Página 7 de 92 Primeiro ... 6 7 81757 ... Último
  1. #91
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Subaru "prefere" Grupo N "Plus"

    De acordo com David Lapworth, Director Técnico da Subaru World Rally Team, a sua equipa "prefere" seguir pelo "caminho" do Grupo N Plus, ao invés do Super 2000 Plus, em 2011.

    Como se sabe, nenhum dos actuais Construtores no WRC produziram um Super 2000 - falou-se no Ford Fiesta S2000 mas o projecto parou - e a Subaru é a única marca que tem um carro de Grupo N. Saiba mais na edição impressa do jornal AutoSport.AS

  2. #92
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão 207 S2000 da Amarante Rally Team evoluiu na Aboboreira

    Pascoal preparou Sata/Rali dos Açores

    Vítor Pascoal esteve ontem no troço da Aboboreira para uma apurada sessão de testes com vista à preparação do Sata/Rali dos Açores. Após os problemas vividos durante o Vodafone Rali de Portugal, o piloto da Amarante Rally Team percorreu na classificativa nortenha cerca de 120 quilómetros muito produtivos para chegar bem preparado à próxima prova do Campeonato de Portugal de Ralis: "conseguimos definir o "set up" mais adaptado ao meu estilo de condução para estar mais à vontade a guiar o carro. Penso que o compromisso atingido é muito mais a meu gosto".

    Aproveitando a acção para mostrar a jornalistas e patrocinadores as capacidades do 207 S2000 e contando com a preciosa ajuda de Carlos Barros (director técnico da equipa Peugeot Total) para a afinação do carro, Pascoal confirmou agora ter ficado "bastante motivado para a deslocação aos Açores depois do teste e penso que estaremos em condições de imprimir um ritmo mais elevado pois cada vez mais queremos "tratar o carro por tu", o que é fundamental para nos impormos perante a concorrência".

    FPM

  3. #93
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rali de Vila do Bispo com 50 inscritos


    Tudo a postos para a segunda etapa do Campeonato Regional de Ralis do Sul e do Rallye Mix já a 31 de Maio e 01 de Junho. Os troços foram reparados pela Câmara Municipal de Vila do Bispo e o Clube Automóvel do Algarve já divulgou toda os pormenores do que augura ser um fantástico rali. Os interessados já têm duas zonas espectáculo estrategicamente colocadas para sentir todas as emoções de esta prova em terra.

    Num total de 50 inscritos (repartidos por 32 carros e 17 motos e quads), o Rali de Vila do Bispo marca uma tendência positiva neste campo. A aposta num maior envolvimento da sociedade civil já parece estar a dar os seus primeiros frutos. Um desígnio a continuar e desenvolver.

    O Rali de Vila de Bispo é composto por cinco provas especiais com os concorrentes do Regional a percorrerem 56 kms ao cronómetro e os participantes no Rallye Mix com 67 kms ao cronómetro.

    O Secretariado e o Gabinete de Imprensa funcionam no Centro Cultural de Vila do Bispo, o Parque Fechado frente ao mesmo e o Parque de Assistências nas imediações desse edifício.

    Este rali conta com os apoios da Câmara Municipal de Vila do Bispo, da Carmim (vinhos Terras d´El Rei e Monsaraz), da Solverde - Casinos do Algarve, da Xesequipa, da Selénia Motor Oil, da Biovip - Cosméticos Naturais, de várias unidades hoteleiras (Apartamentos Orquídea, Aparthotel Don Tenório, Hotel Navigator, Hotel Residencial Salema e Orbitur Sagres) e com a empresa Alves Bandeira, que inaugurou recentemente um posto de combustível em Vila do Bispo.
    AS

  4. #94
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Bernardo Sousa: "Terminar já será para nós uma vitória"

    Depois de ter pontuado nas duas provas do Mundial de Ralis de Produção (PWRC) em que participou (Suécia e Argentina), Bernardo Sousa quer repetir o resultado na Grécia. O shakedown desta manhã, serviu de aquecimento para uma prova onde a exigência dos troços e o calor serão os grandes adversários do piloto do Red Bull Rallye Team.

    Terminar é a palavra de ordem para Bernardo Sousa. Na sua terceira prova do Campeonato do Mundo de Ralis de Produção (PWRC), o piloto madeirense, que continua o seu processo de aprendizagem, admite que concluir aquela que é considerada a prova mais dura do Mundial será só por si uma vitória. O shakedown matinal de 3.44km, deixou-o optimista para o primeiro dia de prova que arranca amanhã com um total de seis troços cronometrados e uma superespecial de 4.60km no aeroporto militar de Tatoi.

    "Este é um rali extremamente duro e terminá-lo vai ser para nós uma vitória", admite o piloto do Red Bull Rallye Team, que não podia estar mais satisfeito com o seu Mitsubishi Lancer Evo IX. "O carro está impecável. Este troço que fizemos no shakedown é bastante parecido com o que vamos encontrar no rali e correu-nos muito bem", referiu, salientando que "o calor e a dureza dos pisos" serão os grandes adversários a vencer ao longo das etapas.

    Com 21 anos recentemente completados, Bernardo Sousa - o mais jovem piloto português de sempre a competir no PWRC -continua a afirmar que este primeiro ano no Mundial é de aprendizagem. "Não posso realisticamente estabelecer outros objectivos. Gostava de voltar a pontuar, mas quero acima de tudo concluir a prova. Vamos a ver como as coisas correm amanhã, onde teremos seis 'especiais' que alternam entre mais e menos exigentes antes de terminamos com uma superespecial onde poderemos descontrair e dar um bocadinho de espectáculo", refere. AS

  5. #95
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão N. Tajima: "Apenas com os maiores desafios se fazem progressos"

    A Suzuki não tem tido uma época de estreia fácil, com a fiabilidade do SX4 WRC a ser um quebra-cabeças para os responsáveis da equipa nipónica.

    Na Grécia, mais do que noutras provas, a fiabilidade é decisiva já que a etapa grega é conhecida por ter um dos mais difíceis percursos de todo o Campeonato Mundial de Ralis.

    A Acrópole é a segunda de um trio de provas em terra batida no Mediterrâneo, por isso todo o trabalho realizado na Grécia será de vital importância para o Rali da Turquia, que decorre duas semanas depois.

    "Quando iniciámos a temporada deste ano, já sabíamos desde o início que seria muito duro - e isto tem sido amplamente provado. Mas é apenas defrontando os maiores desafios que conseguimos fazer progressos.

    Durante muitos anos o Rali da Acrópole tem sido considerado como um dos mais exigentes do calendário, de modo que estamos aguardando ansiosamente este próximo desafio perto de Atenas. O nosso objectivo continua a ser levar os dois carros até aos pontos, embora seja uma grande tarefa. A fim de contribuir para alcançar este objectivo, os nossos pilotos devem lembrar sempre que o mais importante é chegar ao fim da prova, continuando a seguir as abordagens adoptadas durante todo o ano", comenta Nobuhiro 'Monster' Tajima, responsável pela competição da Equipa Suzuki World Rally.

    AS

  6. #96
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578
    VÍDEO: Apresentação do Pax Rally 2008

  7. #97
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Transibérico vai crescer mais um dia em 2009

    Determinada em consolidar o seu estatuto de única prova europeia incluída na Taça do Mundo FIA de Todo-o-Terreno, a Organização do Automóvel Clube de Portugal prepara nova alteração ao figurino do Rali Vodafone Transibérico em 2009, agora com a introdução de uma segunda etapa em Espanha, para um total de seis dias de competição.

    Mantendo uma tendência que dura já desde 2004, quando abandonou o formato de "baja", a jornada do ACP tem vindo progressivamente a crescer, estendendo-se a Espanha em 2005 e, este ano, acrescentando mais um dia ao seu formato, para um total de cinco etapas e mais de 1400 km de percurso cronometrado. "Voltar atrás é que está fora de questão", garante José Megre, agora na qualidade de presidente da Comissão Organizadora da prova.

    "Mesmo se este ano sofremos uma quebra acentuada no número de inscritos, perdendo a massa dos concorrentes portugueses, a tendência será sempre para crescer no número de dias, tal como tem vindo a suceder nos outros ralis que integram a Taça do Mundo, e também porque é essa a vontade dos principais construtores", justifica. "É evidente que isso poderá afastar ainda mais equipas nacionais, mas esse é um risco que o ACP vai ter de ponderar".

    Mas se dúvidas ainda houvesse quanto ao caminho a seguir, Carlos Barbosa tratou de as dissipiar em absoluto: "No próximo ano, vamos acrescentar mais um dia de prova, quase de certeza em Espanha, até porque em Portugal não sobram já muitas alternativas por onde estender o percurso", revelou o presidente do ACP.

    Marrocos pode esperar

    Neste contexto, deverá ficar adiado por mais algum tempo o mais arrojado plano de alargar os limites desta prova ao continente africano, no seguimento dos contactos que Carlos Barbosa chegou a estabelecer com as autoridades marroquinas, nomeadamente com o rei Mohamed VI.

    "É uma ideia que ainda não abandonámos, embora julgue que a prioridade seja consolidar o rali em Portugal e Espanha, reforçando o seu carácter ibérico, também porque nesta altura as equipas oficiais colocam ainda muitas reservas em deslocar-se a África".

    Na realidade, o cenário mais provável é que, a existir um Transmediterrânico de futuro, este possa possa vir a ser lançado de raiz, como um rali independente, tal como preconiza José Megre.AS

  8. #98
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Rali da Grécia: Após PE 3

    Latvala na frente
    Já não é propriamente uma novidade o facto de jari-Mari Latvala ser o piloto que entra melhor nos ralis do Mundial. Desta feita, ao cabo de três especiais, o piloto finlandês lidera o Rali da Acrópole com quatro segundos de vantagem para Sebastien Loeb. Daniel Sordo é terceiro, e também como já vem sendo hábito, o homem que abre a estrada perde de imediato muito tempo. Neste caso, Mikko Hirvonen é quarto, já a 26.2s do líder.

    Petter Solberg e Chris Atkinson terminaram a manha na quinta e oitava posições, respectivamente, em plena fase de adaptação ao tão esperado Subaru Impreza WRC08. Neste momento, Solberg está somente a 1.4s de Hirvonen; "O carro está a melhorar de troço para troço. É muito diferente do anterior, e para já tudo está a funcionar na perfeição."

    Entre os dois Subaru, estão classificados Urmo Aava, no C4 WRC semi-oficial e Henning Solberg, da Sobart. Entre os homens da equipa inglesa apoiada pela Ford, Gigi Galli fez um pião na PE 1 e depois foi obrigado a parar com a suspensão partida enquanto Matthew Wilson perdeu perto de um minuto com problemas de transmissão.

    Na Suzuki, mais problemas: No SX4 de Per-Gunnar Andersson foram os travões enquanto no de Toni Gardemeister, a bomba da gasolina.

    PWRC em notícia separada. AS

  9. #99
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Armindo Araújo , 4º, Bernardo Sousa, 12º

    Ao cabo de três especiais, Armindo Araújo é quarto classificado, a 27.4s do líder, Juho Hanninen, piloto que recentemente os adeptos portugueses puderam ver no Vodafone Rally de Portugal. Bernardo Sousa é para já 12º classificado entre os homens do PWRC.

    Os pilotos portugueses entraram com algumas cautelas, e como é habitual no PWRC, depressa começam por surgir problemas com quem decide atacar "desalmadamente". Foi o que sucedeu com Mirco Baldacci, o primeiro líder, que venceu a especial de abertura, mas na seguinte perdeu um minuto, caindo muito para lá do top 10. entre os principais favoritos, também Fumio Nutahara, Thoshiiro Arai e Andreas Aigner já tiveram problemas.

    Nasser Al-Attiyah, que ainda vem com o ritmo do Transibérico, passou para o comando da prova com 4.0s de avanço para Hanninen, mas o finlandês passou-o na especial seguinte e terminou a primeira secção do primeiro dia de prova na frente.

    Armindo Araújo entrou com cautelas, mas na segunda especial alcançou um terceiro tempo à geral (no PWRC), permitindo-lhe subir de oitavo para quinto. Na PE 3 ascendeu mais uma posição, já que Toshiiro Arai teve problemas e caiu na classificação. O piloto português está agora a nove segundo do terceiro classificado, Jari Ketomaa.

    Bernardo Sousa obteve um 11º, 16º e 10º lugar em especiais, e está actualmente classificado na 12ª posição da geral a 53,8 segundos do líder. AS

  10. #100
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Latvala furou, Loeb líder

    O Azar bateu à porta de Jari-Mari Latvala. Quando se preparava para aumentar a margem que o separava dos seus adversários, eis que um furo o relegou para a terceira posição da geral, atrás de Daniel Sordo.

    O líder é agora Sébastien Loeb, embora o finlandês tenha minimizado as perdas pois ficou só a 6.6s do francês. Isto no mesmo troço em que furou, porque no seguinte, Loeb voltou a vencer e dilatou a margem para os seus perseguidores, colocando-a em 7.2s para Dani Sordo e 11.1s para Latvala. Mikko Hirvonen, quarto, já dista 41.1s do líder. Petter Solberg desceu a sexto, por troca com Henning Solberg.

    Armindo perdeu dois minutos

    No PWRC, Armindo Araújo teve problemas, perdeu quase dois minutos e desceu para a 15ª posição da geral, isto após a especial nº 5. Bernardo Sousa subiu para 11º, devido à "queda" de Araújo.AS

  11. #101
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Loeb na frente, Ford afunda-se

    Se na Turquia os dois Ford "pararam" para evitar saírem na frente na etapa seguinte, desta feita, no derradeiro troço do primeiro dia de prova, a sorte foi madrasta para os dois homens da equipa, com Mikko Hirvonen a perder 48.9s enquanto Jari-Mari Latvala cedeu 1m07.5s, caindo na classificação, para quinto (Latvala) e sexto (Hirvonen).

    Ironicamente, o "problema" começou no final da PE 6 quando ambos os pilotos bateram na mesma pedra, danificando as suspensões dos seus Focus WRC. Foram para a super-especial, e aí perderam as posições na geral.

    Quem ganhou com isso foi a "dupla" da Citroen, Sébastien Loeb e Dani Sordo, que passam a ter atrás de si "apenas" Petter Solberg...a um minuto. De repente, um rali que parecia ter todos os condimentos para ser equilibrado até final, perde emoção com o atraso de dois dos principais favoritos aos lugares cimeiros da classificação. Falta muito rali, e é provável que "se cheguem" mais à frente, mas a verdade é que com esta margem, dificilmente terão hipóteses perante Loeb.

    Quando se esperava que Sébastien Loeb partisse para o segundo dia de prova com a liderança, mas com a dificuldade acrescida de ter de "abrir" a estrada, eis que parte com uma vantagem de 15.7s para um piloto que, já se sabe, não o vai atacar. O que faz toda a diferença.

    Petter Solberg, aos comandos do novo Impreza WRC 2008, herdou assim o terceiro lugar, depois de na penúltima especial ter recuperado a quinta posição, ao trocar com o seu irmão Henning. Urmo Aava é quinto, na frente dos dois homens da Ford. Na sétima posição está Chris Atkinson, a braços com algumas dificuldades de adaptação ao novo Subaru. AS

  12. #102
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Bernardo Sousa 10º, Armindo Araújo, 11º

    No PWRC, depois do azar no Rally de Portugal, quando Armindo Araújo não "passou" da segunda especial da prova no primeiro dia, e voltou a ter problemas semelhantes no segundo, as avarias mecânicas teimam em perseguir o piloto português, que voltou a perder tempo, caindo muito na classificação.

    Entretanto, passou de 15º para 11º, mas a já a bem mais de três minutos do líder, pelo que um bom resultado na Grécia, dificilmente surgirá a não ser que haja uma hecatombe de desistências à sua frente.

    Relativamente a Bernardo Sousa, realizou uma etapa regular, evitando as armadilhas, e terminou o dia na décima posição da geral, um lugar na frente de...Armindo Araújo.

    Mais informação, com os detalhes do dia dos dois pilotos lusos, assim que possível.

    AS

  13. #103
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Prestação de Armindo entrou "em segurança"

    As primeiras três classificativas do Rali da Acrópole realizadas hoje estavam a correr de feição ao piloto da Mitsubishi Motors. Armindo Araújo ocupava o quarto lugar do PWRC quando começaram os problemas. Viria a terminar o dia no 11º lugar do seu agrupamento, 26º na classificação geral.

    Numa prova que é caracteristicamente muito dura e competitiva, a dupla Armindo Araújo/Miguel Ramalho sabia que não lhes esperavam facilidades, pese embora descartassem a hipótese de terem problemas tão cedo: "As especiais da manhã correram normalmente sem grandes percalços, à excepção de um pião no terceiro troço. Estava tudo dentro dos parâmetros normais, até porque estávamos a ter algumas cautelas para poupar um pouco a mecânica que neste rali sofre habitualmente bastante", começou por dizer.

    A tarde é que viria a ser madrasta para o Tetra Campeão Nacional, que logo na classificativa de abertura teve de: "Parar para limpar o filtro de ar que estava completamente cheio de pó. Começavam aí os nossos problemas. Depois o motor começou a ficar demasiado quente e tivemos que efectuar as restantes especiais em sistema de segurança para conseguirmos chegar ao final", continuou.

    Não foi um início particularmente fácil para Armindo Araújo que terminou o primeiro dia do Rali da Acrópole na 11ª posição, a pouco mais de 3 minutos do primeiro, Nasser Al-Attiyah: "A equipa técnica está a fazer o possível e o impossível para solucionar o problema e para que amanhã estejamos em posição de recuperar parte do tempo perdido. Quero acreditar que vamos conseguir", concluiu Armindo Araújo.

    Classificação do PWRC após o 1º Dia:
    1º Nasser Al-Attiyah/Chris Patterson - Subaru Impreza WRX com 1h27m44s
    2º Juho Hanninen/Mikko Markkula - Mitsubishi Lancer Evo IX a 1m10,2s
    3º Mirco Baldacci/Agnese Giovanni - Mitsubishi Lancer Evo IX a 1m11,9s
    ....
    11º Armindo Araújo/Miguel Ramalho - Mitsubishi Lancer Evo IX a 3m11,6s

    AS

  14. #104
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Bernardo Sousa no top 10

    Não podia ter corrido melhor o primeiro dia do Rali da Acrópole a Bernardo Sousa. O piloto do Red Bull Rallye Team geriu da melhor forma o andamento nos exigentes pisos gregos e não teve problemas com o seu Mitsubishi Lancer Evo IX. Como prémio conquistou um lugar no Top 10 da geral do Mundial de Ralis de Produção (PWRC).

    A primeira etapa da prova grega, com um total de 110,8km, terminou com o piloto do Red Bull Rallye Team na 10ª posição da geral de Produção (PWRC). Um resultado que o deixa naturalmente satisfeito e que comprova a boa época que tem vindo a realizar no seu primeiro ano no Mundial. Com uma condução prudente e um bom andamento, Bernardo concluiu o primeiro dia sem quaisquer problemas.

    "Foi um dia fantástico. Melhor era difícil", admite Bernardo, frisando que o calor foi um dos seus principais adversários do dia. "O carro aqueceu muito e isso foi complicado, mas aconteceu a todos. Tirando isso o balanço do dia é muito bom", salienta o piloto do Red Bull Rallye Team, que apenas teve um pequeno percalço na penúltima prova especial de classificação (PEC 6) do dia.

    "Havia muita pedra nos troços e, na 'especial' que antecedeu a superespecial, acabámos por bater numa grande e empenámos uma jante. Isso fez-nos perder um bocadinho de ritmo, mas não causou danos no carro. Quando chegámos à assistência mudámos a roda e o carro está impecável", explica o piloto madeirense.

    Amanhã os objectivos passam essencialmente por "chegar ao fim da etapa." "Obviamente que quero manter a posição de hoje e se melhorar melhor - afinal estamos perto dos pontos - mas os troços vão ser muito exigentes e o mais importante vai mesmo ser chegar ao final sem problemas a assinalar", conclui.AS

  15. #105
    Avatar de G@ngster
    Registo
    Nov 2007
    Idade
    50
    Posts
    45.578

    Padrão Loeb perde liderança devido a furo


    Um furo na segunda especial de hoje teve como consequência a perda da liderança da prova por parte de Sebastien Loeb, para o seu companheiro de equipa, Dani Sordo.

    O piloto francês perdeu cerca de 30 segundos e caiu para a segunda posição da geral, 19.4s atrás do espanhol. O furo teve lugar cerca de seis quilómetros após o início da especial, com o francês a ver-se obrigado a rodar muito mais lento para evitar males maiores:

    "Realizámos 10 quilómetros com o pneu sem ar, pelo que tentámos ser cautelosos. Mas pronto, ainda estamos na luta pelo que tudo está bem. Acontece! Penso que na parte da tarde será mais fácil para nós.",referiu Loeb que se prepara para voltar a atacar a liderança da prova.

    AS

Página 7 de 92 Primeiro ... 6 7 81757 ... Último

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar