Página 65 de 92 Primeiro ... 155564 65 6675 ... Último
  1. #961
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão Ford interrompeu testes do Fiesta WRC durante o dia de hoje



    Na sequência do acidente que ontem foi vítima Jari-Matti Latvala, quando testava o Ford Fiesta WRC, tendo em vista o próximo Rali do México, a M-Sport interrompeu, pelo menos por hoje, os testes que realizava, e de momento a equipa no terreno em Portugal, aguarda ordens de Inglaterra relativamente ao programa dos próximos dias. Recorde-se que estava prevista a manutenção da equipa no Algarve durante vários dias, mas este contratempo poderá resultar numa mudança de planos. Sabe-se igualmente que Bernardo Sousa tinha previsto testar um dos dias, mas nesta altura há que aguardar pela decisão que virá de Inglaterra.

    Auto Sport

  2. #962
    Avatar de aiam
    Registo
    May 2007
    Posts
    4.596

    Padrão Armindo Araújo já testou MINI



    O piloto português está em França e já experimentou o carro que vai conduzir no WRC.

    Armindo Araújo já testou o MINI WRC que vai pilotar durante o campeonato do Mundo de Ralis.


    Num teste em Chateau Lastours, no Sul de França, o piloto considerou «muito interessante» o primeiro contacto com o carro da marca inglesa.


    «Os quilómetros efectuados ao volante não foram muitos, mas deram para perceber como funcionam os novos WRC, que exigem muita mão-de-obra. Aliás, fiquei agradavelmente surpreendido com o comportamento geral do carro, muito neutro e com boas reacções, decerto modo fácil de conduzir.»


    O piloto reconhece que «há muito trabalho a fazer»:


    «Apesar do MINI me parecer fiável, será fundamental melhorar alguns detalhes, o que exigirá muitos testes.»


    Armindo confessa-se «cada vez mais motivado» e em Março vai participar nos testes oficiais da equipa, em Espanha.


    sapo desporto
    ____________
    O Desporto não dá mais anos à vida, mas dá mais vida aos anos. Por isso pratique-o regularmente.

  3. #963
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão Ralis: Vitor Pascoal confirma Mitsubishi Evo X



    Piloto de Amarante irá participar em seis provas do campeonato de Portugal de Ralis com um Mitsusbishi Lancer Evo X

    Vitor Pascoal tem confirmada a sua participação em seis provas do Campeonato de Portugal de Ralis 2011 (CPR) ao volante de um Mitsubishi Lancer Evolution X.

    Depois de 3 temporadas ao volante do Peugeot 207 S2000, agora vendido para outro país, o piloto do Politejo Rally Team garante mais uma vez um projecto que lhe permite lutar pelas primeiras posições do Campeonato principal.

    Novamente acompanhado por Mário Castro, Pascoal fará o seu regresso ao Grupo N já na primeira prova pontuável, o Rali Torrié.

    Auto Portal

  4. #964
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão Armindo Araújo: "Estes novos WRC exigem mais esforço por parte do piloto"



    Piloto português testou com a equipa oficial da Mini em França e ficou agradado com as reacções da máquina com que vai estrear-no no mundial de ralis

    Armindo Araújo teve ontem, sexta-feira, o primeiro contacto com o Mini Countryman WRC, carro com que disputará o Campeonato do Mundo de Ralis em 2011. O piloto de Santo Tirso integrou os testes oficiais da equipa, que decorreram em Chateau Lastours (sul de França), regressando a casa visivelmente satisfeito e motivado com esta sua primeira sessão de trabalho.

    Inteirar-se de todos os detalhes do novo Mini WRC e conhecer ao pormenor a equipa que está a construir e desenvolver o carro, foram os principais objectivos de Armindo Araújo que no final do dia considerou, este primeiro contacto “muito produtivo e útil”. Sempre acompanhado de perto por David Lapworth, director técnico da Prodrive, o bicampeão do PWRC começou a sessão de trabalho ao lado de Kris Meeke e logo ai tirou as primeiras ilações.

    “Mesmo antes de guiar, fiquei com a sensação que o Mini tem uma base muito interessante e que mostra muito potencial. O Kris Meeke já fez muitos quilómetros e isso notou-se de imediato pela forma como conduzia”, começou por dizer o piloto português, que poucas horas depois se sentou, pela primeira vez, ao volante do Mini WRC.

    “Apesar de ter feito apenas cerca de 60 quilómetros fiquei agradado com as reacções do Mini, que me pareceram muito neutras e previsíveis, o que o torna fácil de guiar. Estes novos WRC exigem mais esforço por parte do piloto e no meu caso concreto sei que há ainda muito para fazer. Vamos trabalhar com calma, com muita determinação e ao longo do ano poderemos já ter resolvido todos os pequenos detalhes de juventude que um projecto destes acarreta à nascença”, afirmou ainda o piloto tirsense.

    Para já, Armindo Araújo acha verdadeiramente importante “testar o mais possível e conhecer ao milímetro o Mini WRC”. Resultados rápidos não passam pela cabeça do piloto. “Em termos gerais pareceu-me que o Mini será um carro fiável e com muito potencial. Todos sabemos que há muito trabalho a fazer e por isso não vamos pensar em nada que não seja o de evoluir gradualmente para no futuro poder chegar a bons resultados. Foi assim que encarei a minha entrada no PWRC e é com essa ideia que vou agora começar este grande projecto”, concluiu.

    Armindo Araújo voltará a testar com a equipa oficial no inicio do mês de Março, em Espanha, não estando ainda definida a data exacta para a realização dos testes.

    Auto Portal

  5. #965
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão Ralis: Bernardo Sousa vai testar Ford Fiesta WRC no Algarve



    Piloto madeirense confirmou a participação no Rali de Portugal ao volante de um Ford Fiesta WRC

    Bernardo Sousa vai aproveitar os testes da equipa oficial da Ford, que desde a passada semana se encontra no Algarve, para ter o seu primeiro contacto com o Fiesta WRC, carro com o qual, o piloto português irá participar no Rali de Portugal, que decorre entre 24 e 27 de Março.

    Para Bernardo Sousa participar no Rali de Portugal com um WRC é “o realizar de um sonho, e ao mesmo tempo a possibilidade de ter o primeiro contacto com o patamar superior dos ralis a nível mundial. Não pretendo neste rali traçar qualquer tipo de objectivo desportivo, espero sobretudo perceber as diferenças para os actuais carros da categoria S2000 semelhantes ao que utilizo no S-WRC, ver a forma como me adapto a um WRC e só após o rali poderemos retirar conclusões quanto ao futuro no longo prazo pois neste momento não temos qualquer projecto no sentido de correr com um WRC para além desta participação.”

    Rali de Portugal vai ter «Power Stage»

    “Fazer a estreia num WRC em Portugal e perante o nosso fantástico público, cujo apoio temos felizmente sentido de diversas formas, é uma motivação ainda mais forte, e para além da experiência que vamos ter no rali, espero ter a oportunidade de devolver na estrada esse mesmo apoio, pois todos o merecem.”

    O piloto madeirense vai este ano apostar novamente no S-WRC, campeonato integrado no Mundial de Ralis da FIA sendo que em breve será anunciado quais as provas em que irá marcar presença.

    Auto Portal

  6. #966
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão WRC: Rali de Portugal com 75 inscritos



    Etapa portuguesa do mundial WRC conta com 12 pilotos portugueses, com destaque para Armindo Araújo, Bernardo Sousa e Bruno Magalhães

    O Rali de Portugal, terceira prova do Mundial de Ralis, tem 75 pilotos inscritos, mais dois que na última edição, anunciou em comunicado o Automóvel Clube de Portugal (ACP), entidade organizadora.

    Dos 75 pilotos aceites pela organização, apenas constam 12 pilotos nacionais, sendo de referir que a FIA concedeu o estatuto de Prioritário 2 aos mais destacados volantes portugueses: Bernardo Sousa (único com um WRC - Ford Fiesta WRC), e Armindo Araújo (Mini) e Bruno Magalhães (Peugeot 207), ambos na categoria S2000.

    "Estes novos WRC exigem mais esforço por parte do piloto"

    Os restantes pilotos portugueses inscritos são Ricardo Moura (Mitsubishi Lancer Evo IX), Pedro Meireles (Subaru Impreza Sti), Eduardo Veiga (Mitsubishi Lancer Evo VIII), João Fernando Ramos (Mitsubushi Lancer Evo VIII), Rui Lousado (Mitsubishi Lancer Evo IX), Paulo Freire (Mitsubishi Lancer Evo VIII), Ivo Nogueira (Citroen DS3T), Paulo Neto (Citroen DS3T) e João Silva (Renault Clio R3 Maxi).

    O Rali de Portugal disputa-se de 24 a 27 de Março, iniciando-se com uma super especial em frente ao Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

    Auto Portal

  7. #967
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão Quem vencerá o Rali Torrié na abertura do CPR?



    Já se chamou James, Sopete e Casino da Póvoa, mas a prova do Targa Clube continua a abrir o Campeonato de Portugal de Ralis, designando-se, desde 2007, como Rali Torrié.
    Quem vencerá o Rali Torrié na abertura do CPR? -

    No entanto, a prova disputada nos concelhos de Vieira do Minho e Póvoa do Lanhoso deverá sofrer com a crise de inscritos no principal campeonato nacional de ralis, completando uma lista de cerca de meia centena de concorrentes com várias equipas oriundas de Espanha.

    Os melhores carros de Grupo N - os Mitsubishi de Vitor Pascoal, Ricardo Moura e Pedro Peres, e o Subaru de Vitor Lopes - deverão ser os protagonistas da prova, a que se pode juntar o espanhol Vitor Senra, cujo Peugeot promete 'fazer estragos' entre a concorrência portuguesa.

    Perto dos favoritos poderão andar os mais rápidos do CPR2, João Silva (Renault Clio R3); Paulo Antunes (Citroën C2 R2 Max) e Ivo Nogueira, este um dos três pilotos a estrear o novo Citroën DS3 R3T. As grandes ausências chamam-se Miguel Campos e Adruzilo Lopes que ainda procuram apoios para integrarem o campeonato nas próximas provas. O Rali Torrié também estreia a Taça Nacional de Ralis, pontuando ainda para o Campeonato Regional de Ralis - Nordeste.

    Horário

    Sábado, 26 de fevereiro
    PE1 Verim - Soengas 16h10
    PE2 Sanguinhedo - Oliveira 16h45
    Parque de assistência - Póvoa do Lanhoso 20h40
    PE3 Super especial Póvoa do Lanhoso 21h20

    Domingo, 27 de fevereiro
    PE4 Pinheiro - S. Pedro I 09h45
    Parque de assistência - Vieira do Minho 10h40
    PE5 Sanguinhedo - Carvalhal 11h05
    PE6 Serradela I 11h50
    PE7 Pinheiro - S. Pedro II 12h52
    PE8 Ermal - Carvalhal 13h22
    PE9 Serradela II 14h05
    PE10 Super especial Vieira do Minho 14h35
    Pódio final 15h25

    Auto Sport

  8. #968
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão Evgeniy Novikov de Ford Fiesta em oito provas do WRC



    A jovem promessa russa Evgeniy Novikov confirmou o seu regresso ao Mundial de Ralis (WRC) de 2011, anunciando um programa oito ralis a disputar ao longo do ano, a começar já no México, aos comandos de um Ford Fiesta RS WRC.

    Evgeniy Novikov de Ford Fiesta em oito provas do WRC -

    Novikov, que se notabilizou pela sua rapidez mas também por alguns acidentes vistosos aos comandos de um Citroën C4 WRC, será acompanhado por Stéphane Prevot (antigo navegador de Chris Atkinson) nas oito provas previstas para o WRC. Além do México, Novikov estará, ainda, à partida dos ralis de Itália, Grécia, Finlândia, Alemanha, França, Espanha e Grã-Bretanha.

    Auto Sport

  9. #969
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão Rali de Portugal: Faltam 26 dias - Open de Ralis presente no segundo dia



    O ano passado foi o Rally Revival mas em 2011 são os concorrentes do Open de Ralis a animar a festa, e a 'combater' os tmepos 'mortos' entre as passagens do plantel principal. A exemplo do que sucedeu o ano passado, o espetáculo está garantido.
    Rali de Portugal: Faltam 26 dias - Open de Ralis presente no segundo dia -

    Depois da edição de 2010 ter permitido aos Clássicos de ralis uma forte presença naquele que foi denominado Rally de Portugal Revival, este ano será a vez dos habituais participantes no "Open" de Ralis se poderem mostrar perante uma extensa e competente plateia, no intervalo das duas passagens dos concorrentes do WRC pelos três troços do segundo dia de prova. Esta iniciativa do ACP teve uma resposta pronta por parte dos participantes do "Open", com nada menos do que 30 pilotos inscritos, garantindo assim um interessante espetáculo para os espectadores presentes nessas classificativas. A lista de particpantes será divulgada oportunamente.

    Auto Sport

  10. #970
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão Rali Torrié a postos para abrir Campeonato 2011



    Primeira prova da temporada será disputada nos concelhos de Vieira do Minho e Póvoa do Lanhoso entre sábado e Domingo

    Aí está a primeira prova do Nacional de Ralis de 2011. O Rallye Torrié vai instalar-se nas classificativas da Póvoa de Lanhoso e Vieira do Minho, e prevê-se mais uma enorme afluência de público à região, como tem acontecido nos últimos anos, mas com a lista que o Targa Clube apresentou para este evento as expectativas estão mais altas.

    Para além das presenças nacionais de destaque, também a comitiva espanhola é de referir, pois com mais de 20 participantes oriundos do país vizinho, muito do público falará castelhano na região minhota.

    Mesmo apesar da ausência do actual Campeão Nacional de Ralis que opta em 2011 por correr no Mundial de Ralis, a qualidade está garantida. O primeiro na estrada será Vítor Pascoal, o vice-Campeão de 2010, que trocou este ano o Peugeot 207 S2000 por um Mitsubishi Lancer EVO X, regressando assim ao agrupamento de Produção.

    Na Produção, o Campeão em título Ricardo Moura vai defender o ceptro mas a concorrência em 2011 não virá apenas de Pascoal, pois também Pedro Peres realinhará com o Lancer EVO IX, e procurará seguramente vingar o vice-Campeonato do ano passado.

    Armindo Araújo «estreia» Mini no Rali Torrié

    Nas duas rodas motrizes, o madeirense João Silva é também vice-Campeão, mas este ano já “avisou” que vem para lutar pelo título, e no Torrié tudo fará por começar desde logo a vencer. Ainda nesta categoria, é de realçar a estreia de um novo modelo, o Citroën DS3 R3 que pelas mãos de Ivo Nogueira, Paulo Neto e de Hugo Mesquita irá alinhar pela primeira vez em ralis nacionais.

    As grandes ausências chamam-se Miguel Campos e Adruzilo Lopes que ainda procuram apoios para entrarem na competição nas próximas provas. O Rali Torrié também estreia a Taça Nacional de Ralis, pontuando ainda para o Campeonato Regional de Ralis - Nordeste.

    Horário

    Sábado, 26 de Fevereiro
    PE1 Verim - Soengas 16h10
    PE2 Sanguinhedo - Oliveira 16h45
    Parque de assistência - Póvoa do Lanhoso 20h40
    PE3 Super especial Póvoa do Lanhoso 21h20

    Domingo, 27 de Fevereiro
    PE4 Pinheiro - S. Pedro I 09h45
    Parque de assistência - Vieira do Minho 10h40
    PE5 Sanguinhedo - Carvalhal 11h05
    PE6 Serradela I 11h50
    PE7 Pinheiro - S. Pedro II 12h52
    PE8 Ermal - Carvalhal 13h22
    PE9 Serradela II 14h05
    PE10 Super especial Vieira do Minho 14h35
    Pódio final 15h25

    Auto Portal

  11. #971
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão Ricardo Moura vence primeira prova da temporada



    Campeão açoriano fez uma prova isenta de erros e aproveitou as desistências de dois dos seus principais adversários, Pedro Peres e o espanhol Victor Senra

    Ricardo Moura, aos comandos de um Mitsubishi Lancer Evo IX, venceu o Rali Torrié, a primeira prova do Campeonato de Portugal de Ralis 2011. O campeão açoriano fez uma prova isenta de erros e aproveitou as desistências de dois dos seus principais adversários, Pedro Peres e o espanhol Victor Senra.

    Numa prova marcada pela reduzida lista de inscritos, reflexo da crise que se vive na competição automóvel em Portugal, brilharam os Citroën de Paulo Antunes, segundo classificado com o C2 R2 Max, e de Ivo Nogueira, ao volante de um Citroen DS3 R3T.

    “Foi um resultado muito importante. A primeira vitória absoluta que alcancei ao nível nacional, e também a primeira vitória absoluta para a ARC Sport, o que me deixa muito feliz, por ter sido o primeiro piloto a conseguir esse resultado para a equipa. Acho que realizámos uma prova inteligente, com o carro sempre impecável. Defendemos a imagem dos Açores, uma região moderna que apoia o desporto, e isso deixa-me bastante satisfeito”, afirmou Ricardo Moura no final da prova.

    Vítor Pascoal, mesmo com a saída de estrada, ainda conseguiu terminar em quarto, na frente de Vítor Lopes, que teve um regresso à competição algo cinzento ao volante do Impreza WRX da ARC Sport.

    Carlos Oliveira foi sexto e em sétimo terminou o melhor dos espanhóis, Pablo Figueroa com o Suzuki Swift de Grupo N, à frente de Paulo Neto e de Hugo Mesquita, ambos ao volante de Citroen DS3 R3T.

    Auto Portal

  12. #972
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão Vitor Lopes azarado no seu regresso do nacional



    Problemas durante a primeira e segunda especial impediram Vítor Lopes de conseguir melhor que o quinto lugar final

    ão teve muita sorte Vítor Lopes neste seu regresso ao Campeonato de Portugal de Ralis. Ao volante do Subaru Impreza da ARC Sport, e acompanhado por Hugo Magalhães, o piloto projectava essencialmente ganhar ritmo e conhecer mais profundamente o carro, pois esta era a sua primeira prova em asfalto ao volante do Impreza, mas diversos problemas durante a primeira e segunda especial impediram Vítor Lopes de alcançar um bom resultado, apesar de ter coleccionado excelentes tempos nas restantes especiais da prova.

    “Acabámos o rali como devíamos ter começado. Apesar de tudo, e depois de um ano de paragem, acho que foi uma prova positiva, pois conseguimos um conhecimento mais aprofundado do carro no primeiro contacto com o asfalto. Em terra a música será outra”, afirma Vítor Lopes, já a pensar nas especiais da região de Fafe, que tão bem conhece.

    O piloto terminou na quinta posição final, a mais de 1m10s de Ricardo Moura, o vencedor da primeira prova do campeonato de Portugal de Ralis.

    Auto Portal

  13. #973
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão Martin Holmes: "Acredito que o ponto forte do MINI será o motor que a BMW está a dese



    A poucos dias de mais uma prova do Mundial de Ralis, no México, falámos com Martin Holmes, que respondeu a questões dos leitores do AutoSport. O jornalista mais antigo do WRC deu-nos a sua visão sobre os novos pneus Michelin e Dmack, esclarece que ainda está longe um 'apagão' de Sébastien Loeb. Com o equilíbrio tecnológico nos novos WRc,s era que é desta que um privado vence uma prova do Mundial? A partir do Rali de Portugal, chega uma nova marca ao WRc, a MINI, e logo a falar português. A questão que se coloca passa por saber se MINI WRC terá andamento para os Fiesta e DS3 WRC. Por fim, Martin Holmes falou-nos da chegada dos 1.6 Turbo e também do que espera de Armindo Araújo no seu primeiro ano no WRC.
    Martin Holmes: "Acredito que o ponto forte do MINI será o motor que a BMW está a desenvolver" -

    Acha que a neve que havia nos troços suecos no primeiro dia serve para justificar o mau resultado de Loeb? Wrcf1

    Penso que sim. Loeb foi tão rápido como os outros quando as condições lhe eram favoráveis, mas também teve problemas com furos. Acho que ainda não é desta que vimos o final do Sr. Loeb!

    Qual a sua opinião sobre o comportamento dos novos pneus neste Mundial? (Lembro-me de ter algumas dúvidas sobre eles). Formulam

    Os DMack trabalharam de forma esplêndida, especialmente se pensarmos que foram concebidos como um produto para baixos orçamentos. Já em relação à Michelin não tenho certezas. Perguntei aos responsáveis da Michelin porque tiveram os pilotos tantos problemas, mas não obtive resposta. Os furos da Michelin na Suécia podem ter tido a ver com a montagem dos pneus e não com a vulnerabilidade da dureza ou resistência das paredes laterais das carcaças.

    Tendo em conta a quantidade de pilotos privados a conduzir carros 'idênticos' aos das marcas oficiais, apostava em algum deles para vencer o Mundial ou alguma das provas? Se sim em quem? Jmba

    Nunca digas nunca! O fator mais importante a extrair é que ficou provado que há muitos pilotos capazes de ganhar, numa proporção maior do que nos últimos anos. O que não deixa de ser curioso porque muitos 'experts' disseram que os antigos World Rally Cars se tinham tornado demasiado 'fáceis' de guiar e que os novos eram mais difíceis devido à caixa manual, à falta de 'launch control' e ao menor binário dos motores, etc...

    Concorda com Olivier Quesnel quando disse que Solberg não seria preocupante para a Citroën pois não teria andamento para os dois pilotos oficiais? Ktm

    Solberg não estava registado para 'roubar' pontos pelo que nunca causaria danos aos interesses da Citroën, mas, sinceramente, acho que o Sr. Quesnel tem outras coisas com que se preocupar. Acho que se deve preocupar mais com o facto de os dois Sébastiens quererem medir forças entre si e cometerem erros que possam 'roubar' pontos à equipa.

    Sabendo em que ponto se encontra o desenvolvimento do MINI WRC, acha que o seu andamento se poderá equiparar aos Fiestas e DS3? RS1958

    Teremos que esperar para descobrir. Acredito que o ponto forte do MINI será o motor que a BMW está a desenvolver. Lembro que a última vez que a BMW ganhou um rali do Mundial foi em 1987 na Córsega e a melhor coisa que o M3 tinha na altura era o motor. Nessa altura, já tinha sido a Prodrive e construir e preparar os carros. A larga experiência na construção de motores 1.6 litros por parte da BMW certamente ajudará a MINI.

    Pensa que a chegada dos 1.6 l Turbo foi um passo à frente ou dois atrás? Bruno Ribeiro

    Há muitos aspetos envolvidos. Em primeiro lugar, a economia global mostra que os construtores têm mais interesse em promover carros pequenos do que carros de tamanho médio. 'Downsizing' é um conceito que está a entrar no desporto automóvel. A seguir virá a Fórmula 1. Em segundo lugar, o sistema de injeção direta é uma forma de se reduzir os consumos e o desporto automóvel é sempre uma forma de desenvolver novas ideias (ainda que a injeção direta não seja totalmente nova, pois a Mercedes já a usou em 1955). Finalmente, as mais reduzidas emissões provindas dos motores de injeção direta também são um ponto politicamente importante.

    O que podemos esperar de Armindo Araújo no seu primeiro ano ao volante de um MINI World Rally Car? j. Alexandre. B

    Realmente não sei. Tudo dependerá da experiência que ele consiga acumular nos testes. Será interessante se Armindo guiar em Portugal um carro com um restritor de 33 mm (Rali de Portugal não será um rali de campeonato nacional) e, por isso, a performance do seu carro inscrito na Classe 1 será extremamente próxima dos World Rally Cars.

    Auto Sport

  14. #974
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão A sério só no Rali de Portugal



    A Suécia marcou o arranque de uma nova era para o Mundial de Ralis, e agora a caravana do WRC ruma ao México para mais uma prova, desta feita, sem neve, mas com 'altitude'. Neste contexto, não será desta que os adeptos da modalidade vão ter certezas quanto à correlação de forças. Certezas, só no Rali de Portugal, pois aí não há neve, não há troços em altitude, mas sim um rali muito difícil, muito técnico, com troços com a média de quilometragem mais elevada do WRC. Falámos com os dois mais recentes recrutas nacionais no WRC - Armindo Araújo e Bernardo Sousa - pensam o mesmo: a 'sério', o Mundial só começa no Rali de Portugal!
    A sério só no Rali de Portugal -

    O início da temporada 2011 do WRC tem dois possíveis pontos de vista: o do adepto e o do profissional. Para o adepto, o Rali da Suécia foi exatamente o que esperara para este ano, ou seja, incerteza até final quanto ao vencedor, vários líderes, vencedores de troços e incidentes q.b. e, claro, outro vencedor que não... Sébastien Loeb.

    Já para o profissional, aquele que terá maior acesso à informação e que acompanha por dentro a modalidade, o Rali da Suécia foi, apenas, o Rali da Suécia, não sendo a imagem do que pode ser este Mundial de Ralis. A Autosport falou com dois dos pilotos nacionais com mais ralis no WRC: Armindo Araújo e Bernardo Sousa. Ambos acabam por ter (quase) a mesma opinião...

    Para o atual bicampeão do Mundo de PWRC, a presente temporada tem muitos fatores que podem fazer desta época uma das melhores dos últimos anos, mas ainda é cedo para... prognósticos. "Penso que Sébastien Loeb continua a ser o alvo a bater, não nos iludamos. Os ralis de neve, como Suécia e Noruega, têm as suas características e não representam o WRC. Aliás, acredito que o Mundial deste ano se inicia, a sério, em Portugal e não no México, onde as altitudes mexem muito com as eletrónicas. Para além disto, penso que com a chegada das primeiras evoluções, a diferença entre oficiais e privados vai aumentar, tendo em conta o fator económico para quem pode e quem... não pode", defendeu Armindo Araújo.

    Concorrência 'desleal'

    Já Bernardo Sousa acredita que o tal fosso entre privados e oficiais até pode acontecer, mas não por uma questão económica. "Em jeito de brincadeira, diria que o que eu gostava era ver a Ford sempre a ganhar! Mais a sério, penso que o Rali da Suécia não é, de facto, uma amostra do Mundial de Ralis. Nos ralis de neve, os pilotos nórdicos, mesmo com carros inferiores, conseguem andar à frente de pilotos mais bem apetrechados", recordou o madeirense.

    O atual campeão nacional também acredita que o 'tira-teimas' será em Portugal, pois apesar de no México, Citroën e Ford fazerem jogo igual, "o facto de Petter Solberg, no ano passado, ter testado e ter dado essas informações à Citroën dá vantagem à equipa de Loeb, sobretudo no impacto da altitude nos motores. Em relação às evoluções, penso que não será tanto uma coisa económica, mas sim de concorrência. Por exemplo, acredito que o Petter poderá não receber as mesmas evoluções que Ogier e Loeb porque o Petter é capaz de os bater. O que não acontece com o Kimi Raikkonen ou mesmo na Ford", explicou o piloto que este ano aposta forte no SWRC.

    Auto Sport

  15. #975
    Avatar de florindo
    Registo
    Oct 2006
    Posts
    38.090

    Padrão João Silva: "O meu objetivo continua intacto e passa por chegar ao título nacional de



    Depois de ter conquistado o título de Campeão da Madeira de 2L/2RM e de ter revalidado a categoria júnior no campeonato madeirense, João Silva está apostado em disputar a mesma categoria a nível nacional, com o Renault Clio R3 construído pela ARC Sport. No Rali Torrié, uma saída de estrada logo na segunda especial da prova, relegou o piloto no último lugar da classificação geral. Rubricando uma segunda etapa muito boa, João Silva e José Janela colecionaram bons tempos, que prometem boas perspetivas para época que agora começou.

    "Tirando o azar de ontem, provámos o nosso valor. Em condições normais fomos os mais rápidos entre os carros de duas rodas motrizes, tendo conseguido evoluir muito durante este rali. Quero agradecer todo o trabalho efetuado pela ARC Sport, bem como todo o apoio do Engº Rui Soares, essenciais para os resultados que consegui alcançar. Um forte agradecimento também para o público, que me ajudou a sair de uma situação difícil, e que me apoiou sempre muito ao longo de toda a prova. O campeonato ainda agora começou e o meu objetivo continua intacto: Chegar ao título nacional de 2L/2RM", concluiu João Silva.

    Auto Sport

Página 65 de 92 Primeiro ... 155564 65 6675 ... Último

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar