Página 7 de 8 Primeiro ... 6 7 8 Último
  1. #91

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Pilotos da Itaipava comentam Desafio das Estrelas

    Quando entrou nos boxes na quinta volta, com problemas no escapamento, Lucas Di Grassi estava certo de que havia deixado escapar a chance de vencer o Desafio Internacional das Estrelas. Mas nem ele, nem ninguém poderia prever o que aconteceu nos quase trinta minutos de corrida da prova decisiva do evento, disputada na manhã deste domingo (19). Bia Figueiredo deu um espetáculo para o público presente, saindo da 11ª posição para vencer na Arena Sapiens, em Florianópolis (SC).

    O resultado deixou Lucas Di Grassi, Felipe Massa, Rubens Barrichello e a própria Bia Figueiredo, os quatro primeiros colocados, absolutamente empatados em pontos na tabela de classificação, com 25. Lucas Di Grassi foi declarado campeão no critério de desempate, que era o resultado da primeira corrida do fim de semana, vencida por ele na noite de sábado (18). "Eu não esperava ser campeão sem terminar a prova final", confessa Lucas Di Grassi.

    "Tudo começou bem triste com o meu abandono, mas aí as coisas começaram a se desenvolver de uma forma tão emocionante que a cada ultrapassagem da Bia (Figueiredo) eu vibrava", conta o piloto da Itaipava Racing Team, que manteve uma escrita no Desafio Internacional das Estrelas. Só pilotos de Fórmula 1 conquistaram o título desde que passou a ser disputado em Florianópolis, em 2006. "Vencer um evento desses é um momento importante para qualquer piloto".

    "Aqui, é tudo decidido muito nos detalhes, todo mundo vira no mesmo décimo, cada atividade tem alguém diferente na frente. Então, é um resultado mesmo muito especial", revela Lucas Di Grassi. A corrida dele terminou em um acidente envolvendo outro piloto da Itaipava Racing Team, Antonio Pizzonia. "Na quarta volta, meu pneu saiu da roda e não tive o que fazer. Foi uma pena, mas nesta prova minhas chances eram mesmo pequenas, porque eu estava ‘a pé’ de motor", diz Antonio Pizzonia.

    Tony Kanaan terminou a corrida decisiva em quarto lugar e ficou só um pontinho distante dos quatro pilotos que empataram na disputa pelo título do Desafio Internacional das Estrelas. "Eu não fiquei fazendo contas. Estava fazendo minha corrida e sabia que quanto mais à frente eu chegasse maiores seriam as minhas chances. Mas fiquei feliz demais com o resultado da Bia (Figueiredo). Ficou todo mundo impressionado, mas eu já estou bem acostumado com isso", brinca Tony Kanaan.

    O piloto divide com ela o grid de largada da Fórmula Indy. Luciano Burti também tinha boas chances na corrida, mas se enroscou com Felipe Massa na largada. "Nossos karts se engancharam, uma carenagem prendeu na outra. Aí precisei frear e perdi muitas posições. Pelo que vi do kart, hoje seria uma corrida melhor do que ontem, mas a batida atrapalhou. Mas de uma forma geral valeu muito, foi divertido e esta é a grande proposta do evento", conclui Luciano Burti.

  2. #92

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Desafio das Estrelas: Zonta parabeniza Massa por sucesso

    A sexta edição do Desafio Internacional das Estrelas, encerrada na manhã deste domingo na Arena Sapiens, em Florianópolis, foi um show não só pela festa que beneficia uma instituição de caridade, mas pelo profissionalismo e competitividade dentro da pista.

    Ex-piloto de F-1, campeão do FIA GT e líder da RZ Corinthians Motorsport na Stock Car, Ricardo Zonta parabeniza o organizador Felipe Massa pela grandiosidade do Desafio. "O Felipe está de parabéns pelo sucesso do evento. Esse é o sexto ano e a cada edição vem crescendo e lotando o Kartódromo da praia de Canasvieiras. É uma grande festa para nós que passamos o ano trabalhando em vários países e aqui podemos reencontrar grandes amigos", descreve.

    Na corrida decisiva, com duração de 25 minutos mais uma volta, Zonta ganhou nove posições, chegando em décimo. A vitória ficou com Bia Figueiredo, mas o título terminou nas mãos de Lucas Di Grassi. "Ontem larguei em sétimo, mas o kart caiu de rendimento e não consegui um bom resultado. Hoje o resultado poderia ter sido melhor, se tivesse largado mais para a frente do grid. Somos pilotos e todos queremos ganhar. Aqui ninguém tem vida fácil", brinca o paranaense, ex-piloto das equipes McLaren, BAR, Jordan, Toyota e Renault na F-1.

    Passado o Desafio, Zonta tira um rápido intervalo para as festas de fim de ano e, nos primeiros instantes de 2011, parte para os Estados Unidos, onde disputará a prova de longa duração mais tradicional do esporte a motor norte-americano: as 24 Horas de Daytona. "Representarei a equipe Krohn, coma qual disputei as temporadas de 2008 e 2009 da Grand Am. Espero poder começar o ano com o pé direito e um bom resultado, para trazer boas energias", completa Zonta, dono de duas vitórias, uma pole e três pódios na categoria.

  3. #93

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Castroneves já está de olho no Desafio das Estrelas 2011

    Mesmo com dificuldades de equipamento nas duas corridas que compuseram o Desafio Internacional das Estrelas, encerrado neste domingo no Kartódromo Arena Sapiens, Helio Castroneves vibrou com o evento promovido por Felipe Massa, em Florianópolis (SC), e já faz planos para a edição de 2011. Os resultados em pista não traduziram a satisfação do piloto do Team Penske em participar pela primeira vez da competição conquistada por Lucas di Grassi, vencedor da etapa de sábado e campeão do Desafio, e por Bia Figueiredo, que faturou a corrida do domingo.

    “Passei momentos maravilhosos aqui em Florianópolis. A família Massa me recebeu com todo o carinho, pude rever amigos que não via há tempos, conheci também muita gente legal e dei muita risada em todos esses dias”, revelou Castroneves.

    Em termos de resultados, não foram os esperados por Castroneves, visto que o motor e o carburador sorteados ao apresentaram o desempenho desejado nas primeiras ações e a quebra do banco fez com que abandonasse a primeira corrida ainda no decorrer da nova volta, após largar em 23º.

    Para a segunda fase da competição, houve novo sorteio e, dessa vez, o três vezes vencedor da Indy 500 teve acesso a um equipamento com performance um pouco melhor. Isso pôde ser verificado já no warm-up, realizado na manhã de domingo, quando registrou voltas melhores em cerca de 0s5. Esse ganho, entretanto, não o ajudou a conseguir uma posição mais à frente no grid, uma vez que sua posição já estava determinada pelo resultado da primeira prova.

    Na rodada de encerramento, sob um calor superior a 30ºC e muito sol, coube a ele se destacar na largada, pois conquistou nada menos do que 14 posições em uma única volta e fechou a primeira passagem em 12º, após alinhar na 26ª e penúltima posição. Esse bom desempenho inicial, entretanto, foi aniquilado já a partir da quinta volta, quando começou a perder posições principalmente em razão do aquecimento dos freios e da conseqüente necessidade de acionar o dispositivo bem antes do ideal. Dessa forma, foi perdendo posições até se posicionar em 19º na volta 11, permanecendo nessa posição até a 28ª e última volta.

    Isso tudo não baixou o entusiasmo de Helio Castroneves com o Desafio. “Fazia tanto tempo que eu não andava de kart que levei um susto até entender todas as manhas. No final, já estava descobrindo os macetes, mas pena que acabou logo. Tudo bem, pois no ano que vem vou dar trabalho para esses ‘viciados’ em kart, me aguardem!”, avisou.

  4. #94

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Tony Kanaan presenteia Bia Figueiredo no Desafio das Estrelas

    Na segunda bateria do Desafio das Estrelas, em Florianópolis, Tony Kanaan finalizou na 4a colocação, voltando novamente ao pódio após receber o seu troféu no sábado (18) com a 5a posição. Com isso, o piloto da Fórmula Indy fechou o Desafio no 5o posto na classificação geral, apenas 1 ponto atrás do campeão, Lucas Di Grassi.

    "Foi por pouco que não levo o campeonato, aliás, por uma ultrapassagem, mas foi um ótimo final de semana com dois pódios. Brigamos com tudo, mesmo sem saber dessa situação na prova. A Bia está de Parabéns, fez uma corrida incrível. Cumpri com o que falamos no twitter e entreguei o meu capacete de presente para ela", comentou o brasileiro, sobre a vencedora da etapa deste domingo.

    No final da prova deste domingo, Kanaan esteve muito perto de conquistar o título. Ele ocupava a 4a colocação e precisava superar Felipe Giaffone para sagrar-se campeão, mas chegou colado no piloto da Fórmula Truck.

  5. #95

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Desafio das Estrelas: Problema nos freios deixa Fittipaldi fora

    A disputa da 2ª bateria do Desafio Internacional das Estrelas, neste domingo (dia 19), no kartódromo Arena Sapiens, em Florianópolis (SC), levantou a torcida. Única mulher na competição, Bia Figueiredo deu um show e venceu a prova, com Rubens Barrichello em segundo e Felipe Giaffone, em terceiro. Apesar de ter abandonado a corrida final, Lucas di Grassi garantiu o título do Desafio, em virtude da vitória na bateria de sábado (18), que tinha peso maior.

    Para Christian Fittipaldi, as provas não tiveram os resultados esperados. No sábado, o piloto largou e terminou em 18º. Neste domingo, partiu da mesma colocação do grid, chegou a estar grande parte da disputa em 10º, mas abandonou a sete voltas do final com problemas nos freios.

    "O kart estava bem melhor do que ontem. Estava bem na corrida, entre os 10 primeiros, mas tive algum problema nos freios. Fiquei totalmente sem freio e acabei escapando e parando na grama", contou o piloto, que mais uma vez elogiou Felipe Massa e Carlinhos Romagnolli, organizadores do Desafio.

    "Em algum detalhe, eles estão sempre melhorando. É um evento de 1º mundo, fantástico para assistir e para correr. Como eu sempre digo, é uma brincadeira, mas na hora que começa todo mundo quer ir bem. Agora, vamos deixar para o ano que vem", completou Fittipaldi, único brasileiro a competir nas três principais categorias do automobilismo mundial (F-1, F-Indy e NASCAR), que na temporada 2010 foi o quarto colocado do Trofeo Linea, com quatro pódios (uma vitória).

    Vinte e sete pilotos participaram da disputa no traçado de 1.207 metros do Arena Sapiens. Com exceção do ator Marcos Pasquim, convidado pela organização para a prova, os demais estão entre os maiores nomes do automobilismo internacional e nacional. Esta foi a 6ª edição do Desafio das Estrelas, que já se tornou tradição no encerramento das temporadas.

  6. #96

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Di Grassi comemora título no Desafio das Estrelas

    Parecia que o tão desejado título do Desafio Internacional das Estrelas ia ser adiado mais uma vez. Depois de uma vitória importante na prova que abriu a sexta edição do Desafio Internacional das Estrelas 2010, na noite deste sábado (18), no Kartódromo Arena Sapiens, em Florianópolis (SC), o piloto Lucas Di Grassi se viu o obrigado a abandonar a etapa decisiva, na manhã deste domingo (19).

    O piloto da equipe Virgin Racing de F1 abandonou a corrida logo na quarta volta. O motivo foi a quebra do escapamento do motor, depois que a traseira do kart nº 9 de Di Grassi foi acertada em cheio por Antonio Pizzonia, numa tentativa de ultrapassagem infeliz do piloto amazonense.

    Com a vitória na disputada etapa de abertura, Di Grassi largou em oitavo na final, como determina o regulamento, que inverte os oito primeiros colocados da primeira prova para a ordem de largada da segunda. Logo após a largada, ele pulou para sétimo, e estava no encalço do quarto colocado quando levou a batida. "O Pizzonia me tirou da prova tentando passar em um lugar onde não era possível. Acabou com a minha corrida e com a dele", lamentou Di Grassi. "Pior para ele, que poderia ter ido para o pódio também."

    A partir daí, o que se viu foi uma briga intensa por todas as posições, especialmente lá na frente, onde Rubens Barrichello, o espanhol Jaime Alguersuari e Vítor Meira alternavam-se na liderança. Depois de nove ultrapassagens, a paulista Bia Figueiredo, que largara em 11º, tomou a primeira posição de Barrichello, conquistando sua primeira vitória em uma etapa da competição. Felipe Giaffone foi o terceiro colocado.

    Na combinação de resultados entre as duas provas, como determina o regulamento, Di Grassi terminou na frente. Na contagem dos pontos, Lucas ficou com 25 pela vitória na primeira prova e empatou na liderança com Barrichello (que registrou um 8º e um 2º lugares, respectivamente) Felipe Massa (2º e 11º) e Bia Figueiredo (11ª e 1ª). Di Grassi tornou-se campeão justamente pela vitória registrada no sábado - resultado que, nos critérios de desempate, é superior aos dos demais competidores.

    "Foi uma combinação de azar e sorte. Por causa do abandono as coisas tinham ficado bem difíceis para mim, mas quando tem que ser é difícil alguém tirar. E enfim, depois de um vice e dois terceiros lugares, finalmente eu conquistei o título do Desafio", comemorou o piloto. Lucas referia-se aos seus resultados nos anos de 2008, 2007 e 2006, respectivamente, quando sempre esteve entre os favoritos e chegou à segunda prova disputando o título.

  7. #97

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão "Foi maravilhoso", comenta Bia Figueiredo sobre vitória no kart e estreia na Indy

    Piloto brasileira busca uma vaga na Indy para correr a temporada inteira em 2011
    A vitória na segunda bateria do Desafio das Estrelas de Kart em Florianópolis foi o término de uma temporada no mínimo engrandecedora para Bia Figueiredo, que estreou na Fórmula Indy, em uma corrida em São Paulo.

    Única mulher em um grid de 27 karts, ela largou no 11º lugar na noite anterior, e ultrapassou Rubens Barrichello no final da prova para assumir a primeira posição e vencer, além de fazer a melhor volta da corrida, com o tempo de 55s408.

    - Foi muito gratificante, estou muito feliz. Estivemos bem desde o começo. No primeiro treino, a pista estava suja. No segundo dia, andamos forte, mas um errinho no acerto do kart para a classificação nos deixou fora do top qualifying. Na primeira bateria, me meti em encrencas na largada, caí da 16ª para a 22ª posição, mas fui me recuperando, virando no mesmo tempo dos líderes.

    Na segunda corrida, com outro motor sorteado, Bia foi bem já no warm-up, que não completou por um problema mecânico.

    - Estivemos confiantes o tempo todo e fui para a corrida esperando terminar no pódio. Comecei ganhando três posições na largada, meu kart estava ótimo, e no fim, por causa do acerto que escolhemos, foi ficando ainda melhor.

    Agora, ela continua concentrada na preparação para a temporada 2011 da Fórmula Indy, ao lado dos empresários André Ribeiro e Augusto Cesário, ainda mais estimulada pela vitória conquistada em Florianópolis.

    - O importante do Desafio das Estrelas é que todos são pilotos muito bons. No grid tinha campeões da Fórmula Indy, vencedores da Fórmula 1, campeões da Stock Car e da Fórmula Truck, todos kartistas ótimos. Ganhar uma prova dessa em cima de tantos pilotos fantásticos e campeões é maravilhoso.

  8. #98

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Clube do Minho apresenta projecto de formação de karting

    Com o objectivo de trazer jovens para o karting e de participar na sua formação enquanto condutores, o CAM desenvolveu o projecto Edu_CAM

    O Clube Automóvel do Minho apresentou, este sábado, as linhas mestras do projecto Edu_CAM, acção dirigida para o karting e que promete inovação nas componentes de formação e competição. Depois de nos últimos anos o karting ter estagnado a nível nacional, segundo o clube, eis que surge este projecto com o objectivo de trazer jovens para a modalidade, mas que também se apresenta como uma acção no âmbito da educação da condução aos mais jovens.
    “Temos essas duas vertentes, ou seja, a da educação e a da competição”, explicou Barbosa Ferreira, presidente do CAM, nesta apresentação onde esteve presente também o responsável dos kartings Parolin, parceiro do clube minhoto, prosseguindo: “A primeira delas será através das escolas de alguns concelhos, para já, estendendo-se depois a nível nacional, onde vamos proporcionar de uma forma gratuita formação a jovens dos 6 aos 18 anos. O projecto da competição será obviamente para os jovens que saírem da formação, no caso de pretenderem passar para a competição”.
    No capítulo da formação, a ideia é “formar jovens para vida, que não deixa de ser numa competição”. “Quero realçar que o karting não é apenas competição, mas também pode proporcionar ensinamentos para os condutores de amanhã, para além de formar pessoas, outro dos nossos intentos ao lançar este projecto”, disse ainda Barbosa Ferreira.
    Ainda na formação, esta acção está dividida em cinco níveis - Motivação para a Educação Rodoviária (5-7 anos), Condução Segura (8-9 anos), Introdução à Condução Desportiva (10-11 anos), Início da Competição (12-14 anos) e Escola de Campeões (15-18 anos) -, todos eles divididos ainda em dois módulos de aprendizagem.
    Na competição, ou seja, o Troféu CAM Kart, estão previstas sete categorias por escalões etários: categoria golfinho (5 aos 7 anos), andorinha (8 aos 10); lebre (10 aos 12), academia (10 aos 12), master sub-18 (12 aos 15), masterlince (15 aos 29) e master e jaguar (a partir dos 30). O calendário da competição começa já no dia 20 de Fevereiro, contemplando sete eventos. Paralelamente vai ainda ter lugar uma Taça CAM Kart, com três provas, uma delas em Paços de Ferreira. Algumas da jornadas descritas vão ser englobadas em eventos do Campeonato de Portugal de Karting e também no espanhol, havendo ainda uma prova que terá lugar em Itália.
    Em jeito de conclusão desta apresentação, Barbosa Ferreira referiu que está esperançado que este projecto “seja, sem dúvida, uma mais-valia em termos de formação de pessoas para que possam enfrentar a vida de uma forma muito mais positiva”.

  9. #99

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Desafio das Estrelas: o "layout" dos karts dos estrangeiros

    A organização do Desafio Internacional das Estrelas divulgou o "layout" dos karts de seis pilotos estrangeiros convidados para a edição de 2011 - os estreantes Jérôme D'Ambrosio, Pastor Maldonado, Jules Bianchi, Adrian Sutil e Gianni Morbidelli, que se juntarão ao veterano Vitantonio Liuzzi na corrida dos próximos dias 2, 3 e 4 de dezembro na Arena Sapiens, em Florianópolis.

    No último fim de semana, Bruno Senna informou a Felipe Massa que será obrigado a abrir mão da prova em função de compromissos com a Lotus Renault GP que ainda não haviam sido agendados quando aceitou o convite para voltar a disputar o Desafio. "Terei de participar da festa de fim de ano da equipe e tomar parte de um evento na República Tcheca", explicou Bruno, que regressará para a Europa na terça-feira da semana que vem, dois dias depois do GP do Brasil de Fórmula 1.

    Ao mesmo tempo, o bloco dos pilotos da Stock Car aumentou com a chegada de Tuka Rocha. Depois de fazer carreira no automobilismo internacional, Tuka ingressou na Stock Car em 2011 e fechou a temporada inicial como melhor estreante. No ano que vem, de contrato renovado com a BMC, Tuka passará a correr pela Full Time Sports.

  10. #100

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Liuzzi dita ritmo no primeiro treino do Desafio das Estrelas


    Acostumado a frequentar a rabeira do grid na Fórmula 1, o italiano Vitantonio Liuzzi mostrou nesta sexta-feira que falta de "braço" não é a causa de sua presença frequente nas últimas filas com o carro da HRT. Com equipamentos rigorosamente iguais, o campeão mundial de kart de 1981 dominou a sessão de treinos livres de abertura da sexta edição do Desafio Internacional das Estrelas e só foi ameaçado por Rubens Barrichello nos instantes finais dos 40 minutos de ensaios noturnos no Kartódromo Arena Sapiens.

    Sempre simpático e solícito, Liuzzi ainda não sabe onde estará em 2012. A equipe espanhola anunciou a contratação do veterano Pedro de la Rosa e o segundo assento está vago. Em meio aos ilustres colegas de diversas categorias, no entanto, o piloto de 30 anos parece à vontade. "Foi um bom início", admitiu no regresso aos boxes, "mas os outros também estão competitivos", ressalvou, observando a pequena diferença que o separou de Barrichello. "Tenho de cuidar para que os outros não vejam o que estou fazendo, e amanhã é outro dia", continuou, minimizando o resultado e antecipando a luta árdua que deverá ser travada pela pole da primeira corrida.

    Dos demais convidados estrangeiros, o francês Jules Bianchi foi outro destaque. Estreante na prova, o piloto da Fórmula GP2 e integrante da Academia de Jovens Pilotos da Ferrari mostrou uma rápida adaptação ao conjunto Birel-Parilla e aos 1.200 metros do traçado. Ficou em terceiro e imediatamente à frente do "local" Leonardo Nienkotter, que vem da conquista de título no kartismo norte-americano. O anfitrião Felipe Massa melhorou nos minutos finais e terminou na 8ª colocação. Olhado com curiosidade, Pietro Fittipaldi - neto de Emerson Fittipaldi e campeão da Limited Late Model da Nascar com apenas 15 anos de idade - não decepcionou e ficou em 16º.

    O sábado será de atividades intensas. A partir das 16 horas, os 29 pilotos voltam à pista para a segunda sessão de treinos livres. Depois, divididos em dois grupos, disputarão as tomadas classificatórias que apontarão os 10 que decidirão a pole no Top Qualifying. À primeira bateria da rodada dupla começará às 21h45, com duração de 30 minutos mais uma volta. O público assistirá também à Corrida dos Famosos, reunindo artistas da TV Globo especialmente para o programa Caldeirão do Huck.

    Os tempos do primeiro treino livre:

    1 - VITANTONIO LIUZZI - 55S495
    2 - RUBENS BARRICHELLO - 55S555
    3 - JULES BIANCHI - 55S754
    4 - LEONARDO NIENKOTTER - 55S793
    5 - ANTONIO PIZZONIA - 55S853
    6 - JAIME ALGUERSUARI - 55S877
    7 - NELSINHO PIQUET - 55S889
    8 - FELIPE MASSA - 55S891
    9 - LUCAS DI GRASSI - 55S896
    10 - RICARDO ZONTA - 55S902
    11 - JEROME D' AMBROSIO - 55S914
    12 - TONY KANAAN - 55S945
    13 - CHRISTIAN FITTIPALDI - 55S969
    14 - VITOR MEIRA - 56S020
    15 - MARCOS GOMES - 56S071
    16 - PIETRO FITTIPALDI - 56S125
    17 - LUCIANO BURTI - 56S131
    18 - BIA FIGUEIREDO - 56S131
    19 - ALLAM KHODAIR - 56S176
    20 - PASTOR MALDONADO - 56S205
    21 - MAX WILSON - 56S260
    22 - ENRIQUE BERNOLDI - 56S278
    23 - ADRIAN SUTIL - 56S349
    24 - HELIO CASTRONEVES - 56S384
    25 - POPÓ BUENO - 56S386
    26 - CACÁ BUENO - 56S410
    27 - GIANNI MORBIDELLI - 56S454
    28 - XANDINHO NEGRÃO - 56S489
    29 - TUKA ROCHA - 56S556

  11. #101

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Kart - Equipe de Barrichello pronta para as 500 Milhas Beto Carrero

    Pela primeira vez, os pilotos que anualmente disputavam as 500 Milhas de Kart ao final do ano no Brasil irão correr fora da Granja Vianna, em Cotia/SP. Em uma pista desenhada por Hermann Tilke, o arquiteto responsável por desenhar metade das provas do grid da Fórmula 1, a equipe Barrichello Racing (Head & Shoulders/Caras) defenderá seu título na XV edição da competição que será realizada dentro do Parque Beto Carrero, em Penha/SC. Das 15 edições já realizadas, o time de Rubens venceu oito vezes.

    Com 1200 metros de extensão em uma pista novíssima, os pilotos da equipe terão que se revezar durante as 500 Milhas da prova. Neste ano, além de Rubens Barrichello, a equipe irá contar com a pilotagem de Tony Kanaan, Felipe Giaffone, Rafael Suzuki, Augusto Farfus Jr. e Carlos Barrichello Jr nos karts 71 e 72.

    "A pista está muito bonita e a estrutura que encontramos é de primeira. Estou bem feliz que um evento que iniciou como uma brincadeira entre nós tenha tomado uma proporção dessa. O Beto Carrero certamente contribuiu muito para isso", comentou o piloto da Williams F1. "Formamos um time onde todos se conhecem bem e temos um bom entrosamento, mas tem muita gente forte brigando. Será um grande desafio, mas 'tamojunto'", disse Barrichello.

    A largada para as 500 Milhas de Kart do Beto Carrero acontece neste sábado (10) às 10h30. Estima-se que a duração da prova seja de aproximadamente 11h. A transmissão da corrida ficará a cargo da TV Record News e TV Record, com que exibirá a largada e a chegada, além de vários flashes ao vivo durante a programação normal.

    Programação das 500 Milhas de Kart Beto Carrero:

    Quinta-feira, dia 8

    12h00 às 13h00 - Treino 1º Grupo
    13h10 às 14h10 - Treino 2º Grupo
    15h10 às 16h10 - Treino 1º Grupo
    16h20 às 17h20 - Treino 2º Grupo
    18h20 às 19h20 - Treino 1º Grupo
    19h30 às 20h30 - Treino 2º Grupo

    Sexta, dia 9

    9h20 às 9h50 - Treino 1º Grupo
    9h55 às 10h25 - Treino 2º Grupo
    12h30 às 12h40 - Tomada de Tempo 1º Grupo
    13h00 às 13h10 - Tomada de Tempo 2º Grupo
    15h00 às 15h20 - Top Qualifying (15 voltas ou 15 minutos)

    Sábado, dia 10
    10h30 - Largada

  12. #102

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão 500 Milhas de Kart - Cesar Ramos é campeão com a equipe Fittipaldi


    Cesar Ramos é campeão da 15ª edição das 500 Milhas de Kart. Neste sábado (10/12), no parque Beto Carrero, em Penha (SC), a equipe Fittipaldi - da qual o piloto gaúcho faz parte - conquistou o título da tradicional prova. Após mais de 11h30min de disputas, o time formado por sete pilotos superou os outros 47 karts e cruzou a linha de chegada na primeira colocação.

    Em uma decisão conjunta tomada na véspera das 500 Milhas de Kart Beto Carrero, a equipe Fittipaldi definiu que todos os sete pilotos competiriam pelos dois veículos, não havendo mais divisão entre os karts 1 e 2. Assim, a equipe campeã foi formada por: Cesar Ramos (World Series by Renault), Christian Fittipaldi (Trofeo Linea), Vitor Meira (Fórmula Indy), Jonathan Louis (Formula Future), Gabriel Dias (F-3 Inglesa), Giorgio Ramos (kart) e Roger Rieger (kart).

    Cesar, que também disputou a categoria Shifter Kart - além dos treinos das 500 Milhas - na véspera, celebrou o seu primeiro título no evento. Em sua última participação, em 2008, o piloto gaúcho havia conquistado a terceira colocação. A vitória foi o ponto alto de um ótimo desempenho em Penha (SC). Com exceção ao treino classificatório, em que o kart teve problemas com a entrada de água no radiador, a equipe Fittipaldi sempre andou na frente.

    "A vitória foi 100% da estratégia. Fizemos muitos testes desde o início da programação, calculando todos os passos. Além disso, todo mundo foi perfeito no comando do kart. Os mais novos começaram a prova, depois passamos o comando do kart 2 para os mais experientes para eles segurarem a pressão. Deu tudo certo, foi muito merecido", disse Cesar. "Estou muito feliz! A galeria de campeões das 500 Milhas é formada por estrelas do automobilismo e agora estou entra elas. Entrei para a história da prova. Foi muito bom vencer pela primeira vez", fechou o piloto.

  13. #103

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Equipe Fittipaldi fatura as 500 Milhas de Kart


    Com 11h39min29s, foi encerrada a 15ª edição das 500 Milhas de Kart Beto Carrero, prova realizada pela primeira vez fora da Granja Viana, no mais novo kartódromo brasileiro, no Beto Carrero World.

    A equipe vencedora foi a do kart número 2, que contou com os pilotos Christian Fittipaldi, Vitor Meira, Cesar Ramos, Roger Rieger, John Louis, Gabriel Dias e Giorgio Ramos. Quem cruzou a linha de chegada e fez a festa foi Meira, competidor da Fórmula Indy.

    O final da corrida foi bastante emocionante, com Rubens Barrichello, representando o kart número 72 (com Tony Kanaan, Rafael Suzuki, Carlos Barrichello e Augusto Farfus Jr.), se aproximou rapidamente do líder, terminando a corrida apenas 3s3 atrás do vencedor.

    Completando os três primeiros colocados terminou a equipe Quirino (Girho's, de Julio Campos, Lucas Gohr, Felipe Tozzo, Enrique Bernoldi, Ricardo Zonta, Gabriel Casagrande e Gustavo Frigotto).

    Também foram para o pódio as equipes dos karts número 15 (Bomix/MZ Racing), 13 (Spirit Sports) e 60 (IMM/ VIAPOL/ NHJ), 4º, 5º e 6º, respectivamente.

    Confira o resultado final da 15ª edição das 500 Milhas de Kart:

    1º) 2 - Fittipaldi (Fittipaldi, ), 700 voltas em 11:39:29.873
    2º) 72 - Caras/Head Shoulders (Caras , ), a 3.395
    3º) 4 - Quirino Racing (Quirino , ), a 1 volta
    4º) 15 - Bomix/MZ Racing (Bomix , ), a 2 voltas
    5º) 13 - Spirit Sports (Spirit , ), a 2 voltas
    6º) 60 - IMM/ VIAPOL/ NHJ (IMM , ), a 4 voltas
    7º) 28 - CEL Motor Sport (CEL , ), a 6 voltas
    8º) 35 - CKS/Bco Original/Empilog (CKS , ), a 7 voltas
    9º) 77 - Hanier Especialidades (Hanier , ), a 8 voltas
    10º) 1 - Fittipaldi (Fittipaldi , ), a 9 voltas
    11º) 6 - IMM/Viapol/NHJ (IMM , ), a 9 voltas
    12º) 7 - MG Tires/WR Motorsport (Tires MG , ), a 10 voltas
    13º) 80 - Shell/Cowboy Asfalto (Shell , ), a 10 voltas
    14º) 10 - Pachá/VKR (Pachá , ), a 11 voltas
    15º) 5 - MR Competições (MR , ), a 14 voltas
    16º) 14 - Quirino Racing (Qirino , ), a 16 voltas
    17º) 44 - MV Stop Aço Marba Totvs (MV Stop , ), a 17 voltas
    18º) 11 - Blu Racing (Blu , ), a 24 voltas
    19º) 46 - Cisão Motors Sports (Cisão , ), a 26 voltas
    20º) 88 - Neutralizer Team 2 (Neutralizer 2 , ), a 27 voltas
    21º) 18 - Kart Barra Sul/MPK Prep (Barra Sul , ), a 28 voltas
    22º) 57 - JZ Racing Team (JZ Racing Team , ), a 29 voltas
    23º) 8 - Neutralizer Team (Neutralizer , ), a 29 voltas
    24º) 16 - VR Motorsport (VR , ), a 34 voltas
    25º) 21 - Nitro Race (Nitro Race , ), a 40 voltas
    26º) 51 - F5 (F5 , ), a 41 voltas
    27º) 17 - Bee/BKO/Jornalistas (Bee , ), a 42 voltas
    28º) 55 - JZ Racing Team (JZ Racing Team , ), a 47 voltas
    29º) 26 - Arroz Realengo (Realengo , ), a 49 voltas
    30º) 33 - CKS/Empilog/Bco Original (CKS , ), a 50 voltas
    31º) 73 - Locaweb (Locaweb , ), a 55 voltas
    32º) 56 - JZ Racing Team (JZ Racing Team , ), a 59 voltas
    33º) 59 - Nitro 500 (Nitro 500 , ), a 78 voltas
    34º) 45 - Luis XV (Luis XV , ), a 82 voltas
    35º) 75 - Power 1 (Power 1 , ), a 110 voltas
    36º) 19 - Massa/Shell VPower (Massa , ), a 148 voltas
    37º) 71 - Caras/Head Shoulders (Caras , ), a 163 voltas
    38º) 70 - Shell/Cowboys Asfalto (Shell , ), a 173 voltas
    39º) 3 - Larimax Race Team (Larimax , ), a 177 voltas
    40º) 91 - Massa/Shell V-Power (Massa , ), a 288 voltas
    41º) 66 - Nelson - Curitiba (Nelson , ), a 321 voltas

  14. #104

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Tuka Rocha destaca participação no Super Kart Brasil

    Ansioso pelo início da temporada 2012 da Stock Car, o piloto Tuka Rocha, da equipe BMC Racing, destacou a participação no Super Kart Brasil, disputado ontem e anteontem no Kartódromo de Interlagos, em São Paulo.

    Depois de ter sido o melhor estreante do ano na Stock, Tuka espera que nesta temporada, que começa no dia 25 de março, em Interlagos, seja o ano de sua consolidação na categoria mais competitiva do Brasil.

    Como não há testes particulares - deve haver uma sessão coletiva no final de fevereiro ou começo de março, o piloto da BMC Racing aproveitou as competições de kart do SKB para por os reflexos em dia. Competindo na Graduados/Sudam (a mesma das estrelas atuais do kartismo nacional e mesmo pilotos de categorias internacionais como Nelsinho Piquet), Tuka andou sempre no top-5 nas corridas disputadas em Interlagos. Na soma das quatro baterias, terminou em décimo, avaliando como positiva sua participação.

    "Foi muito importante para mim esta preparação. O kart ajuda muito, mesmo sendo tão diferente de um Stock Car. Andei com os melhores pilotos do Brasil e sempre competitivo, terminando corridas entre os primeiros e tendo bons duelos, inclusive com o Nelsinho (Piquet)", diz Tuka, citando o amigo que está na Nascar Truck Series e com quem poucas vezes duelou nas pistas na época do kart (eram de categorias diferentes, devido a idade).

    Tricampeão brasileiro de kart, o piloto da BMC Racing espera bons resultados neste ano na Stock Car, agora na Full Time, equipe comandada por Maurício Ferreira. "Estamos nos preparando bem. Visito direto a oficina e confio bastante no trabalho do Maurício. Com certeza espero um ano ainda melhor que o de 2011, quando fui o estreante do ano", diz Tuka.

  15. #105

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    2.493

    Padrão Kart: Bruno Bertoncello está recuperado de lesão e volta às pistas

    Gaúcho também quer ajudar Techspeed a se manter na liderança entre as fábricas de chassi.


    Recuperado de uma lesão nas costelas, o gaúcho Bruno Bertoncello (Targh 400 | Floricultura Verdes e Cores | MG Pneus | Iame | GH Digital | Techspeed | Sport Wear by ULV) está de volta às pistas e no próximo sábado (3) disputa a 2ª etapa da Copa São Paulo Light pela Júnior, sua nova categoria em 2012. A competição está marcada para o Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri (SP), e está será a estreia de Bruno neste campeonato na atual temporada.

    Bruno Bertoncello, campeão sul-americano em 2010, teve um descolamento da cartilagem nas costelas exatamente nos treinos para a abertura do Light no início de fevereiro, em Interlagos (SP). Assistido e liberado pelo Dr. Jung Ho Kim, do Instituto de Ortopedia e Traumatologia (IOT) de Passo Fundo (RS), sua cidade, Bruno está pronto para lutar por mais uma vitória. "Estou bastante ansioso por poder voltar a disputar uma corrida. Esse tempo longe do kart foi angustiante, correr de kart é o que eu mais gosto de fazer, mas já estou matando as saudades nestes primeiros treinos para a corrida do sábado", vibrou Bertoncello.

    As pretensões de Bruno Bertoncello, é claro, passam por conquistar uma vitória em seu retorno às competições. "Tenho sido rápido, estou em uma ótima equipe e utilizo um chassi fantástico, o Techspeed. Isto tudo me permite pensar em vitória neste sábado", resume Bertoncello. "Chego confiante, mas respeito muito os pilotos da minha categoria. A maioria deles veio junto comigo da Júnior Menor e todos, inclusive os que permaneceram na Júnior, têm enorme qualificação", finaliza Bruno Bertoncello (Targh 400 | Floricultura Verdes e Cores | MG Pneus | Iame | GH Digital | Techspeed | Sport Wear by ULV), que compete pela equipe Quake2, comandada pelo preparador Luis Sérgio Santos, o "Zé Bolão".

    Outro objetivo de Bruno Bertoncello será ajudar a Techspeed a manter-se na liderança do campeonato de marcas, instituído este ano pelos organizadores da Copa São Paulo Light. Após a primeira etapa, a Techspeed está na frente, com 62 pontos, 13 a mais que a segunda colocada.

    Depois de disputar a 2ª etapa do Light, Bruno Bertoncello partirá para Vitória (ES), onde na próxima semana participará da 1ª edição da Copa das Federações. A competição, promovida pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), reúne os campeões e vices dos principais campeonatos estaduais e regionais disputados em 2011 no kartismo brasileiro.

Página 7 de 8 Primeiro ... 6 7 8 Último

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar