Página 33 de 92 Primeiro ... 2332 33 344383 ... Último
  1. #481
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Bernardo Sousa: "Neve, frio e troços gelados..."

    Bernardo Sousa está de volta às provas do Campeonato do Mundo de Ralis de Produção. Concluídos os reconhecimentos dos troços do Rali da Grã-Bretanha, o piloto da Red Bull Rallye Team mostra-se satisfeito com o que viu e ansioso por correr aquela que será a última prova da época.
    Bernardo Sousa: "Neve, frio e troços gelados..." -

    Bernardo Sousa está de volta às provas do Campeonato do Mundo de Ralis de Produção. Concluídos os reconhecimentos dos troços do Rali da Grã-Bretanha, o piloto da Red Bull Rallye Team mostra-se satisfeito com o que viu e ansioso por correr aquela que será a última prova da época.

    Depois do Rali Casinos do Algarve, onde mostrou que os três meses que esteve sem competir não o deixaram muito "enferrujado", terminando em segundo na produção e em quarto na classificação absoluta, chegou o momento de regressar aos grandes palcos do Mundial.

    O Rali da Grã-Bretanha - onde gostaria de melhorar o 8º lugar que actualmente ocupa - é o seu derradeiro desafio da época. "Os reconhecimentos correram bem e gostei bastante dos troços, que estão todos gelados, já que desde ontem à noite tem nevado bastante e está muito frio. Uma situação que faz com que a aderência do carro não seja a melhor", explica Bernardo Sousa, que ainda se encontra a recuperar da cirurgia. "Sinto-me bem e não tenho tido dores no ombro, vamos a ver nos próximos dias, mas julgo que não vai haver problema."

    Quanto a expectativas para o seu último rali da temporada 2008, o piloto madeirense garante que além da satisfação por finalmente estar de regresso ao Mundial, espera poder contabilizar mais uma prova terminada. "A Grã-Bretanha é sempre um rali traiçoeiro, com más condições climatéricas. É normal haver muita chuva, lama e nevoeiros. Este ano há muita neve e, como tal, é uma prova que exige alguns cuidados. Dadas as condições que se fazem sentir julgo que terminar já será uma vitória", frisa.

    Bernardo já experimentou Evo X

    Ainda sem certezas quanto ao carro com que correrá na próxima época, Bernardo teve no último fim-de-semana a oportunidade de experimentar pela primeira vez o Mitsubishi Lancer Evo X. E gostou do que viu. "Ainda não está ao nível do EVO IX mas acho que tem um bom potencial de desenvolvimento", garante.AS

  2. #482
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Armindo Araújo: "Tentar somar o máximo de pontos possível"


    A segunda temporada de Armindo Araújo no Campeonato do Mundo de Ralis de Produção termina no próximo fim-de-semana nas especiais galesas do Rali da Grã-Bretanha. Com 12 pontos, fruto de um terceiro lugar, de um quinto e de um sétimo, o piloto português está neste momento empatado no oitavo lugar com Bernardo Sousa.

    A meta para fechar o ano em beleza passa por somar pontos e conseguir se possível entrar nos cinco primeiros. A tarefa não será fácil, até porque são vários os pilotos do campeonato britânico que vão correr em condições de roubar pontos, mas Armindo Araújo vai fazer tudo para sair do País de Gales com o melhor resultado possível, tanto na prova como no campeonato.

    Este é o rali mais difícil da época do piloto do Mitsubishi Lancer Evo IX, uma vez que "se realiza sempre debaixo de muita chuva, com lama e muito nevoeiro. Os pilotos locais são muito fortes, pois para além de terem um melhor conhecimento das especiais estão habituados às condições climatéricas, pelo que acredito que os irmãos Mark e David Higgins, o Guy Wilks e mesmo o Patrik Flodin vão entrar na luta pela vitória. Quanto a nós vamos tentar tirar o máximo partido da experiência do ano passado, embora hajam vários troços novos. O objectivo passa por fazer um rali com cabeça, para tentar somar o máximo de pontos possível e ganhar posições no campeonato", afirma Armindo Araújo.

    O piloto de Santo Tirso sente que na segunda metade do ano o carro que tripula esteve mais competitivo e isso pode ser importante numa prova tão complicada. "Como se viu nos dois últimos ralis, o carro está mais rápido que na primeira metade da época, mas tanto na Nova Zelândia como no Japão não tivemos a sorte do nosso lado, porque senão acredito que estaria a lutar pelo pódio no campeonato. No Japão tivemos um problema quando estávamos em sexto e tínhamos acabado de vencer um troço. Na Nova Zelândia a caixa partiu na primeira classificativa, mas no segundo e terceiro dias estivemos invariavelmente entre os mais rápidos. Agora acredito que o Mitsubishi Lancer Evo IX vai estar de novo competitivo e que nos vai ajudar a cumprir os objectivos traçados, ter cabeça e somar o máximo de pontos possível", disse a finalizar o tetra-campeão nacional de ralis.

    O Campeonato do Mundo de Ralis vai terminar com uma das suas provas mais clássicas. Ao todo vão ser 19 especiais divididas pelos três dias, num total de 348,99 quilómetros ao cronómetro.

    AS

  3. #483
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Luta Citroen/Ford pelo título de Marcas no WRC


    O Rali da Grã-Bretanha vai ficar marcado pela luta entre a Citroen e Ford pelo título de Marcas no Mundial de Ralis deste ano, mas para a equipa francesa basta que não haja nenhum "desastre" para garantir o título.

    A Ford inicia o rali 11 pontos atrás de Citroen, o que significa que não basta colocar os seus dois carros nas duas primeiras posições, mas esperar que os dois carros da Citroen, juntos, não somem mais de seis pontos, pois em caso de empate a Citroen leva vantagem.

    Numa prova complicada como o Rali da Grã-Bretanha, tudo pode acontecer. Por exemplo, a repetição dos resultados do Japão bastavam à Ford para vencer o Mundial de Marcas, mas a verdade é que Sébastien Loeb e Daniel Sordo deverão arriscar muito pouco nesta prova.AS

  4. #484
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Olhos postos em Rossi e Ogier


    Para além de todos os bons argumentos para seguir com atenção a derradeira prova do WRC, em Gales, há ainda duas atracções especiais: Valentino Rossi, o pluri-campeão de MotoGP está de regresso aos ralis, e ao Rali da Grã-Bretanha, que já disputou no passado (um despiste na primeira especial) e Sébastien Ogier, que depois de ter vencido o Mundial Júnior em 2008 vai estrear-se na categoria máxima dos ralis, aos comandos de um Citroen C4 WRC.

    Curiosamente, Ogier vai guiar um carro especial, o chassis 17 que "ajudou" Sébastien Loeb a vencer por quatro vezes este ano enquanto Valentino Rossi "roubou" o número 46 ao piloto do PWRC, Jari Ketomaa, que utilizará o 146.

    Destaque ainda para a participação do jovem Tom Cave, que com apenas 17 anos vai estrear-se numa prova do Campeonato do Mundo, depois de se ter "graduado" através do "Junior Rallying" e passado no exame de condução duas semanas antes da prova. Foi assunto de noticiário das nove na BBC.
    AS

  5. #485
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Despedida na terra do ouro

    O Rali Cidade de Gondomar, na estrada entre sexta-feira e sábado próximos, assinala o fim da segunda temporada do Campeonato Open de Ralis. Campeão antecipado desde a última prova, Pedro Peres terá aqui a sua jornada de consagração, procurando o piloto do Porto fechar o ano com chave de ouro e chegar a um oitavo triunfo na temporada, sétimo de forma consecutiva. Igualmente decidido está o título de Vice-Campeão para Jorge Santos, pelo que todas as atenções transferem-se agora para a definição do último lugar do pódio absoluto, tanto mais que João Ruivo e Luís Mota partem para esta décima e decisiva prova em igualdade pontual. Como concorrem em categorias diferentes, são várias as combinações que podem dar vantagem a qualquer dos dois pilotos.

    Presentes neste Rali Cidade de Gondomar estarão ainda os concorrentes do Campeonato Júnior, também ele já decidido a favor de Pedro Raimundo, e do Campeonato Regional de Ralis Norte (VSH), este ainda ao alcance de quatro pilotos, com Sérgio Oliveira (72 pontos) a partir com curta vantagem sobre Pedro Peres (69), António Oliveira (67) e Luís Mota (65).

    Por fim, despede-se igualmente o Troféu Fastbravo, competição onde Óscar Coelho já assegurou a vitória final, mas que mantém ainda em aberto os lugares imediatos.

    Em termos de esquema, a prova da responsabilidade do Gondomar Automóvel Sport não apresenta grandes alterações em relação à edição do ano passado. Assim, propõe três especiais de classificação disputadas por duas vezes, num total de 57,86 km cronometrados, antecedidas pela tradicional Super Especial nocturna (1,68 km), desenhada bem perto do Parque de Assistência e do Pavilhão Multiusos, onde estará fixada toda a logística da prova.

    HORÁRIO

    Sexta, 6 de Dezembro
    Partida - Pavilhão Multiusos 20h45
    Parque de Assistência 20h50
    PE1 - Super Especial de Gondomar (1,68 km) 21h20
    Parque de Assistência 21h40
    Entrada em Parque Fechado 22h30

    Sábado, 7 de Dezembro
    Partida - Pavilhão Multiusos 09h45
    Parque de Assistência 09h49
    PE 2 - Gens/Covelo 1 (7,10 km) 10h28
    PE 3 - Vila Cova/Medas 1 (9,33 km) 10h46
    PE 4 - Vilarinho 1 (13,83 km) 11h17
    Reagrupamento 12h07
    Parque de Assistência 12h17
    PE 5 - Gens/Covelo 2 12h56
    PE 6 - Vila Cova/Medas 2 13h14
    PE 7 - Vilarinho 2 13h45
    Parque de Assistência 14h35
    Chegada - Pavilhão Multiusos 15h00
    AS

  6. #486
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Primeira especial anulada no Rali GB

    Não começou muito bem o Rali da Grã-Bretanha! A primeira especial da prova foi anulada devido ao excesso de gelo. O troço já tinha sido encurtado pelo Delegado de Segurança da FIA, mas pelos vistos nem a versão mais pequena resistiu às condições meteorológicas que se fazem sentir em Gales.

    De qualquer forma, os organizadores contam com o avançar do dia para normalizarem a situação, já que a temperatura que se fez sentir durante a noite é bastante mais baixa que neste momento.

  7. #487
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Sébastien...Ogier na frente

    Sébastien Ogier lidera, com alguma surpresa, o Rali da Grã-Bretanha após a terceira especial, numa prova em que os pilotos da frente se têm debatido com grandes dificuldades devido ao piso, o que foi aproveitado pelo estreante francês, que a rodar bem mais atrás nas especiais, encontra o piso em melhores condições.
    Sébastien...Ogier na frente -

    O francês, a rodar em 13º na estrada, realizou o melhor crono na sua primeira especial de sempre no WRC. Para Loeb, estes cancelamentos e encurtamentos foram bem decididos: "Há muitas alterações de aderência nas especiais pelo que o Delegado de Segurança da FIA tomou uma boa decisão. É muito difícil andar nestes troços", referiu.

    Assim, e decorridas que está a terceira especial, Sébastien Ogier lidera com 2,3s de vantagem para Mads Ostberg. Jari-Matti Latvala é terceiro a 3.9s, na frente de Per-Gunnar Aandersson, a 6.7s. Sébastien Loeb surge em quinto a 8.1s, na frente de Chris Atkinson. Mikko Hirvonen é apenas 11º, enquanto Valentino Rossi, muito cuidadoso, não vai além da 25ª posição.

    Na luta pelo título do PWRC, Guy Wilks lidera com vantagem de 23.1s sobre Andreas Aigner. O líder da competição atrasou-se e já está a dois minutos e meio do líder. Se a prova acabasse agora, Andreas Aigner era campeão. Tanto Bernardo Sousa como Armindo Araújo iniciaram as suas provas com muitas cautelas, e rodam para lá do topo 10.AS

  8. #488
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Latvala na frente em dia caótico


    Jari-Matti Latvala lidera o Rali da Grã-Bretanha na frente de Sebastien Loeb in e de um surpreendente Per-Gunnar Andersson (Suzuki), num dia em que a distância percorrida nos troços foi drasticamente reduzida devido às más condições climatéricas.

    Latvala na frente em dia caótico -

    As especiais de Hafren (PE1 e PE4) foram anuladas e outras como Sweet Lamb e Myherin fortemente amputadas, com os concorrentes a completarem apenas 49.7 quilómetros em vez dos 123 previstos. Como se não bastasse, as Superespeciais do final do dia, foram atrasadas perto de uma hora na sequência do acidente de Chris Atkinson, com a especial a ser interrompida para retirar os destroços do Impreza. Atkinson foi levado para o Hospital local para exames de despistagem, mas está aparentemente bem, tal como o seu navegador,
    Stephane Prevot.

    No meio disto tudo, Latvala contruiu uma vantagem de 11 segundos para Loeb, resultado que permite à Citroen manter al iderança no campeonato de Marcas, já que Mikko Hirvonen caiu para lá do top 30 depois de capotar o seu Focus WRC. Na luta pelo terceiro lugar estão
    Andersson e Mads Ostberg, separados apenas por 1.5s, com o norueuguês a passar pela segunda posição, mas a perdê-la devido a um pião. Petter Solberg roda na quinta posição na frente de Dani Sordo e de Sebastien Ogier, que liderou as primeiras três especiais, até que um problema eléctrico o fez perder cerca de um minuto em Myherin 2.

    Valentino Rossi tem estado muito cauteloso, e está classificado na 24ª posição. No PWRC, os dois primeiros Patrick Flodin e Guy Wilks estão separados apenas por 0,6s enquanto Andreas Aigner é terceiro e Juho Hanninen está fora do topo 10. Entre os lusos, Bernardo Sousa é nono e Armindo Araújo 14º. Mais detalhes sobre a prestação dos portugueses asssim que possível.AS

  9. #489
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Mex pondera abandono do CPR

    Mex Machado, o principal impulsionador do projecto Porsche Team by Beta que fez correr este ano o Porsche 997 GT3 no CPR, está a ponderar não participar na próxima temporada desta competição por não estar de acordo com o novo regulamento da competição que, a semana passada, foi dada a conhecer pela FPAK.

    Na perspectiva do piloto, "este ano, deixaram-nos alinhar com o Porsche com pressuposto de que não pontuaríamos. Por isso estávamos a contar que pudéssemos, em 2009, alinhar no CPR e pontuar.

    Ora se isso, não é possível, numa altura em que estávamos a negociar o apoio da marca Porsche, não faz muito sentido alinharmos no campeonato".

    O piloto faz questão de referir, no entanto, que a vontade do principal patrocinador, a Beta, é "continuar o projecto no CPR", embora, em definitivo, nenhuma decisão tenha sido tomada. A alternativa passa pela inscrição na Taça Nacional GT, inserida no novo Campeonato 2L/2RM, mas que, na óptica do piloto, "não faz sentido porque o projecto foi pensado para concorrer no campeonato principal de ralis e para lutar pelas primeiras posições nessa competição e não para ter o título menor de vencedor de uma taça". Mex Machado vai mesmo mais longe referindo que "não faz sentido dar títulos a cada uma das pequenas categorias pois isso afasta a motivação de qualquer piloto".

    Se a formação da Porsche Team by Beta não alinhar mesmo no CPR em 2009, então para além da alternativa do Campeonato 2L/2RM, Mex adianta que há a possibilidade de apontar baterias para Espanha "fazendo algumas provas do Campeonato de Espanha de Ralis ou mesmo converter o carro para a Velocidade e correr também em Espanha".


    FPM

  10. #490
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Valentino Rossi: "Em 2002 fui mais cedo para casa agora quero chegar ao fim"


  11. #491
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Piloto português volta a ter falta de sorte

    'Armadilha gelada' obriga Armindo Araújo a abandonar
    Armindo Araújo foi, uma vez mais, forçado a abandonar numa prova de PWRC, desta feita no Rali de Grã-Bretanha/Gales, prova que está a ser marcada pelas condições meteorológicas muito difíceis, com o gelo a revelar-se uma 'armadilha' fatal para as aspirações do piloto luso.
    'Armadilha gelada' obriga Armindo Araújo a abandonar -

    Armindo Araújo começou o dia com cautelas e foi apenas 14º no primeiro troço, mas a pouco mais de 10 segundos do mais rápido. No entanto, na segunda especial, numa passagem de água, o motor calou-se e o piloto português perdeu muito tempo até voltar a colocar o carro a trabalhar.

    Ainda que tenha caído muitas posições, esse acabou por ser um problema menor, uma vez que quando saiu desta classificativa foi surpreendido por uma placa de gelo, numa altura em que rodava muito devagar. Saiu de estrada e acabou por abandonar, pois embora o carro não tivesse problema nenhum, estava um metro abaixo do nível da estrada e numa zona de muita lama, pelo que foi impossível voltar a colocá-lo em condições de prosseguir.

    Num rali em que sabia que não teria vida fácil, até pelos pilotos locais que roubam pontos, Armindo Araújo viu a possibilidade de subir na tabela do campeonato terminar de forma ingrata.

    "Viemos com algumas cautelas no primeiro troço, pois as condições estavam muito difíceis ao nível da aderência. Na segunda especial vinha a fazer um bom tempo, até que numa passagem de água o carro se calou. Tivemos de sair e trocar o filtro. Perdemos cerca de quatro minutos e caímos na classificação", começou por recordar Araújo.

    "Só que infelizmente na ligação acabei por ser surpreendido por uma das muitas armadilhas deste rali. Numa zona de gelo e lama acabei por sair de estrada quase parado. O carro não teve nada, mas ficou um metro abaixo do nível da estrada, muito perto do local onde o Sebastien Loeb capotou nos reconhecimentos, numa zona de muita lama e de onde não foi possível retirá-lo em tempo útil", explicou o piloto português.

    Definitivamente esta foi uma temporada em que a sorte nada quis com o piloto do Mitsubishi Lancer Evo IX. "De facto, acho que nada falta acontecer este ano. Foi uma temporada em que a sorte nada quis connosco, mas acredito que na próxima época as coisas vão correr bem. Tenho de agradecer o apoio que sempre me foi dado pelos meus patrocinadores, bem como pela comunicação social", referiu.
    "Amanhã vamos arrancar e procurar fazer o melhor possível e, sobretudo, ganhar ainda mais experiência nestas condições, que pode ser muito útil no futuro. O rali está muito difícil, com muitos pilotos atascados ou fora de estrada, fruto da lama e das placas de gelo, pelo que tentaremos não voltar a ter problemas, para retirar ensinamentos importantes", concluiu Armindo Araújo.

    Bernardo Sousa ficou, assim, a ser o único piloto nacional com hipóteses de pontuar na Grã-Bretanha.AS

  12. #492
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão VÍDEO: Bernardo Sousa - 1º dia do Rali da Grã-Bretanha


  13. #493
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Chris Atkinson: Como se manda um Impreza WRC para a sucata!


  14. #494
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Piloto português ocupa 26º lugar da geral

    Bernardo Sousa em bom nível na Grã-Bretanha
    Bernardo Sousa teve um dia muito tranquilo na primeira etapa do Rali da Grã-Bretanha, última prova do Campeonato do Mundo de Ralis de Produção, com o piloto a mostrar o seu talento ao subir na classificação de forma consistente.
    Bernardo Sousa em bom nível na Grã-Bretanha -

    Num dia de condições climatéricas muito adversas, onde o gelo na estrada foi a maior dor de caberça, Bernardo Sousa fez uma etapa limpa, terminando o dia no Top Ten da Produção e em 26º lugar na classificação absoluta. O piloto da Red Bull Rallye Team, que se estreou este ano no Campeonato do Mundo de Ralis de Produção (P-WRC) cumpre, assim, os objectivos a que se propunha antes da prova, ou seja, aprender um pouco melhor os troços do Mundial e mostrar que é um piloto veloz e consistente.

    "O dia correu bem. Muito bem mesmo, se pensarmos que estavam umas condições meteorológicas impossíveis. Apanhámos muita lama e gelo", começou por frisar o jovem madeirense. "Agora mais ao final começou a ficar nevoeiro. Impraticável!", acrescentou, reforçando a ideia de que os troços de hoje foram mesmo muito dificeis.

    Sem razões de queixa do seu Mitsubishi Lancer Evo IX, que apenas teve um pequeno problema na passagem por um riacho, com a água a afectar um pouco o rendimento do carro nipónico, Bernardo pretende fazer amanhã uma etapa igualmente tranquila. "Concentração vai ser a palavra de ordem, já que vamos ter mais do mesmo com condições de tempo péssimas."

    O mau tempo está aliás a ser um desafio extra, num rali que está a ser uma verdadeira escola para o piloto. "Estou a aprender imenso com este rali. Devido às condições difíceis que se fazem sentir tenho de estar super concentrado e acho que a cada minuto que passa aprendo mais e mais", salientou.AS

  15. #495
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rali da Grã-Bretanha: 2º dia/1ª Secção

    Latvala lidera, Citroen pressiona
    Jari-Matti Latvala continua na liderança do Rali da Grã-Bretanha, apesar da forte pressão a que foi sujeito por parte dos homens da Citroen, que se aproximaram ao ponto de Sebastien Loeb distar apenas 8.9s enquanto Dani Sordo é terceiro a 17.6s, com o espanhol a ser o piloto que mais recuperou e ascendeu na classificação.
    Latvala lidera, Citroen pressiona -

    O estado das especiais é crucial neste jogo do gato e do rato, já que devido ao facto de ser o primeiro na estrada, Latvala tem agora mais dificuldades, pois é sempre o primeiro a deparar com as armadilhas. Contudo, resistiu na primeira passagem pelos troços e nas próximas passagens deverá ter a vida um pouco mais facilitada.

    Daniel Sordo entrou o dia positivamente ao ataque e passou mesmo para a frente de Loeb no final da primeira especial, mas Latvala e Loeb reagiram e remeteram de novo o espanhol para uma distância considerável, até porque sordo confessou que guiou muito depressa na primeira especial mas foi alertado pela equipa para a importância de se manter na estrada.

    Petter Solberg é quarto com o Subaru, com Mads Ostberg em quinto, na frente de Per-Gunnar Andersson que caiu de terceiro para sexto. Francois Duval é sétimo na frente de Henning Solberg que se aproximou do belga esta manhã.

    No PWRC, a luta pelo título está ao rubro, já que Andreas Aigner está perto do segundo lugar, apenas a 3.1, posição que lhe permite chegar a campeão já que Juho Hanninen abandonou e agora só pode esperar que o seu adversário não consiga a posição que precisa. Bernardo Sousa deixou de surgir na classificação e poderá ter tido algum problema enquanto Armindo Araújo regressou para ganhar experiência naquele tipo de piso.

    Classificação após PE 11

    1. Jari-Matti Latvala Ford 1h09:58.0
    2. Sebastien Loeb Citroen + 8.9
    3. Dani Sordo Citroen + 17.6
    4. Petter Solberg Subaru + 46.3
    5. Mads Ostberg Subaru + 1:02.8
    6. Per-Gunnar Andersson Suzuki + 1:07.0
    7. Francois Duval Ford + 1:37.8
    8. Henning Solberg Ford + 1:48.8
    9. Toni Gardemeister Suzuki + 2:28.2
    10. Matthew Wilson Ford + 3:12.5

    AS

Página 33 de 92 Primeiro ... 2332 33 344383 ... Último

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar