Página 34 de 92 Primeiro ... 2433 34 354484 ... Último
  1. #496
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Mikko Hirvonen: "Tinha de ser no último rali do ano..."


  2. #497

    Registo
    Sep 2007
    Posts
    8.174

    Padrão Sebastien Loeb vence em Gales


    Sebastien Loeb, campeão mundial, venceu este domingo o Rali de Gales, na Grã Bretanha, tornando-se o primeiro piloto a triunfar por 11 vezes numa só época.

    O francês, que representa a Citroen, bateu o piloto da Ford, Jari-Matti Latvala por 2.7 segundos, conquistando a sua primeira vitória em solo britânico.

    Com este triunfo Loeb entregou o título de construtores à Citroen, com 191 pontos, seguindo-se Ford (173) e Subaru (98).

    Classificação provisória

    1. Sebastien Loeb (França), Citroen 2 h43m19.600 s
    2. Jari-Matti Latvala (Finlândia), Ford, +00:02.700
    3. Daniel Sordo (Espanha), Citroen, 01:10.600
    4. Petter Solberg (Noruega), Subaru, 01:49.600
    5. Per-Gunnar Andersson (Suécia), Suzuki, 03:54.100
    6. Francois Duval (Bélgica), Ford, 04:57.800
    7. Toni Gardemeister (Finlândia), Suzuki, 05:15.000
    8. Mikko Hirvonen (Finlândia), Ford, 05:28.800
    9. Matthew Wilson (Grã-Bretanha), Ford, 08:03.900
    10. Barry Clark (Grã-Bretanha), Ford, 09:43.100

    Mundial de pilotos:

    1. S. Loeb (França), 122 pontos (campeão)
    2. M. Hirvonen (Finlândia), 103
    3. D. Sordo (Espanha), 65
    4. J-M Latvala (Finlândia), 58
    5. C. Atkinson (Áustria), 50
    6. P. Solberg (Noruega), 46
    7. F. Duval (Bélgica), 25
    8. H. Solberg (Noruega), 22
    9. G. Galli (Itália), 17
    10. M. Wilson (Grã-Bretanha), 15
    11. U. Aava (Estónia), 13
    12. P-G Andersson (Suécia), 12
    13. T. Gardemeister (Finlândia), 10
    14. F. Villagra (Argentina), 9
    15. C. Rautenbach (Zimbabué), 6
    16. A. Mikkelsen (Noruega), 5
    17. M. Rantanen (Finlândia), 2
    . J-M Cuoq (França), 2
    19. J. Hanninen (Finlândia), 1
    . S. Ogier (França), 1
    . A. Aigner (Áustria), 1

    Mundial de construtores:

    1. Citroën, 191 pontos (campeão)
    2. Ford, 173
    3. Subaru, 98
    4. Stobart-Ford, 67
    5. Suzuki, 34
    6. Munchi's-Ford, 22


    JR

  3. #498
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão PWRC: Aigner campeão, Armindo nos pontos


    No PWRC, boas notícias para as cores portuguesas, já que Armindo Araújo ainda foi a tempo de somar dois pontos, relativos ao sétimo lugar, enquanto Bernardo Sousa foi nono. O campeão, esse, foi Andreas Aigner, que terminou o PWRC empatado em pontos com Juho Hanninen, com o desempate a ser favorável ao austríaco da Red Bull, que vence a competição. Mais informação relativa aos portugueses assim que possível.
    AS

  4. #499
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Bernardo Sousa foi o melhor 'rookie' do ano no PWRC


    Depois de um primeiro dia tranquilo, um problema mecânico no Mitsubishi Lancer Evo IX no segundo dia de prova obrigou o piloto da Red Bull Rallye Team a desistir no arranque da segunda "especial". Bernardo Sousa regressou esta manhã à competição no Rali da Grã-Bretanha, em Super Rali, acabando por terminar a prova na nona posição do PWRC.

    Um problema mecânico na caixa de velocidades obrigou Bernardo Sousa a desistir numa altura em que ocupava a oitava posição na geral na Produção: "Foi um azar. Estava tudo a correr bem quando um problema na caixa de velocidades nos fez ficar na partida do segundo troço cronometrado do segundo dia", explicou Bernardo.

    'Rookie' do ano no PWRC

    O terceiro e último dia do Rali da Grã-Bretanha, 8ª e última prova do Campeonato do Mundo de Ralis de Produção (P-WRC) foi positivo, apesar de um pouco agitado para Bernardo Sousa. O piloto da Red Bull Rallye Team, que ontem desistiu com um problema mecânico no Mitsubishi Lancer Evo IX e regressou hoje em Super Rali, teve um encontro imediato com dois cervos e um problema num pneu, mas isso não o impediu de encerrar a época no Top 10 do Mundial de Produção.

    "Hoje foi um dia que não nos correu mal. Andámos sempre entre os seis, sete primeiros, mas infelizmente o 9º lugar final deixou-nos fora dos pontos e impediu-nos de melhorar a nossa classificação no Mundial", refere o piloto madeirense, frisando que se não fosse o problema da véspera com a caixa de velocidades, que o impediu de completar a etapa, o resultado final teria muito provavelmente sido outro. "Acredito que poderíamos ter terminado nos cinco primeiros se não fosse o problema de ontem, mas obviamente que estou satisfeito com o facto de ter terminado a minha primeira época no Mundial no Top Ten e ter sido o melhor rookie do campeonato."

    Disputado sob condições atmosféricas muito adversas, o Rali da Grã-Bretanha foi um verdadeiro desafio para todos os participantes e, ainda mais para quem como Bernardo esteve afastado das competições cerca de três meses devido a uma lesão da qual ainda se encontra a recuperar. "Foi uma prova muito difícil. Com condições quase impraticáveis, com um piso de terra com gelo que ninguém estava à espera. Foi preciso muita concentração e uma boa leitura do terreno para perceber por onde o carro derraparia menos", explica.AS

  5. #500
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Piloto português somou dois pontos e subiu a 8º no PWRC


    Armindo Araújo: "O ano não correu como desejávamos mas os ralis são mesmo assim"
    A meta para o último dia do Rali da Grã-Bretanha era não correr riscos e esperar que algum adversário tivesse problemas, para que Armindo Araújo chegasse aos pontos. Logo de manhã a tarefa ficou mais fácil, quando um dos pilotos que o precedia na classificação não retirou o carro do parque fechado.
    Armindo Araújo: "O ano não correu como desejávamos mas os ralis são mesmo assim" -

    Com um ritmo conservador, o piloto português foi sempre mantendo o oitavo lugar do PWRC, mas acabaria por subir mais uma posição na última especial do rali, quando um adversário teve problemas de motor e acabou por abandonar. Numa prova que começou de uma forma menos positiva, e que custou muito minutos na sexta-feira, Armindo Araújo não baixou os braços e acabou por ser recompensado com dois pontos, que o fazem ganhar um lugar na classificação final do campeonato.

    Apostado em não correr riscos, o piloto português impôs um ritmo que lhe permitiu cumprir as especiais do dia sem sobressaltos. "Hoje sabíamos que não precisávamos de arriscar, pois tínhamos uma diferença muito grande para a frente e para trás, para além de que o motor não estava a 100 por cento. Conseguimos somar dois pontos, que acabam por ser muito positivos, num rali muito difícil, com condições climatéricas e de aderência bastante complicadas. Nos últimos dois dias não cometemos erros e acabámos por conseguir um resultado positivo depois do azar de sexta-feira", disse.

    Desta forma a temporada do piloto do Mitsubishi Lancer Evo IX acabou por terminar de forma positiva. "Acabou por não ser aquilo que desejávamos, porque tínhamos colocado a fasquia um pouco mais elevada, mas os ralis são mesmo assim. Este resultado foi importante porque nos permitiu ganhar um lugar no campeonato e aumenta ainda mais a nossa confiança para o futuro. Não posso deixar de agradecer a todos aqueles que me apoiaram esta temporada e que acreditam no meu trabalho", concluiu Armindo Araújo.

    Classificação Final:
    1º Patrik Flodin/Goran Bergsten - Subaru Impreza WRX Sti com 2h56m01,3s
    2º Andreas Aigner/Klaus Wicha - Mitsubishi Lancer Evo IX a 1m42,1s
    3º Guy Wilks/Phil Pugh - Mitsubishi Lancer Evo IX a 2m07,7s
    ....
    7º Armindo Araújo/Miguel Ramalho - Mitsubishi Lancer Evo IX a 28m52,6s

    Classificação do Campeonato:
    1º Andreas Aigner - 38 Pontos
    2º Juho Hanninen - 36
    3º Jari Ketomaa - 28
    ...
    8º Armindo Araújo - 14
    AS

  6. #501
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Sébastien Loeb: "The Special One"


    Para além dos cinco títulos consecutivos de Pilotos, feito nunca antes alcançado no Mundial de Ralis, Sébastien Loeb é também o actual detentor do recorde de vitórias, com o impressionante número de 47 passagens pelo lugar mais alto do pódio. .
    Sébastien Loeb: "The Special One" -

    Hoje, com a vitória no Rali da Grã-Bretanha, Loeb inscreveu o seu nome pelo menos uma vez em todas as provas que habitualmente fazem parte do WRC, na sua incrível carreira

    As vitórias mais marcantes

    De qualquer forma, não admira que entre tantas garrafas de champanhe abertas, umas tenham sido mais saborosas que outras: vitórias de puro talento, de estratégia ou até de sorte; triunfos com princípio, meio e fim ou só... no fim; vitórias por um piscar de olhos ou tão esclarecedoras como a conhecida superioridade do alsaciano no asfalto. Enfim, um reportório de luxo que Loeb dificilmente apagará da sua memória e da dos aficionados dos ralis.

    Após 28 vitórias ao volante do Citroën Xsara WRC e 18 aos comandos do C4 WRC, sempre com Daniel Elena sentado no banco do lado direito, o "Asterix dos ralis" traz ainda consigo triunfos morais onde teve um pé no degrau mais elevado do pódio, mas que, por uma ou outra razão, nunca conseguiu pôr os dois! E mesmo se há pouco mais de três semanas, na hora de festejar novo título, deixou escapar um "não quero dar a impressão que ganhar é um costume enraizado", já ninguém duvida que o francês tem um certo, digamos, "magnetismo" com as vitórias. Onde está, afinal, o segredo? Esse é a pergunta que todos gostavam de saber responder, sobretudo os seus mais directos adversários. E se teorias há muitas, a verdadeira resposta guarda-a Sébastien, o último dos sobredotados do Mundial de Ralis.

    Martin Holmes

    Vitória nº 1 - Alemanha 2002
    Até tinha "ameaçado" no início da época, em Monte Carlo, mas seria na Alemanha que Sébastien Loeb daria início ao impressionante registo de vitórias construído nos seis anos seguintes. Apesar de ter liderado quase todo o rali, a diferença final para Richard Burns foi inferior a 25 segundos. A Citroën começou aqui a sua invencibilidade "oficial" na Alemanha, onde já antes tinha vencido por Philippe Bugalski, quando a prova ainda não fazia parte do Mundial.

    Vitória nº 4 - Itália 2003
    Pela primeira vez na respectiva carreira em conjunto, Sébastien Loeb e Daniel Helena lideraram uma prova do Campeonato do Mundo do princípio ao fim. Aconteceu na última edição do Rali de Itália disputada nos troços de asfalto do continente, antes da mudança insular para a Sardenha. Apesar da vitória de Loeb, Markko Märtin foi o mais rápido na maioria das classificativas.

    Vitória nº 6 - Suécia 2004
    Aquele que é, provavelmente, o maior talento do asfalto na história do WRC provou a abrangência das suas capacidades ao tornar-se primeiro e único não-nórdico a vencer o Rali da Suécia, a única prova totalmente "de Inverno" no calendário. Foi a primeira vitória de Loeb fora da sua superfície de eleição, mas não sem uma "ajudinha" da sorte... Markko Märtin bateu numa rocha e danificou a suspensão do seu Ford Focus, transferindo a liderança definitiva para um histórico Loeb.

    Vitória nº 7 - Chipre 2004
    Esta foi uma vitória estranha porque foi obtida algum tempo após o final da prova, quando os Peugeot 307 WRC foram desclassificados devido a uma irregularidade na bomba de água.
    Mesmo não tendo ganho na estrada, o currículo de Loeb assinala a data como a primeira vitória num rali em piso de terra.

    Vitória nº 8 - Turquia 2004
    Problemas desesperados exigem medidas desesperadas. O Xsara de Loeb tinha um problema numa roda no final da última especial e o francês percebeu tinha de arrancar a jante e o pneu para chegar ao final. A imagem de Loeb a guiar em três rodas e escoltado pela polícia é hoje um clássico. Mas seria demasiado cruel perder daquela forma uma prova que se tinha dominado desde a segunda especial.

    Vitória nº 17 - Argentina 2005
    Apesar de já ter batido antes, na Acrópole, o recorde de Timo Salonen de quatro vitórias consecutivas, foi na Argentina que Loeb elevou a fasquia até aos seis triunfos. Na ronda seguinte, na Finlândia, o arqui-rival Marcus Grönholm interromperia a histórica marcha do alsaciano.

    Vitória nº 19 - Córsega 2005
    Loeb ganhou todas as especiais (até uma onde sofreu um furo!) e sagrou-se Campeão do Mundo pela segunda vez, ainda com duas provas para disputar. Foi também a sua primeira vitória em solo pátrio. Uma rara e impressionante demonstração de perfeição ao volante.

    Vitória nº 20 - Catalunha 2005
    Mais um recorde para Loeb - dez vitórias uma só época. O anterior máximo - seis - tinha sido estabelecido pelo compatriota Didier Auriol em 1992, com o Lancia Delta Integrale. Loeb vinha dilatando sucessivamente o recorde ao longo da época, terminando a marcha num rali que dominou do início ao fim. Foi também a primeira vez que um piloto ganhou ralis do Mundial em fins-de-semana consecutivos.

    Vitória nº 27 - Japão 2006
    Foi nesta prova que Loeb passou à História como o piloto mais bem sucedido do Campeonato do Mundo de Ralis. Numa época onde guiou um Xsara semi-oficial da Kronos, Loeb passou a deter o recorde de vitórias em ralis do Mundial, numa prova onde aproveitou alguns erros de Grönholm para passar para a frente e vencer por apenas 5,6s.

    Vitória nº 29 - Monte Carlo 2007
    Um rali especial por duas razões: não só Loeb ganhou na estreia do Citroën C4 WRC, como este foi o primeiro rali após o sério acidente de BTT onde o francês deslocou um ombro. Mais uma exibição demolidora de "Seb", com o companheiro Dani Sordo em segundo.

    Vitória nº 42 - Finlândia 2008
    Após 41 vitórias, bem poderia ser mais uma no currículo... mas não para Loeb. A Finlândia era o rali que Loeb ainda desejava ganhar, por achar que este era o maior desafio de todo o Mundial, mesmo se outros pilotos oriundos da Europa Central já ali tivessem triunfado antes. Foi o 17º país diferente onde Loeb venceu um evento do WRC, algo que nenhum outro piloto conseguiu.

    Vitória nº 43 - Alemanha 2008

    Antes de cada Rali da Alemanha começar, está "escrito" que este é o território da Citroën e de Loeb. Em 2008, ambos venceram a prova germânica pelo sétimo ano consecutivo. Nova exibição irresistível logo a partir do primeiro troço, afastando-se da concorrência sob condições traiçoeiras no primeiro dia e acertando em pleno nas escolhas de pneus.

    As vitórias "morais":

    Monte Carlo 2002
    O jovem Loeb liderou o rali até final da segunda etapa e depois veio o desastre. A sua equipa infringe inadvertidamente as regras da assistência e Loeb é penalizado em dois minutos. Isso custa a descida ao segundo lugar, atrás do Subaru de Tommi Mäkinen e, pior de tudo, a primeira vitória do promissor gaulês.

    Gales/GB 2005
    Após saber da morte de Michael Park, o navegador de Markko Märtin, Loeb penaliza dois minutos de forma voluntária para descer do primeiro ao terceiro lugar e assim evitar ser campeão nessa prova, em respeito pela memória do malogrado britânico. O título ficaria adiado para o evento seguinte, no Japão.

    Veja a lista completa de participações no WRC:

  7. #502
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Miettinen vence IRC na China


    Jarkko Miettinen venceu a última ronda do IRC 2008. O finlandês esteve quase toda a prova atrás de Juha Salo mas soube esperar pela última classificativa, onde o seu rival capotou, deixando o caminho aberto à vitória. Apesar duma lista de inscritos bastante pobre para aquela que é há algum tempo a norma nos eventos elegíveis para o Intercontinental Rally Challenge, o China Rally acabou sendo um evento empolgante ao nível desportivo pois os ocupantes dos lugares do pódio só foram conhecidos mesmo a pouquíssimos quilómetros da meta.

    Cavigioli consegue título no IRC 2WD Cup

    O único título em aberto antes da realização do rali chinês era a IRC 2WD Cup, taça destinada aos pilotos e marcas com carros de duas rodas motrizes. Com Bettega ausente, bastava ao piloto terminar nos quatro primeiros para atingir o seu objectivo, o que conseguiu, ao obter a terceira posição.

    Classificação

    1º Jarkko Miettinen - Mikko Lukka Mitsubishi Lancer IX, 2h00m23,9s
    2º Tony Green - John Allen Subaru Impreza N14 a 1m27,9s
    3º Caodong Liu - Hongyu Pan Mitsubishi Lancer IX a 5m41,9s
    4º Jun Xu - Sheng Liu Mitsubishi Lancer IX a 7m52,1s
    5º Wei Li - Douglas Pickering Subaru Impreza N14 a 7m58,3s
    6º Fan Fan - Junwei Fang Mitsubishi Lancer IX a 8m21,0s
    7º Hanping Ma - Jianbing Zhong Mitsubishi Lancer VIII a 12m06,5s
    8º Zhuoyong Tan - Riago Yu Mitsubishi Lancer IX a 12m55,9s
    AS

  8. #503
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Penalização de Sébastien Loeb retirada


    Afinal, a margem com que Sébastien Loeb venceu o Rali da Grã-Bretanha passou de 2,7s para 12,7s já que foi retirada a penalização de dez segundos averbada na 18ª especial, quando, alegadamente, o francês realizou "falsa partida".

    Loeb já tinha assegurado que não se sobrepôs às luzes de partida, na partida da penúltima especial, Rheola 2, e na verdade, depois de analisadas as imagens "on board" os Comissários Desportivos decidiram retirar a penalização, já que esta fora incorrectamente averbada. Este facto só vem tornar ainda mais sensacional a vitória do francês.AS

  9. #504
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Valentino Rossi mais perto dos "WRC boys"


    O patrão da Ford, Malcolm Wilson elogiou bastante a prestação de Valentino Rossi no Rali da Grã-Bretanha, que o piloto terminou na 12ª posição. De início o italiano apontava para o top 10, mas as difíceis condições em que esta prova foi realizada tornaram esse objectivo bem mais difícil de alcançar.
    Valentino Rossi mais perto dos "WRC boys" -

    De qualquer modo, Rossi, que desta feita foi bastante mais cauteloso inicialmente, foi melhorando os seus cronos, de tal maneira que no derradeiro dia de prova já conseguiu rodar ao nível dos mais experientes Matthew Wilson e Conrad Rautenbach.

    Na última vez que guiou no WRC, Na Nova Zelândia em 2006, Rossi ficou a cerca de 20 minutos do vencedor. Contudo, desta feita logrou classificar-se apenas a 13 minutos de Loeb, o que não deixa de ser significativo, já que reduziu sete minutos à margem relativamente ao vencedor, logo numa prova com um grau de dificuldade bastante maior: "Estou muito contente, em primeiro lugar por ter terminado a prova e em segundo porque realizei alguns bons cronos", referiu Rossi.

    AS

  10. #505
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Gronholm estreou Focus RS

    Um ano depois de cumprir em Gales a sua despedida oficial do Mundial de Ralis, o finlandês Marcus Gronholm regressou ao "local do crime" para uma singular mas muito aplaudida passagem no Millennium Stadium, palco da renovada Super Especial que encerrou o segundo dia de prova.

    Em estreia mundial, o piloto surgiu ao volante do novo Ford Focus RS que será comercializado a partir de Janeiro próximo em todo o mercado europeu.

    Mas quanto ao tão badalado hipotético regresso à actividade e a uma possível ligação à equipa Subaru para 2009, Gronholm não disse uma palavra, escapando a todas as ratoeiras montadas pelos "jornalistas".

    AS

  11. #506
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Tom Cave foi o mais novo de sempre no WRC

    Com apenas 17 anos, cumpridos no passado dia 16 de Novembro, Tom Cave (Ford Fiesta ST) tornou-se no mais jovem piloto de sempre a participar no Rali de Gales.

    Curioso é que o jovem britânico, natural de Aberdovey, se inscreveu na prova sem saber ainda se passaria no exame de condução que realizou a apenas nove dias da partida oficial.

    No plano inverso, Peter Stephenson (61 anos) e o navegador David Smith (62) eram os mais velhos da lista de participantes. De qualquer forma, e mesmo com "apenas" 49 anos, o galês Gwyndaff Evans era o piloto mais experiente à partida, cumprindo este ano a sua 20ª presença na prova, onde se estreou em 1987, falhando, desde aí, apenas duas edições.AS

  12. #507
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão SEAT Marbella vão evoluir em 2009

    Os Seat Marbella, que deram corpo ao Troféu Fastbravo, vão evoluir tecnicamente em 2009.

    Jorge Pinto, promotor da competição, e que pela primeira vez competiu ao volante de um dos seus carros numa prova, avançou que as alterações: "Serão ao nível da potência do motor, pretendo acrescentar cerca de 20 cavalos, isto sem colocar em causa a fiabilidade".

    O promotor da competição esclareceu ainda que: "Em 2009 quero mais provas em terra que asfalto, podendo mesmo ir aos Açores. Assim, quero que o Troféu Fastbravo tenham quarto provas em asfalto e seis em terra, aproveitando os pilotos dois resultados no primeiro caso, e quarto no segundo".

    Outra novidade é que pontua qualquer piloto com qualquer licença desportiva, o que não sucedeu em 2008.AS

  13. #508
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Stobart chegou aos 50 ralis

    Estrutura satélite da Ford desde 2004, a Stobart assinalou em Gales a sua 50ª presença em provas pontuáveis para o Mundial de Ralis, num evento onde inscreveu um número recorde de sete viaturas.

    Assim, aos dois pilotos nomeados para pontuar pela Stobart, respectivamente Matthew Wilson e François Duval, juntaram-se ainda o experiente Henning Solberg e, em estreia na equipa, Steve Perez (proprietário da empresa de bebidas energéticas Kick Energy, patrocinadora da equipa), Barry Clarck, o jovem Dave Weston e, claro, a estrela do MotoGP, Valentino Rossi.AS

  14. #509
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Sebastien Loeb: "Poderia estar na F1 em 2010"

    O pentacampeão de ralis Sebastien Loeb parece ter ficado a sonhar com a Fórmula 1 desde o seu recente teste com a Red Bull, admitindo que poderá considerar seriamente uma mudança para a F1 em 2010.

    "Os responsáveis das equipas julgam que eu sou muito velho, mas mentalmente não", começou por argumentar o francês ao jornal Libération. "A idade não seria um obstáculo para mim", acrescentou Loeb, que tem contrato com a Citroën até ao final de 2009.

    Apesar dos seus 34 anos de idade, Loeb garante que "com um programa de testes em 2009 eu estaria na F1 em 2010".

    Loeb, que impressionou no seu teste com a Red Bull, admitiu ainda que se sente "desiludido" com o WRC, tecendo fortes críticas ao calendário para 2009, à evolução dos carros e aos regulamentos. Estas declarações de Loeb acabam por não surpreender, já que no passado mês, o piloto francês admitiu que poderia vir a abandonar o Mundial de Ralis caso as novas especificações dos carros fossem introduzidas.AS

  15. #510
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão S2000 vão ser futuro do WRC

    A FIA deverá anunciar amanhã as novas regras do WRC, com os futuros carros a serem baseados apenas nos Super 2000, o que deverá provocar grandes alterações no Campeonato do Mundo de Ralis.
    S2000 vão ser futuro do WRC -

    Esta decisão, revelada pelo site Autosport.com, a concretizar-se de forma oficiosa, irá forçar algumas marcas como a Subaru (que não será a única) a criar um carro inteiramente novo, já que as anteriores sugestões de que poderiam ser baseados em S2000 ou Grupo N (que receberiam um kit especifico para criar um novo WRC) não se deverão concretizar.

    Esta deverá ser a conclusão de uma Comissão do WRC criada para estudar ambas as categorias, com o estudo a argumentar que seria difícil encontrar uma forma de equilibrar as performances entre os dois tipos de carros.

    De acordo com o site britânico, que teve acesso às conclusões do estudo, este menciona "um problema evidente na equalização das performances", em relação aos S2000 e aos carros de Grupo N.AS

Página 34 de 92 Primeiro ... 2433 34 354484 ... Último

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar