Crime: Escândalo rebentou com ameaças a sobrinho de empresários
Espiava para a Coca-Cola


Escutas telefónicas, noites de vigilâncias intensas com fotografias e gravações ilegais. Tudo no carro de serviço, o Volkswagen Golf da Polícia Judiciária. O inspector Sérgio A., colocado em Lisboa no Departamento Central de Prevenção e Apoio Tecnológico (DCPAT), já andava a espiar há mais de nove meses por encomenda. Só recebia ordens directas de João Santos, detective privado, mas o CM sabe que entre os vários clientes se encontrava a Coca-Cola.

Conheça todos os pormenores em exclusivo, na edição do 'Correio da Manhã' desta segunda-feira.



Fonte: CM
21.07.08