Poderão pensar que há poucas alterações a efectuar a este nível, mas é possível ser-se original e mudar completamente o tablier por outro de um modelo mais recente. A dificuldade é grande. Primeiro porque é preciso fazer com que o tablier caiba dentro do carro e depois um trabalho bem feito implica que todos os botões sejam funcionais. Exemplos deste tipo de transformações são por exemplo a aplicação do tablier do Clio Williams noutra versão do Clio ou a aplicação do tablier do Golf 3 no Golf 2. Nos casos em que não se vai tão longe é possível pintar a totalidade do tablier ou apenas algumas peças. Existem empresas especialistas em desenvolver tintas específicas para este tipo de aplicação. Um exemplo é a Folia Tec. Existem também kits que se aplicam sobre os componentes do tablier para dar aspecto de carbono, alumínio ou madeira. Também muito original e com uma qualidade muito grande é o trabalho que fazem certas empresas forrando inteiramente o tablier em pele.