Página 54 de 92 Primeiro ... 44453 54 5564 ... Último
  1. #796

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão O primeiro Ford Fiesta S2000 a arder...


    Sortes diferentes para dois pilotos que correram no passado fim-de-semana em Ford Fiesta S2000. Enquanto Bernardo Sousa venceu a prova de abertura do Campeonato de Portugal de Ralis, o Rali Torrié, na África do Sul o Fiesta S2000 de Charl Wilken era consumido pelas chamas, no segundo dia da prova de abertura do campeonato de Ralis da África do Sul, o Tour de Natal.

    O piloto sul-africano rodava na sexta posição, mas numa das ligações o carro ardeu por completo, tendo o fogo tido início na zona da roda traseira direita. O vencedor do rali foi o campeão nacional, Hergen Fekken, em VW Polo S2000, enquanto o melhor Grupo N foi Conrad Rautenbach, que desenvolve o Impreza da Prodrive, o único não S2000 nos onze primeiros. Na mesma prova, outro S2000, o de Burger Schalk Junior teve ums saída de estrada e o carro fgoi consumido, não pelo fogo, mas pela...água.

  2. #797

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Ralis do WRC poderão ficar maiores

    Os responsáveis pelo Mundial de Ralis (WRC) estão a equacionar a hipótese de voltar a aumentar a extensão das provas do campeonato. A ser implementada, a actual regra que permite provas até aos 500 quilómetros será substituída.

    Essa proposta foi debatida pelo Grupo de Trabalho do WRC, com o presidente da Comissão para o WRC, Morrie Chandler, a considerar que "isso poderia ser interessante. Ao mesmo tempo, não sei quantos ralis estariam interessados em prolongar-se por tanto tempo devido aos custos que isso implica".

    "Será interessante ver quantos eventos este ano é que se vão correr com o limite máximo permitido, mas não deverão ser muitos, presumo", completou.

    Recorde-se que o limite máximo já havia sido aumentado para 2010, subindo dos 350 quilómetros para os 500. Outra das propostas em discussão para o futuro próximo é a possibilidade de fundir algumas provas de todo-o-terreno ao WRC, ainda que esta hipótese esteja ainda num estádio muito embrionário e sem grandes detalhes acerca de como poderia vir a funcionar.

  3. #798

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Elisabete Jacinto no Rallye Oilibya Tunisie 2010

    Seis dias de corrida em pistas muito variadas,. Quatro meses depois da sua participação no Africa Eco Race, Elisabete Jacinto prepara já o seu regresso às pistas africanas, onde irá disputar a prova de abertura da Taça do Mundo de Todo-o-Terreno da temporada de 2010. A piloto do Team Oleoban/MAN Portugal está já inscrita no Rallye Oilibya Tunisie 2010, no qual se apresentará aos comandos do MAN TGS.
    A prova organizada pela NPO terá verificações técnicas e administrativas em Tunis, capital da Tunísia, no primeiro dia de Maio, seguindo-se seis dias de corrida com quatro etapas em linha e duas em forma de “boucle”. O rali terminará em Tozeur no dia 7.

    “Estou muito satisfeita por poder regressar à Tunísia. É um país que acolhe um rali com pistas magníficas e foi nesta prova que fiz a minha estreia africana em 1997. No ano passado, a construção do novo camião não nos permitiu participar, pelo que já sinto algumas saudades”, salienta Elisabete Jacinto, que acrescenta:

    “Com as recentes alterações que foram feitas no nosso MAN TGS estou convencida de que poderemos evoluir significativamente no plano desportivo e não será descabido ter a ambição de lutar para a vitória. De acordo com a mais recente informação prestada pela organização da prova, o percurso não só é muito variado como teremos etapas 100% novas, o que não deixa de ser de louvar. Mas muito importante é a referência de que a prova será muito exigente do ponto de vista de pilotagem e de navegação, o que é um excelente desafio”.

    De salientar que Elisabete já foi, por três vezes, segunda classificada entre os camiões, em 2004, 2007 e 2008, tendo averbado em 2004 a sua primeira vitória absoluta numa etapa.
    Última edição por barril; 16-03-2010 às 16:52.

  4. #799

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão IRC: Muitos testes para o Rali da Argentina

    #
    Esta semana registaram-se inúmeros testes dos mais variados concorrentes nas estradas da província de Córdoba com vista à melhor escolha de acertos para o Rali da Argentina que começa amanhã com a realização duma super-especial em Carlos Paz.
    IRC: Muitos testes para o Rali da Argentina -

    Logo na segunda, e na impossibilidade de utilizar o Peugeot 207 S2000 da Stohl Racing, o brasileiro Daniel Oliveira rodou bastante com o Subaru Impreza que costuma tripular no campeonato local por forma a estar familiarizado ao máximo com os troços a percorrer entre sábado e domingo.

    Já Federico Villagra, que corre no WRC com a Munchis, preparou meticulosamente a sua estreia com o Ford Fiesta S2000. O piloto que tem dominado nos últimos anos os ralis naquele país utilizou os traçados que são sua propriedade e estão dentro do complexo do VRS Rally Team. Em quase 140 quilómetros, o argentino experimentou várias soluções para o carro da M-Sport num trabalho que teve a supervisão de Martin Christie.

    A Skoda rodou na terça de manhã com os seus dois pilotos oficiais e ainda Guy Wilks. À tarde foi a vez de Nasser Al-Attyiah entrar ao serviço e, num troço com pouco mais de cinco quilómetros, foi constantemente melhorando os seus tempos e acabou batendo as marcas obtidas por Hanninen e Kopecky.

    O piloto do Qatar também participou numa sessão inédita com os membros do Tango Rally Team, Marcos Ligato e Alejandro Cancio. Durante os trabalhos, todos puderam estabelecer uma comparação directa entre o Skoda Fabia S2000 e os Mitsubishi Lancer X por forma a ambos melhorarem as suas viaturas em aspectos em que surgissem menos competitivos face à concorrência.

  5. #800

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Vitória de Kris Meeke na 1ª Especial do Rali da Argentina

    Espectacular segundo lugar de Bruno Magalhães

    Bruno Magalhães, ao volante do Peugeot 207 S2000 da Peugeot Total, fez hoje o 2º melhor tempo na 1ª especial do Rali da Argentina, terceira prova da temporada de 2010 do IRC.




    Kris Meeke, também ao volante de um Peugeot, continua a fazer juz ao seu titulo de campeão de 2009 e foi o mais rápido, com 1,4s de vantagem para o piloto português . Destaque para o facto dos pilotos terem sentido imensas dificuldades por terem de disputar a especial com pneus de terra montados, quando a especial se disputou em asfalto e molhado .
    Depois dos dois Peugeot que ocuparam as duas primeiras posições ficou Guy Wilks no Skoda Fabia S2000 com mais 2,2s seguido de Jan Kopecy e Juho Hanninen, ambos em Skoda e ambos com mais 2,9s.
    O rali volta à estrada amanhã.




    Shakedown

    O finlandês Juho Hänninen, que lidera o IRC á entrada para a prova argentina, foi o mais rápido,no shakedown disputado hoje, efectuando o tempo de 5.16,9 minutos.

    O português Bruno Magalhães, gastou 5.33,2 minutosao volante doPeugeot 207 S2000,e classificou-se na sétima posição.

  6. #801

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão >> Resultado "suspenso"


    Vítor Sá/Nuno Rodrigues ganharam na estrada o XIV Rali Porto Santo Line, mas a confirmação da vitória virá da secretaria. Um facto que veio abalar o início do Campeonato da Madeira 'Coral' de Ralis, já depois de terem sido conhecidas as classificações provisórias da prova organizada pela Secção de Automobilismo do Sporting Clube Santacruzense.

    Apesar de ter havido entrega de prémios, a classificação oficial está suspensa e o que terá motivado esta decisão por parte do Colégio de Comissários Desportivos - que não se pronunciou - deverá ser, segundo apurámos, decido pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK).

    De qualquer modo, a situação poderá ter a ver com as declarações de Miguel Nunes, que colocou um clima de suspeição ao pôr em causa a preparação do seu carro face ao do rival directo. Os dois Peugeot 207 S2000 são preparados pela Barroso Sport, mas o vice-campeão do ano passado deu a entender que o de Vítor Sá estaria melhor em alguns aspectos.

  7. #802

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Filipe Campos vence Rali TT Terras d'el Rei

    Filipe Campos e Jaime Baptista, em BMW X3, venceram a o Rali TT Terras d'el Rei, segunda prova do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno 2010, com a Yser Racing a obter uma saborosa 'dobradinha', já que Bernardo Moniz da Maia e Joana Sotto-Mayor, em BMW X3, foram segundos classificados, com Miguel Barbosa e Miguel Ramalho a completarem o pódio, num resultado que lhes sabe a pouco pois lideraram o Rali durante boa parte da sua extensão.

    No quarto posto ficou a dupla José Dinis Lucas/Luis Tirano, em Mitsubishi Pajero DID, na frente de José Gameiro e António Saraiva (Nissan Off Road 06). Sextos da geral e vencedores do T2 foram Mário Dinis Lucas e Francisco Luís (Mitsubishi Montero) na frente Ricardo Porém e Manuel Porém (Nissan Navara). No oitavo posto da geral, ficaram classificados os vencedores do T8 foram Henrique Menezes e José Carvalho (Nissan Navara Proto), bem na frente de Paulo Sousa e João Santos (Mitsubishi Pajero). Entre eles e na nona posição da geral ficaram Lino Carapeta e Rui António (Bowler QT Wildcat). (todos estes resultados são oficiosos até publicação da classificação final). Mais informação assim que possível.

    No T2 e T8 as trocas de liderança e posições foram uma constante até final. No T2 a vitória pertenceu a Mário Dinis Lucas e Francisco Luís (Mitsubishi Montero), enquanto no T8 a vitória foi para Henrique Menezes e José Carvalho (Nissan Navara Proto).

    Geral/T2

    6º Mário Dinis Lucas Francisco Luis Mitsubishi Montero T2 05:43:01.3
    7º Ricardo Porém Manuel Porém Nissan Navara T2 05:46:21.9
    14º José Camilo Martins Mário Feio Mitsubishi Pajero T2 06:31:49.6
    16º Pedro Ruivo José Silva Porto Nissan Double Cab T2 06:37:24.1
    17º Américo Antunes Paulo Fiuza Mitsubishi Montero T2 06:41:56.6
    19º Maria Luis Nuno Rodrigues da Silva Nissan Navara T2 06:47:34.8

    Geral/T8

    8º Henrique Menezes José Carvalho Nissan Navara Proto T8 06:01:19.4
    10º Paulo Sousa João Santos Mitsubishi Pajero T8 06:07:27.3
    11º João Belo José Real Nissan Terrano II T8 06:14:39.1
    13º Luis Ferreira Jorge Paulo Nissan Navara T8 06:29:38.2
    15º Carlos Guedelha Pedro Marcão Nissan Navara Pick-up T8 06:37:03.3
    18º Tiago Avelar Silva Santos Nissan Proto Terrano II T8 06:46:49.4

  8. #803

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Vá ver o Rali de Portugal ao vivo...e deixe o carro em casa!


    Os responsáveis do Rali de Portugal voltaram a inovar! Desta feita, vai poder deslocar-se ao Algarve e acompanhar a prova através de vários programas distintos que vão ser colocados em prática pelo ACP Viagens. A ideia passa por ver o rali sem que para isso necessite de se deslocar por meios próprios. Veja o comunicado do ACP:

    O Vodafone Rally de Portugal constitui, como todos sabem, uma enorme manifestação de interesse popular, com milhares e milhares de pessoas apinhadas ao longo das classificativas do Baixo Alentejo e do Algarve, tornando por vezes a circulação automóvel algo problemática nas zonas de acesso às provas especiais.

    Em 2010 e pretendendo contribuir não só para um rali mais "limpo" - com menores emissões de CO2 - e facilitar as deslocações aos muitos interessados, sobretudo os que vivem fora do Algarve, a organização da prova, em colaboração com o ACP Viagens, preparou dois programas para acompanhamento da prova, um a partir de Lisboa e outro do Porto, com a vantagem de poder ver o rali ao vivo... e deixar o carro em casa!

    Os vários programas de viagem - disponíveis no sítio Rally de Portugal - incluem duas versões, uma mais acessível e outra mais completa, que engloba as vantagens do "rally pass", e podem ser pagos por duas ou três vezes, conforme forem contratados ainda no mês de Março, ou apenas em Abril, tornando assim muito mais cómoda e vantajosa a situação do ponto de vista financeiro.

    Todos os contactos deverão ser feitos para ACP Viagens, tel - 21 3513830 / fax - 21 3156787 Esta, pois, mais uma excelente razão para não ficar em casa e acompanhar in loco a edição de 2010 do Vodafone Rally de Portugal, agora que pode, tranquila e comodamente, seguir a prova com todas as mordomias, sem ter de se preocupar com o que quer que seja. E motivos de interesse para ir até ao Algarve é coisa que não falta!
    Última edição por barril; 22-03-2010 às 20:17.

  9. #804

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão >> 59 no Rali Sical


    Terminaram dia 1 de de Abril pelas 21h00, as inscrições para o XXIX RALI SICAL prova de abertura do Campeonato dos Açores de Ralis e Regional de Ralis dos Açores VSH, também aberta a viaturas da categoria Clássicos.

    São 59 as equipas que formalizaram provisoriamente a sua inscriçãO, a lista definitiva será publicada a 8 de Abril data da apresentação da 29ª edição do RALI SICAL.

    As 59 equipas estão divididas pelas 33 inscritas no CRA, 23 no CRRA e 3 entre os Clássicos, representando as ilhas da Terceira (45), S.Miguel (11), Santa Maria, Pico e Graciosa, as três com 1 equipa.

    Relativamente aos ausentes destaque entre outros para Luis Pimentel (vice-campeão dos Açores), Nuno Rocha, Rui Rocha, Pedro Vale, Fernando Casanova, Paulo e Ricardo Pereira, Carla Rosado e Raquel Rodrigues, alguns dos animadores da época anterior dos ralis açorianos.

    Entre os inscritos encontram-se os principais interessados nos diversos campeonatos de 2010, vários Citroen Saxo, 8 equipas entre as viaturas de 1601-2000cc, os campeões absoluto do CRA e CRRA, respectivamente, Ricardo Moura e Milton Resendes, e 9 viaturas de tracção total, 1 Impreza N11, 1 Impreza N12, 1 Lancer Evo8 e 6 Lancer Evo9.

  10. #805

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão CPR vai a Fafe a 'catedral' dos Ralis



    Realiza-se no próximo fim-de-semana o Rali Serras de Fafe, segunda prova do Campeonato de Portugal de Ralis 2010. Este ano, a equipa do Demoporto inovou um pouco, voltando a alterar o seu esquema de prova. Começando pela super-especial, esta é completamente diferente do ano passado e há dois anos. Mas como quem vai a Fafe ver rali quer é troços na Serra, este ano só irá encontrar igual o troço de Luilhas, cuja versão é igual à de 2009. A parte inicial reedita parte de um troço mítico do Rali de Portugal, a especial de Lagoa, utilizando uma zona onde era muito comum haver testes de equipas de fábrica do WRC.

    O troço vem até à Municipal 614, sendo que os concorrentes rodam um pouco em asfalto até ao início de Luílhas na versão mais vezes utilizada no Rali de Portugal. Aqui, entram em terra, e percorrem uma zona paralela à EM 614, uma parte muito rápida e com algumas lombas.

    Pouco depois o troço 'mete' para a Serra, fazendo o gancho de Gontim, subindo depois para o alto da serra onde percorre o que os concorrentes do WRC fizeram anos a fio. A diferença está depois dos conhecidos ganchos a descer, onde depois de uma pequena porção de asfalto o troço utiliza estradas de terra junto de Monte e Argande que serviam de acesso nos tempos do WRC. O final é semelhante a uma das últimas versões de Luilhas no Rali de Portugal.

    O troço de Fafe/Lameirinha começa em Vila Pouca, subindo depois para a serra, fazendo o salto de Pereira, e descendo depois em ganchos para a conhecida passagem de asfalto. Nesta fase é tudo igual ao conhecido troço de Fafe do Rali de Portugal até perto do antigo final. Aqui vira para dentro da Serra, novamente, numa zona sinuosa que culmina com a descida para a EM 614, que desta feita é mesmo atravessada, um absoluta novidade. O troço termina mais à frente para os lados da Barragem de Queimadela.

    O troço de Ruivães não é mais que uma parte do troço de Fafe do antigo Rali de Portugal, onde só a parte inicial é completamente nova, utilizando uma estrada que começa um pouco à frente da povoação da Lameira, passa por baixo da auto-estrada, sobe para as antenas e dirige-se para Vila Pouca, utilizando partes do troço da Lameirinha em sentido contrário. A partir daqui prossegue no sentido contrário ao que era feito no Rali de Portugal até ao fim do troço, aqui, início na prova portuguesa do Mundial de Ralis.

    Montim é uma das inúmeras versões que este troço já teve, e este ano corre-se ao contrário do que se fazia no Rali de Portugal. Rápido no início, sinuoso e estreito no meio, são as suas principais características numa especial que Carlos Sainz não tem boas recordações pois foi lá que teve um aparatoso capotanço em 1993, com o Lancia Delta da Repsol. Amanhã toda a apresentação da prova com mapas, inscritos e horários. Se tiver urgência, com a revista AutoSport tem o RallyNews, um suplemento sobre o Rali serras de Fafe.

  11. #806

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão João Ruivo soma segunda vitória no CPR2

    Adoptando uma toada inteligente no Rali Serras de Fafe, a equipa famalicense esteve sempre entre os mais rápidos do seu campeonato, evitando qualquer exagero que pusesse em risco a conquista de pontos

    João Ruivo e Alberto Silva averbaram a segunda vitória no Campeonato de Portugal de Ralis na categoria de 2 Litros / 2 Rodas Motrizes, com uma prestação bastante positiva, conseguindo assim reforçar a posição de líderes da classificação geral. Adoptando uma toada inteligente no Rali Serras de Fafe, a equipa famalicense esteve sempre entre os mais rápidos do seu campeonato, evitando qualquer exagero que pusesse em risco a conquista de pontos importantes na luta pelo objectivo principal desta temporada em que estão no escalão máximo dos ralis nacionais.

    Numa primeira fase, ainda travaram uma grande luta com alguns adversários, mas depois a tarefa ficou mais simplificada, apesar de terem de manter a concentração máxima para gerir a vantagem que tinham conseguido até ai, conseguindo sair de Fafe com mais um triunfo. “Estamos muito satisfeitos com mais este triunfo”, começou por afirmar João Ruivo, que explicou depois a sua prova: “Na primeira secção foi boa a luta que travámos com o Francisco Barros Leite. Ele ganhou os dois primeiros troços e nós os segundos. Iria ser muito giro estar nesta luta, mas ele ficou pelo caminho. Depois, na segunda secção, ainda vencemos os dois primeiros troços, mas a seguir foi apenas gerir para terminar a prova. De qualquer maneira, não arriscámos nada, mas viemos sempre muito concentrados, pois não havia a necessidade de correr qualquer tipo de risco”.

    Com duas vitórias em duas provas disputadas, João Ruivo não podia estar mais satisfeito: “Claro que sim, pois estamos mais confortavelmente no comando do campeonato”. Uma das novidades que a equipa trouxe para esta prova foram os pneus Kumho, que João Ruivo elogiou: “Foram uma aposta que fizemos e que se revelou óptima. Neste tipo de piso os pneus trabalharam muito bem, apesar de nós não termos muita experiência com eles, pois fizemos poucos quilómetros. No final, só posso dar os parabéns à Kumho Tyres pelos pneus que colocaram à nossa disposição”.

  12. #807

    Registo
    Mar 2007
    Idade
    38
    Posts
    3
    olá pessoal

    eu gostava de ver este filme mas os links estão off

    alguém me arranja novos

    desde já o meu obrigado

    comprs
    xerife

  13. #808

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Sebastien Ogier lidera primeiro dia do Rali da Turquia

    O francês ganhou três provas especiais de classificação e terminou o percurso em 55.32,7 minutos, enquanto Dani Sordo, que só se impôs em uma das PEC, segue 5,5 segundos atrás, no segundo posto
    O piloto francês Sebastien Ogier e o espanhol Dani Sordo, ambos em Citroen, garantiram, esta sexta-feira, a liderança da classificação no primeiro dia do Rali da Turquia, quarta etapa do Mundial de Ralis, separados por cinco segundos. Ogier ganhou três provas especiais de classificação e terminou o percurso em 55.32,7 minutos, enquanto Sordo, que só terminou na frente em uma das PEC, segue 5,5 segundos atrás, no segundo lugar.



    O finlandês Mikko Hirvonen (Ford) encontra-se na terceira posição, 12,2 segundos atrás do líder, ao passo que o norueguês Petter Solberg (Citroen), apesar de ter vencido três das nove PEC, ficou no quarto lugar, a 18,5 segundos do topo. O actual campeão do mundo, o francês Sebastien Loeb (Citroen), ficou-se pelo quinto melhor registo do dia, cedendo 24,9 segundos face ao piloto mais veloz.

  14. #809

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Manuel Pinto vence Rali de Famalicão


    Foi numa tarde solarenga em plena época primaveril que milhares de aficionados dos ralis visitaram os locais mais recônditos das florestas de Vila Nova de Famalicão na descoberta de uma jornada plena de competitividade entre os mais de três dezenas de concorrentes distribuídos entre o Campeonato Regional Norte e a Prova Extra.

    Manuel Pinto e Francisco Martins (Mitsubishi Evo VI), foram os grandes vencedores da 21ª edição do Rally de Famalicão, assegurando a segunda vitória consecutiva no Campeonato Regional de Ralis Norte, depois do triunfo 'caseiro' na última jornada de Gondomar.

    Garantindo uma boa vantagem nas duas passagens iniciais pelas duas classificativas, fruto de um andamento bem acima dos seus principais adversários, o piloto Gondomar geriu confortavelmente o seu andamento nas segundas passagens, rodando de forma consistente e sem arriscar em demasia. No final, Manuel Pinto registou o melhor tempo em três das quatro especiais, concluindo os 36 quilómetros cronometrados com uma vantagem de 17,1s para Tiago Almeida e Ricardo Matos (Mitsubishi Evo III), detentores de uma excelente prova com um carro de outra geração.

    Com poucos argumentos para o EVO VI de Manuel Pinto, Tiago Almeida limitou-se a pressionar o piloto de Gondomar - vencendo a derradeira especial, estando sempre na expectativa de um erro do seu principal adversário - o que não veio a acontecer, consolidando assim o segundo posto nas segundas passagens, quando se desembaraçou definitivamente do Opel Astra de Gil Antunes. O líder do Campeonato Regional Norte ainda tentou intrometer-se na luta pela vitória, mas, um problema com a direcção do Astra 2.0 no final do segundo troço não permitiu à dupla Gil Antunes/Daniel Amaral acalentar esperança em levar de Famalicão o primeiro triunfo da temporada. Mesmo sem vencer ainda qualquer das quatro jornadas já realizadas, o terceiro lugar final permite-lhe aumentar a vantagem pontual em termos de campeonato, uma vez que, beneficiou do abandono de Miguel Barroso no decorrer da segunda especial.

    Quem esteve em bom plano, muito combativo e evidenciando um andamento muito regular foi César Resende e Paulo Lapa, uma dupla já com vários anos de actividade, levando o renovado Ford Escort Cosworth à quarta posição, na frente de António Dias e Miguel Soares. A dupla do velhinho BMW 325 IX mostrou toda a "rebeldia" efectuando excelentes cronos ao longo das quatro especiais. Na sexta posição terminou a dupla Paulo Silva/Sofia Mouta num Ford Sierra, seguido de António Magalhães e Nuno Alves (Peugeot 205), sendo esta a melhor dupla da "casa". Um pouco abaixo do que habitou os seus "fás", Julio Bastos e Aníbal Pereira sentiram algumas dificuldades com o BMW M3 nos pisos de Famalicão, terminando na oitava posição, na frente do Peugeot 205 tripulado pela dupla Ivo Araújo/José Mota. A fechar o "top ten" terminou mais uma dupla de Famalicão, Armando Pereira, acompanhado por Miguel Costa no bem preparado Peugeot 309 Gti, seguido pelo seu conterrâneo Pedro Carneiro que se estreou nos ralis, levando a seu lado o experiente Hugo Pinheiro. A fechar a classificação final referência para a melhor presença feminina, Daniela Rodrigues acompanhada por Nuno Catarino, num Seat Marbella. A próxima jornada do Regional Norte realiza-se a 15 e 16 de Maio com o Rali de Cerveira.

    Prova Extra: Paulo Marques vence em casa

    Numa prova dominada pelas viaturas de tracção total e, monopolizado por equipas famalicenses, seria a dupla Paulo Marques/João Peixoto (Mitsubishi Evo VIII) a levar de vencida o "duelo" com João Traila e Duarte Costa, tripulando uma viatura idêntica. O "Marquês" registou o melhor tempo nas três classificativas disputadas pelos concorrentes da prova extra, com excepção da primeira passagem por Telhado/S.Cosme que viria a ser neutralizada. Com a responsabilidade de "defender" o triunfo do ano transacto, o piloto de Famalicão bem cedo "arregaçou as mangas e puxou dos galões" mostrando à concorrência quem "mandava em casa", numa prova isenta de problemas com o Mitsubishi assistido pela "Peres Competições", fazendo valer as potencialidades de um 4x4 numa prova com um excelente piso para a prática da modalidade. João Traila festejou no pódio a segunda posição ao lado do aniversariante e "veterano" navegador famalicense Duarte Costa. O piloto do Evo VIII foi com toda a naturalidade o principal opositor, se bem que com alguma margem, de Paulo Marques. No derradeiro lugar do pódio terminou mais uma equipa da "casa". Com um VW Polo, José Janela e Filipe Carvalho, não poderia pedir mais, face à mais valia dos carros de tracção total que os precedeu na classificação. Numa "luta" a dois com o Peugeot 206 de Manuel Martins e Rui Vilaça, Janela assegurou a vitória entre os concorrentes com viaturas de duas rodas motrizes, relegando para a quarta posição o jovem piloto da Povoa de Varzim, presença assídua no campeonato Open de Ralis. Oito equipas apresentaram-se à partida, outras tantas à chegada, o que demonstra bem das excelentes condições dos troços e da fiabilidade das viaturas presentes. Augusto Pinheiro (Nissan Micra) foi quinto, na frente do Fiat Punto de Sérgio Moutinho. As duas derradeiras posições ficaram na posse de Nuno Branco (Toyota Yaris) e do jovem piloto açoriano Francisco Marques (Nissan Micra)

    Classificação Final (Regional Norte) 1º Manuel Pinto/Francisco Martins (Mitsubishi Evo VI), 35m39m4s 2º Tiago Almeida/Ricardo Matos (Mitsubishi Evo III), a 17,1s 3º Gil Antunes/Daniel Amaral (Opel Astra GSI), a 42,4s 4º César Resende/Paulo Lapa (Ford Escort Cosworth), a 2m04,8s 5º António Dias/Miguel Soares (BMW 325 IX), a 2m27,3s 6º Paulo Silva/Sofia Mouta (Ford Sierra), a 2m55,2s 7º António Magalhães/Nuno Alves (Peugeot 205 Rally), a 3m15,5s 8º Júlio Bastos/Aníbal Pereira (BMW M3), a 3m15,7s 9º Ivo Araújo/José Mota (Peugeot 205), a 4m23,8s 10º Armando Pereira/Miguel Costa (Peugeot 309 Gti), a 4m33.9s 11º Pedro Carneiro/Hugo Pinheiro (Renault 11), a 5m23,0s 12º Daniela Rodrigues/Nuno Catarino (Seta Marbela), a 8m51,4s

    Classificação Final (Prova Extra) 1º Paulo Marques/João Peixoto (Mitsubishi EVO VIII), 24m22,8s 2º João Traila/Duarte Costa (Mitsubishi Evo VIII), a 36,9s 3º José Janela/Filipe Carvalho (VW Polo Gti), a 2m32,2s 4º Manuel Martins/Rui Vilaça (Peugeot 206 Gti), a 2m54,9s 5º Augusto Pinheiro/Manuel Ramos (Nissan Micra), a 3m35,0s 6º Sérgio Moutinho/Pedro Rio (Fiat Punto 1.8 HGT), a 3m41,1s 7º Nuno Branco/José Azevedo (Toyota Yaris), a 4m57,9s 8º Francisco Marques/Marco Andrade (Nissan Micra), a 30m05,1s

  15. #810

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão >> Rali da Ribeira Grande

    >> Campeonato Açores de Ralis / Campeonato Regional Ralis Açores



    1ª ETAPA/1ª SECÇÃO
    (Domingo, 23 de Maio 2010)
    Ribeira Grande / Ribeira Grande
    Parque de Assistência Kms 10h41m
    1ª Pec Batalha Golf 1 11,20 11h14m
    2ª Pec Lagoa / Marques 1 14,60 11h59m
    3ª Pec Achada das Furnas 1 8,42 12h56m
    4ª Pec Lomba da Maia 1 7,80 13h19m

    1ª ETAPA/2ª SECÇÃO
    (Domingo, 23 de Maio 2010)
    Ribeira Grande / Ribeira Grande
    Parque de Assistência Kms 14h19m
    5ª Pec Batalha Golf 2 11,20 15h12m
    6ª Pec Lagoa / Marques 2 14,60 15h57m
    7ª Pec Achada das Furnas 2 8,42 16h54m
    8ª Pec Lomba da Maia 2 7,80 17h17m

    Chegada - CM Ribeira Grande (18h45mm)

    Prova também pontuável para os VSH

    INFORMAÇÕES
    GRUPO DESPORTIVO COMERCIAL


    RALI
    Percurso - 270,74 Kms
    Troços - 84,04 Kms
    Inscritos
    Mapa dos troços
    Acessos aos Troços
    NOVIDADES
    Novos troços
    8 troços
    CENTRO OPERACIONAL
    Grupo Desportivo Comercial
    VENCEDORES 2008
    Ricardo Moura / Sancho Eiró

Página 54 de 92 Primeiro ... 44453 54 5564 ... Último

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar