um grande orgulho! Este projecto é o espelho do nosso trabalho, que gostaríamos de ver premiado com sucesso. Vamos enfrentar este rali como um grande teste às capacidades do SEAT, sendo nosso objectivo amealhar muitos quilómetros para levarmos para casa uma boa base de estudo. No entanto, vamos tentar imprimir um ritmo forte, pois queremos chegar ao rali de Mortágua com capacidade para discutir a vitória na categoria Diesel. Estamos conscientes que desenvolvemos um projecto sólido, mas ainda temos muito trabalho para que o nosso novo carro atinja os níveis de competitividade que desejamos. O primeiro dia de reconhecimentos correu conforme previsto, e estamos confiantes que será uma estreia positiva para o Leon." AS

  2. #302
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Vítor Pascoal : "Melhor resultado possível"

    A dupla Vítor Pascoal e Joaquim Duarte vai disputar a próxima jornada do Campeonato de Portugal de Ralis que decorrerá nos exigentes troços de São Pedro de Moel, na sexta-feira, e na zona de Castanheira de Pêra, Pedrógão Grande e Figueiró dos Vinhos no Sábado. Com bastante apreensão, Vitor Pascoal começa por adiantar que "Vamos para o Rali Centro de Portugal muito expectantes devido a algumas condicionantes que surgiram desde o Rallye Vinho Madeira.

    O motor do carro foi enviado para França logo após a prova e só na segunda-feira passada é que o recebemos. Além disso,
    ainda nos falta receber algum material do S2000, o que não nos permite preparar esta prova como gostaríamos". Não tendo tido ainda oportunidade para qualquer teste em asfalto com o Peugeot 207 S2000, e sendo as únicas referências as do Rallye Vinho Madeira em condições de prova, as ambições da Amarante Rallye Team mostram-se realistas: "Evidentemente que nos vamos esforçar por fazer uma boa exibição, no entanto, temos consciência que estamos um pouco atrasados em relação à concorrência porque nos foi impossível testar. Os nossos objectivos passam por conseguir atingir o melhor resultado possível, mas estamos certos que há ainda muito trabalho a fazer em asfalto."

    Porque um resultado num rali não se constrói unicamente com o carro, Vítor Pascoal e Joaquim Duarte apostam na sua experiência para conseguirem equilibrar a desvantagem relativamente à concorrência: "Conhecemos bastante bem esta prova que é exigente. No entanto as corridas são imprevisíveis e é sempre preciso ter um pouco de sorte, que esperamos que apareça."AS

  3. #303
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão José Pedro Fontes: "Tenho esperança em lutar pela vitória"

    O Campeonato de Portugal de Ralis está de regresso mês e meio após o final do périplo pelas rondas insulares e o Fiat Vodafone Team está já 100% concentrado naquela que será a sexta prova do calendário de ralis 2008. José Pedro Fontes e António Costa, ao volante do Fiat Grande Punto S2000, encaram com optimismo a prova do Clube Automóvel da Marinha Grande e prometem espectáculo e luta pelos melhores lugares.

    "Fizemos recentemente um teste muito positivo o qual nos deixa com esperança de que poderemos voltar, tal como em 2007, a
    disputar, de principio a fim, as primeiras posições deste rali", começa por afirmar José Pedro Fontes no lançamento à sua participação no Rali Centro de Portugal.

    Em 2007 o Fiat Grande Punto S2000 do Fiat Vodafone Team esteve em grande destaque nesta prova. José Pedro Fontes considera que "este é também um factor extra de motivação que vamos querer usar em nosso benefício. Em 2007 ganhámos troços à geral, pressionámos o nosso adversário e estamos preparados para voltar a atacar e a brindar os seguidores dos ralis com um bom espectáculo".

    A prova do Clube Automóvel da Marinha Grande, este ano sem estatuto europeu, tem como grandes novidades o regresso das especiais nocturnas (as Provas Especiais de Classificação 4, 5 e 6) e a passagem da Super Especial de abertura (e encerramento da primeira etapa) para a Marinha Grande, deixando assim as imediações do Estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria. O Rali Centro de Portugal estará na estrada dias 19 e 20 de Setembro, ao longo de 12 PEC num total de 127,44 quilómetros contra o cronómetro.AS

  4. #304
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Campeonato madeirense de Ralis regressa à estrada

    Tal como acontece no Campeonato de Portugal de Ralis, o Campeonato da Madeira "Coral" de Ralis regressa à acção um mês e meio depois do último embate, não tivesse essa prova sido o Rali Vinho da Madeira.

    Alexandre Camacho é, como tem sido em todas as provas desta época, o grande favorito à vitória no Rali do Nacional/"dupla dp"/Sical, não contasse ele com um muito eficaz Peugeot 207 S2000, e está mesmo às portas de fechar já as contas do Campeonato. Para tal, Camacho necessita apenas de somar mais cinco pontos que o companheiro de equipa Filipe Freitas. Uma tarefa que, apesar da diferença entra as máquinas de ambos (Freitas comanda um Renault Clio S1600), não se apresenta como fácil quando se atende à grande regularidade do actual segundo classificado. Filipe Freitas não só é um dos únicos três pilotos da classificação que somou pontos em todas as rondas, como também tem sido o ocupante mais frequente do segundo posto nas provas já disputadas.

    Com um panorama como este na frente da tabela pontual, as atenções acabam por recair na luta pelo terceiro posto, isto porque Freitas tem também a possibilidade matemática de garantir já o vice-campeonato. Assim sendo, Miguel Nunes defende os sete pontos de margem que detém sobre João Magalhães. Já no que toca à Produção, Magalhães necessita apenas de terminar a prova com um resultado positivo, o que, neste caso em particular, pode mesmo passar por ligeira perda de pontos para Rui Pinto, não fosse a diferença entre os dois de 50 pontos. Bem mais difícil vai ser a tarefa de Pinto porque Rui Fernandes segue totalmente colado no terceiro posto com menos um ponto. Também com o título à vista, mas na tabela reservada às viaturas até 1.600cc está Filipe Freitas, enquanto Miguel Nunes terá de se ver com os esperados ataques de João Ferreira e Luís Serrado no que toca à luta pela segunda posição.

    Enquanto isso, no que toca ao Campeonato da Madeira Júnior (Ralis), competição para a qual a prova do Clube Desportivo Nacional também é pontuável, João Silva defende a liderança e só em caso de desaire a deverá perder. Uma situação que, atendendo ao facto de ser o único a pontuar em todas as provas já disputadas e apenas com vitórias (duas) e segundos postos (dois), será pouco provável. Tranquila também promete ser a jornada para João Moura; a oito pontos do primeiro lugar e com 16 de margem sobre André Silva, o segundo classificado deverá optar por um andamento algo defensivo, mas que lhe permita ao mesmo tempo estar bem colocado para aproveitar algum eventual desaire de João Silva. Já André Silva terá de prestar muita atenção a João Nóbrega, dado o ponto que os separa.

    A ronda do C.D. Nacional é ainda pontuável para o Campeonato Open de Ralis da Madeira, mas neste caso sob o nome Rali do Monte/C D Nacional, um particular que promete animada luta, não estivessem os três primeiros separados por 14 pontos e não valesse o triunfo 24. Emanuel Caldeira leva vantagem, com mais cinco pontos que Mário Oliveira, enquanto Rui Nunes segue em terceiro.

    A prova do Clube Desportivo Nacional disputa-se nos dias 19 e 20 de Setembro, sendo composto por um total de 209,70 km, dos quais 71,01 serão efectuados ao cronómetro ao longo de 9 Classificativas. A acção na sexta-feira desenrola-se entre as 20h23 e as 21h11, contando com a realização de duas Classificativas, prosseguindo depois no sábado, entre as 10h53 e as 16h21, hora de chegada ao Estádio da Madeira.AS

  5. #305
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Adruzilo Lopes quer defender liderança no Grupo N

    Revitalizados com o resultado alcançado na Ilha da Madeira, Adruzilo Lopes, José Janela e toda a equipa da ARC Sport estão com moral elevada para enfrentar mais um importante desafio. Com quatro pontos de vantagem sobre Fernando Peres, a formação de Aguiar da Beira está consciente das dificuldades que vai encontrar. No entanto, o optimismo é palavra de ordem.

    "Estou bastante optimista depois do Rali da Madeira, onde conseguimos dar alguns passos em frente em direcção ao nosso principal objectivo, que se mantém intacto. As condições são as mesmas durante o presente campeonato, pois sabemos que os nossos adversários possuem mais argumentos para chegar ao título. No entanto, vamos dar o nosso melhor e tentar fazer o máximo de pontos possível. Em termos anímicos estamos cada vez melhores", afirma, confiante, Adruzilo Lopes.

    O Rali do Centro é uma prova onde Adruzilo Lopes já registou seis vitórias consecutivas, embora não participe desde 2005. Este ano, o piloto promete dar o máximo.

    "É um rali que gosto bastante! Conta com especiais muito rápidas, onde sempre me senti muito bem. O actual figurino da prova ajusta-se mais às realidades do campeonato. Estou em excelente forma e vou lutar até ao último troço deste campeonato pelo título do Agrupamento de Produção. Esse sempre foi e será o nosso objectivo", conclui o piloto.

    O Subaru Impreza da ARC Sport continua a contribuir com a sua habitual fiabilidade e resistência, embora se encontre com quatro anos de atraso em relação aos carros de grupo N da nova geração. Um trabalho coeso da equipa de Aguiar da Beira garante alguma tranquilidade para enfrentar esta prova.

    "Para nós esta prova é uma incógnita. Vamos lutar com as mesmas armas de sempre pelo melhor resultado possível. O Subaru continua a contar com o grande empenho desta equipa muito coesa e com um grande piloto como é o Adruzilo Lopes. Somos os líderes do Agrupamento de Produção e os nossos objectivos continuam intactos", afirma, convicto, Augusto Ramiro, responsável pela ARC Sport.AS

  6. #306
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Bruno Magalhães: "Assegurar já o título de campeão"

    Aos comandos do 207 S2000, a dupla de pilotos Bruno Magalhães e Carlos Magalhães, da equipa Peugeot Total, vai partir para a antepenúltima ronda do Campeonato Nacional de Ralis determinada em conseguir revalidar já o Título de Campeões Nacionais de Pilotos. O Rali Centro de Portugal, segunda prova da fase de asfalto, decorre no próximo fim-de-semana de 19 e 20 de Setembro nas regiões da Marinha Grande e de Pedrógão Grande.

    A equipa da "Marca do Leão", actuais Campeões Nacionais, chega ao sexto embate da temporada claramente na frente do Campeonato: "Temos todas as condições para revalidar o título e cumprir já o principal objectivo da época. Queremos muito acrescentar mais um sucesso ao longo palmarés desta equipa, por isso vamos para este Rali empenhados em celebrar a conquista do bi-campeonato com uma vitória", disse Bruno Magalhães.

    Pela frente, os pilotos terão de percorrer 127,44 km's ao cronómetro, num total de 12 PEC's que compõem um rali com um figurino extremamente interessante, na opinião do piloto da Peugeot: "Temos não só duas super especiais e o espectáculo das classificativas à noite, além de no ano passado este Rali ter sido muito disputado e interessante, situação que acredito ir voltar a acontecer. Estou com muita vontade de começar esta prova.".

    Carlos Barros: "Resolver as contas já na Marinha Grande"

    Carlos Barros, Director Técnico e Desportivo da Peugeot Total, partilha do entusiasmo do seu piloto e considera que a equipa reúne todas as condições para cumprir os objectivos propostos à Peugeot Portugal e aos patrocinadores: "Temos um carro competitivo que se impôs às outras máquinas durante o campeonato, uma equipa técnica experiente e profissional, e uma dupla de pilotos muito motivada para resolver as contas do Campeonato já na Marinha Grande."

    Para que Bruno Magalhães consiga a revalidação do título nacional, ao volante do seu Peugeot 207 S2000, precisa apenas de terminar a prova à frente do seu mais directo adversário, José Pedro Fontes. O piloto da Peugeot Total soma 65 pontos, contra os 45 do piloto da Fiat.

    O Rali Centro de Portugal vai para a estrada na sexta-feira, dia 19 de Setembro, com a realização da primeira etapa composta por seis classificativas, cuja novidade serão as três nocturnas. No sábado, dia 20, decorre a segunda etapa com mais seis classificativas

    AS

  7. #307
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Match-point para Bruno

    Cumpridas que foram as duas rondas insulares que dividem o calendário a meio, o Campeonato de Portugal de Ralis está de volta ao continente e aos pisos de alcatrão.

    Estendendo-se por dois dias, entre sexta-feira e sábado, o Rali Centro de Portugal tem apresenta ano várias novidades de monta, sendo talvez a maior o prometido regresso às classificativas nocturnas. Deixando cair este ano, e finalmente, o seu discutível estatuto de prova europeia, o Clube Automóvel da Marinha Grande inova ainda com uma nova Super Especial, desenhada na Marinha Grande, a ser cumprida por duas vezes na primeira etapa, em substituição da anterior que decorria junto ao Estádio dr. Magalhães Pessoa, em Leiria.

    Adiando para o próximo ano mexidas mais substanciais na estrutura da sua prova, a equipa liderada por Nuno Jorge mantém, no essencial, o figurino ensaiado em anteriores edições, com a habitual ronda pelas estradas do Pinhal de Leiria, no primeiro dia, e a também conhecida dupla passagem pelas especiais de Figueiró, Espinhal e Pedrógão, na segunda etapa. Novidade é, também, o facto das equipas poderem optar, este ano, por cumprir a ligação entre a Marinha Grande e Pedrógão Grande transportando os respectivos carros em reboques.

    A uma vitória do bicampeonato

    Desportivamente, são também muitos os motivos de interesse desta sexta e antepenúltima etapa, a começar, desde logo, pela elevada possibilidade de Bruno Magalhães poder confirmar já o bicampeonato de Pilotos, "bastando-lhe" para tal vencer ou, então, terminar à frente de José Pedro Fontes. Atendendo ao que se tem passado esta época (e até na anterior), a Peugeot pode bem encomendar o champanhe... De qualquer forma, importa recordar que o piloto da Fiat realizou aqui um dos seus melhores ralis no ano passado, vencendo troços à geral e pressionando Bruno mesmo até final.

    Mais atrás, Vítor Pascoal promete dar seguimento às boas exibições nas ilhas, estando agora a apenas dois pontos da terceira posição de Fernando Peres no campeonato. De qualquer modo, as atenções do piloto-dentista estão naturalmente centradas no Agrupamento de Produção, onde quatro pontos o separam agora da liderança do regular Adruzilo Lopes.

    Estreias em catadupa

    Quase em fim de ano, o Rali Centro de Portugal tem ainda ainda a particularidade de servir de palco a três estreias, embora duas delas com contornos algo particulares. Assim, e por ordem de partida na estrada, teremos Armindo Araújo ao volante de um Mitsubishi Lancer Evolution, para já ainda totalmente de série e com as funções de carro "0". Mais atrás, e como extra-campeonato, Mex Machado dos Santos fará o anunciado baptismo competitivo do Porsche 997 GT3, já com o "kit" encomendado à Oreca, num primeiro e curioso frente-a-frente com os S2000, já a antecipar 2009.

    Por fim, e não menos importante, Francisco Barros Leite cumpre a desejada passagem para o Seat Leon, viatura que apresenta como principal argumento técnico o mais evoluído motor TDI de 16V (o do Ibiza Cupra era de apenas 8V) e 170 cv de origem.

    De regresso para a sua quarta prova está o pelotão do Challenge C2/Total, liderado por Carlos Costa mas ainda em aberto para Rodrigo Ferreira, Isaac Portela e Paulo Antunes, único que já venceu por duas vezes este ano.

    HORÁRIO

    Sexta-feira, 19 de Setembro
    Partida da 1ª Etapa - Marinha Grande 16h00
    Parque de Assistência (20m) 16h25
    PE 1 - Super Especial/Marinha Grande 1 (1,50 km) 17h00
    Reagrupamento (20m) 17h15
    Parque de Assistência (20m) 17h35
    PE 2 - Marinha Grande 1 (7,79 km) 18h10
    PE 3 - S. Pedro Moel 1/Aníbal Pedrosa (8,00 km) 18h35
    Reagrupamento (50m) 18h55
    Parque de Assistência (10m) 19h45
    PE 4 - Marinha Grande 2 20h10
    PE 5 - S. Pedro Moel 2/Aníbal Pedrosa 20h35
    Reagrupamento (15m) 21h07
    PE 6 - Super Especial/Marinha Grande 2 21h30
    Parque de Assistência (45m) 21h45
    Entrada em Parque Fechado 22h35

    Sábado, 19 de Setembro
    Partida da 2ª Etapa - Pedrógão Grande 10h00
    Parque de Assistência (20m) 10h05
    PE 7 - Figueiró 1 (14,47 km) 10h50
    PE 8 - Espinhal 1 (17,76 km) 11h35
    PE 9 - Pedrógão 1 (14,20 km) 12h30
    Reagrupamento (10m) 13h15
    Parque de Assistência (20m) 13h25
    PE 10 - Figueiró 2 14h10
    PE 11 - Espinhal 2 14h55
    PE 12 - Pedrógão 2 15h50
    Parque de Assistência (20m) 16h35
    Chegada - Pedrógão Grande 17h00
    AS

  8. #308
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rali Centro de Portugal - Protagonistas em discurso directo

    "A postura será a mesma de sempre este ano. A única diferença é que sei de antemão que, se vencer mais este rali, ou pelo menos o terminar à frente do Zé Pedro (Fontes), asseguro desde já o bicampeonato de Pilotos, que é o nosso primeiro grande objectivo esta época".
    Bruno Magalhães

    "A diferença pontual para o Bruno já é grande, mas vamos lutar até ao fim. Espero que os problemas que tivemos na Madeira estejam resolvidos e possamos fazer um rali ao nível do ano passado, quando ganhámos vários troços e andámos sempre muito perto do Peugeot. É um factor de motivação para encarmos esta prova".
    José Pedro Fontes

    "Para esta prova o objectivo é ficar logo atrás do Peugeot e Fiat oficiais, mas com a consciência clara que nem isso vai ser fácil. Por razões logísticas, que se prenderam com a chegada tardia do motor, voltou a ser impossível testar, o que é capaz de se reflectir no meu ritmo".
    Vítor Pascoal

    "É um rali que gosto bastante! Conta com especiais muito rápidas, onde sempre me senti muito bem. Estou em excelente forma e vou lutar até ao último troço deste campeonato pelo título do Agrupamento de Produção. Esse sempre foi e será o nosso objectivo".
    Adruzilo Lopes

    "Este será um rali para situar o Seat Leon em termos de performance e perceber as evoluções precisará para a próxima época. Devido à falta de testes, o carro irá ainda muito "virgem", pelo que não queremos ultrapassar os limites do carro, até para evitar uma desistência que seria prejudicial em termos de Taça Diesel".
    Barros Leite

    "Não quero estabelecer metas em termos desportivos, pois não vamos correr "contra" ninguém. Vou entrar no primeiro troço com algum cuidado e depois decidir a postura a adoptar consoante o nosso posicionamento. O carro terá as suspensões que foram desenvolvidas pelo Vallejo, um rapport de caixa mais curto e pneus de última evolução da BF Goodrich".
    Mex Machado dos Santos

  9. #309
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão ONDE VER - Rallye Centro de Portugal

    SUPER ESPECIAL - PE1/6
    A Super Especial decorre nos parques de estacionamento do Parque Municipal de Exposições da Marinha Grande.

    MARINHA GRANDE - PE 2/4
    Início: Estrada 242-2 (Marinha Grande/S. Pedro de Moel) ao km 3.
    ZP1: 2,2 km após sair da Marinha Grande, em direcção a Vieira de Leiria, virar à esquerda no primeiro cruzamento. 3 km depois, virar à esquerda no último cruzamento antes da Estrada Atlântica. A zona de público encontra-se percorridos 2,3 km.
    Final: Estrada Atlântica (S. Pedro de Moel/Vieira de Leiria), 1 km após a Praia Velha.

    S. PEDRO DE MOEL - PE 3/5
    Início: Estrada Atlântica (S. Pedro de Moel/Vieira de Leiria), na E. F. do Canto do Ribeiro.
    ZP1: S. Pedro de Moel, estrada do Parque de Campismo "Orbitur", até ao primeiro cruzamento.
    ZP2: E.N. 242-2 ao km 6,5 (S. Pedro de Moel/Marinha Grande).
    Final: Ao km 2,5 da Estrada 242-2 (Marinha Grande/S. Pedro de Moel) virar à esquerda em direcção ao Tremelgo, seguindo em frente cerca de 2 km. Encontra o final no cruzamento à direita.

    FIGUEIRÓ - PE 7/10
    Inicio: Ao km 78 do IC 8 (Nó de Figueiró dos Vinhos), tomar a direcção de Chimpeles.
    ZP1: No IC8, sair no cruzamento de Avelar e seguir 1,7 km no sentido Aguda/Figueiró dos Vinhos (E.N. 237), virar à esquerda na direcção de Aguda, seguir em frente em direcção ao Fato, após o que encontra a classificativa, seguindo 200 m à esquerda a pé.
    ZP2: Ao km 78 do IC 8 (Nó de Figueiró dos Vinhos), tomar a direcção de Figueiró dos Vinhos até ao segundo cruzamento à direita para Aldeia Ana de Aviz, atravessa a povoação, seguindo em frente durante 2,5 km.
    Final: Ao km 69,6 do IC 8, tomar a EN 237 direcção Aguda, seguindo sempre em frente encontra o final do troço.

    ESPINHAL - PE 8/11
    Início: Saída da povoação do Espinhal em direcção a Castanheira de Pêra pela EN 347.
    ZP1: Ao km 81,2 no IC8, tomar a direcção de Castanheira de Pêra e seguir pela 236-1 durante 9,4 km, cortando à esquerda em direcção Campelo pela EN 347 durante 15,9 km.
    Final: Ao km 81,2 no IC8, tomar a direcção de Castanheira de Pêra e seguir pela 236-1 durante 2,8 km, cortando à esquerda em direcção Campelo/Vilas de Pedro seguindo sempre em frente até encontrar o final do troço.

    PEDRÓGÃO - PE 9/12
    Início: 5 km depois de sair de Pedrógão Grande, direcção a Pampilhosa da Serra/Góis, virar à esquerda na ***** em direcção a Castanheira de Pêra. 2,5 km depois, na povoação de Derreadas, inicia-se a prova na EM 1160.
    ZP1: Na E.M. entre o Bolo (acesso p/ Castanheira de Pêra) e o Alto do Camelo.
    Final: 15 km depois de sair de Pedrógão Grande em direcção a Pampilhosa da Serra/Góis, virando à esquerda direcção pela EM 1160-1 durante 6,3 km.AS

  10. #310
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Armindo de Mitsubishi Evo X no Rallye do Centro

    Pelo terceiro fim-de-semana consecutivo Armindo Araújo não vai ter descanso. Depois de ter estado presente na Nova Zelândia e na Sardenha, vai agora fazer de carro 0 no Rali da Marinha Grande, mas de uma forma diferente do que fez no Costa Esmeralda, pois vai tripular um Mitsubishi Evo X de série, aliás o primeiro modelo a chegar ao nosso país.

    Quanto à visita à Sardenha saldou-se por mais uma positiva sessão de testes, em que as atenções estiveram sobretudo centradas nas suspensões. "Foi bom para rolar e também para conhecer um terreno que faz parte do calendário de 2009 do PWRC. Viemos para testar e se encontrámos algumas soluções que me agradaram, a nova tecnologia da suspensão, que estava para ser estreada no Japão, não me agradou, pois é ainda um protótipo e necessita de melhorar um pouco."

    "O carro não reage ainda de forma eficaz, aliás fiquei mesmo aflito das mãos. Quanto ao tipo de especiais da Sardenha são estreitas e muito traiçoeiras, com muita pedra à saída das curvas. Mas foi bom para ficar já com algum conhecimento", refere Armindo Araújo, que na Marinha Grande terá uma tarefa diferente. "Vou de carro 0, mas é uma viatura de série, é aliás a primeira que vem para Portugal. É naturalmente importante estar presente, mas em termos desportivos servirá para muito pouco", conclui.AS

  11. #311
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Piloto italiano prepara terceira prova no WRC

    Rossi prepara-se para o Rali da Grã-Bretanha
    Valentino Rossi vai mesmo disputar o Rali da Grã-Bretanha em Dezembro deste ano, naquela que será a sua terceira participação em provas a contar para o WRC

    Rossi marcou presença no rali da Grã-Bretanha em 2002 e no da Nova Zelândia em 2006, tendo conseguido algumas prestações interessantes. Já o ano passado, o italiano só falhou a prova porque não conseguiu a autorização da Yamaha para participar no rali.

    A informação foi confirmada pelo próprio pai do piloto, Graziano Rossi, que levantou um pouco do véu sobre os planos do piloto no que diz respeito a esta nova incursão pelas quatro rodas.

    Como preparação, o italiano, que actualmente lidera o campeonato de MotoGP com grande vantagem sobre Casey Stoner, irá competir no Rali de Monza, prova que ele venceu no ano passado num Ford Focus WRC.

    O carro a usar pelo piloto italiano ainda não foi escolhido, com Graziano Rossi a dizer à revista Autosport que "provavelmente, será um Ford Focus, mas também poderá ser um Subaru ou um Citroën", enaltecendo que "nada foi descartado".

    Recorde-se que a melhor classificação de Rossi numa prova de WRC foi um 11º lugar no Rali da Nova Zelândia em 2006.AS

  12. #312
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Mex Machado Santos "afinou" o Porsche

    Mex Machado dos Santos fará no Rali Centro de Portugal o anunciado baptismo competitivo do Porsche 997 GT3, já com o "kit" encomendado à Oreca, num primeiro e curioso frente-a-frente com os S2000, já a antecipar 2009.

    O piloto realizou as derradeiras afinações ao Porsche em Vouzela, numa secção do troço da Srª do Castelo, do antigo Rali Dão Lafões, e agora resta aguardar pelas especiais da zona da Marinha Grande para se ficar a saber um pouco melhor o que poderá valer o carro:

    "Para já não quero estabelecer metas em termos desportivos, pois não vamos correr "contra" ninguém. Vou entrar no primeiro troço com algum cuidado e depois decidir a postura a adoptar consoante o nosso posicionamento. O carro terá as suspensões que foram desenvolvidas pelo Vallejo, um rapport de caixa mais curto e pneus de última evolução da BF Goodrich.", referiu. AS

  13. #313
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rali de Mortágua com percurso semelhante

    Numa altura em que está prestes a ir para a estrada o Rallye do Centro de Portugal, já é conhecido o horário e percurso da próxima prova do Campeonato de Portugal de Ralis, que se realiza em Mortágua, a 24 e 25 de Outubro.

    Assim, uma dupla passagem pelas classificativas de Aguieira, Mortágua e Espinho, feitas por outra ordem, já que desta feita cabe à Aguieira abrir as hostilidades, e uma Super Especial, que terá lugar nas ruas de Mortágua, constituem a parte selectiva do Rali de Mortágua, organizado pelo Clube Automóvel do Centro, penúltima prova do Campeonato de Portugal de Ralis.

    A prova, da colectividade de Coimbra, arranca na sexta-feira (24), com a Super Especial, ficando o sábado reservado às outras seis especiais que determinarão o vencedor da competição.

    Sem novidades, com excepção do novo traçado da Super Especial, a prova do CAC terá uma lista de inscritos alargada uma vez que é pontuável, também, para o Campeonato de Clássicos, cujos concorrentes, para além de cumprirem a Super Especial, passarão duas vezes pela classificativa de Espinho e uma pela de Mortágua.

    No total dos concorrentes do Campeonato de Portugal de Ralis terão de enfrentar um percurso de 261,20 km, dos quais 121,40 km se cumprem em sete provas de classificação.

    HORÁRIO

    1.ª SECÇÃO (24 de Outubro)

    19.45 - Partida - Mortágua - Câmara Municipal
    20.00 - Parque de assistência - Entrada - Aeródromo
    20.20 - Parque de assistência - Saída - Aeródromo
    20.40 - 1.ª PC - Super Especial - Mortágua (1,86 km)
    21.00 - Parque de assistência - Entrada - Aeródromo
    21.45 - Parque de assistência - Saída - Aeródromo
    22.00 - Chegada - Mortágua (Câmara Municipal)


    2.ª SECÇÃO (25 de Outubro)

    09.00 - Partida - Mortágua (Câmara Municipal)
    09.10 - Parque de assistência - Entrada - Aeródromo
    09.30 - Parque de assistência - Saída - Aeródromo
    09.45 - 2.ª PC - Aguieira 1 (15,48 km)
    10.45 - 3.ª PC - Mortágua 1 (24,62 km)
    11.32 - 4.ª PC - Espinho 1 (19,67 km)
    12.15 - Reagrupamento - Entrada - Aeródromo


    3.ª SECÇÃO (25 de Outubro)

    13.00 - Reagrupamento - Saída - Aeródromo
    13.00 - Parque de assistência - Aeródromo
    13.20 - Parque de assistência - Saída - Aeródromo
    13.35 - 5.ª PC - Aguieira 2 (15,48 km)
    14.35 - 6.ª PC - Mortágua 2 (24,62 km)
    15.22 - 7.ª PC - Espinho 2 (19,67 km)
    16.05 - Parque de assistência - Entrada - Aeródromo
    16.25 - Parque de assistência - Saída - Aeródromo
    116.35 - Chegada - Mortágua - Câmara Municipal

    AS

  14. #314
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão MSD confirmou estreia como carro zero

    Opel Corsa S2000 estreia-se na Irlanda
    A Motor Sport Developments (MSD) confirmou a estreia do novo Opel Corsa OPC S2000 como carro zero no próximo Cork 20 International Rally na Irlanda, a 27 e 28 de Setembro.

    Apesar disso, o carro alemão só será homologado no dia 1 de Outubro, podendo a partir de então participar a nível oficial nos ralis do próximo ano.

    David Whitehead, director da MSD, explicou que "esta será uma boa oportunidade para mostrar o carro mas também para realizar mais alguns testes", acrescentando que "os testes efectaudos até agora têm decorrido bastante bem".

    Whitehead expllicou, também, que este novo carro surge "na altura certa, na medida em que a categoria Super 2000 está a crescer e prepara-se para ser o princípio do WRC, com os S2000+".

    Ao volante do Corsa OPC S2000 estará Austin MacHale, que celebra 25 anos desde a sua primeira vitória num rali internacional, o mesmo rali na Irlanda. "Estou muito contente por pilotar o novo Corsa OPC S2000 no mesmo rali".

    AS

  15. #315
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rallye Centro de Portugal: Após PE 3

    Bruno Magalhães destacado na frente

    Bruno Magalhães entrou no Rallye centro de Portugal decidido a resolver a questão do título e para o efeito já se destacou no comando da prova do CAC, com uma vantagem de 20.5s para o surpreendente Adruzilo Lopes que está a andar a um excelente nível.

    O Peugeot 207 S2000 fez o pleno nos três troços, mas o primeiro piloto a vencer foi Vítor Pascoal, que levou a melhor na curta super-especial da Marinha Grande. Nos dois troços seguintes, já na zona do Pinhal de Leiria, Bruno Magalhães foi o mais forte, vencendo ambos.


    Curiosamente, depois do piloto da equipa oficial da Peugeot todos foram algo irregulares, o que permite a Magalhães liderar com uma confortável vantagem, mesmo com pouca quilometragem de troços. José Pedro Fontes ainda foi segundo na passagem pelo troço da Marinha Grande, mas no seguinte, S. Pedro de Moel, não evitou perder mais de vinte segundos, caindo para quarto na geral. Adruzilo Lopes foi bem mais regular, tendo mesmo suplantdo Vítor Pascoal, deixando o homem do 207 S2000, para já, a dois segundos.

    Daqui a pouco, nova passagem pelos troços de S. Pedro de Moel, e à noite, pelo que certamente irão definir ainda melhor a classificação.
    Atrás de José Pedro fontes está classificado Mex Machado Santos, que não tem no Pinhal de Leiria troços onde possa mostrar todo o potencial do Porsche.


    Classificação após PE 3:


    1º B. MAGALHAES A/8 9:56.9

    2º ADRUZILO L. N/4 +20.5

    3º V. PASCOAL A/8 +22.5

    4º J.P FONTES A/8 +28.3

    5º MEX A/0 +30.4

    6º F. PERES N/4 +31.5

    7º P. LEAL D/1 +38.8

    8º P. MEIRELES N/4 +42.9

    9º N. B. PEREIRA A/8 +45.2

    10º P. ANTUNES A/6 +48.6
    "Rc"

Página 21 de 92 Primeiro ... 1120 21 223171 ... Último

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar