Resultados da Enquete: Qual é para si a razão do elevado número de sinistralidade no nosso País?

Votantes
98. Você não pode votar nesta enquete
  • Álcool / Drogas

    12 12,24%
  • Manobras Perigosas

    1 1,02%
  • Velocidade Excessiva e/ou Excesso de velocidade

    33 33,67%
  • Distracção

    3 3,06%
  • Mau estado das estradas

    2 2,04%
  • Sinalização deficiente

    0 0%
  • Falta de civismo dos condutores

    43 43,88%
  • Outras

    4 4,08%
Página 9 de 9 Primeiro ... 8 9
  1. #121

    Registo
    Sep 2006
    Posts
    27

    Padrão

    Esse Jesus é o treinador do Sporting?
    Não me parece muito esperto!

  2. #122

    Registo
    Feb 2010
    Idade
    59
    Posts
    715

    Padrão

    Para mim é tudo, vai das drogas alcool falta de civismo etc etc.

  3. #123

    Registo
    Sep 2016
    Posts
    4

    Padrão

    Concordo com o sr silva51 mas o que eu acho que é o problema maior é a falta de civismo!

  4. #124

    Registo
    Jun 2012
    Posts
    16

    Padrão

    A falta de civismo é a falta de respeito quer por placas de sinalização quer por a regras do código da estrada.
    Por isso penso que será a falta de civismo.

  5. #125
    Avatar de mjtc
    Registo
    Feb 2010
    Localização
    lisboncity
    Posts
    8.976

    Padrão

    Na Europa, assim como em Portugal, ainda não somos os piores nos acidentes rodoviários. Nos países do Terceiro Mundo, a situação é mais complicada.

    A OMS calcula que os desastres viação causarão dois milhões de mortes em 2030 nos países em desenvolvimento e alcançarão a sida como causa de óbitos.

    Carrinhas abarrotadas de gente correndo a toda velocidade, motoristas trabalham por comissão, e os reparos se fazem com durex e não é difícil ver os veículos capotados depois de um acidente.

    A mistura de infraestruturas inadequadas, carros velhos, falta de educação para o trânsito e falta de leis adequadas está na origem dessas cifras. Os países em desenvolvimento possuem metade dos veículos existentes no mundo, mas concentram 80% dos 1,3 milhão de mortes por acidentes viários.

    Pedestres, ciclistas e motoqueiros representam a metade dos mortos.

    Em muitos países em desenvolvimento as cidades se expandem desordenadamente, de forma que a construção apressada de vias de circulação com muita frequência não inclui calçadas para os pedestres ou pistas para os veículos de duas rodas.

    Resultado: metade das vítimas fatais em acidentes são pedestres, ciclistas e motoqueiros.

    As pessoas caminham pelas estradas. Não é difícil ver ciclistas que circulam em sentido contrário ao trânsito e motas pequenas que transportam famílias inteiras e até dezenas de galinhas. Os veículos não têm faróis e as estradas não são iluminadas: deslocar-se de noite significa arriscar a vida.

    Nos países da América Latina, a carteira de motorista simplesmente se compra. Não há controle algum e a corrupção policial é muito frequente.

    Os fabricantes de carros economizam aproveitando as normas de segurança menos exigentes de muitos Estados. Nos países onde não há leis que obrigam a usar o cinto de segurança, como o México, os carros são entregues sem os tais cintos de segurança.

    https://brasil.elpais.com/brasil/201...98_271547.html

Página 9 de 9 Primeiro ... 8 9

Tópicos Similares

  1. Respostas: 0
    Último Post: 26-06-2008, 22:28
  2. Descobrindo qual o seu número IP
    Por helldanger1 no fórum Manuais,Tutoriais & Dicas
    Respostas: 0
    Último Post: 13-03-2007, 18:13

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar