Os funcionários de Springdale, no Estado americano de Ohio, ficaram espantados quando James Jones, de 70 anos, colocou diante deles, esta semana, 16 latas gigantes de café contendo milhares de moedas de todos os valores, refere o site BBCBrasil.

Os funcionários passaram uma hora e meia a contar o dinheiro, que totalizava cerca de oito mil dólares, perto de cinco mil euros.

«Em 19 anos de profissão nunca vi nada igual», disse Biff Arnold, gerente da loja, ao jornal Cincinnati Enquirer.

«Notas queimam, mas é difícil danificar moedas»

Como o veículo que ele queria comprar, um Chevrolet Silverado, custava 16 mil dólares (10 mil euros), a mulher do cliente preencheu um cheque para completar o pagamento.

O filho de Jones, Dennis, disse ao jornal que o pai nunca confiou em notas. «Ele dava-me o dinheiro do lanche em moedas e de todas as vezes que me deu dinheiro era em moedas», afirmou.

«Notas queimam, mas é difícil danificar moedas», afirmou Jones. «Eu não sei quanto tempo demorei para economizar esta quantia, provavelmente a vida toda». James Jones conseguiu finalmente o carro novo para substituir o veículo anterior que já rodava há 27 anos.

«PD»