O Governo do Zimbabué criou uma nota de 100 mil milhões de dólares zimbabueanos para combater a inflação, noticia a agência EFE. A nova nota vai entrar em circulação em segunda-feira segundo o presidente do Banco Central do Zimbabué. «A cédula especial de 100 mil milhões de dólares esntrará em circulação na segunda-feira», informou Gideon Gono.

A emissão especial da nota terá como objectivo facilitar as transacções já que as notas estão em falta no país visto que a inflação ascende aos 2,2 milhões por cento ao ano, segundo dados oficiais, a maior do mundo. Gideon Gono admitiu estes números mas rejeitou os valores avançados por economistas locais que asseguram que o valor real ascende aos 7 milhões por cento/ano.

Robert Mugabe, presidente do país, anunciou na última sexta-feira a implementação de um programa de luta contra a crise que se irá basear na subsidiação de produtos alimentares essenciais por um sistema de bónus. Este procedimento já se mostrou contraproducente antes visto que as mercadorias subsidiadas foram comercializadas no mercado negro.


iol