Corrientes é uma província da Argentina que ocupa o centro da região mesopotâmica.

Limita-se com as províncias de Misiones a nordeste, Entre Ríos ao sul, e Chaco e Santa Fe ao oeste. Seus outros limites são internacionais: ao norte, o rio Paraná a separa do Paraguai e a nordeste, o rio Uruguai demarca a fronteira com o Brasil, em que, sua principal ligação rodo-ferroviária se dá através da Ponte Internacional Getúlio Vargas-Agustín Pedro Justo.

Seu relevo plano apresenta um setor amplo deprimido no centro-norte, que corresponde à bacia do Iberá. Os extremos de seu território são mais elevados e estão demarcados pelos vales dos dois rios mais importantes da bacia do Prata: o Paraná e o Uruguai. Seu clima é subtropical com precipitações que decrescem de nordeste a sudoeste por influência das massas de ar úmido procedentes do Atlântico. Apresenta uma variedade fitogeográfica, embora muito modificada pelo homem: savanas com ervas, espécies hidrófilas nas áreas pantanosas, selvas nas ribeiras dos rios e grupos isolados de bosques mo meio das pastagens.

As atividades primárias e as agroindústrias constituem a base de sua economia. O tabaco, os cítricos e o algodão são os principais cultivos. Na pecuária predominam o gado crioulo e o da raça zebu. Nas terras altas do sul estão associadas a pecuária bovina e a ovina.A indústria está representada pelo beneficiamento de fumo e fabricação de cigarros na cidade de Goya; derivados de cítricos em Bela Vista; e moinhos arrozeiros, estabelecimentos têxteis, curtumes e estaleiros na capital, Corrientes.

Esta cidade e a capital de Chaco, Resistencia, constituem uma conurbação que atua como metrópole regional do nordeste.Superfície: 88.199 km²; população (1991): 780.778 habitantes.


Mapa

Fonte:wikipedia